Promoção de passagens para o Canadá! Voos para Toronto, Quebec, Montreal e muito mais a partir de R$ 1.170 ida e volta!

Denis Carvalho 24 · setembro · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Está assustado com a alta do dólar? Que tal desviar a rota da próxima viagem para um país fantástico e com um dólar mais barato? As passagens para o Canadá continuam com ótimo preço! Tanto os voos da Air Canada quanto os da Delta, que publicamos no início da semana, continuam válidos – o preço só aumentou um pouco por conta da variação cambial nos últimos dias. Tem passagens a partir de R$ 1.170 ida e volta!

Vale lembrar que a desvalorização do real diante do dólar canadense foi bem mais suave que a do irmão americano. Hoje um dólar do Canadá está sendo cotado a R$ 3,13. Mas cá entre nós, há tantas atrações imperdíveis no país que valeria a pena visitá-lo mesmo que o câmbio não ajudasse!

Na seleção de hoje, listamos passagens saindo de 30 cidades nacionais para Calgary, Montreal, Ottawa, Quebec, Toronto, Vancouver e Winnipeg. Os menores preços são para voar com a Delta, a partir de R$ 1.231 ida e volta. Para quem quiser evitar a conexão nos Estados Unidos, há voos com a ótima Air Canadá por R$ 1.641 – são direto de São Paulo a Toronto.

Quer mais uma ótima notícia? Acabamos de publicar nosso Guia de Toronto, nosso primeiro destino no Canadá! Acesse agora e confira todas as informações e dicas sobre a cidade!

Confira nossa lista de passagens promocionais e aproveite!

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Renato ADM

    Dólar a R$ 5,00 nas casas de câmbio de sp? Alguém confirma?

    • Fernando

      4,67 comprei agora

    • Thiago Barbosa

      cê é louco cachoeira!!!

    • Ricardo

      Comprei R$ 4,40 agora, casa de câmbio na Av. Paulista, galeria Trianon.

    • Leo Romano

      Paguei pra ver se tinha como ficar pior e dei sorte do BC ter ajudado!
      Comprei por 4,05 hoje!

  • Fernando

    A questão do dólar virou caso de polícia já. Enquanto não prenderem meia dúzia de especuladores que estão inflando a cada dia a cotação em 10 centavos todos nós vamos pagar a conta.

    • Ricardo

      Concordo plenamente.

    • Fernando Albuquerque

      Mas especular não é crime. Se o dólar é dele, ele pode vender pelo preço que quiser. O câmbio é flutuante.

      • Fernando

        Especular é crime contra o sistema financeiro e a economia popular. O que é bem diferente de vender pelo preço que quiser. O que está ocorrendo e está noticiado é que os bancos estão fazendo operações entre si para elevar artificialmente a cotação, em uma operação chamada zé-com-zé. Isso, sim, é caso de polícia.

        • Fernando Albuquerque

          Qual é a lei que supostamente criminaliza a especulação financeira?

          • Fernando

            Lei nº 4.728, de 14 de julho de 1965

            Art. 1° Os mercados financeiro e de capitais serão disciplinados pelo Conselho Monetário Nacional e fiscalizados pelo Banco Central da República do Brasil.

            Art. 2º O Conselho Monetário Nacional e o Banco Central exercerão as suas atribuições legais relativas aos mercados financeiro e de capitais com a finalidade de:

            (…)

            III – evitar modalidades de fraude e manipulação destinadas a criar condições artificiais da demanda, oferta ou preço de títulos ou valôres mobiliários distribuídos no mercado;

          • Fernando Albuquerque

            Nenhuma das leis que você citou se refere a câmbio. E você sabe disso.

          • Castelo Branco

            O Fernando Albuquerque tem razão. Nenhuma dessas leis se aplica ao mercado de câmbio. Referem-se ao mercado de valores mobiliários, que é formado por títulos emitidos por empresas ou pelo governo. O dólar não é título e nem valor mobiliário. O dólar é uma moeda. O mercado de compra e venda de moedas se chama câmbio. Não é mercado financeiro, não é mercado de títulos e não é mercado de valores mobiliários.

            Não há absolutamente nada de errado em comprar um ativo com a expectativa de vendê-lo por um valor maior no futuro. Se você já comprou um imóvel para investimento você fez exatamente isso e achou certo.

            E o que é proibido em um mercado pode ser prática comum em outro. Não fosse assim, quem quer vender um imóvel e comenta sua intenção com um potencial comprador antes de publicar um anúncio nos classificados (avisando todos os outros potenciais compradores) estaria violando a lei, já que isso é terminantemente proibido no mercado de ações.

            Portanto, não força a barra. Especular não é crime e banco não é burro de praticar zé-com-zé com dólar. Ao contrário da bolsa de valores, no mercado de câmbio o banco central pode intervir a qualquer momento (o Brasil adota flutuação suja), fazendo-os perderem bilhões em questão de horas.

          • Fernando

            Olá Castelo Branco, o câmbio faz parte sim do mercado de títulos mobiliários. Você está equivocado. E, sim, as leis acima se aplicam ao mercado de capitais e aos títulos de valores mobiliários. Não quis entrar na discussão com aquele rapaz, porque claramente ele estava só querendo provocar, mas se você fiz uma consulta à jurisprudência do STF e do STJ (não consigo colocar link aqui) verá claramente que existem diversas pessoas condenadas em ações zé-com-zé no mercado de câmbio justamente com base nas leis que eu citei. Perceba que você pode comprar uma mercadoria com a expectativa de vender mais caro. Isso é perfeitamente normal e legal. O que não se pode é simular operações para induzir outras pessoas a erros e a prejuízos. O que os bancos fazem é operações entre si, sempre com um valor mais alto do que o de mercado, para forçar a alta e, com isso, tentar fazer com que o governo aumente a taxas de juros. Esse é o jogo atual. Isso não é legal. Seria a mesma coisa que eu simulasse compras e vendas de imóveis (para usar o seu exemplo) que não existem somente para inflacionar o preço dos imóveis. Isso também seria crime. Você não pode usar do seu poder econômico para influenciar no preço das mercadorias e dos capitais. Há extensos, milhares de julgados no STF. Caso realmente tenha interesse, é só dar uma procurada lá. Há operadores de câmbio, inclusive, condenados pela prática em 1999 e 2001. Abraços.

          • Fernando

            LEI Nº 7.913, DE 7 DE DEZEMBRO DE 1989.

            Art. 1º Sem prejuízo da ação de indenização do prejudicado, o Ministério Público, de ofício ou por solicitação da Comissão de Valores Mobiliários — CVM, adotará as medidas judiciais necessárias para evitar prejuízos ou obter ressarcimento de danos causados aos titulares de valores mobiliários e aos investidores do mercado, especialmente quando decorrerem de:

            I — operação fraudulenta, prática não eqüitativa, manipulação de preços ou criação de condições artificiais de procura, oferta ou preço de valores mobiliários;

          • Fernando

            LEI Nº 8.137, DE 27 DE DEZEMBRO DE 1990.

            Art. 4° Constitui crime contra a ordem econômica:

            (…)

            II – formar acordo, convênio, ajuste ou aliança entre ofertantes, visando:

            a) à fixação artificial de preços ou quantidades vendidas ou produzidas;

          • Jose

            Estamos com duas feras do mercado financeiro: os charas Fernando! Voces acreditam que ate meio do próximo novembro, algum órgão: policia, CVM, CMN, BACEN, Ministério Publico ou quaisquer outros do Judiciário enquadrem os “meliantes especuladores de dólares” e tragam as cotações para níveis menos estratosféricos?

          • Marcos

            Esse “ex dono de restaurante” mandou legal, cadê o cara?

  • RVDLF

    Olá!

    Alguém sabe me dizer se com visto canadense de estudos eu consigo fazer a escala nos EUA sem o visto americano?

    Valeu!

    • Fernando

      Não, precisa dos dois.

      • RVDLF

        Valeu Fernando!

        É o jeito vai ser ir de Copa ou de Canadian mesmo.

  • Felipe

    Boa noite,
    alguém já tirou o visto canadense já possuindo o americano? Li na Internet que facilita o processo. Isso procede? Alguém podia compartilhar a experiência? Obrigado.

    • Ricardo Machado

      Procede. Tem menos chances de ser negado.

      • Felipe

        Obrigado

  • francielle brustolin

    Comprei Cuiabá – Vancouver Ida e volta p final do mês pegando os feriados do dia do servidor público e 2/11, por 1980,00 pra United. Achei por 1750,00 pela American só que saindo de gru p essas datas que queríamos. Sorte que temos cidadania italiana e não precisamos de visto.

    • francielle brustolin

      Com taxa