Qantas planeja voos diretos para o Brasil com novos A350 e Boeing 777

Wendell Oliveira 24 · agosto · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Qantas divulgou em sua página oficial no Facebook que pretende voar sem escalas da Austrália para Londres, Nova Iorque, Paris e Rio de Janeiro!

O lançamento das novas rotas foi batizado de Project Sunrise e remete aos voos “de dois sóis nascentes” que a companhia fazia durante a Segunda Guerra pelo Oceano Índico, com voos tão longos que era possível ver o nascer do sol duas vezes!

No entanto, os novos voos diretos dependem dos avanços da Airbus e a Boeing, que foram desafiadas pela Qantas a aumentar o alcance das suas aeronaves de nova geração, como o A350 e o 777X.

A notícia vem logo após sua principal concorrente, a Air New Zealand, anunciar oficialmente que também pretende voar direto para o Brasil com uma destas duas aeronaves de nova geração. A Qantas opera atualmente na América do Sul com voos para Santiago do Chile com o Boeing 747-400, e já chegou a voar para Buenos Aires, mas a rota foi cancelada.

Confira abaixo o vídeo promocional da Qantas, com ares de super produção:

Qantas – Our Spirit Flies Further

Today we announced the future of aviation to take Australia further. Are you ready The Boeing Company and Airbus?

Δημοσιεύτηκε από Qantas στις Πέμπτη, 24 Αυγούστου 2017

A Qantas planeja iniciar estes voos até 2022, já a Air New Zealand até 2021. Apesar de ainda não confirmado, o voo para o Rio de Janeiro deverá partir de Sydney, mas as cidades de Brisbane e Melbourne também serão contempladas pelo Project Sunrise. Atualmente a Qantas opera a partir da costa leste da Austrália para Nova Iorque com escala em Los Angeles, e para Londres com escala em Dubai.

Em resumo, o anúncio parece ser mais pensamento positivo do que de fato uma realidade. Somente “se” a Airbus e a Boeing desenvolverem suas aeronaves até lá, teremos o voo direto para o Rio. Pensando desta maneira, quem sabe em breve também não teremos anúncios de voos diretos até a Lua? 🙂

E você, o que achou? Anúncio precipitado ou planejamento a longo prazo? Deixe sua opinião nos comentários!

Autor

Wendell Oliveira - Editor - Ásia Apaixonado pela Tailândia, quando não está no país a trabalho está a passeio :)