Frontier faz promoção com passagens domésticas pelos Estados Unidos a partir de US$ 29 o trecho

Denis Carvalho 28 · maio · 2015

A Frontier Airlines, companhia aérea low cost americana, está fazendo uma promoção de verão com passagens domésticas pelos Estados Unidos a partir de US$ 29 o trecho. Há diversas opções de rotas, mas a oferta vale apenas para compras hoje e amanhã (29/05/2015).

A promoção vale para voar entre os dias 2 de junho e 12 de agosto e para quem se interessar é bom ser rápido, já que as passagens promocionais da Frontier costumam se esgotar rapidamente.

Entre as passagens por US$ 29 o trecho estão de Atlanta a Cincinnati ou Indianápolis, Indianápolis a Atlanta ou de Cincinatti a Atlanta ou Washington. Ainda há voos para destinos como Orlando, Miami, Nova Orleans, Philadelphia, Denver, Las Vegas, Fort Lauderdale, Houston, Charlotte, Tampa, Cleveland, Chicago e muito mais!

Com tantas passagens baratas para os Estados Unidos que temos postado, essa promoção pode ajudar bastante a montar seu roteiro por lá. Confira algumas opções interessantes:

Atlanta a Orlando US$ 39
Atlanta a Philadelphia US$ 39
Atlanta a Washington US$ 69
Charlotte a Philadelphia US$ 49
Denver a Las Vegas US$ 39
Houston a Philadelphia US$ 69
Las Vegas a Washington US$ 89
Miami a Washington US$ 49
Miami a Philadelphia US$ 79
Nova Orleans a Atlanta US$ 39
Orlando a Atlanta US$ 39
Orlando a Washington US$ 69
Orlando a Philadelphia US$ 59
Philadelphia a Charlotte US$ 49
Philadelphia a Houston US$ 79
Philadelphia a Orlando US$ 59
Philadelphia a Miami US$ 79
Washington a Las Vegas US$ 89
Washington a Orlando US$ 69
Washington a Miami US$ 49

Mais informações na página da Frontier.

 

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • cFred

    De novo não colocaram Recife nem Fortaleza, pronto, ja reclamei antes que outros façam… kkkk

    • Luiz

      Essa foi ótima, rindo até amanhã kkkkk

    • Kkkkkkkkkk, mas você leu o assunto deste post?

      • Clovis Cavalcanti

        Kkkkkkkk, Sheldon Cooper mandou abraços.

      • cFred

        kkkk, claro que li mas quem acompanha o MD sabe que sempre tem um gaiato reclamando só facilitei a vida deles….
        olha como já tem gente reclamando que não tem nada pra NY… Aposto com vocês que ainda vão perguntar pro Denis se não vai ter promoção pra Inhaxobinho do Brejo pra Dezembro, acompanhem e verão.

        • Lucas R. Martins

          Denis, tem promoção pra Inhaxobinho do Brejo? 🙂 rsrsrrs

    • cropereira0103

      Fortaleza do Texas nao e?

      • Jose Neto

        Ele deve ter falado de propósito.

  • Larissa

    Nada para Nova York? Eu tô procurando e não aparece nenhum voo! =/

    • sigma7777777

      O “esquema” é ir para a Philadelphia e de lá para NY. Vale dizer ainda que a hospedagem é mais barata.

      • Aline Nobre

        tem passagem megabus de 1, dolar pra ny…

  • Gabriel

    essa promo da frontier tem toda hora, tipo a cada 15 dias, vale a pena sempre ficar de olho
    vale notar que se quiser levar bagagem tem que pagar e é caro, inclusive bagagem de mão (que eh mais cara que a despachada)

    • Gilberto

      Isso mesmo! Tanto ela quanto a Spirit Airlines cobram uma nota preta pela bagagem, ate para quem levar na cabine. A Spirit cobra para quem compra no ato da reserva ($30 para um volume despachado e 35 para levar na cabine como carry on). E quem deixar para adquirir este servico depois ou principalmente no aeroporto, vai desembolsar uma nota preta. Entao, o barato pode sair bem caro. Olho!

  • André

    Péssima empresa aérea. Lembro que fiz um voo com a Frontier de Dallas para Seattle com conexão em Denver, por ser mais em conta, na época (em 2010). Mas o barato saiu bastante caro, pois demoramos quase 20 horas para chegar ao destino, devido aos atrasos em ambos os trechos, e ainda fomos agraciados com o erro dos funcionários que embarcaram as malas de todos os passageiros num voo para outro destino.

  • Claudio Nicolau

    Marinheiro de primeira viagem precisa de voo baixo custo ida e volta, Orlando/Nova Iorque mês de julho. Alguém pode enviar dicas.

    • FabioPalmeiras

      Tenta pegar de Jacksonville, para LaGuardia. Vai achar com a Endeavor (Delta). Às vezes, é bem mais barato de Jacksonville. E alugar carro e devolver em Jacksonville pode ser tbém bem mais barato e mais fácil que Orlando. Procure no cheapflights.com

    • FabioPalmeiras

      Se a ideia era viajar pra Orlando e aproveitar 1 ou 2 dias pra conhecer NY, deveria ter comprado múltiplos destinos. Vc compra uma passagem e faz duas viagens. Ano passado comprei pra Jacksonville, com escala em NYC. Fiquei 5 dias em NYC sem custo adicional e depois fui para JAX. Na volta, a Delta mudou meu voo (a pedido) e nem precisei voltar pra NYC. Tudo a preço de 1 passagem.

      • MOACYR LOPES DOS SANTOS

        Fiz isso há 2 anos. A grande vantagem de comprar multiplos destinos em um único bilhete é que a franquia de 2 bagagens de 32 kg vale em todos os trechos, inclusive os domésticos de lá.

        Um abraço.

        • Elis

          Gente, me ensina a fazer isso, eu nao sei.. por exemplo quero ir a indianapolis e de sp ou rio, o voo vai obrigatoriamente para nova york ou houston ou whashington, tem como ficar nessas cidades na ida ou na volta sem custo adicional? como faz? obrigada
          ano passado fui a nova york e chicago e paguei para 1 pessoa o valor que esta agora para 2 pessoas, é de morrer de vontade de viajar.. rsrsrsrs

          • Gilberto

            eh facil. Pelos hubs apresentados, voce ira voar pela United. Entre no site da cia e escolha “multiplos destinos”. Escolha os 3 trechos que voce quer. Se for direto a Indianapolis, o trecho 1 fica Aeroporto do Brasil – Indianapolis, o trecho 2, Indianapolis – algum dos aeroportos que sejam hubs dela e tenha voos direto para o Brasil (Newark, Washigton, Houston, Chicago) e por ultimo no trecho 3 que voce deve inserir a mais no espaco, o ultimo aeroporto escolhido e o destino de volta no Brasil (que nao precisa ser necessariamente o de origem, desde que a cia tenha voo direto do hub escolhido ate a cidade brasileira na volta, mas as opcoes sao mais viaveis, quando for escolhido o mesmo aeroporto de partida e retorno. SE vc quiser fazer o stopover na ida de cara, eh o procedimento ao inverso, vc escolhe primeiro o hub de entrada da cia e depois no segundo trecho odeste hub a Indianapolis e a volta direto de indianapolis para o Brasil. Q

            Alerto que pro trecho direto de indianapolis ao Brasil e vice versa, nao precisa ser necessariamente o mesmo hub da perna correspondente ao sentido oposto.

            Normalmente sera cobrado o preco da passagem cheia do aeroporto brasileiro a Indianapolis como ida e volta, mas as vezes o stopover sai o mesmo preco, um pouco mais caro, ou ate mais barato (rarissimos casos, mas acontece).

  • MOACYR LOPES DOS SANTOS

    Como assim, não tem saindo de Uberaba para Charlotte? #promoçãofake.

    Um abraço e bom fim de semana a todos.

  • Tarcísio Medeiros

    Estou começando a achar que as low cost na verdade não são beeem low cost, mas apenas desmembra diversos serviços inclusos em outras cias.

    Fiz uma simulação de Atlanta pra Orlando, e o preço pela Delta está em U$ 150. A menos que seja um bate-e-volta (o que é BEM inconveniente), não tem sentido viajar sem pelo menos a bagagem de mão, que segundo comentaram aqui sai a U$ 30~U$ 35 pela internet. Somado o preço da passagem ida+volta e só a bagagem, já dão os mesmos U$ 150 cobrados pela Delta, com maior conforto e com “extras” do tipo bagagem de mão E de porão, check-in no aeroporto (acredito que algum lanche também?), etc…

    • Diogo Vieira

      Eu recomendo a Southwest Airlines. Tem um bom serviço de bordo, como a Azul, só não tem TV nos aviões. Não cobram para despachar 2 malas e tem bons preços. Da uma olhada no site da companhia.

    • Gilberto

      A Delta como qualquer cia americana de grande porte como a American, a United tb cobram por volume DESPACHADO, porem, nao como bagagem de mao, caso compre o bilhete avulso e a parte para voo domestico dentro da America do Norte (Canada incluido nessa).Ai nao inclui a franqua de bagagem de voo internacional. As unicas cias americanas que permitem despachar um volume de ate 23 kg por voo , ja incluido como franquia de bagagem eh a otima Jetblue, e que eu saiba, a Alaska Airlines, mas somente nos voos restritos ao Alasca, nao vale para rotas fora deste estado..

      • Tarcísio Medeiros

        Me surpreende que nos EUA seja pago desde primeira bagagem despachada. Eu não sabia disso. Porém de qualquer forma, o pagamento da bagagem de mão não invalida o que eu disse. Mas fico grato pela dica.

  • Tarcísio Medeiros

    Na verdade, Diogo. Eu não tenho muito experiência com os EUA. E se tratando de low cost, eu viajei recentemente pela Viva Colômbia e pela finada WebJet. A WebJet se bem me lembro de low cost só tinha a questão dos lanches, mas como acredito ser regra no Brasil, não tinha pagamento adicional por check-in no aeroporto, bagagem de mão ou despachada, etc. A Viva Colômbia tem tudo isso e ainda mais. No final das contas o preço pode ser não ser vantagem, como há alguns meses eu vi que ficava mais barato ir pela Avianca de Bogotá pro Equador do que pela Viva Colombia com os adicionais… Há de se analisar o custo e o benefício, principalmente pelo cuidado do que as surpresas do aeroporto nas low cost podem dar…

  • Elis

    Muito obrigada Gilberto, no meu caso com múltiplos destinos, o valor ficará o dobro.. Então não valerá a pena.. Mas muito obrigada pela paciência em explicar. Um abraço.

    • Gilberto

      Vc pode tentar alternativamente escolher um multiplo destino como “open jaw, ou seja, chegando num aeroporto e voltando pelo outro, sem o stopover desejado. Ex: Brasil – Indianapolis // New York – Brasil. Se o preco compensar, ai voce pode pesquisar a parte, quanto sai um voo entre essas 2 cidades americanas, so lembrando que nao tera direito a franquia gratuita de bagagem, muito menos de 2 volumes de 32 kg. Se nao for com mais de um volume, ai pode compensar muito.

  • Gilberto

    EUA atraves das cias aereas locais foi o 1o pais no mundo a adotar tais restricoes e cortes quanto a franquia de bagagem. Problema da Low cost eh que ja estao inventando demais em cobrar ate para quem levar um volume como “carry on”. Ai ja acho demais e como a moda que comeca la, sempre pega, ja estou antevendo a Ryanair e depois a Easyjet fazendo isso na Europa e depois isso eh capaz de chegar ate a cias aereas normais. a KLM ate 2013 dava direito a 1 volume como fraquia para os voos na Europa e depois disso, primeiramente restringiu isso a quem fosse registrado no programa dela “Flying Blue” (o que nao mudava muito, pois para ingressar nele eh gratuito) e depois disso, agora estao cobrando ate para quem for cadastrado no programa e for da 1a categoria Ivory. Ela apenas isenta dessa taxa a aqueles que utilizerem voo europeu como conexao para voo intercontinental operado por ela ou cia parceira.

    Por ultimo, concordo contigo. A low cost pode sair cara e nao ser tao barata. Eu mesmo fui “vitima” da Spirit, comprei um bilhete Chicago – Denver e Denver – Fort LAuderdale que saiu €200 com a compra da franquia de bagagem a despachar e depois de um tempo, a American Airlines fez promocao para os trechos e dias que havia escolhido por €213. Apesar dela nao ter a franquia de bagagem, eu poderia levar na cabine a minha mala sem problemas e sem custo e eu ganharia milhas (100%) no Lanpass e ainda teria direito a marcar assentos ja no ato da reserva, entao, estes 13€ , mesmo sem bagagem despachada, pelo conjunto, sairia mais vantajoso.

  • Catherine Lamar

    A passagem é bem em conta mesmo, mas queria saber se é verdade que temos que pagar o assento. Obrigada desde já 🙂