Santander vai aumentar para 15 mil pontos o mínimo para a transferência para todas as companhias aéreas

Denis Carvalho 5 · maio · 2015

Má notícia para os clientes do Santander! O banco vai aumentar de 1.000 para 15 mil pontos o valor mínimo de transferência para qualquer companhia aérea. O aviso consta em todos os links de companhias aéreas e a mudança entrará em vigor a partir do dia 1 de julho.

O novo limite valerá para transferências para TAM Multiplus, Aeroméxico Club Premier, Delta SkyMiles, Lanpass, TAP Victoria, GOL Smiles, TudoAzul e Iberia Plus e vai dificultar as transferências do programa Superbônus – hoje é possível transferir pontos para qualquer uma delas por mil pontos. 

Pelo menos o Santander avisou com antecedência, apesar do aviso estar em letras miúdas na página do programa.

Mais informações no site do Santander.

Agradecemos a dica do leitor Daniel Henriques

 

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Gustavo

    Santander cada vez mais dando tiro no pé. Sistema que cai o tempo todo nas agências, aumento sistemático da tarifa de serviços, e agora isso. Já estou com um dos pés pra fora do banco, só esperando pra botar o outro.

  • Fernando-RJ

    Quando aparecer uma boa noticia desses programas de fidelidade, coloquem em letras garrafais!!!.. É só porrada ultimamente!

  • Ronald Sampaio

    Cancelando cartão em 3,2,1…

  • Elídio Filho

    pqp um dos poucos cartoes que valia a pena acumular milhas. assim imagine os outros. estamos ferrado mesmo. alguem tem outro cartão para indicar e q a anuidade não seja do preço de uma viagem internacional?

  • Jair Batista

    O fato é que desde que os programas de fidelidade se tornaram um meio de ganhar dinheiro, invés de ter o objetivo primário de fidelizar o cliente, eles já não valem mais a pena.

    • Rafael Vargas

      Muito bem colocado Jair. A conta é simples: o lucro tem que estar em apenas um dos lados, e eles escolheram que fique do lado deles…

  • Mendonça Júnior

    Alguém me explica essas decisões que dificultam a transferência de milhas no momento em que o dólar está nas nuvens.
    Se a alta do dólar dificulta o acúmulo dos pontos dos programas dos cartões de crédito, seria natural reduzir a quantidade de pontos mínimos para a transferência. Não aumentar…

    • Marlon

      Cada programa de recompensa busca ao máximo impedir que haja transferência de pontuação de um programa para outro. Sei lá: não sei porque isso ocorre, mas é isso que dá pra perceber

    • Felipe Dias

      O custo dos cartões por ponto dado é definido em dolar. Ou seja, cada ponto transferido passou a custar bem mais para os bancos.

  • Marlon

    Em vez de transferir os pontos pra um programa de milhas, até dá pra emitir passagem direto do site super bônus, mas pelas pesquisas que fiz, o valor de bônus cobrado é muito maior que aqueles exigidos pela cia aérea. Fiz algumas simulações aqui e foi isso que encontrei, salvo uma simulação que cobrava a mesma quantidade de bônus pelo Santander e de pontos no TAM fidelidade. Fiz simulações de voos de GRU/JFK – GRU/MIA e para esses trechos a quantidade de pontos do super bônus foi muito maior do que a quantidade de pontos exigidos pelo TAM fidelidade. Somente quando simulei Congonhas/Curitiba a quantidade de bônus (4000 bônus) foi a mesma que exigida pela TAM (4000 pontos).
    Enfim, quem tem poucos pontos no super bônus e ainda gasta pouco nos cartões Santander fica prejudicado de qualquer jeito

  • YURI FAMINI

    Que isso minha gente, é cipoada atrás de cipoada! Foi o Smiles (meu programa de milhas) e agora o Santander (meu banco) assim fica dificil hein
    Vou transferir logo meus pontos, o problema é que não tem muito para onde correr.

    Voltar a pesquisar mais sobre bancos e cartões :/

    Vai o aviso para quem é cliente Smiles, tem promoção de transferência de pontos, mas é aquilo de sempre as milhas bônus duram apenas 6 meses.

  • oremhartuing

    Já estava bem desmotivado com Smiles e TAM fidelidade a ponto de quase cancelar o cartão de crédito, daí veio a paulada do IOF do uso no exterior e agora mais uma restrição, dessa vez do Santander. Adeus milhas e SuperBônus. Vou voltar a usar o cartão na função débito.

    • hugolousa

      Estou contigo, oremhartuing!

  • jorge moraes

    Fechei minha conta neste banco há décadas.

  • YURI FAMINI

    Estou pensando num Smiles BB, mas vou pesquisar.

    • Leonardo BH

      Smiles está acabando, a cada dia é uma notícia pior vindo deles. Esse cartão Smiles hoje é furada.

      • Thiago Castro

        E o Multiplus é melhor? No momento, estou achando que todos são ruins, então eu vou naquele onde eu consigo acumular mais milhas.

        • Leonardo PA

          Não adianta ter um monte de milhas se a tabela de resgate for ruim (como é o caso do Smiles hoje).

          • Frederico Araújo

            Acho que voce sta equivocado. Vou para Orlando em junho com 30mil pontos o trecho e Punta Cana no Carnaval do ano que vem por 15mil. Tenho o cartão smiles com 2 pts pra cada dolar gasto. Me atende perfeitamente.

          • Leonardo PA

            No AAdvantage você pagaria 20 mil o trecho. Pelo programa da British, pagaria 25 mil. O preço normal do Smiles é 35 mil, você pagou 30 mil na promoção deles.

            América Central realmente é um problema para a oneworld pois tem poucas opções.

          • Rosangela

            Paguei 15 mil o trecho no Multiplus para Orlando em promoção. No smiles não consigo encontrar sequer uma passagem CGH-CWB com preço razoável. Sem contar na demora para crédito de milhas de cias parceiras.

          • Leonardo BH

            Vai pra Orlando por 30k de GOL né? Ou se for de Delta foi na “promoção” ou emissão antes do aumento. Espera a próxima vez que for emitir com parceira pra você ver…

        • Leonardo BH

          Multiplus é menos pior que Smiles.

      • Fabricio

        Tenho Credicad Visa Platinum. Anuidade 280 reais, 2 pontos por dólar. Estou esperando completar 3 meses de gastos relativamente algos pra pedir isenção!

        • Leonardo BH

          Interessante… mas provavelmente só manda milhas pra Multiplus e Smiles né ? Santander ainda tem vantagem de mandar pra várias, especialmente Iberia/British.

          • Fabricio

            Boa pergunta Leonardo! Nâo sei te responder. Achei que mandasse pra qualquer uma. Vou me informar!

  • YURI FAMINI

    Tem que ser muito louco para resgatar trecho internacional no SuperBonus, andei olhando RIO – BUE no SuperBonus e eles cobram 21.500 o trecho, enquanto no Smiles 13.000.

    O problema agora está em todos os lugares, porque cade os trechos a 10.000 que o Smiles diz que tem?

    • Albino

      Não só isso… estive pesquisando uma passagem de REC para GIG, custa R$ 300 pagando e 26.000 milhas no Smiles, tem alguma lógica nisso ?

    • Leonardo PA

      Pela British esse trecho, voando TAM, sai 10 mil o trecho, ou 12 mil com conexão em SP podendo fazer a perna GRU-EZE com a TAM, LAN ou Qatar.

  • Jose Neto

    Cartões e programas de fidelidade só têm dificultado a nossa vida ultimamente. É indiscutível.
    Mas essa mudança específica do Santander não altera em quase nada a forma de acumular milhas com o cartão. É claro que poder transferir 1.000/2.000 milhas pra completar uma passagem é ótimo. Mas na prática, essa opção a menos pouco muda a rotina das pessoas.
    Em regra, um trecho nacional ou América do Sul custa 10.000, logo ida e volta são 20.000. Imagina as passagens pra Europa e EUA, que são de 20.000/30.000 pra cima o trecho. Claro que tem as promoções com milhas reduzidas, mas a pessoa, em tese, já teria que estar com as milhas disponíveis no programa de fidelidade escolhido, visto que o tempo de transferência entre cartão e programa pode demorar e a promoção acabar.
    Muita gente gosta de fazer barulho e ver o circo pegar fogo. Quem viaja de verdade e sabe administrar as milhas jamais deixará de usar cartão de crédito.
    E não me venham com chorumela!

    • Leonardo BH

      Mas que é uma medida só pra sacanear quem acumula pouco e fazer essas pessoas perderem (expirar) isso é.

      • Fernando-RJ

        Perfeita observação! Não se pode observar uma mudança dessas de forma isolada.

      • Jose Neto

        Eles sacaneam toda hora. Não me lembro de alteração de regra benéfica ao cliente. Só pra ser claro, não estou defendendo o banco. Apenas quis ressaltar que certas reações da galera são desproporcionais.

        • Bruno Becker

          A primeira sacanagem foram os pontos vitalícios terem prazo de validade de 3 anos!

      • Jose

        As milhas do SuperBonus não expiram!

    • André Fonseca

      É vero, estou contigo. Pra meu tipo de uso, esta regra pouco importa.

    • oremhartuing

      Se você tem o privilégio de transferir mais de 15000 pontos a cada transferência, meus parabéns, sua vida não vai mudar mesmo. Não tendo a mesma condição que você, caro José, minhas transferências são no máximo de 5, 6 mil, insuficientes para vôos internacionais, mas me atendia bem nos vôos nacionais e várias vezes consegui fazer ida e volta com essas 6 mil milhas no Smiles. Não é chorumela nem barulho, é apenas uma constatação concreta e um ponto de vista diferente do teu. Pode ser até que continue usando o cartão, mas agora tenho um incentivo a menos para isso.

      • Jose Neto

        Sem dúvida que essa mudança foi péssima. Também tenho certeza que várias pessoas que fazem transferências de 1.000/2.000 pontos estão prejudicadas. Só acho estranho que muitos se revoltem contra isso, dizendo até que vão cancelar o cartão só por causa disso.
        Esse é uma relação de consumo como qualquer outra e nós brasileiros somos ‘excelentes’ consumidores, pois deixamos fazer o que querem com a gente. Pagamos por tudo que empurram pra gente, seja por ignorância seja por falta de opção mesmo.
        E no caso específico do tópico, creio que o Santander ainda esteja entre os menos piores cartões disponíveis.
        Mas também há casos de reversão da situação. Se não me engano o BB reduziu a quantidade mínima de transferência que havia elevado há algum tempo. Sinal, que se as mudanças não trazem os benéficos que eles esperam, eles têm que se adequar ao consumidor.

        • oremhartuing

          Prezado José, com sua licença, não considero estranho alguém se revoltar com uma mudança de regras repentina e que deixa o serviço 15 vezes mais oneroso do que era anteriormente? Ora, essa revolta é precisamente uma reação na tentativa de não sermos consumidores passivos e “excelentes”, como você mesmo diz. Minha intenção de suspender o uso do cartão não está relacionada a critérios emocionais. Sou apenas um humilde agente econômico respondendo aos estímulos financeiros que o sistema bancário coloca à minha disposição (no caso, retirada de estímulos e migração para outros métodos de fidelização, poupança e manuseio)

          • Jose Neto

            Em resumo: só nós tomamos lá…

    • Márcio Martinele

      Chorumela? Quem gasta por volta de R$3000,00 por mês e usa o cartão mais modesto jamais conseguirá chegar aos 15 mil pontos, pois em 2 anos eles começam mensalmente a expirar, ou seja, entra num ciclo mensal de perde/recupera… E este “recupera” leia-se “perde-se mais do que recupera”, porque com a alta do dolar ganha-se menos pontos do que há um ano. Coloque-se na realidade alheia antes de falar asneiras.

      • Jose Neto

        Ainda está nessa, amigo? Faz quase um ano essa mudança. Acostume-se.

        • Márcio Martinele

          Não sou seu amigo, cara, e tanto não me acostumei que liguei lá e transferiram mesmo com 10 mil. Abraços.

          • Jose Neto

            Sorte minha! Ufa!

          • Diego Demarchi

            Márcio, se não for incômodo, poderia dizer como conseguiu a transferência de 10 mil? Qual sua argumentação para eles abrirem esta “exceção”? Pois estou com 12 mil lá e vão começar a expirar mais pontos do que eu consigo acumular atualmente, ou seja, se não transferir vou perder pontos acumulados ao longo de 2 anos. Obrigado.

          • Márcio Martinele

            Diego, infelizmente foi com muita briga e sorte. Sorte porque coincidentemente consegui falar com o mesmo atendente que falei em dezembro de 2014 (ainda eram 10 mil), quando liguei lá para conhecer as regras e acabamos conversando muito, fazendo com que ele se lembrasse de mim desta vez.

            E briga porque insisti muito, a ponto dele ceder e ir falar com o superior, me retornando posteriormente e aceitando transferir.

            Meus argumentos foram estes que você já sabe, de que jamais conseguiria usufruir do benefício devido ao valor que gasto mensalmente, e que, com a alta do dólar, ia perder o que conquistei, o que não é justo.

            Caso não consiga, não sei se você sabe, mas pode comprar passagens diretamente do site do superbonusviagens, independentemente de ser 1 ou 15 mil pontos. A desvantagem de usar esse método é que eles sugam muito mais pontos numa passagem do que no Smile, mas melhor do que perder.

  • Leonardo PA

    Melhor opção do Santander é a Iberia. 42,5 mil pontos ida e volta para a Espanha, ou 39 mil ida e volta para a Inglaterra (transferindo para a British). Ou 50 mil para os EUA, ida e volta, voando American Airlines. Ou 45 mil se for com conexão em Manaus.

    Vôos internos no Brasil variam entre 9 e 20 mil pontos, ida e volta.

    Na minha opinião é o melhor programa da atualidade.

    • Fernando Gama

      O problema é que eles cobram taxa de emissão que não é muito barata. Mas a disponibilidade é boa.

      • Leonardo PA

        A taxa de combustível não pode ser cobrada de voos originários no Brasil, nesses casos, se estiver fazendo a cobrança pelo site tem que ligar pra lá e fazer a emissão por telefone.

        A taxa de emissão é apenas para as emissões por telefone que poderiam ser feitas pelo site.

        As outras taxas são aeroportuárias, iguais para qualquer empresa ou programa de milhagem.

    • Claudio Balddok

      Leonardo, vc poderia me explicar melhor esse tipo de transação: “Melhor opção do Santander é a Iberia. 42,5 mil pontos ida e volta para a Espanha, ou 39 mil ida e volta para a Inglaterra (transferindo para a British).”? Como faço isso?

      • Ronie

        Olá Cláudio, se me permite responder. Se vc tiver contas na Ibéria e na British, vc pode transferir pontos pra uma ou pra outra, isso só é possível caso as duas contas tenham ao menos 90 dias de existência. Então, caso vc tenha um cartão Santander, vc pode transferir os pontos para Ibéria e depois de lá para British.

        • Claudio Balddok

          Valeu Ronie pela atenção. Só deixa ver se entendi, é só eu me registrar no site da Ibéria e obter uma conta lá, assim como na British. Para transferir os pontos do meu cartão Santander para a minha conta na Ibéria (depois dos 90 dias da abertura da conta que vc mencionou) é só ligar na central de atendimento do cartão Visa e passar a minha conta da Ibéria? Assim consigo viajar para a Espanha (no caso) ida e volta com apenas 42,5 mil pontos? Quando transfiro do meu cartão Santander para a Ibéria os pontos, ele vão integralmente? Ou seja, se eu transferir 45 mil pontos do meu cartão, serão creditados os mesmos 45 mil pontos na minha conta da Ibéria?

          • Ronie

            Olá. Já vi que responderam pra vc. Só uma dica, na hora de vc fazer as contas na Ibéria e/ou na British, coloque seu dados igualzinho nas duas, principalmente seu nome. Lá na Ibéria tem um espaço pra colocar nome e sobrenome (apelido) separados, então, se vc tiver um nome composto, por exemplo João Eduardo e resolver colocar esse “Eduardo“ no sobrenome, faça exatamente o mesmo na British, porque senão vc não vai conseguir transferir pela net, online; somente via telefone. Ocorre um erro se os dados tiverem alguma divergência de ordem de nomes.

        • maria lucia

          Oi Ronie, você acha melhor jogar direto na British ou fazer a passagem pela Iberia? Pergunto pq vou receber +/- 12000 da American.

          • Leonardo PA

            Na realidade tanto faz, a transferência da Iberia para British (e vice-versa) é online e imediata.

          • maria lucia

            Obrigadíssima pela info Leonardo PA . Eu vou jogar na British mas devo dizer que esses 39.000 que você menciona para UK são um sonho que persigo há meses – sei que é possível mas nunca consegui encontrar nem no inverno europeu!. Mas eu não vou desistir!

          • Leonardo PA
          • maria lucia

            Ai que máximo! Super, hiper obrigada Leonardo PA. Você foi um príncipe. Adorei a dica, fez a vida facinha.

          • maria lucia

            Obrigada Leonardo. Super legal esse site que você me enviou – adorei

          • Ronie

            Olá Maria, siga a dica que eu postei mais acima para o Claudio qdo vc for fazer as contas na Ibéria/British, para não haver problemas na transferência. Boa sorte.

  • Estava esperando uma promoção de bônus em dobro da Azul ou qualquer outra empresa pra passar meus pontos do Santander. Mas vou fazer isso logo agora e cancelar o cartão que me veio cobrando anuidade de R$ 240,00 por um cartão que nem Platinum é.

    • YURI FAMINI

      Estou na mesma, esperando a hora para fazer a transferência. O Smiles está com até 30% de milhas em bônus para transferências.

    • Mônica

      Marcelo, os cartões Platinum Van Gogh não tem anuidade…

      • Eu sei Mônica, eu até fui migrado para Van Gogh e soube deste cartão, mas ele esta condicionado a contratação do pacote de serviços, que se não me engano era mais de R$ 50,00 mensais na época (2013), ou seja, trocando em miúdos, a anuidade dele ficaria pra mim em R$ 600,00, resultado, continuei com meu Santander Ferrari e vou cancelar este mês tão logo passe todos os pontos pra lá.
        A melhor relação custo benefício pra mim no momento esta sendo o Diners Club, anuidade razoável e me da direito a salas Vips ao redor do mundo, uma mão na roda.

        • Ronie

          Marcelo. Tudo bem. Talvez o Santander Platinum Dufry (visa ou master) seja tbm uma boa opção. Eu tinha o Van Goch tbm, e não queria ficar pagando taxas mensais para um pacote que nem usava nada. Mudei meu tipo de conta para uma de serviços essenciais, sem mensalidade e pedi esse cartão Platinum Dufry. Não lembro, mas ele tem uma anuidade de +-R$400, mas sempre que vem a primeira parcela na fatura, ligo lá e eles abatem 3 de 4 parcelas da anuidade, ou isentam. Lembrando que esse cartão converte 1U$= 1,5 pontos e os pontos não expiram. Esse cartão é puro crédito, assim que mudei para uma conta de serviços essencias, ganhei um cartão puro débito.
          PS.: Caso vc tenha uma certa quantidade de investimentos, a tarifa do pacote Van Goch é zerada, aí compensa. Esse não é meu caso,rs.

          • Valeu Ronie, eu sei de tudo isso e até tentei fazer esse do Dufry, mas não deu certo pq foi me dito que como eu já tinha um limite muito alto no Santander Free e no Ferrari, meio que não liberava pra ter mais nenhum outro cartão lá (não acreditei nessa resposta mas tudo bem), a não ser que eu cancelasse um deles, aí não fui atrás.
            Tenho até um bom relacionamento com o Santander, mas ainda sou considerado pobre pra eles, então vou seguindo em frente com meu Smiles Platinum com 1 ano de anuidade grátis e com o Diners Club com acesso a mais de 400 salas Vip por todo mundo.

          • Ronie

            Olá Marcelo. No meu caso eu tinha um limite grande no cartão anterior, pelo pacote Van Goch. Ai eu pedi um cartão Dufry com um limite pequeno, e qdo chegou, transferi o limite do cartão antigo para o novo e cancelei o cartão antigo, e o pacote Van Goch; e pedi o de serviços essenciais. Na época estava morando em cidade pequena, e o gerente já me conhecia há muito tempo, talvez tenha ajudado. Procure falar com o gerente e fala pra ele o que quer fazer. Eles não vão ter que aumentar seu limite, creio. Somente transferir o limite para outro cartão, Dufry, no caso. Esse cartão é o tipo “Platinum“ que menos exigência tem para adquiri-lo, em comparação com outros do mesmo banco.

          • Ronie

            Van Gogh***

  • maria lucia

    Nunca pensei assim antes mas estou chegando à conclusão que é melhor não usar o cartão no exterior pq o custo não compensa. financeiramente falando há um acrescimo no preço (iof, câmbio super e subfaturado (se gastar em euro, converte para dolar e converte para real e uma relação de troca montada para um único lado sempre ganhar) que não se justifica num momento em que os salários não estão subindo e o pais está encolhendo. Pagar cash, viajar pelo prazer de viajar e não para comprar – é isso o que penso e pretendo por em prática

  • Edgard M Elias

    Estou pensando seriamente em pedir um cartão Citibank AAdvantage … os gastos vão direto pro programa de milhagem, com a conversão de 1,3 milhas por dólar gasto no cartão platinum, com anuidade de R$ 420,00 (talvez seja negociável dependendo do gasto mensal na fatura). Tem bandeira Visa ou Master. Lembrando que a AA faz parte do OneWorld, que tem boas cias aéreas como parceiras… Se fizer isso, cancelo meu Ourocard Platinum e peço o cartão básico do BB apenas para operações bancárias…

    • Leonardo PA

      O AAdvantage é ótimo se o foco das suas viagens são para os EUA (40 mil ida e volta na baixa temporada). O custo para viajar para a Europa é alto (100 mil ida e volta).

    • Marcela

      Estamos pensando a mesma coisa… Ainda hoje saiu a noticia que clientes Citi que tem o cartão AAdvantage conseguem emitir o trecho para os EUA por 30.000 ida e volta… To bem cansada dos aumentos de tabela da Multiplus e de promoções enganadoras (transferi pontos na promoção dia das mães, era pra vir bônus de 20% até ontem e até agora nada… )…

  • Fernando Gama

    Porque na hora da transferência tem o desembolso financeiro…

  • Fernanda

    Péssima notícia, talvez isso seja um meio p/ forçar os clientes a usarem os pontos no superbônus (sempre desvantajoso) e ainda com o dólar nessa altura fica bem + difícil acumular pontos.

  • Thiago Castro

    Exatamente o que o Fernando falou. Quando se transfere milhas, é quando os bancos tem que pagar e bancos querem tudo, menos pagar!!!! rs

  • Luiz Melo

    Essa notícia é lastimável! Para mim essa opção de troca a partir de 1.000 pontos era um diferencial do banco. Pena que as coisas sempre mudam pra pior nessas empresas. Uma visão de administração pífia de ser apenas mais uma opção de banco.

  • Estava bom demais pra ser verdade hahahahahaha

  • YURI FAMINI

    Expira sim, pelo menos as minhas.

  • Leonardo PA

    Depende do cartão. Alguns expiram com 2 anos, outros com 3 e só os “top” que não expiram.

    • Bruno Becker

      Eu tenho o platinum Elite e não expirava, e isso mudou, agora dura 3 anos…Só se mantiveram para o Black/Infinite do pessoal do Select

      • Leonardo PA

        Se não estou enganado só um dos Unlimited não expira e um outro aí.

  • William Schweickardt

    Vão perder muitos clientes. Com o dólar acima de 3 reais, o que é provável por anos ainda, dificulta o acúmulo. Sem falar de que isso é visivelmente uma tática de fazer as pessoas gastarem os pontos no próprio Super Bônus que de Super tem nada.
    Encerrei minha conta com o Santander pelo péssimo atendimento na minha agência e porque o programa só compensa se você juntar tudo neles e no banco. E o banco em si não é dos mais confiáveis, o Santander Brasil já esteve perto de falir e inclusive foi vendido. Isso indica muita coisa.

  • Raphael Dos Anjos

    Infelizmente vou cancelar minha conta no Santander e mudar para o Citibank. Nessas condições não vale a pena manter o cartão. É uma pena.

  • Juliano Nunes

    Que bosta esse Santander, uma falta de respeito com os clientes isso.

  • Leonardo Martins

    Saudades Banco Real

  • Felipe Dias

    Alguém conseguiu confirmar essa notícia? Não achei nem no site do Santander, nem no dos programas de fidelidade.

  • Henry

    Além de aumentar o valor mínimo para 15.000 pontos, o Santander também mexeu na tabela de pontuação dos cartões Free, Flex e todos que tinham como base de cálculo o Real e não o dólar…
    Antes, no Free e demais cartões com base em real, vc tinha que gastar R$ 3,00 para pontuar 1.0 ponto em compras e 0,5 no pague contas..
    Agora, pela tabela nova, o valor vai passar para R$ 5,00…. para acumular 1,0 ponto ou 0,5…
    Era uma coisa esperada, por causa da desvalorização do dólar e também porque o cartão Free é totalmente isento de custos e tarifas….
    Apesar destas modificações que são negativas, os cartões Santander ainda são os melhores do mercado, porque pontuam bem, por conta das promoções, do tipo 100DiasFelizes,, porque pontuam no pague contas e porque enviam para muitos programas estrangeiros (Iberia/Executive, Delta, TAP, Lan Chile, Aeromexico)…além dos nacionais (Smiles/Multiplus e Tudo Azul)…
    Com relação à informação de que o sistema cai o tempo todo na agência… eu realmente vou muito pouco na agência.. sou cliente desde 2009 e se fui umas 10 vezes é muito….

    Faço tudo pela internet.. o sistema funciona sempre… nunca tive problemas com o programa de fidelidade deles…embora alguns colegas de site tenham relatado que na mudança do sistema em fev/março, os saldos se perderam, mas eles creditaram manualmente para os que solicitaram para poder transferir…
    Apesar disto, eu acho errado eles aumentarem a quantidade mínima de envio para 15.000 pontos…

    As pessoas que acumulam poucos pontos, ou vão ter seus pontos expirados antes de completar 15 mil pontos, ou vão ter que comprar coisas no site, que são muito caras..

    É senso comum que o prêmio mais desejado pelas pessoas é viajem, seja para emitir passagens ou pagar hotel com milhas…. e o Santander deveria melhorar seu programa e não piorar…
    Ainda é o melhor, mas perdeu a oportunidade de se descolar dos outros programas de cartões nacionais, todos muito ruins, com rara exceção para o AMEX…mas que não pontua tanto quanto o Superbônus e não pontua em pague contas…
    Piorando o programa, ainda que seja o melhor, dá chance para pessoas que não conhecem os demais programas detonem a imagem do programa…

  • João Rodrigues

    O fator de conversão também mudou… eu tenho o Free, que era de 1 milha pra cada R$3,00 em compras ou R$6,00 em pagamentos de contas. Foram pra R$5,00 e R$10,00, respectivamente x(

    • YURI FAMINI

      Serio?? Também tenho o Free, agora que irei trocar de cartão mesmo.

      • Cleverson Lima

        É verdade, infelizmente, que será R$ 5 para 1 superbonus. Confira: http://respostas.santanderesfera.com.br/regulamento-2015-07/

        Péssima mudança. Vou acumular meus pontinhos até a data limite e ai transferir para Multiplus ou Smiles. Depois adeus, pois qualquer cartão vai ser melhor que o Free, pelo menos para milhas.

  • sdrubow .

    Mais um programa de infidelidade.

  • Cintia

    Estranho que não localizei a informação no site do Santander, nem no do Smiles e nem no Super Bônus.

  • Roger

    Estao andando para traz, enquantos os outros banco diminuem eles aumentam? Deve ser ideia de algum diretor incompetente. Vao perder muitos clientes com isso.

  • Claudia Polo

    Péssima notícia. Mais um motivo para eu mudar de cartão, além da anuidade ser alta. Já começo a procurar outras opções de banco e de cartão. Se alguém tiver uma boa sugestão, eu agradeço.

  • É só clicar no link que está no fim do post e depois escolher qualquer companhia

  • Leonardo PA

    Tudo correto, a única observação é que os 90 dias são necessários para transferir da Iberia para a British, e não do Santander para a Iberia.

    Um detalhe sobre ambos os programas (Iberia e British). O custo, em mihas, é proporcional à distância, e não às regiões. Por exemplo, Manaus-Miami é mais barato que Rio-Miami, e este é mais barato que Porto Alegre-Miami.

    Rio-Madri e SP-Madri, nas datas de baixa temporada, saem 42,5 mil (ida e volta).

    • Claudio Balddok

      Ok, obrigado Leonardo!

  • Sydney Maciel Neto

    Boa Tarde!
    Aos clientes do Santander, aconselho que acompanhem seus saldos entre janeiro e abril. Minha conta vinha com saldo de cerca de 60.000 que se transformaram em 16.000 em abril, observando-se que não houve resgate ou expiração de bonus no período – a resposta foi que uma alteração no sistema de contagem causou o problema – entretanto até agora o saldo correto não foi reestabelecido.

  • Sydney Maciel Neto

    Aproveito a discussão para perguntar se alguém conhece algum cartão de crédito comercializado no Brasil que transfira seus pontos diretamente para os programas Lifemiles (Avianca-CO) e/ou para o MileagePlus (United – US)?
    Agradeço desde já!

    • Leonardo PA

      Acho que só o AMEX (Membership Rewards) transfere para o LifeMiles. E acho que nenhum manda para o MileagePlus.

      • Sydney Maciel Neto

        Obrigado Leandro!

  • Rita Dias

    Olá. Tenho zilhoes de dúvidas com relação à milhas. Eu tenho o cartao santander elite platinum VG e tenho cerca de 60.000 pontos no superbonus. Só que todas as vezes que tento resgatar os pontos, faço a simulação e acaba que não vale a penas porque, a minha proxima viagem será pra Orlando; se eu usar os pontos para 3 passagens ida e volta, tenho que completar o resto em dinheiro e sempre fica muito mais caro do que tentar comprar diretamente na cia. aerea, uma vez que nao tenho flexibilidade de datas. Então, aproveitei uma promoção relampago e comprei na A.A e aproveitei fiz o cadastro no programa de milhas deles. Entao, em Março de 2016 terei milhas da A.A + pontos acumulados do superbonus. Aí qual é a melhor forma de transformar esses pontos em viagens? deixando no superbonus ou transferindo p/ o mutiplus?

    • Leonardo PA

      Você pode usar seus pontos no próprio programa SuperBonus (esse que você estava fazendo as simulações) ou então transferir para um dos programas parceiros (Gol Smiles, TAM Multiplus, TudoAzul, IberiaPlus, Aeromexico Premier, LANPASS, Delta SkyMiles ou TAP Victoria) e emitir a passagem por eles.

      Cada um dos programas tem a sua tabela. No Smiles, normalmente ida e volta para os EUA é 70 mil, no Multiplus costuma ser 60 mil, na AAdvantage você encontra por 40 mil, no IberiaPlus você encontra por 50 mil (transferindo para a British), no TAP Victoria você encontra por 55 mil, e por aí vai.

      Cabe a você ver qual a melhor opção. De forma resumida, dá pra dizer que: se o seu foco é viajar para os EUA, o melhor programa é o AAdvantage. Se seu foco é viajar para a Europa, aconselho o IberiaPlus (via British Airways Executive Club).

      Depois que seus pontos estão em um desses programas, não é possível transferí-los para outro programa, com exceção do par IberiaPlus – British Airways. Como elas pertencem ao mesmo grupo econômico, existe uma funcionalidade que permite transferir de um pro outro online.

      Com relação às passagens da AA que você comprou, a AA faz parte da oneworld e, com isso, você pode mandar as milhas para o programa de qualquer empresa que pertença à oneworld. Iberia, TAM, LAN e British Airways são as principais para nós da América do Sul.

      Espero ter ajudado, qualquer dúvida só falar.

  • Aurora Canedo

    Liguei na central de atendimento da Santander e eles me disseram que apenas o primeiro saque vai aumentar de 10.000 para 15.000 e após o primeiro saque, os demais poderão ser de 1.000 em 1.000.

    • Rodrigo

      Também liguei na central de atendimento do Santander, mas pra mim a resposta foi pior. A atendente me falou que a primeira transferencia irá precisar ser de 15000, e as próximas precisa ser o valor que transferi antes + 1000 pontos. Quer dizer, hoje transfiro 15.000, na outra vez preciso transferir 16.000 e assim por diante. Achei essa informação equivocada, mas perguntei umas 3 vezes. Se for verdade, ferrou tudo.

  • Rita Dias

    Poxa, Leonardo, muito obrigada pela resposta!!!

  • BuffyDawn Summers

    Afff… sem condição! 15 mil? Vi hoje e já vou transferir os bonus que tenho lá.

  • Márcio Martinele

    Tenho 10 mil, mas nunca vou conseguir chegar nos 15 mil. Pelo contrário, começarei a perder, porque em breve meus pontos começarão a expirar mensalmente e meu gasto atual é menor que meu gasto de 1 anos atrás, por causa do dolar. Ou seja, a partir de julho de 2016, a cada mês expira 500 e eu ganho 300 = perdi 200… Obrigado Santander.

  • Diego Demarchi

    OK. Muito obrigado. Vou ver o que faço pra não perder esses pontos antes de cancelar de vez esse cartão.

  • Fabricio

    Eu parei de usar meu cartão de crédito Santander…Lixo!!! Quando aparece promoção vc não consegue aproveitar…