Índia chamando! Passagens de São Paulo para Nova Déli, Calcutá, Bangalore e Mumbai a partir de R$ 3.035 com taxas!

Bruna Scirea 13 · julho · 2017

As companhias aéreas Air China e a Ethiopian estão vendendo passagens para a Índia partir de R$ 3.035 ida e volta com taxas saindo de São Paulo! Há datas para viajar até maio do próximo ano!

O menor valor é de voos saindo de São Paulo para Nova Déli, mas encontramos também passagens para Bangalore, o chamado “Vale do Silício” da Índia, a partir de R$ 3.159 ida e volta com taxas. Tem ainda voos para Mumbai a partir de R$ 3.087 e para Calcutá a partir de R$ 3.171 ida e volta com taxas.

Taj Mahal

Nova Déli exerce um fascínio milenar sobre viajantes de todo mundo. Seja pela arquitetura, costumes, comida ou pela religião. Já Mumbai é, à primeira vista, caótica e lotada – mas a maior e mais importante cidade da Índia reserva bons passeios, como o Mani Bhavan, local onde Mahatma Gandhi viveu, os mercados locais e as ruas cosmopolitas!

No leste da Índia, próximo à fronteira com Bangladesh, Calcutá ficou internacionalmente pelos trabalhos realizados pela Madre Tereza de Calcutá junto à população local. Entre os principais atrativos do destinos está o Memorial Victoria, edifício que simboliza a época em que o país era colônia britânica. Outro ponto turístico é a Casa da Madre Teresa de Calcutá, onde estão objetos pessoais, além do túmulo da missionária católica.

Vale lembrar que brasileiros precisam de visto para entrar na Índia, mas desde a implantação do Visto Eletrônico (e-Visa) o processo ficou bem mais simples e rápido!

Autor

Bruna Scirea - Editora
  • Miguel Perez

    Você encontra Itália a valores muito menores

  • Miguel Perez

    Pessoal, antes que comprem a passagem, a ótimo preço, no impulso, não se esqueçam de que o Taj Mahal está em processo de restauração que levará pelo menos um ano.

    • Monica

      Como assim? Não está aberto para visitação?

      • Miguel Perez

        Está aberto para visitação, mas a cúpula pode estar coberta de tapumes.

      • Miguel Perez

        Importante verificar antes de ir. Só divulguei o que li na internet, mas não programei viagem para a Índia, esse ano, por causa disso.