Qatar Airways pode entrar na aliança Oneworld na próxima semana

Denis Carvalho 2 · outubro · 2012

A Qatar Airways está muito próxima de ingressar na aliança global Oneworld. A companhia aérea, eleita a melhor do mundo pelo Skytrax em 2011 e 2012, seria o “novo e importante membro” que os executivos da aliança disseram que vão anunciar na próxima segunda-feira. Se confirmada, será a primeira companhia do Golfo Pérsico a se filiar a uma das três alianças globais.

Para nós, brasileiros, a notícia é muito interessante porque a Oneworld tem entre seus membros a LAN e deve receber em 2013 a TAM. A entrada da companhia árabe permitira que clientes do TAM Fidelidade ou da Lanpass emitissem passagens pela Qatar, que faz voos de São Paulo a Buenos Aires e Doha, ou receber pontos ao voar na companhia. Vale lembrar que a Qatar tem acordo com o Smiles da GOL, mas a entrada dela na aliança, pelo menos em princípio, não deve interferir nisso.

“A Qatar Airways, que tem seu hub em Doha, tem mantido conversações há vários meses sobre a adesão à Oneworld. O anúncio poderia ser feito na próxima segunda, embora Qatar e Oneworld tenham se recusado a comentar”, destaca hoje o Financial Times. Segundo a publicação, a rápida expansão das companhias aéreas estatais do Golfo Pérsico nos últimos 20 anos estariam alarmando as empresas europeias e americanas e dificultando a entrada das árabes nas alianças globais.

Segundo a agência Reuters,  a entrada da Qatar na aliança deve ser anunciada em uma coletiva de Imprensa em Nova York, por diretores da Oneworld, da American Airlines e do Grupo IAG, que controla British Airways e Iberia. As companhias lideram a aliança, que é a menor das três globais, com apenas 12 membros. A Star Alliance é a maior delas, com 28 companhias, enquanto a SkyTeam tem 18.

Com informações do Financial Times e Reuters

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Thiago Ambrós

    Será? Mas como ficaria o acordo entre Smiles e Qatar? Já pensou poder emitir bilhetes na Qatar com TAM Fidelidade e Smiles? Seria inédito na historia de programas de fidelidade, atualmente isso é impossível com qualquer outra companhia.

    • Não acredito que afete pelo menos no início. Se o acordo com o Smiles realmente acabar, certamente a GOL vai buiscar outro parceiro árabe, como Emirates ou mesmo Etihad, que deve começar a voar para o Brasil.

  • Ana Carla

    Otima noticia mesmo! Com isso a alianca da Qatar com a Gol deve acabar?

  • Alex Freitas

    Ruim para os consumidores brasileiros, quando pensávamos ter uma alternativa ao Programa de alianças da TAM, estamos nós (de novo), reféns dessa única empresa, a diversidade seria melhor negócio !!

    • Thiago Ambrós

      Estou usando atualmente o programa Victoria TAP, pode marcar em qualquer companhia da Star Alliance, inclusive Copa e Avianca. Bem melhor que este TAM (IN)Fidelidade. Fora que no momento há uma promoção para quem tem pontos na CAIXA, 1 Ponto Caixa = 2 Victoria TAP. Então mandarei 60.000 que irão virar 2 passagens de ida e volta pros EUA.

    • Thiago Castro

      Não entendi o q vc quis dizer. Como assim "reféns de uma única empresa"??

  • Pedro Vilela

    Aproveitando esse assunto. Como deve ficar os pontos do TAM Fidelidade quando a TAM migrar para a OneWorld? Muda alguma coisa?

    • Thiago Castro

      Óbvio que não. O que vc tem no Fidelidade vai continuar lá.

  • Vamos aguardar a confirmação. Mas se for confirmado esse ingresso, seria uma boa notícia para o consumidor brasileiro.

    As opções de emissão e acúmulo seriam:

    * Smiles

    * Fidelidade TAM (caso confirme o ingresso a OW)

    * Iberia Plus e Executive Club para quem aproveitou a promoção Multiplus x LeClub e combinou os Avios

    Isso sem falar de promoções futuras entre Multiplus e LeClub.

    A Qatar na minha opinião é a melhor cia. em classe econômica em direção ao Oriente Médio e Ásia. E já estava na hora de fazer parte de uma aliança global.

    • EDSON SIEG

      Olá Delatorre,

      Uma dúvida: li q o programa da Iberia é um verdadeiro pesadelo e considerado um dos piores (vindo da Iberia a gente sempre espera o pior, kkk), então será q seria vantagem p gente mesmo?? Pergunto isso pq não conheço o programa. Sou categoria Ruby no Lanpass (primeira categoria Elite da OW), e sinceramente o Lanpass posso falar q é um pesadelo. Só para se ter ideia: Eles divulgam que são necessários kilômetros para resgatar prêmios saindo do Brasil para vários destinos, por exemplo, Brasil/Colômbia ou Brasil Santiago 24 mil kilômetros ida e volta; Brasil – EUA 48 mil kilômetros ida/volta, mas na prática, por Brasil, entenda apenas Sao Paulo, pois quando vamos emitir o Bilhete, quando conseguimos com a pontuação divulgada, o que é raro, nós temos que emitir Sao Paulo/Colombia ou Sao Paulo Miami, por exemplo, e ainda usar mais milhas p emitir o trecho saindo de outra cidade para ir a São Paulo, ou então vc compra a Passagem. No Fidelidade e no Smiles, vc emite com a mesmo pontuação saindo de Sao Paulo ou Curitiba, Recife, etc. sem ter que emitir outro bilhete usando mais milhas. Acho isso um absurdo pq as regras não são divulgadas claramente, no site vemos a Tabela com saídas do Brasil e não de São Paulo. Para quem mora em outra cidade que não seja São Paulo, o Lanpass é uma furada total, aconselho ligar antes em caso de dúvida, para não se arrepender depois; entrei de Gaiato nessa e acumulei Km no programa pq gosto do serviço da Companhia Lan , mas o programa de Milhagem deixa a deixa a desejar demais. E o Pior: é um verdadeiro suplício emitir com as parceiras pq a quantidade de pontos aumenta. Na star, já emiti Brasília NYC Ida e volta com 40.000 ano passado pela United.Este ano tb por 50.000 . Se alguém ainda tem dúvida, Experimenta fazer uma simulação saindo de Brasília ou outra cidade voando p Destino nos EUA ou pior: tenta verificar quantos mil km Lanpass são necessários para fazer uma viagem com companhia parceira no Lanpass…Sei não, A OW mereceu o prêmio ganho como de Melhor Aliança, mas a julgar pelos programas de Milhagem, a Star dá Um show, fico curioso p saber como ficaremos, até lá é tudo especulação, mas algo me diz q nada vai ser p melhor não.

      • Ana Carla

        Edson, eu nunca participei do KM mas já soube de várias críticas mesmo. Já o da Iberia por enquanto está me parecendo muito bom! Recentemente emiti com pontos duas passagens Sao Paulo/Cairo para novembro pela internet mesmo, precisei alterar a volta e isso foi feito com muita facilidade pelo telefone (atendimento direto). O único porém é que a alteração tem que ser feita utilizando o mesmo número de milhas do ticket original (nem mais, nem menos) e não dá pra cancelar um trecho só, mas como a disponibilidade de voos é muito boa isso não foi um problema. Faz muito tempo que não viajo pela Iberia, a última vez foi em 2006, realmente não é boa, mas nessa questão de milhas me surpreendeu positivamente. Ah, se vc não gostar da Iberia pode emitir a passagem pela British com praticamente a mesma quantidade de pontos. Lá no blog do Wilian tem algumas informações bem interessantes, vale a pena dar uma olhada!

        • EDSON SIEG

          Bom saber Ana! Parece q o meu azar foi o de entrar no Lanpass como marinheiro de Primeira. Obrigado!

  • Já quero emitir passagens na Qatar pelos meus pontos no TAM Fidelidade!

    *____*

  • Mohammad Tayeh

    Em tempo, a Qatar não é a primeira do Oriente Médio a participar de uma aliança. Temos a Royal Jordanian na OneWorld, bem como a Turkish e EgyptAir na Star Alliance e a MEA (Líbano) na SkyTeam. E a definição tradicional de Oriente Médio engloba a Turquia e Egito. Salam Aleikom!

    • Mohammad Tayeh

      Ah, esqueci! E ainda tem a Saudia na SkyTeam.

      Portanto, já existem 5 empresas aéreas do Oriente Médio em alianças globais.

      O certo seria frisar que não há nenhuma gigante aérea do Golfo (pérsico) em uma aliança ainda: Etihad, Emirates, Qatar e Gulf Air (esta última, não mais tão grande).

    • Vitor J. Nunes

      Caraca! Isso sim é um comentário produtivo!

    • titobosco

      Uaaaaaalaaaaaa!! Muito boa sua observação! Parabens o/

    • Ana Carla

      Mohammad arrasou com esse comentário, já vou ver quantos pontos preciso para emitir trechos internos pela EgyptAir!

  • Em relação ao fato da Qatar ingressar na OneWorld eu penso que não afetará a nova parceria com o programa Smiles. Lembrando que a American Airlines mesmo na OneWorld foi parceira por um bom tempo e só foi descontinuado por conta de investimentos e exigência da Delta – da Skyteam.

    Mas uma coisa é certa ao entrar na Oneworld todas as parceiras atuais que não são Oneworld cairão fora! Ex: UsAirways, United, ANA, etc.

    • Luciano

      Será? Pois a Qantas (oneworld) acaba de firmar parceria com a Emirates por dez anos para mudar o seu hub da ásia(cingapura) para o oriente médio.

      Acho que muita água vai rolar por baixo dessa ponte.

  • Fabio

    Êba….mais uma (excelente) opção pros meus Avios!!!

  • Danilo Fernando

    Com essa história de LATAM, de Multiplus + Le Club, será que só eu estou achando que a One World é uma boa opção para nós brasileiros?

    Teremos opções quase que 'diretas' tanto para América do Sul (LAN) + América do Norte (AA) + Europa (Iberia, BA e S7) + Asia (Qatar) + Oceania (LAN) e nacionais com a TAM?

    • Renaldo

      Concordo com você, aliás, mesmo sem promoção, a migração de pontos do multiplus para leclub e depois iberiaplus vai potencializar nossos pontos e com certeza renderá boas viagens para muitos destinos. Ficará melhor ainda quando a tam ingressar na oneworld, de qualquer lugar do Brasil será possível viajar com avios…

  • Lilian Ivanovas

    Da forma que é hoje, eu posso emitir passagem na GOL com os pontos que tenho no Privilege Club da Qatar ?

  • Segundo um leitor do meu blog é possível sim. Entre na área segura do site da Qatar e tente.

  • Entendo. Mas a Emirates não faz parte de uma aliança global. Apenas regional. http://pt.wikipedia.org/wiki/Arab_Air_Carriers_Or

  • Tá ficando expert em Avios.

  • Edson, o LanPass de fato já foi melhor para nós brasileiros. O segredo é sempre acompanhar as tendências. Abraço!

  • De total acordo. Para ficar perfeito só falta uma cia. nacional para combinar o trecho doméstico com o internacional. Assim gastaremos menos no conjunto da obra e teremos a franquia de bagagem honrada.

  • Guilherme
    • Essa matéria é de ontem, a que colocamos no post eles publicaram hoje

  • Henrique

    Achei excelente o site da Ibéria para emitir passagens com milhas, além de já visualizar numa úmica tela a disponibilidade em todas as classes de assento e ainda tem a possibiliadde de emitir facilmente em um destino por exemplo São Paulo-Madri-Cairo, um trecho na economica e o outro na business. Sendo que a pontuação cobrada é de acordo com cada voo e não pela classe mais alta.

    Uma informação importante é que na British Airways é cobrada uma pontuação sempre menor de milhas que na Ibéria, o melhor a fazer é pesquisar a disponibilidade no Ibéria Plus, enviar os pontos para Ibéria e comprar através da Britsh. Fiz várias simulações para emitir passagem SP-EUA pela American Airlines e na Britsh sempre cobravam 10.000 milhas a menos que no Ibéria Plus.

  • Daniel Bazetto

    Iria ser bem legal mesmo poder emitir passagens com smiles e multiplus.

  • Vc diz 50.000 Avios – ida e volta?

    A única vez que vi por menos que isso foi – Belo Horizonte – Miami por 30k avios ou 12k Multiplus transformados. Uma barbada!

  • Danilo Fernando

    Wilian… você, o Leonardo, o Denis e o pessoal que comentam aqui no MD são culpados por isso! 🙂

  • Thiago Castro

    Que tal a Tam?

    • Danilo Fernando

      Depois que a entrada dela na One World for oficial, quem sabe?