Roteiro em São Paulo: 5 dias de diversão para as crianças!

Redação 25 · maio · 2017

Engana-se quem pensa que São Paulo não é lugar para crianças. A maior cidade e centro econômico do país tem, na verdade, atrações para todos os públicos. Quem garante é a leitora Érica França, autora do blog Viajante em Tempo Integral  que nos enviou um roteiro para divertir pais e filhos durante cinco dias na capital paulista! Confira o post da Érica!

CRIANÇAS EM SÃO PAULO – ROTEIRO DE CINCO DIAS

Por Érica França

Meu nome é Érica França, sou jornalista e blogueira do blog Viajante em Tempo Integral. Sou fã, entusiasta e uma grande apoiadora das viagens em família. Eu acredito que viajar com nossos filhos é um grande presente à família toda e as viagens fortalecem muito os laços, além de criar memórias incríveis. Embora eu goste de viajar a todo lugar, uma cidade que amamos é São Paulo.

Pelo fato de morarmos perto, estamos lá o tempo todo, garimpando e descobrindo novas atrações. E, por esta razão, gostaria de dividir com quem está vindo a São Paulo dicas para aproveitar a cidade em família. Vou propor um roteiro de cinco dias, lembrando que quando viajamos com crianças o ritmo é mais tranquilo, sem correrias.

São Paulo pode, à primeira vista, não parecer um destino para crianças. Mas um segundo olhar já revela muitas atrações para quem visita a cidade com os filhos. Então, é só ler as dicas abaixo para curtir muito a Selva de Pedra com seus filhos. Faça uma boa viagem.

1° DIA: CHEGADA

Se você estiver chegando a São Paulo de avião, há três opções de aeroporto – Congonhas, Cumbica (na cidade de Guarulhos) e Viracopos (um pouco mais distante, na cidade de Campinas).

Congonhas fica próximo do centro de São Paulo e dali dá para pegar um táxi ou Uber até a região em que você for ficar hospedado. A partir de Guarulhos, é possível pegar táxi, transfer, ônibus executivo que passa pelo centro de São Paulo (Airport Bus Service) ou ônibus intermunicipal (EMTU) – opção mais econômica, que vai levá-lo até o metrô Tatuapé. A partir de Viracopos, quem voa pela Azul conta com ônibus gratuito até a capital. Se você chegou por outra companhia aérea, dá para pegar também um ônibus intermunicipal até a capital, que custa R$ 23.

Em São Paulo, uma das melhores regiões para se hospedar é na região da avenida Paulista. Ali, há muitas atrações, ótimas opções de transporte e grande infraestrutura. Então, ao chegar no hotel, deixe sua mala e saia para uma caminhada para explorar a região. Você vai encontrar lojas, shoppings centers, cinemas, livrarias, restaurantes, bares, sorveterias, padarias e sentir o ar da capital paulista.

Se a família gosta de livros, aproveite o dia para passar pela Livraria Cultura, que está no Conjunto Nacional (Avenida Paulista). As crianças vão amar. No mesmo prédio, há uma unidade da sorveteria Ben and Jerry’s. Não deixe de ir.

2° DIA: MASP E IBIRAPUERA

Agora que você está mais ambientado, vamos explorar um pouco mais a região. Se você quiser pular o café da manhã do hotel, pode experimentar uma ótima opção na padaria Bella Paulista. Visite-a durante sua estada, para um lanche, almoço, café da tarde ou jantar, mas passe por lá.

De lá, siga para o Masp, cartão-postal da cidade de São Paulo e um museu obrigatório. Se as crianças quiserem brincar antes ou depois do passeio, deixe-as explorar o vão livre ou atravessem a rua e deem um passeio pelo Parque Trianon-Masp. Além de ruas arborizadas, há dois playgrounds.

O Masp tem um ótimo restaurante, mas se quiser comer fora, ali próximo há bons restaurantes/bares, como o Charme da Paulista e o Opção. Ou, se você preferir, pegue um táxi e siga até o Bixiga, para experimentar uma das belas cantinas italianas.

À tarde, como vocês já visitaram um museu, sugiro um programa mais light, como um passeio no Parque do Ibirapuera.

3° DIA: PARQUE DA MÔNICA E KIDZANIA

São Paulo conta com inúmeras atrações para as crianças e elas chegam à cidade ansiosas para visitar algumas delas especialmente. Então, se é o caso, este é o dia de você ir ao Parque da Mônica ou ao Kidzania. As duas atrações são em shoppings centers mais distantes do centro e de estações de metrô. Vale a pena pegar um táxi para chegar até lá e não perder tempo. O Parque da Mônica tem atrações para manter as crianças ocupadas o dia todo.

No Kidzania, a visita é em períodos. Você pode aproveitar o período livre para um passeio no shopping Eldorado, onde fica a atração, ou para conhecer mais um parque.

Mas chegue no horário do Kidzania para aproveitar bem. Quando visitei a atração, fui à tarde e passei no parque de manhã. Não funcionou muito bem, porque a Carol não queria ir embora e chegamos com um pouco de atraso no Kidzania, o que nos fez perder um pouco do tempo que tínhamos lá. Nos finais de semana, há filas para as atrações mais concorridas. Então, é bom aproveitar cada minuto na atração.

Se ainda houver pique no fim do dia, vocês podem jantar no restaurante Chácara Turma da Mônica. Faça reserva antes ou chegue cedo, porque o local também é concorrido.

4° DIA: CENTRO

As crianças estão precisando se recuperar da diversão do dia anterior? Então vamos devagar, com programas culturais mais light. É dia de visitar o centro da cidade. Comece com um café no tradicional Café Girondino, próximo ao Mosteiro São Bento (se for religioso, você pode querer ver a missa pela manhã, com canto gregoriano).

Do café, siga até o Pátio do Colégio, onde a cidade nasceu. Passeie pelo museu e igreja e, se o horário permitir, almoce no Café do Páteo. Os pratos são ótimos e o ambiente, muito agradável.

À tarde, você pode escolher entre o Museu Catavento – cheio de experimentos interativos que as crianças amam – ou o Mercado Municipal de São Paulo. As atrações estão próximas entre si, mas é melhor escolher apenas uma do que tentar fazer tudo em um dia, para não estressar os pequenos.

5° DIA: MUSEU DO FUTEBOL E ZOOLÓGICO

Você tem mais um dia na cidade? Não faltam atrações. Se seu filho ama futebol, o Museu do Futebol é obrigatório. A visita inclui um passeio ao campo e, dependendo do dia da visita, você ainda pega a feira livre da Praça Charles Miller, e pode experimentar ótimos quitutes, como pastéis e doces.

Se a pegada da família forem animais e natureza, siga para a Zona Sul e visite o Zoológico e o Zoo Safári. A forma mais econômica de chegar até o Zoo é seguir de metrô até a estação Jabaquara e, de lá, pegar um ônibus gratuito até o Zoológico.

O que mais gostou na viagem?

Nós não nos cansamos de São Paulo. A cidade é viva, sempre está se reinventando e há um grande número de atrações que agradam toda a família. As regiões turísticas de São Paulo contam com ótima infraestrutura para o visitante. A comida e o atendimento em São Paulo também costumam ser um diferencial.

Embora a capital tenha um alto custo de vida, como há grande diversidade, é possível fazer passeios econômicos.

O que poderia ser melhor?

O metrô de São Paulo é ótimo, mas infelizmente a malha ainda é pequena e não alcança muitas regiões. Por esta razão, estude os locais que quer visitar e tente combinar os que são próximos entre si em um mesmo dia. Assim, caso você precise pegar táxi ou Uber, vai economizar. E, como há muito trânsito na cidade, vai ganhar um tempo precioso.

RAIO-X

Hospedagem: Na região da avenida Paulista – Mercure Paulista, Meliá Paulista, Ibis Paulista, Renaissance, Tivoli Mofarrej.

Alimentação: restaurante Chácara Turma da Mônica, para os pequenos. Bixiga, Eataly, Jamie´s Italian São Paulo, Carlo´s Bakery, para famílias inteiras.

Passeios e atrações imperdíveis: Zoológico, Zoo Safári, Parque da Mônica, Kidzania, Museu Catavento, Museu da Imaginação, Livraria Cultura, Museu do Futebol, Pátio do Colégio, Masp, Mercado Municipal, Parque do Ibirapuera, Parque Villa Lobos.

Melhor forma de transporte: Metrô onde houver, táxi, Uber.

Como levar dinheiro: Como em qualquer cidade grande, evite andar com muito dinheiro. Cartão de débito e cartão de crédito são aceitos praticamente em 100% dos estabelecimentos.

DICAS

Com crianças, o ritmo de viagem é outro mais slow. Não encha o dia de atrações. Se há uma atração mais para adultos, combine-a com um parque. Evite saídas noturnas cansativas; deixe as crianças descansarem para o dia seguinte.

CONCLUSÃO

Talvez São Paulo não faça parte da wish-list de quem viaja com crianças, mas eu acredito piamente que a cidade deveria configurar nos primeiros lugares desta lista. A cidade é ótima para ir com crianças, pois agrada a família toda e conta com ótima infraestrutura.

_____________________________________________________________________________

Agradecemos à Érica pelas dicas que certamente vão ajudar quem está planejando viajar com crianças para São Paulo! Para mais dicas sobre a capital paulista, não deixe de ler nosso Guia de São Paulo, com todas as informações para você planejar sua viagem! Fez uma viagem bacana e quer compartilhar com a gente seu roteiro? Entre em contato pelo e-mail convidado@melhoresdestinos.com.br

Autor

Redação - redacao
  • Ana Maria Cancado

    Ótimas dicas. Fiz um passeio com meu sobrinho uns anos atrás e ele ficou encantado. Na época tinha 8 anos. Acho que São Paulo é um bom lugar para passear com crianças. Uma visita que faltou na lista foi o Aquário, que é maravilhoso.