Despachar bagagem no aeroporto pode custar até R$ 120 em voos nacionais! Saiba como economizar!

Leonardo Cassol 2 · outubro · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

As companhias aéreas brasileiras iniciaram a cobrança pelo despacho de bagagens em voos domésticos no dia 1° de junho de 2017. Desde então, os valores praticamente dobraram, chegando a custar R$ 120 cada mala de até 23 kg, dependendo da companhia aérea e da antecedência de compra. Veja quanto custa a franquia de bagagem nas principais empresas e dicas para economizar com o transporte de bagagem!

Quanto custa despachar bagagem em voos nacionais?

Atualmente as empresas cobram um valor fixo por mala de até 23 kg, que varia de R$ 59 a R$ 120, conforme a antecedência ou o canal de compra (atualizando em dezembro de 2018).

A taxa é para todo o percurso, não importando se o voo possui conexão.

É importante destacar que essa taxa não permite levar dois volumes de 10kg no lugar de um de 23kg, por exemplo, como se fazia antes da desregulamentação do serviço. A taxa é aplicada por mala despachada, não importando o peso. E caso a bagagem exceda o limite de 23kg ou as dimensões máximas permitidas, as companhias aéreas cobram uma taxa adicional que pode ser de R$ 140 ou R$ 150 por peça, ou um adicional por quilo excedido. Não é um bom negócio!

A segunda bagagem custa ainda mais caro, entre R$ 99 e R$ 140, dependendo da empresa, antecedência de compra ou canal de pagamento. Mas, para quem leva muito peso, é mais econômico comprar 2 volumes antecipados do que pagar o excesso no primeiro volume.

Dicas para economizar nas viagens de avião com bagagem

1) Viaje apenas com a bagagem de mão e um item pessoal: parece óbvio, mas é a melhor maneira de economizar. A bagagem de mão tem que caber nas dimensões definidas pela companhia aérea e pesar até 10kg. Procure utilizar malas de material leve e resistente. Além disso, é possível portar uma bolsa, mochila ou sacola, desde que caiba embaixo do assento por completo. Já são mais uns quilos preciosos para viajar sem despachar bagagem.

2) Compre a tarifa que inclui o despacho de bagagem, se tiver certeza que vai precisar e se o valor adicional a ser pago não for maior do que o cobrado pela companhia aérea em separado. Lembrando que a tarifa com bagagem vai oferecer ainda mais flexibilidade (menor custo de remarcação e cancelamento, possibilidade de antecipar o voo no mesmo dia da viagem sem custo etc.) e também mais milhas.

3) Nunca deixe para comprar a bagagem em cima da hora, ou no aeroporto! Será sempre a opção mais cara, custando até 125% mais do que adquirindo antecipadamente. Além disso, não é incomum os sites e apps darem problema e você não conseguir pagar pelo despacho na primeira vez que tentar. Muita gente gosta de deixar tudo para a última hora mas, nesse caso, isso terá um custo alto!

4) Utilize um cartão de crédito que ofereça o despacho gratuito de bagagem. A GOL e a Azul possuem cartões de crédito que oferecem despacho gratuito de bagagem nas versões Platinum e Infinite. Com renda mensal a partir de R$ 2.500 (não precisa ser correntista de nenhum banco) é possível solicitar um e não pagar mais pela bagagem. Além disso, os cartões nas versões Platinum ou superior oferecem outros benefícios que, se aproveitados, ajudam a compensar a anuidade, como milhas adicionais, salas VIP, seguros de viagem, descontos e parcelamentos especiais na compra de passagens aéreas.

5) Utilize sempre o programa de fidelidade da companhia aérea: ele pode pagar a bagagem para você! Os programas da GOL, Latam, Azul e Avianca oferecem franquia de uma mala despachada em todos os voos nacionais já no primeiro nível de fidelidade depois do inicial. Dependendo do programa, com 10 voos em um ano você já tem direito ao benefício. Outra forma de mudar de categoria é viajando nas companhias parceiras, ou transferindo pontos do cartão para os programas (1 ponto a cada 10 transferidos qualificam para categoria na Smiles e 1 a cada 15 no TudoAzul). Confira as regras do Smiles, Latam Fidelidade/Multiplus, Amigo e TudoAzul.

Quanto é permitido levar gratuitamente como bagagem de mão?

Uma bagagem de até 10 quilos por pessoa, dentro das dimensões definidas por cada empresa. Não é permitido levar na bagagem de mão materiais cortantes ou inflamáveis, armamentos e objetos pontiagudos. Além disso, é permitido levar um item pessoal como uma bolsa ou mochila, desde que caibam embaixo do assento.

Mais informações sobre bagagens nas páginas da Avianca, Azul, GOLLatam.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos