Empresas aéreas que cobram mais de 10% por remarcação pagarão multa de R$ 100 mil

Denis Carvalho 13 · agosto · 2012

A Justiça Federal estipulou multa de R$ 100 mil a companhias aéreas que cobram mais de 10% do valor da passagem em casos de remarcação ou cancelamento.A decisão foi publicada hoje no “Diário Oficial” da 1ª Região e vale para as empresas TAM, GOL, Cruiser, TAF e Total, em todo o país. As empresas precisam comprovar em até 15 dias que estão cumprindo a medida ou terão de pagar a multa.

As cinco companhias foram condenadas em 2011 a limitar as tarifas. Se o consumidor fizer a mudança até 15 dias antes da viagem, o valor deveria cair para 5%. O Ministério Público Federal no Pará, autor do processo, alegou que as empresas não vêm obedecendo à sentença.

Na prática, a decisão afeta somente TAM e GOL, já que as  outras três empresas não fazem mais transporte de passageiros, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A ação civil da Procuradoria se baseava nas empresas que operavam no aeroporto de Belém. Por isso outras companhias, como Azul, Trip, Avianca e Passaredo não foram condenadas.  No entanto, a decisão abre um precendente importante para que a prática seja adotada em todo o País. As companhias terão prazo de 15 dias para apresentar documentos que comprovem o cumprimento.

Esperamos que desta vez as companhias sejam obrigadas a cumprir a norma, já que temos acompanhado muitos abusos, especialmente no que diz respeito a passagens promocionais. Em muitos casos, como nas promoções do último fim de semana, a taxa chega a 100% do valor da tarifa, ou seja, o cliente que precisar fazer qualquer mudança simplesmente perde o bilhete.

A Justiça deve ficar atenta ainda ao subterfúgio usado pelas empresas. Segundo elas, tem sido cobrado 10% da “tarifa cheia”, que geralmente é um valor muito mais alto que o efetivamente pago pelo cliente. É preciso que seja claro o limite de cobrança de 10% da tarifa paga, seja ela promocional ou não.

Para mais informações, acesse o site do Ministério Público Federal. Você também pode ler a sentença neste link .

Com informações da Folha de S. Paulo, e Ministério Público Federal e dica dos leitores Felipe Rossi e Flavio Luiz.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Carlos eduardo

    Se as cias forem obrigadas a cumprir isso, adeus promocoes, e o preço dos bilhetes vai pro ceu.

  • Eduardo

    Essa decisão da justiça limita a concorrência e diminui a possibilidade de as empresas oferecerem passagens baratas. Na prática as empresas vão subir os preços de todas as passagens e o consumidor será prejudicado.

  • Felipe

    Mas e a "multa" que eles instituem, é legítima?

    pq além do valor em % da tarifa tem essa multa.

  • Rafaela

    Muito boa essa medida. Eu sei que vocês não tem contato direto com a companhia mas tenho uma dúvida: no caso dessa lei, as empresas tem que cobrar somente esse valor? Por exemplo, eu comprei uma passagem pra Florianópolis que anunciou aqui por R$44,00 e a TAM me cobrou uma taxa de 80 reais pra remarcar ou devolução de 60% + taxa de embarque se quisesse cancelar. Agora isso vai mudar? No caso eu pagaria 4,40 + a diferença pra remarcar? Se for, vai ser bom demais!

  • Daniela

    Na sexta-feira (10/08) tive que trocar uma passagem que comprei da empresa GOL. Paguei por essa passagem mais ou menos R$95,00 em uma promoção da empresa. Só para remarcar do dia 23/08 para o dia 24/08 tive que pagar R$70,00 (totalmente abusivo o valor) + a diferença de tarifa (claro). Achei um absurdo já que troquei com antecedência!!!

  • Bruno

    Tá na hora mesmo de alguém parar com esse abuso na cobrança de multas para alteração/cancelamento das passagens aéreas. Recentemente a AA me cobrou R$ 400,00 pra cancelar um bilhete de R$ 1.600,00. Achei um absurdo, considerando que o voo é pra novembro ainda.

  • Se isso acontecer mesmo de verdade, que eu duvido muito, seria uma maravilha!

  • Lucas

    Se isso realmente acontecer, as empresas nao vão diminuir as promoções? O dinheiro das multas ou nao utilização de bilhete promo deve gerar valores consideráveis para as cias aéreas, compensando os valores promocionais…

  • Luana

    Quem o consumidor deve procurar para fazer reclamação caso veja que essas exigências não estam sendo cumpridas?? existe algum telefone para reclamações?

  • Lucas

    Comprei uma passagem pela TAM no valor de R$ 451. Para remarcar estão me falaram que tenho que pagar R$ 80, quase 20%. Como faço para reclamar a respeito disso na hora de remarcar? Obrigado.

  • Nadja Mallet

    Tomara que isso seja adotado por todas!! Comprei a passagem promocional da Copa com destino a Vegas, paguei R$830,00 ida e volta, tentei alterar a data e quiseram me cobrar U$ 1.500,00 por passagem, o próprio atendente da Copa brincou no telefone dizendo que não valia a pena alterar!

  • Thiago SSA

    Espero que o consumidor não saia lesado.

  • karinn

    Espero q isso realmente funcione !!! boa notícia!!

  • Nalison

    A Gol me cobrou R$ 100 por uma alteração, em uma tarifa promo de R$ 299. Isso é equivale a mais de 30% do valor.

  • Froydz

    Acabei de passar por esse problema como a promoção do fds. Alguém sabe se há algo que eu possa fazer uma vez que já paguei a multa de remarcação/cancelamento da passagem? Obrigado.

  • Samuel

    E as passagens emitidas por pontos? Alguém, por acaso, sabe algo a respeito?

  • Fernanda

    ótima decisão. Mas só vale a partir de agora?

    Eu cancelei uma passagem pela Gol na semana passada. Paguei R$ 380 e recebi só R$ 140 de reembolso. Um absurdo!

  • Bruno

    E quando será que vai valer para empresas estrangeiras? Comprei uma passagem da US Airways e o valor para alteração ou cancelamento é 250 dólares.

  • Fabio CS

    Como funciona no caso do cliente comprar na promoção uma passagem por R$ 50 e depois querer remarcar para outra data como natal ou outra onde a passagem é bem mais cara?

    Isso vale apenas para a Taxa de remarcação e ainda assim teremos que pagar o valor da diferença tarifa do dia?

  • Bom d+ pra ser vdd!

    Tomara q essa medida seja realmente colocada em prática e fiscalizada pela justiça! A Webjet chega a cobrar 200 reais pelo cancelamento de um bilhete dependendo da tarifa, isso não existe!!

    Estão abusando com essas cobranças absurdas!!

  • Eliane

    Isso já está valendo? Tenho uma passagem da Gol e outra da Tam para trocar, mas nas regras que aceitei durante a compra as taxas são muito maiores…

  • Nádia

    Excelente notícia!

    Acho abusivas demais as taxas cobradas pelas companhias… Poxa, pra trocar passagem de ônibus vc nem paga! E olha que eles podem cobrar 5%, mas tem empresa que não cobra.

    Estou precisando cancelar uma passagem com a Gol. Vamos ver se a regra vai valer mesmo né!

  • André

    Finalmente uma boa notícia!! Essas taxas de remarcação e cancelamento são abusivas, já estava na hora de dar um basta nessas empresas.

    Acrescentando, li em http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/08/just… :

    "A decisão também estabeleceu que empresas terão que devolver aos consumidores os valores cobrados além desses limites. A devolução deverá ser feita em todos os casos ocorridos desde 5 de setembro de 2002."

  • Pedro

    Sou totalmente contra essa decisão. A aviação aérea já é uma atividade de extremo risco econômico para as empresas e não é atoa que estão tomando prejuízo e falindo aos montes por aí. Além disso, vc quer pagar 39 reais numa passagem e ainda pagar só 3,90 de multa? Isso praticamente inviabiliza qualquer promoção desse nível e elas vão acabar sumindo. Lembrem-se que uma coisa é uma contrapartida da outra. Não comprem passagens por impulso, ou se caso algum imprevisto ocorra se contente com a perda. Agora, vc tem a opção de pagar mais caro e não ter multa pra remarcação. Essa decisão na prática vai tornar as passagens todas mais caras e esse blog vai ter bem menos matéria pra postar. O Brasil pra variar anda na contra-mão do mercado… Bem, acho que temos que ter um pouquinho mais de análise crítica nessas notícias antes de ficar comemorando. Acredito e torço para que esse absurdo não vá pra frente.

  • hornan

    esperamos que se cumpra a decisão judicial. é um absurdo vc ter que pagar o valor da passagem(no caso da promocional) caso queira fazer uma troca. em fev, devido a reforma de CUR, a gol trocou 3 vezes meu voo, ou vc aceita ou cancela. sendo que passagens foram compradas em 4 meses antes. faltando poucos dias, queria trocar a ida da minha esposa por um imprevisto mas qdo vimos o preço, decidimos manter o horário que a GOL decidiu por nós. finalmente uma decisão que beneficia o consumidor.

  • Daniela Forner Caste

    Leo,

    Vc tem mais informações sobre essa sentença judicial? Eu acabei de ligar para a Gol e para a Anac e as duas me deram a informação de que não sabem de nenhuma decisão a respeito.

    Aliás, no atendimento da Anac, me disseram que atualmente esses 10% só valem para a tarifa cheia, embora a reportagem publicada no G1 se refira ao valor pago.

    Nós, consumidores, precisamos efetivamente cobrar das cias o cumprimento dessa decisão, mas isso só poderemos fazer com conhecimento do teor da sentença.

    Obrigada!

  • Desnecessária essa intervenção na economia de mercado. O efeito prático que pode ter é simplesmente exterminar com as mega-promoções. Parte do preço ser tão barato é a baixa flexibilidade para remarcação e reembolso oferecido por estas passagens. É a dinâmica entre conveniência e preço. Se você quer ter mais conveniência e a possibilidade de remarcar livremente, deve pagar uma tarifa mais cara. Se quiser aproveitar uma super-mega-promoção e pagar R$ 39,00 para voar 800km, qual o problema da passagem não ser reembolsável?

  • Fernanda

    Isso é muito bom. Recentemente eu precisava fazer uma alteração em uma passagem da Gol e compensava eu comprar outra passagem do que alterar o horário da que eu já havia comprado. As taxas são absurdas.

  • Najla

    Finalmente algo para combater este abuso das cias aéreas. Comprei passagem para viajar em julho, com custo total de 235,00 reais, tive q cancelar tudo, e além de pagar o valor integral, devido as multas e taxas ainda tive que pagar uma diferença de 85,00 reais para a Gol. Baita absurdo, sem ter com quem reclamar, e o pior, sem viajar.

  • Roberto

    Se isso se confirmar, os preços das passagens aumentarão. É a lógica da oferta e procura. Sai promoção com passagem a 50 reais ida e volta, você tem que mudar um trecho e paga somente 2,50 reais. Acha justo com a companhia aérea que te ofereceu um preço baratíssimo? É igual às super promoções de hotéis e aluguéis de carros, onde você paga e a tarifa não é reembolsável.

    • Diógenes

      É isso mesmo! Sempre aparecem as opções de compra, fora das promoções que dão direito a cancelamento ou alterações com taxas reduzidas ou sem taxas.

    • ayrton

      se vc fizer isso no mesmo final de semana e ainda encontrar o mesmo preço,é justo sim…o que acontece é que as promos só duram de 2 a 3 dias e se vc for fazer a mudança depois, vai ter de pagar a diferença tarifária e essa passagem de $50,00 vai subir e muito e vc ainda vai ter de pagar os $2,50 ou $5,00…

    • Vinicius

      Acho que o pessoal está confundindo: o que vai mudar é o valor da multa, mas nem por isso as pessoas vão ter que deixar de pagar as diferenças entre os preços de passagem.

      • Diego Braga

        Será que em seus balanços as Companhias divulgam o valor de quanto arrecadam só com essas multas de remarcação/cancelamento? Taí uma dica de matéria para o MD.

  • lenir

    Reclame no site 'reclameaqui', ja utilizei para cancelar um voo da tam e fui reembolsada em 100 por cento sem nenhuma cobrança. Também ja reclamei da gol sobre minha insatisfaçao quando paguei uma taxa de remarcação e fui reembolsada do valor da taxa de remarcação no mesmo dia que postei a reclamação. As taxas são abusivas mas as pessoas pagam e nao reclamam.

    • Alinne

      Alguém sabe quando começa a vigorar?

      Hoje liguei para a gol e disseram que só iriam responder em juízo sobre esta publicação no DO.

    • Daniela

      Lenir, Como você conseguiu 100% de reembolso? mês passado cancelei um bilhete marcado para setembro/2012 e a Tam vai me reembolsar 40% do valor. Entrei em contato com o Procon e eles me disseram que não existe lei que regulamenta essas cobranças então a cobrança obedece as normas da companhia. No meu caso era passagem promocional. Ainda não recebi o reebolso será que posso reclamar ainda?

    • Esse tipo de site não tem futuro. Muitas são as empresas que perceberam que fazer tudo o que o consumidor pede nestes sites é pior, pois gera uma demanda crescente de pessoas que não seriam atendidas de forma convencional.

      Cabe à sociedade refletir se o modelo atual é ou não benéfico. Eu creio que, apesar de algumas deformidades, é sim interessante. Talvez limitar a um porcentual, mas permitindo um valor mínimo, tipo R$80 para cobrir custos operacionais, fosse uma boa alternativa para resguardar quem paga valores normais e não acabar com as promoções.

    • kamila

      Lenir, pelo próprio reclame aqui eles devolveram integral? Sua passagem era promocional?

    • Joao Carlos

      Creio que a cia aérea fez o reembolso por já saber que, pelo Código de Defesa do Consumidor, o cliente pode desistir da compra se ela é feita fora da loja FÍSICA, feita no site. Se alegarem ser loja virtual (kkk) é balela.

    • Diego Braga

      Reclame Aqui é uma arma poderosíssima! Em junho, após várias tentativas por meio dos canais de antedimento da GOL de postergar em um dia o retorno de minha viagem sem que houvesse cobrança de diferença tarifária fundamentando que só neste ano a GOL alterara unilateralmente 4 trechos meus (em razão da readequação de sua malha aérea), postei a minha indiguinação no Reclame Aqui e em 40 min. o SAC da GOL me ligou e procedeu a mudança. Era uma questão lógica: pq a GOL me prejudicara 4x e eu preciso de sua atenção 1x e ela me negara? A GOL usou do bom-senso e fez essa concessão alterando o meu trecho sem cobrança de tarifa extra.

  • Ana

    Aproveitando o assunto, gostaria de fazer uma breve observação quanto à cobrança das taxas de embarque também. Tenho a impressão de que no caso de remarcação, o consumidor tem pago a taxa de embarque em duplicidade. Alguém também já reparou nisso?

    • Diógenes

      Negativo. Eles não cobram em duplicidade, já aconteceu comigo, na TAM e na GOL.

    • Danillo

      Não, Ana, quando você faz remarcação eles descontam o valor da taxa de embarque ou ele vai como crédito para uma nova compra.

    • Juliano

      Reparei sim, e isso é porque eles tratam a taxa de embarque como se fosse parte da tarifa, o que é um absurdo, pois é um tributo que pagamos e que deve ser repassado ao governo ou então devolvido integralmente!

    • Diego Braga

      A taxa de embarque do voo remarcado é extornado em seu cartão de crádito. Pelo menos, sempre extornam as minhas taxas de embarque. Qd demoram, abro chamado.

  • lenir

    Najla, pq vc simplesmente não deixou de embarcar, sem pagar para cancelar?

    • Rodrigoclt

      Sem comentários!!! kkkk

    • Rodrigo Gonzalez

      Najla,

      Pegue os comprovantes e vá à justiça! É indevida a cobrança, pois como a cia aérea pode te cobrar mais para não prestar o serviço?

      Vá em busca dos seus direitos!

    • Najla

      Porque a taxa de não comparecimento, era maior que a de cancelamento. Para cancelar, 80,00 reais e o noshow 100,00, escolhi a opção "mais barata"

  • Marcel Araujo

    Eu comprei passagens pela Gol ao preço de R$ 352,00 e tive de cancelar, sendo que a taxa de cancelamento foi de R$ 160 por trecho, logo R$ 320,00. Simplesmente achei isso um abuso ao consumidor.

  • Eladyr

    E vc sabe como devemos requerer os valores pagos??? ou será que a Cia devolverá o $$ sem que precisemos requerer a devolução do valor pago a mais?

  • Raiffy

    Eu concordo com essa medida, desde que afete somente a taxa de marcação, i.e, a diferença tarifária ainda seria cobrada. Para as cias aéreas, a cobrança de 10% pelo cancelamento / remarcação não vai gerar prejuízo, pois a princípio o cliente trocaria uma passagem promocional por uma mais cara, pagando o valor desta + os 10% de remarcação

  • Vagner Santana

    Acredito que as pessoas críticas e em desacordo a essa decisão da justiça, nunca passaram por situação de remarcação de passagens, cancelamentos, entre outras. Só assim perceberão o descaso das companhias aéreas com os clientes, na verdade nem parece que nós somos os clientes. Estou de acordo com a decisão. Na verdade o calcanhar de aquiles para que as companhias aéreas tenham lucro, não é baseado nessas decisões, mas sim na regulação do setor, que limita, por exemplo, o investimento estrangeiro nas companhias.

  • Diego

    Realmente, um ponto de vista interessante. Concordo com o que disse.

    "esse blog vai ter bem menos matéria pra postar"

  • guilherme

    Realmente voces acham justo um cidadao pagar 39 reais por uma passagem em promoçao, com voos e horarios reduzidos e depois pagar apenas 3,90 para voar no dia e hora que quiser?

    O que vacham que vao acontecer com as promoçoes??

  • Hugo

    Pessoal, acredito que no caso das mega promoções as empresas tem como abrir precedentes sim.

    Essa regra é valida para passagens normais, onde as empresas realmente abusam.

    Bom, pelo menos eu espero já que no caso de preços totalmente abaixo da tabela, a decisão judicial não faria sentido.

    Porém, o abuso é praticado sempre q o consumidor precisa alterar.

  • luiz gonzaga da silv

    Comprei uma passagemn para Fortaleza pela gol,por problemas de saude precisei cancelar a ida e a volta paguei R$ 160,00 de multa,e ainda temos de aguentar as gozações das operadoras,foi em fevereiro deste ano, posso ser reembolsado destes valores ?

  • Jean

    E aí, adeus promoções…..

  • Diógenes

    Concordo com o amigo aqui. Não podemos ser imediatistas, nossa visão deve ir além do próprio umbigo. As cias dão opções que permitem o cancelamento ou alteração sem pagamento de taxas. Uma decisão dessas beneficia as pessoas que compram por impulso e prejudica os que se planejam (já que as promoções, se não acabarem, serão raras).

  • Jean

    É verdade….e como nesse país impera a Lei de Gerson, muita gente vai comprar a passagem na promoção já pensando na troca futura. Não sou fã dessas companhias, mas essa medida vai ter o sentido inverso.

  • Marcelo

    Você está certo. Só vão sobrar as tarifas em que a Gol e a TAM não cobram taxa de remarcação ou cancelamento, ou seja, as tarifas cheias. Essa decisão da justiça impede as empresas de praticarem discriminação de preços, que, ao contrário do que o nome pode sugerir, é uma coisa boa tanto para o fornecedor quanto para o consumidor.

  • Diógenes

    Concordo em gênero, número e grau. Minha namorada mora em Foz, eu em Curitiba, compramos as passagens com antecedência de até 6 meses, aproveitando as promoções. Pagamos sempre muito barato, inclusive se comparado ao preço do ônibus. Temos plena consciência e achamos justa a cobrança de multa, que as vezes implica na perda do bilhete. Porque tinhamos a opção, aliás, geralmente duas opções de preço, que permitem alterações com taxas mais baixas, ou sem taxas. A medida judicial vai nos prejudicar.

  • Eu nao gosto de pagar multa e reconheço que muitas multas sao elevada. Por outro temos que saber que as cias aereas tem muitas despesas e gastos com seguranca. A tam e a gol tiveram prejuizo ano passao. Entao nao consigo entender essa intervencao em relacao as multas de remarcacao. As promos sao, muitas vezes pra cobrir o custo do assento vazio nas aeronaves. Se alguem remarca um bilhete, aquele assento pode deixar de ser vendido e isso pode gerar prejuizo naquele dia. Enfim, o que eles querem pressionando assim as cias aereas? Que elas tb reduzam os gastos com segurança pra compensar esses prejuizos? Ou que elas quebrem como aconteceu com a Varig, Vasp, Transbrasil e a Pluna?

  • rafael

    com tda certeza Pedro. Não se pode esperar muita coisa comprando passagens por 49 reais… as cias aereas estão ficando engessadas pelas regulações de preços e tarifas… daqui a pouco não teremos promoção nenhuma e irão reclamar do alto preço das tarifas.

  • Auriel Alves Lisboa

    Não creio que essa medida vá influenciar nas promoções das Cias.Aéreas, vez que, para mudar o dia ou a hora do vôo você fica sujeito a pagar a diferença de tarifa, além da multa. É justo que a multa seja 10% ou menos, independentemente da tarifa paga. A penalização do passageiro ficará por conta da perda da promoção.

  • Ana Karolina

    Também queria saber… porque paga-se uma multa de cerca de 70,00 para alterar…

  • Guilherme

    Também tenho essa dúvida. Emiti uma passagem de BH para Fortaleza pela Gol com milhas, e estão cobrando mais de R$100,00 para estornarem as milhas.

  • Sandro

    Creio q não, Carlos! O índice de remarcação de passagens é muito baixo. Na verdade as empresas abusavam no valor da taxa apenas como lucro extra. Já paguei mais de 100% sobre o valor da passagem cancelada.

  • janete

    tambem tive problemas com remarcacoes,e remarquei 20 dias antes….

  • Tania

    O que eu acho um absurdo maior eh que no caso de vc decidir nao utilizar o bilhete, o que acho um direito do consumidor, vc ter que pagar pelo no- show.

  • Paulo

    Meu amigo, o que gera tarifa baixa e promoções é a concorrência e menos impostos e não taxa de remarcação. Lembre-se também que nem todo mundo aqui paga 39 na passagem, tem muita gente pagando 1200, 800, etc FORA a diferença do valor do acento no caso da remarcação. Estava mais do que na hora dessa lei ser cumprida.

  • Warley Fernandes

    Podia quando atrasar, ou quando eles ficarem remanejando horários em nossas viagens, eles também nos pagar uma taxa, da mesma forma que nos é cobrada hoje… Só que caímos naquela do real que você tem na poupança por exemplo e o real que você deve… o seu nunca tem valor!

  • Marcus

    Confesso que não compreendi seu comentário…

    Você quer dizer que a companhia aérea lhe faz um FAVOR em remarcar sua passagem? Não esqueça que nós é que fazemos um favor em comprar as passagens.

    Imprevistos acontecem, é lógico, e as companhias aéreas têm todo o direito de serem indenizadas; mas pelo valor justo. Imagine você desistir, por exemplo, de uma geladeira que comprou há 2 dias e ter de pagar R$ 500,00 de indenização para a loja; você acharia isso correto?

    Além disso, não vejo onde há prejuízo. Normalmente quando se remarca, o novo valor é SUPERIOR ao anterior; você vai pagar a diferença MAIS a multa. A aritmética simples mostra que houve lucro com isso…

    A diferença é que agora o consumidor não é prejudicado, mas a companhia aérea continuará lucrando.

  • Frederico Becker

    Concordo que apenas 10% de multa inviabiliza as empresas aéreas, mas as taxas (embarque) deveriam ser devolvidas integralmente. Para onde vai este valor? No meu ponto de vista, as empresas não estão repassando estas taxas pagas e não utilizadas pra ANAC…

  • Juliano

    Não acho que os preços devam subir. As promoções são expressão da concorrência. Os lucros continuam garantidos pelas tarifas pagas por quem compra na última hora!

    Não pode é continuar os abusos praticados.

  • Juliano

    É um absurdo mesmo, Najla. Eles cobram multas superiores ao valor da tarifa.

    A Webjet, por exemplo, deixa de devolver a TAXA DE EMBARQUE, que é um valor que deveria repassar ao governo.

    Ora, a taxa de embarque é um tributo que pagamos, e não parte da tarifa! Eles não podem cobrar!

    Mas as companhias ficam confortáveis, porque ninguém vai acionar a Justiça por causa de 20 reais… Precisaria um órgão como o Ministério Público interferir para frear essas arbitrariedades!

  • Rodrigoclt

    O problema é que o povo brasileiro só quer direitos e não deveres. Sou o primeiro a reclamar das empresas aéreas, quase toda viagem minha ha algum problema e posteriormente tenho que coloca-las na justiça.

    Mas essa lei é um verdadeiro tiro no pé, primeiro que as empresas vão acabar com as grandes promoções (se bem que acho que é bem isso que os governantes estão querendo, pois hoje em dia são obrigados a dividir os aeroportos super lotados com os "pobres" que compram suas passagens na promoção como eu e a grande maioria).

    Para as empresas aéreas vai torna-las cada vez menos operacional, pois vão diminuir a quantidades de pessoas voando já que terão que aumentar os preços. Esse tipo de regra só tira a livre concorrência, mas são feitas por funcionários públicos que nada entendem nem de trabalho que dirá de operações aéreas.

    Corre o risco de acontecer como a Varig, Vasp e Transbrasil que faliram boa parte devido as regras para voos internacionais impostas pelo governo.

    E convenhamos Nadja, alguém que paga R$ 830,00 reais por uma passagem ida e volta para Las Vegas não tem que ter direito a remarca-la. O que falta ao povo brasileiro é educação e bom senso, pois qualquer um pode ver que não é um valor normal, portanto não pode ter uma regra normal, como essa de remarcação sem custo.

  • Carol

    Acredito que deva ter uma flexibilidade até nessa nova ordem. Passagens promocionais (de verdade) não deveriam entrar no barco. é só pensar em promoções mais simples que, qndo o preço é muito mais baixo, vem cheias de poréns… Agora, para as tarifas 'normais', acho válido. Porque, afinal, além da multa para remarcar, ainda pagamos a diferença de tarifa… é mais que suficiente.

  • Rodrigoclt

    Isso Fábio, vc compra uma passagem em uma promoção as vezes pagando apenas 1 real e remarca ela para o Reveillon!!!!

    Vc acha isso pertinente???

  • Eduardo

    Queria o email do juiz.

    Acabei de alterar um voo e me cobraram mais que 10%!

  • Thiago Castro

    Inocência nossa achar que isso será cumprido. Se repararem, a decisão é do início do ano passado e até agora as cias NÃO cumpriram!!!!

    Tem q haver fiscalização!!

  • Thiago Castro

    Isso vale desde o ano passado. Agora, se a empresa vai cumprir, aí são outros 500.

  • Thiago Castro

    Tb to duvidando…

  • Rodrigoclt

    Pedro concordo plenamente com vc. A questão é que com essa nova regra isso irá fazer com que as passagens aumentem e que acabem as grandes promoções. Diminuindo assim o numero de passageiros em nossos aeroportos super lotados, fazendo com que não haja mais a necessidade de grandes reformas aeroportuárias.

    Isso é uma decisão política claro!!!

  • Samira

    Acabo de tentar alterar uma passagem da GOL que é para daqui a mais de um mês e o valor cobrado continua sendo 100% do total que paguei. Na prática, paguei R$ 145,04 pela passagem e isso tudo está sendo revertido em multas e taxas de alteração. Vou ter que comprar uma passagem do zero. Absurdo como eles se acham acima de tudo e de todos, até mesmo da Justiça! Achei sim o percentual determinado pelo juiz muito baixo, mas cobrar 100% é absurdo, ainda mais com toda a antecedência com que estou fazendo a troca. Vamos denunciar!

  • Mauro

    [EDITADO]… Acabaram as mega promoções… como a companhia vai vender uma passagem por R$ 39 pra terça-feira a tarde e o cliente remarca pra sexta-feira as 19 hs (quando custa normalmente R$ 600) pagando R$ 3,90? Na duvida todas as passagens vao pro teto. P

  • armando cruz

    Eu gostaria de saber se essa decisão será valida para as compras de passagens internacionais pelos sites se compras(decolar etc).

  • Rodrigoclt

    É obvio que isso é uma decisão política, e só o nosso povo burro do jeito que é comemora tal fato.

    Com essa nova regra, acabaram as grandes promoções, isso fará com que diminua a quantidade de passageiros em nossos aeroportos super lotados, fazendo com que eles possam dizer que não precisa mais de grandes reformas nos aeroportos uma vez esta bem adequada a infraestrutura à quantidade de passageiros.

  • angela

    vai dando corda pras cias, elas n ganham dinheiro em cima das desistencias, pois nao sao a maioria, dâânnn.

  • ayrton

    Discordo de vc…ao fazer uma alteração de uma passagem que vc comprou em uma promo de final de semana ,se vc não fizer a remarcarção no mesmo final de semana ,terá de pagar tb a diferença tarifária…

  • ayrton

    quanto ao cancelamento,realmente poderia continuar havendo uma multa e acredito que vai de reembolso,além da taxa…mas quanto a remarcação,se vc não encontrar no mesmo final de semana o mesmo valor ,já vai ter de pagar diferença tarifária…imagina se vc for fazer isso depois do final de semana da promo que vc comprou?uma passagem que vc comprou por $39,00,para mudar vai ter que pagar a diferença para o valor da passagem sem promo e +os 10%,ou esperar ter a sorte de antes da partida aparecer outra promo de final de semana…

  • Anne

    Ontem eu cancelei uma viagem pela Gol de 220 reais. Me cobraram multa de 160 pelo cancelamento. Fiquei com crédito de apenas 60 reais na empresa. Como faço para reclamar do valor abusivo cobrado?

  • Marcos Reis

    Concordo plenamente com sua opinião! Até que enfim algume sensato por aqui. O povo quer aproveitar tarifas de R$ 39 e quer remarcar, mudar horário, etc. Precisa-se entender que essas "megas" promoções são as chamadas "figurinhas premiadas", logo precisa existir regras porque se não fica banalizado. Popularizou-se o transporte aéreo mas esqueceram de educar o povo para essa nova realidade, ainda tem gente achando que comprar a passagem lá na hora de embarcar é o mesmo preço do que comprar com meses de antecedências por exemplo. Já vi gente dando showzinho no aeroporto, porque a passagem tá cara!

  • lucia

    Azul cobrou de minha filha e de 2 crianças 50 Reais por passagem disse que poderia sofre mais alterações ai ele foi obrigada viajar assim,deixando de comprir alguns compromissos é um abuso, as promoção tem que existir para as pessoas continuar viajando as vezes o vôo vem vazio e as passagens caras.

  • João Francisc

    Excelente noticia para nós. É preciso acabar com esse monopólio das cias aéreas que expressam regras absurdas não condizentes a realidade do país. Além do que, anunciam prejuízo no trimestre, mas a realidade é outra: as fusões e aquisições comprovam a valorização do seu patrimônio, formam novos mercados, agrega nova reservas e se fortalecem perante a concorrência.

    A justiça brasileira começa a pensar mais nos consumidores que procuram usufruir desse nicho.

  • Pedro

    Basta então apenas comprar uma tarifa que te dê a possibilidade de flexibilizar a alteração em caso de necessidade. Agora, vc quer pagar mega barato e uma tarifa ridícula para remarcar… É melhor avaliar os seus riscos. O único efeito prático dessa medida é acabar com as mega promoções…

  • Brum

    Pq aí ela teria q pagar no-show!

  • Fizemos uma matérias sobre esses balanços hoje e não vimos nada discriminado a respeito!

    • Diego Braga

      Achava que por serem empresas de capital aberto, teriam que divulgar a natureza de suas receitas ou mesmo a ANAC teria essa regra para as empresas aéreas.

  • Cristiano

    Concordo com a sua afirmativa. Prefiro as promoções do que uma eventual multa. Se não tem certeza, não compra ou aceita a multa. E respondendo ao pessoal, isso só vale para a multa a diferença tarifária vai continuar. Se não compro uma passagem na tarifa promocional e troco para o Natal. =]

    • Raiffy

      Mas se você trocar pela de Natal vai continuar pagando a diferença tarifária. O que está em jogo é a taxa para fazer esse serviço.

  • Fábio Guimar&

    Acredito que qualquer modificação na data do vôo sendo feita com até 15 dias de antecedensia deva ser cobrada pelo menos 10 % da tarifa cobrada. Qualquer outra remarcação feita acima desta data, 8% de taxa sobre o preço COBRADO da tarifa.Temos que ver que pimentas nos olhos dos outros é refresco. Quem trabalha com Aéreas sabe que os custos são aperatados.Mas vejam bem. Mas vejam bem, eu falei em címa da tarifa cobrada, e não da cheia.

  • Silvia Maia

    Não é normal pra nós brasileiros acostumados a impostos e preços altos em trocas de serviços sem qualidade.

    Todos sabemos que em qq outro país do mundo os preços operam dentro de uma raoabilidade.

  • Diego Braga

    Moderação, adjetivo desnecessário acima! Favor atenção para esse tipo de termo.

  • gbranca

    No domingo tentei antecipar uma passagem RJ p SP de 2 feira p domingo pela Gol, paguei 250,00 ida e volta e quiseram me cobrar 870,00 p trocar data apenas da volta alegando que a taxa era de 70% da tarifa cheia mais multa e mais taxa da destinos .com conclusao perdi a passagem e comprei outra da Azul.

  • Lenir

    Kamila, postei no 'reclameaqui' minha indignação por ter que pagar a taxa e a gol ligou pra mim horas depois. Já havia pago a taxa, a passagem era promocional daquelas de final de semana, a taxa era mais de 50% da tarifa.

  • gbranca

    Realmente tem q ter regras para as promoçoes mas os valores cobrados nao podem ser extorsivos.

    As regras devem justas para ambos os lados

  • Rafaela, a determinação da Justiça é esta mesmo. Ela limita a taxa cobrada, mas você tem que pagar a diferença tarifária, quando tiver.

  • Brum

    Pois eh, mas quem deveria fiscalizar?

    O cabide de empregos chamado ANAC, que não faz nada de útil pelos consumidores.

    • Thiago Castro

      Tenho a impressão que essas Agências Nacionais (ANAC, ANA, ANCINE, ANP, etc..) não servem pra nada!!!

  • Josimar

    Comprei passagens na promoção de milhas reduzidas a 3 mil , e antecipadamente alterei as datas e fui obrigado a pagar R$ 80,00 por trecho !

    E no caso das passagens emitidas através de milhas, como isso funciona !?

    • Lilian

      Olá, Josimar e Equipe MD!

      Estou na mesma situação que você!

      Entendo que a decisão e genérica e se não pagamos (R$) passagens com milhas, devemos pagar pelo cancelamento!!!

  • Luciana

    E no caso de cancelamento de passagens retiradas em milhas. Semana passada cancelei 3 passagens da Gol de milhas e tive que pagar 480,00 de multa para não perder as milhas.

    • Feliciano Martins

      R$ 480,00 de multa? Por que tanto assim? Pra mim sempre combram R$ 50,00 por bilhete cancelado.

  • Roberto Loureiro

    paguei recentemente 130 reais de multa a GOl

    para remarcar uma passagem de volta.

    O preço total da passagem era de 1.300,00

    Entendo que cobraram mais de 10% neste caso, pois a passagem de volta seria a metade do preço.

    Estou certo?

  • joseph

    Quem te garante que não irá ter mais promoções, até onde consta, seu nome aqui é Pedro e não Mãe Diná.

    As empresas sabem da crescente renda e demanda da classe chamada por "C", e não irá acabar com as promoções pois seria um tiro no pé.

    O provável seja que teremos promoções relâmpago, ou o uso de outlets como a pluna fazia.

    =)

  • Sergio Melo

    Péssima a medida. As companhias vão deixar de oferecer tarifas baixas. Quem compra com tarifa baixa, sabe o risco e ponto final.

  • Sergio Melo

    Comprou barato. Paga caro e ponto final.

  • Sergio Melo

    Com certeza. O consumidor vai pagar a conta com a tarifa mais alta. Parabéns para a decisão. Vamos pagar a conta mais uma vez. Quando você compra tem a regra de cada tarifa. Só falta a justiça obrigar a companhia mandar pontuar no programa de fidelidade.

  • Sergio Melo

    Parabéns pelo comentário. Você disse a verdade.

  • Sergio Melo

    Brasileiro gosta de levar vantagem em tudo. Quando você compra a passagem tem as regras. Você escolher qual o tipo de tarifa e valor de remarcação, então você teve direito a escolha e depois não pode reclamar. Quanto mais barato maior o custo de remarcação, logico. O mesmo vale para os sites de compras coletivas, quem compra num peixe urbano ler as regras antes, e depois não pode reclamar.

    A favor da competição e remarcação livre.

  • Rafaela

    Eu tenho uma dúvida, cancelei uma compra de uma viagem no mês . A passagem era de ida e volta e no trecho de volta, a taxa de cancelamento foi marior do que a própria passgem. O Valor da passagem era de R$90.00 e eu paguei R$100.00 pelo cancelamento ou remarcação. Entrei em contato com a GOL e a ANAC e as duas deram uma de João sem braço, posso me embasar nessa decisão para pedir o ressarcimento correto?

  • Jean Carlos

    Gostaria de saber se essa decisão será aplicada a partir de quando,pois tentei mudar a data de um voo pela Azul, e eles estão cobrando quase 90% do valor da minha passagem.

  • Thiago

    Najla, a taxa de no-show é só caso vá remarcar o bilhete pra outra data ou pedir reembolso do mesmo após não comparecer!

    Caso simplesmente não embarque, nada será cobrado.

  • Thiago Castro

    Tb penso assim. Ainda não entendi a celeuma do pessoal que é contra a medida.

  • Thiago Castro

    Mas se a pessoa trocar a passagem vai pagar a diferença tarifária anyway, LOGO, não entendi seu raciocínio.

  • Thiago

    3,90 mais a diferença tarifária, a decisão se refere apenas à taxa.

    Eu acho que a maioria das pessoas que defendem as companhias ainda não entendeu isso.

  • Thiago

    Favor atentar para o fato que a decisão se refere apenas à tarifa de remarcação, sem incluir a diferença tarifária.

  • Thiago Castro

    Concordo totalmente contigo Marcus!!!

  • Thiago Castro

    Claro que não. Se comprar uma tarifa mega barata e trocar a passagem, vc vai pagar a diferença tarifária, LOGO, a passagem não será mais mega barata. Entendeu??

  • Thiago Castro

    Eu acho que muita gente aqui não entendeu a lógica da empresa. Vejam se é justo:

    Vc compra uma passagem MEGA BARATA, tipo uns R$50 (ida e volta) pra qualquer lugar. Daí, 20 dias antes, vc tem um imprevisto e vai precisar alterar a data. Quando for alterar a passagem, a empresa vai te cobrar uma nova tarifa, que PROVAVELMENTE não será mesma tarifa mega barata que vc pagou.

    Com isso, vc estará pagando o preço que alguém que comprasse nesse momento estaria pagando. Eu entendo que isso é o justo. Agora me digam: ONDE ENTRA A LÓGICA DE COBRAR UMA MULTA POR ISSO??

    Afinal, ainda faltam 20 dias (na lei fala em 15, ok)!! A empresa pode disponibilizar aquele seu assento por um preço mais alto e vc estará pagando o preço atual, ou seja, vc ABRIU MÃO do preço mega barato!!

    Não consigo entender onde isso vai fazer com que acabem as promoções! Só consigo ver que isso é uma baita fonte de renda para as empresas. E é lucro direto, pois não há qualquer procedimento operacional que o justifique. Ou seja, é um ABUSO!!!!

    Entenderam agora ou tem que desenhar???

  • Thiago Castro

    Então já que eu faço parte desse povo burro que vc falou, me explica qual é a lógica de cobrar taxa de remarcação??!!!

    Ora, se eu pago a diferença tarifária (e provavelmente um valor maior pela nova passagem em relação à primeira), PQ eu ainda deveria pagar multa??

    Se for em cima da hora, até acho justo, mas com 15 dias de antecedência???? Ah, fala sério!!!

  • Thiago Castro

    pq esse cliente vai pagar a diferença tarifária, que provavelmente será uma tarifa BEM MAIOR. É tão difícil assim de entender???

  • Thiago Castro

    Explica aí pq q 10% de multa inviabiliza as empresas aéreas por favor!!! Multa de remarcação é LUCRO NA VEIA da empresa e nada mais q isso!!

  • Zenilda

    hoje emiti bilhete da GOL e as condições para cancelamento:

    7. Reembolso:

    passagens compradas a partir de 01 de Junho de 2012 : 40 % – sera cobrado cumulativamente com o cancelamento e no-show.

    8. Nao comparecimento ao embarque (noshow):

    passagens compradas a partir de 01 de Junho de 2012 : R$ 130,00 – por passageiro.

  • Thiago Castro

    Acho justo já que ele vai pagar a diferença na tarifa que, provavelmente, será o preço normal da passagem!!

    Agora, diz aí: vc acha justo esse mesmo cara pagar além do preço normal da passagem, mais R$ 80 só pq alterou a passagem??

  • Thiago Castro

    Eu cancelo meu cartão, mas não pago taxa de no-show!! Eu hein, q abuso. Eu deixo de ir e ainda pago pra isso??? Fala sério!!

  • Thiago Castro

    Acho bastante pertinente, afinal, a tarifa com certeza não será de apenas 1 real no reveillon e ele teria que pagar a diferença, logo, é justo sim!!

  • Thiago Castro

    "Para as empresas aéreas vai torna-las cada vez menos operacional, pois vão diminuir a quantidades de pessoas voando já que terão que aumentar os preços".

    Vc poderia me explicar direito esse seu argumento??? Eu sou burro e não entendi.

    "E convenhamos Nadja, alguém que paga R$ 830,00 reais por uma passagem ida e volta para Las Vegas não tem que ter direito a remarca-la"

    Desculpe, mas se a empresa vendeu uma passagem (ao preço que for) foi pq ela quis e logo o consumidor não tem culpa disso. Não é pq está barato q eu tenho menos direitos (a não ser que esteja explícito nas regras tarifárias).

    Assim, Rodrigo, seus "argumentos" não se sustentam pois é muito de achismos sem fundamentação.

  • Wagner

    Isto vai ser ruim para o cliente final.

    Pois as cias adotarão a prática de tarifa mais alta.

    Portanto, em uma passagem que você pagaria R$ 100,00 agora pagará R$ 400,00.

    Bom para os trabalhadores do turismo, ruim para o cliente.

  • Lilian

    Josimar e Equipe MD!

    Estou na mesma situação que você!

    Entendo que a decisão e genérica e se não pagamos (R$) passagens com milhas, NÃO devemos pagar pelo cancelamento!!

  • JOSÉ CARLOS L

    Rodrigo, discordo plenamente da sua colocação! Vale a pena lembrar que essas "promoções" de passagens aéreas são limitadas para cada vôo. Talvez 2 ou 3 poltronas, no máximo! A maioria das tarifas são compradas com os preços "normais". Por isso, não justifica as empresas cobrarem valores astronômicos para remarcações. Isso é um abuso!

  • Filipe

    O que você falou não faz nenhum sentido. Além dos 3,90, você pagaria a diferença para a tarifa não promocional da nova data que quer voar. Ou seja, a cia aérea não vai perder. Além disso é capaz da cia. aérea vender o seu lugar que você trocou por outra data para um outro cliente por uma tarifa não promocional, ganhando mais ainda. O que a maioria que aqui diz que as promoções vão acabar não entendem que promoção só é feita quando os voos tem baixa procura, como em baixa temporada, e para trechos pouco concorridos, e não porque a cia. aérea vai ganhar alguma coisa com multas e remarcações. Se fosse por isso, elas já estariam falidas!

  • matheus

    Olá!

    No site da gol eles estão me cobrando 80 reais para remarcar uma passagem de 270, ou seja, quase 30% do valor da passagem, além disso estão me cobrando mais 80 reais pela diferença de tarifa. Como faço para pagar apenas os 10%, 27 reais pela multa?

  • Filipe

    As pessoas falam sem entender nada de vendas… As promoções são feitas quando as cias. aéreas não estão conseguindo encher os aviões, em determinados horários e determinadas rotas. Se elas deixarem de encher seus aviões só porque não podem cobrar multas abusivas por remarcações, o prejuízo será bem maior, aí sim é que vão para o buraco. Outra coisa, teorias da conspiração de que o governo quer deixar os aeroportos mais vazios? Me poupe… O governo cobra impostos sobre o valor das passagens aéreas, você não sabe disso? Quanto mais se vende, passagens ou qualquer outra coisa, mais o governo ganha, mais a economia gira, e mais o governo ganha de novo!!!

  • Pedro

    E se ela não trocar e apenas cancelar? O que ocorre? Sou contra a intervenção demasiada do governo nas empresas.

  • Pedro

    Isso na teoria… Porque na prática todo fim de semana tem promoção… É o que vcs veêm no blog semanalmente… Obviamente os preços ridicularmente baixos vão deixar de existir pra compensar essa medida. Além do mais, isso prejudica completamente um fluxo de caixa da empresa. Falta 1 dia pro vôo eu vou lá e remarco a passagem e ocupo uma vaga no futuro. E ainda por um preço baixo a outra poltrona corre grande risco de ficar desocupada.

    • Thiago Castro

      Com um dia de antecedência a sua poltrona tem muita chance de ficar desocupada mesmo, por isso, vc pagaria os 10% de taxa. Mas a empresa garantiria a venda de uma passagem no futuro a um preço maior (eu nunca vi a outra passagem ser mais barata que a que foi comprada em promoção).

  • Nívia Cerquei

    Pois é…Eu acho bem engraçado eles, quando acontece do voo ser cancelado eles não pagam nada pra gnt e nem avisam com antecedência ne mesmo?Viajei do Rj a REC e na volta o voo foi cancelado e só pude viajar no outro dia!!Covardia da merda…e eles me pagaram algum?então eles merecem isso mesmo…E sobre promoções…se eles não colocaram pra facilitar a classe media então eles vão perder muitos Passageiros…que eu duvido que eles queiram perder…garanto que eh uns 65%…então nem me preocupo…ate pq to injuriada com a tam que me cobrou 400R$ pra uma remarcação…ou eu remarcava ou não voltava pra o RJ então..Boa Sorte pra eles!!!

    • Rodrigoclt

      Desculpa Nivea, mas toda vez que isso aconteceu comigo eu coloquei eles na justiça e ganhei cerca de 5000,00 reais de dano moral. Basta que sejamos cidadãos e façamos a nossa parte, ao invés de deixarmos pra lá pela preguiça.

  • João H&eacute

    Sr Thiago,

    Está na cara que as grandes promoções vão acabar. Por exemplo: Você quer comprar para um feriado, que vai estar caro… Daí vc compra um dia barato (meio de semana fora de feriado) e depois paga 10% pra trocar pro dia caro… Deu pra entender???

    Realmente muitos funcionário públicos não entendem nada de trabalho! A conta vai chegar pra gente

    Abraço

    • João Hélio, desculpe por me intrometer, mas não é assim que funciona. No seu exemplo você teria que pagar a multa (10%) MAIS a diferença da tarifa da passagem do feriado, ou seja, não ganharia nada com isso!

    • Thiago Castro

      Para de falar besteira e leia o que o Denis escreveu pra eu não ter q repetir. Mas se precisar desenhar, vc avisa.

      Abs

  • Francisco Cavalcante

    Concordo Plenamente do ministério público federal em multar as empresas aéreas nas cobranças absurdas de juros quanto ao cancelamento ou transferência de passagens aéreas em crédito. eu mesmo fui vítima recentemente ao transformar 3 passagens aéreas em crédito quando o atendente me falou que eu perderia mais de 60% do valor das passagens, mas mesmo assim como não poderia viajar tive que me submeter a um absurdo desse natureza. É louvável o ministério público tomar uma decisão dessa natureza. parabens.

  • João H&eacute

    Sr José,

    Já comprei passagem em promoção com o avião quase lotado. Eu aposto quanto quiserem que a conta vai chegar pra gente.

    Aqui em Vitória-ES nosso "querido" ministério público obrigou os estacionamentos a cobrarem fracionado por hora, depois disso só vele a pena se vc ficar até 30 min. Se vc ficar mais de 30 vc já paga o que antes era pra 4 horas. Quando eu ia assistir a um filme no cimena eu pagava 5-6 reais. Hoje pago 9-10… Mais uma vez "parabéns" pra estes atoas do MP que ficam querendo justificar seu serviço

    • Thiago Castro

      Bem, na verdade uma coisa não tem nada a ver com a outra.

  • Leonardo Ibiapina

    O que é combinado não é caro! Todas às vezes que saem as promoções temos que ficar alertas as regras do jogo! Por isso tem uma opção para marcamos se concordamos com essa regra antes de pagar as passagens e taxas! No direito comercial é assim você concordou você aceita o que leu. Mas bem que concordo que essa clausula da remarcação e cancelamento estão absurdamente caras e é uma clausula leonina que no caso o consumidor é lesado! Se são até 10 lugares promocionais em avião que tem no mínimo 160 lugares não se justifica, não alteramos ou cancelamos por gosto, imprevistos acontecem! É claro que entendo que realmente existe uma diferença tarifária e assim,que deve ser! Mas a diferença entre tarifas não pode ser astronômica que assim as pessoas possam usar a opção de tarifa cheia ou em último caso usar muitas milhas dependendo da pressa!

  • Rodrigoclt

    Desculpem a demora em responder, mas só consegui ler agora, bom vamos lá.

    Silvia, concordo com vc, o nosso custo Brasil é absurdo, mas isso não é culpa das empresas aéreas e sim dos governantes corruptos que colocamos lá, precisamos saber distinguir as coisas. R$ 830,00 reais é um preço barato sim para pagar por ida e volta RJ-Las Vegas.

    Thiago sempre que compramos uma passagem tem a opção de ver as regras tarifárias, o problema é que o brasileiro não tem esse costume, assim como não lê manual de eletrônico, bula de remédio, contrato de telefonia…. Sempre que ha uma passagem com valor muito baixo essa passagem terá limitações, basta vc ler essas limitações e decidir se quer ou não, pois tbm tem a opção de vc compra-la mais cara sem as restrições daquela tarifa. Quanto a operacionalidade da companhias, atualmente existem muitos passageiros devido as grandes promoções quando essas acabarem, o que será provável se essa regra entrar em vigor muitos passageiros vão deixar de viajar ou diminuir a frequência.

    José Carlos, as passagens aéreas trabalham por tarifas e quantidades de assentos. As tarifas não mudam (exceto quando entram alguma tarifa promo), o preços é que variam de acordo com a diminuição de assentos no voo. Mas sempre vai haver diferença de valores entre as tarifas, pois a diferença entre elas é exatamente a flexibilidade de alterações, com essa nova regra essa flexibilidade acabaria, o que faria com que não houvesse sentido a diferença tarifária. Isso fatalmente aumentaria o valor das passagens.

    Vamos fazer uma suposição, vcs já imaginaram se todos os lugares do avião tivessem o mesmo preço? Vcs acham que seria barato ou caro o valor da passagem?

    • Thiago Castro

      Desculpa Rodrigo, mas acho que vc ainda não entendeu o ponto. Tudo isso q vc falou é verdade, mas não tem nada a ver com a tal taxa de remarcação. Ter ou não ter a taxa não muda nada em relação à tarifa final, já que quem alterar a passagem vai pagar a diferença tarifária (e provavelmente a tarifa cheia).

  • Rodrigoclt

    Thiago respondi se era pertinente não havendo diferença tarifária como ele citou.

  • Rodrigoclt

    Thiago ha cerca de 5 anos atrás a Gol não cobrava nenhuma multa por remarcação de passagens, olha que coisa engraçada. Comprei uma passagem para Santiago cujo valor era em "dólar", pois era corrigida diariamente por este, mas aparecia com o valor em real devido a lei brasileira. Após comprar essa passagem o dólar caiu e o preço ficou 20% mais barato, então o que eu fiz, remarquei minha passagem para o mesmo voo no mesmo horário, como o valor era mais barato eles me estornaram a diferença, o dólar continuou caindo e fiz isso mais umas 3 vezes.

    Agora se o dólar subisse eu manteria o valor da minha passagem e a companhia seria prejudicada, não é justo claro.

    Não sei por que dessa palhaçada toda sobre as taxas de remarcação, pois se isso for adiante abrirá precedentes para vários outros setores como hotéis, navios, e outros, que acabaram com seus preços mais baixos das tarifas não reembolsáveis.

    • Thiago Castro

      Bem, a única coisa que eu tenho certeza é que essa sua situação ficou no passado. Hoje, além da taxa, as empresas costumam proibir uma segunda alteração. Resolvido.

  • Cristiano Gyn

    Lenir, também estou com este problema… as taxas são maiores que a tarifa e tenho que pagar 160 para cancelar além do prejuízo dos bilhes . Se deixar de embarcar não vão querer cobrar essa taxa depois no meu cartão de crédito?

    • Se você deixar de embarcar apenas vai perder o que pagou

  • Rodrigoclt

    Thiago isso não existe, não te cobram nada se vc não embarcar, te cobram apenas se vc quiser reembolso ou remarcação do bilhete. Caso vc apenas desista dele vc apenas não aparece que eles não irão te cobrar.

  • Rodrigoclt

    Thiago vc é que esta confundindo diferença tarifária com diferença ocupacional que altera o valor.

    Se todas as passagens forem a mesma multa, qual será a diferença entre as tarifas? Gostaria de saber!

  • Rodrigoclt

    Não se essa remarcação for feita no mesmo dia ou um dia antes, aí será provavelmente perda de 90% do valor, pois dificilmente a empresa ocupará o lugar.

    • Thiago Castro

      Mas garantirá a ocupação de outro lugar a um preço maior (em caso de alteração).

  • Rodrigoclt

    Thiago eu concordo que deve haver normas para essas multas, mas vc estipular que todas as classes tarifárias tenham a mesma multa acabará com a diferenciação entre elas.

    Então vc é contra as classes tarifárias, é isso?

    • Thiago Castro

      A multa é em percentual, então será sempre de acordo com sua tarifa. Além do mais, existem outros benefícios percebidos nas classes tarifárias, como o percentual de acúmulo no plano de milhagem por exemplo.

  • Rodrigoclt

    Filipe, desculpa mas vc sabe quanto o governo cobra de imposto em uma passagem aérea??? Se vc não sabe eu vou te dizer, é cerca de 6%. Vc acha isso muito?

    Pense que o valor dos impostos da grande maioria de mercadorias, inclusive remédios é de quase 50%. Então vc esta enganado sobre essa "grande" arrecadação do governo em cima das passagens.

    E o gargalo que se formou nos aeroportos do país é sim muito preocupante, basta vc ter uma rotina de viagens que verá que temos problemas seríssimos de infraestruturas nos aeroportos e que não ha dinheiro (porque é roubado) nem intensão (porque funcionário publico não esta nem aí) para resolver.

  • Mauro

    Tá certo Diego, desculpe.

  • Mauro

    Thiago dois pontos: 1) realmente não tibnha atentado que a limitação era só sobre o valor da taxa, mas continua a diferença de tarifas. Menos mal, porém… 2) De qualquer forma a intervenção do governo/justiça é deletéria. Cada empresa tem que ter o direito de cobrar o quanto quiser pelos serviços que presta (p.ex. remarcação) algumas podem optar por não cobrar e atrair clientes assim. Outras podem optar por cobrar alguma coisa. Cada um quando compra (fecha contrato, portanto) que tome a decisão

  • Diego

    Companhias aéreas não misturam taxas de embarque com a tarifa que você pagou. Tanto é que elas são discriminadas durante a compra e são reaproveitadas em caso de remarcação. Com relação ao que você diz sobre essas taxas não serem repassadas à INFRAERO (pois é esta que administra os aeroportos), se essas taxas não fossem repassadas, não teria código de barras no seu cartão de embarque e a companhia seria impedida de operar no aeroporto que aquilo ocorresse.

  • Alessandra

    mas compramos barato porque a companhia ofereceu, e não é por isso que pode haver abuso neh…

  • Alessandra

    Matheus, eu tbm comprei uma passagem por 91 ida+volta, e o valor da alteração é de 80 mesmo. Dai entrei hoje no site da gol e falei com o atendimento online, a resposta sobre o cumprimento da liminar foi que o setor jurídico deles dizem que não tem que cumprir nada pois esse caso ainda está em juizo e se eles estivessem sendo cobrados seriam penalizados. Felizmente acho que o prazo de 15 dias vai ter que ser cumprido. Acabou de passar no jornal, a noticia esta espalhando..

  • Kkk, li quase todos os comentários… ufa. Pessoal, é simples: a empresa cobra multa + diferença de tarifa. A medida não vai afetar as promo, porque os valores menores são tão somente para completar assentos vazios, ou para iniciar as vendas em um voo. Tudo matematicamente avaliado.

    Boas viagens.

  • Thiago Castro

    Paga vc então. Eu acho um abuso!

  • Thiago Castro

    Então a Nadja pagou a toa. Putz!

  • Nelson Miranda

    precisei cancelar uma passagem da TAM e a cia. reteve 60% da tarifa.

    Ajuizei uma ação e a TAM foi obrigada a devolver o que excedia os 10% da tarifa.

    Não podemos esquecer que as cias. aéreas costumam trocar horários de voos quando as passagens são compradas com muita antecedência. Resta ao passageiro/consumidor escolher um outro voo de acordo com sua conveniência. mas se a pessoa comprou pra um dia X e horário Y é porque isso atendia as expectativas.

  • Marcos Araújo

    O consumidor não pode ser penalizado por comprar passagem barata oferecida pela empresa, todo mundo tem problemas, até quanto teremos que pagar por isso? De qualquer forma, Sergio, a Justiça Federal já decidiu por você.

  • Daniela C.

    Rodrigoclt,

    Vc tem toda a razão.

    Como foi essa ação que vc ajuizou? Pequenas causas? Ou precisou de advogado? Preciso cancelar uma passagem de 29/set e a taxa de cancelamento/remarcação vai custar 80% do valor que paguei… Gostaria de saber como faço para fazer a reclamação na justiça.

  • frederico

    Aos que me questionaram:

    Tarifas

    VOO 1767

    Adulto BRL 51,90 x2 BRL 103,80

    Taxa de embarque:BRL 21,57 x 2 BRL 43,14

    Tx. de Embarque Doméstica – Brasil BRL 43,14

    TOTAL DA VIAGEM BRL 146,94

    Portanto, pra mim está bem claro: Paguei R$ 103,80 e passagem e R$ 43,14 de taxas de embarque.

    No meu entendimento, já que a multa é de R$ 70 para alteração e/ou cancelamento, e as passagem ficaram em R$ 103,80, este valor é que a GOL devia reter e me devolver os R$ 43,14 da taxas.

    Porém, recebi apenas R$ 6,94.

    Então, lhes pergunto, as taxas foram repassadas para a INFRAERO???

    O valor que recebí está correto???

  • frederico

    Senhores,

    Vejam o que aconteceu comigo:

    Tarifas

    VOO 1767

    Adulto BRL 51,90 x2 BRL 103,80

    Taxa de embarque:BRL 21,57 x 2 BRL 43,14

    Tx. de Embarque Doméstica – Brasil BRL 43,14

    TOTAL DA VIAGEM BRL 146,94

    Portanto, pra mim está bem claro: Paguei R$ 103,80 e passagem e R$ 43,14 de taxas de embarque.

    No meu entendimento, já que a multa é de R$ 70 para alteração e/ou cancelamento, e as passagem ficaram em R$ 103,80, este valor é que a GOL devia reter e me devolver os R$ 43,14 da taxas.

    Porém, recebi apenas R$ 6,94.

    Então, lhes pergunto, as taxas foram repassadas para a INFRAERO???

    O valor que recebí está correto???

  • Diego Braga

    Não se esqueça que temos leis protetivas ao consumo. Não existe isso que cada uma cobra o que quiser!

  • Juliano

    A Webjet não estorna, se o valor da multa for superior ao da tarifa. Tive uma baita discussão por telefone com eles, porque comprei um trecho GIG-CWB por R$69,90 (+taxa de embarque)e a taxa de alteração era R$80,00. Eles só devolveram R$11,47. É a segunda vez que isso acontece, e o que podemos fazer? Acioná-los judicialmente para cobrar os R$10,10 que faltam?

  • Juliano

    Diego, a Tam realmente não mistura. Eles são corretos e devolvem a taxa de embarque integralmente.

    Mas a Webjet, por duas vezes já confiscou a minha taxa de embarque, porque o valor da multa era superior ao da tarifa!

  • Carolina

    Acabei de ligar na TAM e para remarcar eles cobram Taxa de remarcação:R$80 + taxa de solicitação via call center: 10% do valor da tarifa + a diferença entre tarifas.

    Questionei se eles não estavam cumprindo a lei que limita a taxa de remarcação e a supervisora me atendeu dizendo que a companhia tem 15 dias para se adaptar às novas regras ou contestar.

    Sobre a taxa de serviços é cobrada em qualquer canal de atendimento, salvo compras na internet.

    É muita taxa, muita cobrança e nada de parceria com cliente.

    • Na verdade, não é bem isso. Eles têm 15 dias para comprovar à Justiça que estão cumprindo. De todo modo, vamos aguardar o fim deste prazo e ver o que ocorre!

  • Thiago Castro

    Isso não tem nada de saudável Mauro, principalmente em um país onde temos (na prática) apenas DUAS empresas aéreas, já que as demais não operam em muitos destinos.

    Vc quer realmente que cada empresa cobre o que ela quiser?? Vc acha q um mercado com apenas dois concorrentes (e estamos falando de Brasil) é maduro a bastante pra se regular?? Desculpe, mas eu não concordo.

  • Ivana

    Prezado Sergio,

    Procura pesquisar aí qual o índice de cancelamento e remarcação,e verás que estás indo de encontro ao direito de todo consumidor tem de não ser taxado abusivamente, seja em que situação for. Até parece que voce trabalha para alguma dessas Cias. A lei é MAIOR e a justiça tem que ser imposta e o consumidor respeitado!!!

  • Ivana

    Prezado Carlos Eduardo,

    Procura pesquisar aí qual o índice de cancelamento e remarcação,e verás que ´não é bem assim como pensas e outra coisa , jamais poderemos ir de encontro ao direito que todo consumidor tem de não ser taxado abusivamente, seja em que situação for. A lei é MAIOR e a justiça tem que ser imposta e o consumidor respeitado!!!

  • Ivana

    Procurem o "Reclame Aqui", pois funciona mesmo!!!Ontem eu postei uma reclamação conta Gol pela cobrança de taxa abusiva e hoje pela manhã me ligaram e ja resolvemos a situação. Vou ficar com o crédito total do valor pago para utilização na compra de outra passagem, e não em foi cobrada nehuma tarifa pelo cancelamento. Parabéns para a Gol, que já está adotando este procedimento.

    • Mariana

      Ivana, a sua passagem era promocional?

  • Pedro

    Cara acho que você vai ter que desenhar… Na verdade, os imprevistos normalmente ocorrem em cima da hora ou muito próximo da viagem… Sendo pouco tempo antes, o risco dessa poltrona ficar vazia e não dar lucro nenhum é grande. Vc pega seus 45 reais de volta a empresa fica com 5 reais e morre com uma poltrona vazia… Só que essas regras tarifárias funcionam assim em qualquer lugar do mundo. Acho que você não entende muito falar essas besteiras aí…

  • Mariana

    Mas pelo que eu entendi, esta decisão não vale para as passagens promocionais.

    § 2° O reembolso de bilhete adquirido mediante tarifa promocional obedecerá às

    eventuais restrições constantes das condições de sua aplicação.

    estou errada???

    eu estou passando por isso agora…precisei trocar a data da minha viagem, mas com antecedencia de 40 dias. O procon me orientou a pagar as taxas e entrar com o pedido de devolução….será que eu consigo??

  • Angélica

    Eu tb me utilizei do Reclame Aqui contra uma remarcação abusiva da Gol no começo do ano (tomando como base essa decisão da justiça, que já existia desde o ano passado) e recebi um crédito que posso usar até o fim desse ano.

    Essas cias querem cobrar tudo, até a água que a gente bebe. E as tarifas não reduzem coisa nenhuma. É um abuso contra o consumidor as tarifas cobradas, como se as cias não conseguissem colocar os assentos a venda novamente.

  • Luiz Rodrigues

    Mesmo após esta medida, a Gol esta me cobrando uma taxa de R$100,00 somente para fazer a mudança de horário do vôo mais a diferença tarifária.

    O que devo fazer???

    Por favor me ajudem.

  • Tatiana

    Decisão na íntegra:

    Às fls. 1.333 e 1.420 o MPF informa que não está sendo cumprida a determinação judicial contida na sentença de fls. 1.070/1.084 e embargos declaratórios de fls. 1.298/1.299, para que as rés se abstenham de cobrar tarifas superiores a 5% e 10%, conforme haja ou não tempo para renegociação das passagens em caso de desistência de viagem ou de alteração de data, tempo este estipulado em 15 (dias) dias de antecedência do embarque.Assim, considerando que não há notícia nos autos de concessão de efeito suspensivo aos agravos interpostos, salvo aquele protocolado pela VRG LINHAS AÉREAS S/A, o qual deferiu em parte a antecipação dos efeitos da tutela recursal apenas para delimitar a extensão territorial da sentença aos limites da competência do órgão prolator da decisão (fls. 1.411/1.415), intimem-se as empresas demandadas para que, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar da intimação, comprovem documentalmente que estão cumprindo a determinação acima referida, sob pena de aplicação imediata de multa de R$100.000,00 (cem mil reais), para cada empresa descumpridora, em caso de não comprovação.À Secretaria para promover o traslado das peças dos agravos de instrumento apensados aos presentes autos, nos termos da RESOLUÇÃO/PRESI/CENAG nº 10, de 04/06/2011, do TRF1. Intimem-se.

    Processo: 0007653-81.2007.4.01.3900 (2007.39.00.007919-9)

    5ª Vara Federal do Pará

  • Viviane

    Alguém já tentou pedir o reembolso da diferença a mais cobrada da multa pelas companhias? Viviane.

  • Luiz, temos que aguardar o que a Justiça vai decidir

  • Mariana

    Bom, orientada pelo Procon, eu paguei as taxas de transferencia (ainda não viajei) e entrei com o pedido de devolução…eles tem 30 dias para fazer o estorno e se não fizerem poderei entrar no judicial…mas eu não sei o que vai acontecer pois o procon me orientou fazer assim, mas pelo que eu entendi isso não vale para as promocionais. E ninguém sabe informar isso direito…

  • Valfran

    Pura ilusão.

    Tenho um voo marcado para sabado e fui tentar remarcar, paguei 180 pela passagem de ida e volta com as taxas inclusas. Ao contatar a gol para fazer a remarcação as tarifas totalizaram aproximadamente R$ 350,00.

    Indaguei acerca da liminar e eles disseram que não foram informados ainda.

    Isso num vai adiantar de nada

  • Thiago Castro

    É só diferenciar remarcação de cancelamento. Quem cancelar paga uma multa maior e, quem for remarcar não paga multa. Não me importa se no mundo todo é assim ou não, o que importa é como é (ou vai ser) no Brasil!!

  • Daniel Bazetto

    Nada mais que justo!

  • Pedro

    Só que a decisão judicial trata tanto de remarcação como cancelamento. Além do mais, a questão vai muito além disso… Vai na influência do estado nas empresas privadas. Talvez você não entenda muito disso. Mas daqui pouco vem querendo tabelar preços e todas as aéreas terão fim da varig. Entenda o seguinte, o setor de aviação civil é uma das áreas da economia mais difíceis de modelar, não é atoa que vemos tantas falências por aí. O governo interferindo nesse nível as torna ainda mais complicadas. Vc não deve pensar no seu caso particular, mas pensar no contexto como um todo. Se isso for possível.

  • Silvio André

    Viajei para Santa Cruz (Bolívia) e na volta de La Paz, fui de ônibus para Santa Cruz, e devido a queda de barreira houve um atraso de 6hs. Resultado, cheguei no aeroporto 20min antes do horário de saída e não consegui embarcar. Paguei pouco mais de R$ 1.000,00 (ida e volta p/2 pessoas) e para remarcar para o dia seguinte (SÓ IDA) tive que pagar quase R$ 5.000,00. Será que isso é justo!!!

  • Santiago

    Cancelei uma passagem com a ida programada e a volta promocional na GOL, a qual me cobrou:

    Cancelamento

    R$ 80,00 x 1 R$ 80,00

    Tx de Alteração

    R$ 39,00 x 1 R$ 39,00

    O valor total da compra foi R$ 200, alguém sabe como devo proceder?

  • Ligia

    Alguém sabe como posso ter o meu dinheiro de volta, pois remarquei 3 passagens com 4 meses antes da data da viagem e a TAm cobrou 250 dolares por cada.

  • Brum

    Não cara, vc nao entendeu.

    A GOL está cobrando 70 reais de tx de cancelamento por cada voo; como são 2 voos, ela está descontando 140,00 (70×2) do valor que ela deveria te devolver.

    Por isso q no final vc vai receber apenas R$6,94.

    E os 43,14 das txs de embarque não serão repassados à INFRAERO, já que vc não voou; logo serão embolsados pela própria GOL, na forma de desconto do valor a ser devolvido a vc.

  • Brum

    Não fala besteira; o lucro q as cias tiram com tx de cancelamento/alteração é mt pequeno comparado ao volume de vendas de passagens.

    Elas vão continuar fazendo promoções pra encher os voos em rotas pouco movimentadas, e quem for esperto e chegar primeiro pagará pouco.

    😉

  • Brum

    Perfeito seu comentário!

  • Brum

    Antigamente era R$50,00.

    Desde maio (se não me engano) que esse valor aumentou pra R$80,00/trecho.

    Provavelmente no caso da Luciana ela deve ter cancelado 3 passagens ida e volta (6 trechos), logo pagou 480,00 (6×80).

  • Silvio André

    Viajei para Bolívia, saindo do aeroporto de Santa Cruz de La Sierra, e na volta de La Paz, fui de ônibus para Santa Cruz, e devido a queda de barreira na estrada houve um atraso de 6hs. Resultado, cheguei no aeroporto 20min antes do horário de saída e não consegui embarcar. Paguei pouco mais de R$ 1.000,00 (IDA e VOLTA p/2 pessoas) e para remarcar para o dia seguinte (SÓ IDA p/2 pessoas) tive que pagar quase R$ 5.000,00. Será que isso é justo!!! O que salvou foi o HOTEL SUN, que fica em frente ao aeroporto e é 5 estrelas, e vai busca e levar você ao aeroporto de Santa Cruz de graça.

  • Vocês estão dizendo do cancelamento em cima hora… blz.. coloca uma multa que vai aumentando de acordo com o tempo que falta pra viagem…

    Eu mesma estou aqui querendo cancelar uma passagem com 10 dias de antecedência e foi me cobrada uma multa de quase 60% do que eu paguei!

    Isso não é justo! Porque como o thiago disse, eles vão vender meu assento por um valor muito mais alto do que o que eu paguei.

  • Carlos

    As empresas aéreas são tão gananciosas com estas taxas, que outro dia a GOL queria cobrar a taxa de no-show e possivel remarcação de um voo que ela mesmo cancelou.

    Sabendo que o brasileiro é ruim em planejamento, elas ganham muito com esta taxa.

    E olha que o custo para elas é mínimo, principalmente em compras pela internet em voos com boa antecedencia.

    Falta somente a ANAC criar vergonha na cara e regulamentar isso.

  • Rhuann

    Estou com exactamente este problema.

    Estou querendo alterar meu voo para mais cedo, a passagem esta o mesmo valor. Só que quando vou clicar para alterar colocam um aumento de R$80, sendo que a passagem que eu paguei foi R$78,90, quer dizer que eu tenho que pagar uma multa de mais de 100% da passagem, é um absurdo!

    Por favor, se alguém teve alguma experiência, auxilia ai como fazer, se tem que ligar, enviar e-mail ou algo do tipo.

    O voo vai acontecer mais de 20 dias ainda, então, pelo o que eu entendi, eu devo pagar apenas 5% da passagem.

    Se alguém puder ajudar, ficarei muito grato.

  • elaine

    Alguem sabe me dizer se é valido tbém para passagens promocionais ????

  • Mariana

    Pessoal, eu comprei 2 passagens promocionais da GOL e 2 programadas. A taxa de alteração com mais de 1 mês de antecedencia deu R$282,00 entrei no PROCON e em 10 dias a GOL entrou em contato comigo e me ofereceu extorno de 221,00 esta semana. Eu vou aceitar…mesmo sabendo que eles só poderiam me cobrar 5% pois assim o processo acaba, se não terei que entrar com processo judicial o que vai demorar por volta de 6 meses.

  • Tobia

    Mariana,

    Que documentos você anexou à Reclamação ao PROCON?

    Você chegou a anexar Contrato e Decisão da Justiça Federal?

    Também estou entrando com pedido de extorno…

    Obrigado

  • mariana

    eu anexei o que foi pedido pelo PROCON. As passagens iniciais, as da transferencia e anexei tbm uma conversa no chat com uma funcionária e todos os numeros de protocolo de tentativas via telefone e RG/CPF

  • Daniel Bacellar

    Ah, entendi… eles roubam de uns ('multa' de 100%?) para dar aos outros… verdadeiras 'Robin Hood', as companhias aéreas…

  • Daniel Bacellar

    Qual consumidor será prejudicado? Aquele que é obrigado a remarcar ou cancelar uma passagem já é prejudicado hoje! Isso é certo. O possível aumento das passagens é incerto e depende de outros fatores, como a concorrência entre as companhias aéreas.

  • Lenir

    Alguém sabe do resultado dessa decisão após transcorrido os 15 dias de prazo às empresas???

  • Luana

    Como podemos fazer para denunciar uma cia aérea que não cumprir a lei? Eu liguei para a ANAC e eles dizem desconhecer essa lei, ou seja, agora tem que denunciar até a ANAC?

  • A Jutiça revogou essa lei

  • renildda

    eu que paguei na vinda pro japao 5.800resia agoR$3120,55ra quero remarcar a cia ta me cobrandoR$3120,55 a mais pra remarcar. me ajude.isso e certo

    • renildda

      paguei vinda e volta para o japao 5.800 reais, agora to remarcando querem maisR$3120,55 so volta , isso e certo

  • ELIZABETE

    Acho que algumas pessoas que comentaram a matéria estão um pouco equivocadas. As tarifas promocionais não existem para beneficiar os passageiros, embora seja isso o que acontece de fato, mas sim por conta da concorrência acirrada entre as empresas. Estas, estão interessadas apenas em obter mais lucros e alguns destes, caracterizam enriquecimento ilícito, como nos casos de cancelamento do bilhete, na medida em que recebem um valor x em pagamento de um serviço, que dá ao cliente a prerrogativa de cancelar e devolvem esse valor absurdamente defasado, sem justificativa plausível. Poderia, sim, ser descontado um percentual justo em razão das despesas geradas. 10% está de bom tamanho. Não há nenhum risco de acabarem as promoções,pois além do montante de cancelamentos e alterações ser irrisório, o que regula mesmo os preços no mercado é a concorrência.

  • ELIZABETE

    Sergio, até concordo com vc que as pessoas gostam de levar vantagem. Não sei se só os brasileiros. Mas se vc acha assim, tudo bem, eu respeito. Sei também que quando se compra uma passagem, concorda-se com um contrato, que por vezes, nem se lê, o que, lógico,não justifica. Porém, como os contratos favorecem a quem os redigem, o direito brasileiro, felizmente, nos defende das chamadas "cláusulas abusivas". Não entendi sua afirmação de que "Quanto mais barato maior o custo de remarcação". No meu ponto de vista e, alguém me diga se eu estiver errada, o custo é o mesmo, independente da passagem ter custado hum mil reais ou cem reais. O trabalho pra remarcar é o mesmo.

  • ROSIMEIRE

    Acho um absurdo e muita falta de respeito com os passageiros, essa multa altissima de quase 100% que sao cobradas pelo cancelamento ou qualquer outras alterações. afinal nao somos obrifados a pagar pelo que nao utilizamos. vamos fazer valer essas leis…

  • Nivaldo

    Tenho uma passagem comprada em Frankfurt com embarque ocorrido em 13 Abril de 2012 e retorno em 24 Junho de 2012. Um mês antes do retorno programado fui no balcão da TAM para desmarcar e assim ficar tudo certo para poder remarcar em outra data.

    Agora quero remarcar a volta mas disseram que isso vai custar mais de 3.000 reais. Isto seria um contra-senso pois custaria mais caro do que comprar uma passagem nova de ida e volta para o mesmo período (em que pretendo voltar), em Março ou Abril de 2013.

    Alguém tem alguma ideia de como posso usar esta nova lei para impedir esta cobrança abusiva?

  • Afonso Silva

    Hoje (04.02.13) as companhias aéreas alem de cobrarem multas absurdas, ainda exite um outro problema tao quão ruim, se por acaso você for mudar somente a inda no caso (TAM), tem-se que pagar multa ou diferença de tarifa da volta também pois ela não aceita mudar somente um trecho, assim nos obrigam a comprar ida e volta pois sera mais barato mas na hora o jogo vira contra você, taxas devem ser cobradas com certeza, mas não nos roubem assim, pois já temos impostos demais a pagar.

  • Denise

    Alguém sabe me informar se essa decisão foi revogada? Hoje liguei para a Tam reclamando de uma taxa abusiva de cancelamento de voo internacional e citando essa decisão, e a atendente disse que a mesma fora revogada, mas não soube informar quando.

  • André

    Alguém sabe o número do processo ou se essa decisão ainda está valendo? Acabei de pagar uma fortuna para a GOL em razão do cancelamento da minha passagem. O arquivo anexado à reportagem não está mais disponível. Obrigado!