Promoção de passagens para Moscou na Iberia! Ida e volta por R$ 2.062 saindo de São Paulo

Denis Carvalho 4 · março · 2015

Quem está procurando passagens para a Rússia não pode perder a promoção que encontramos para Moscou! A Iberia e a British Airways estão vendendo passagens para Moscou por R$ 2.062 ida e volta! Isso mesmo: passagens para a Rússia por apenas US$ 680 ida e volta!

A promoção vale para viagens de março a junho e encontramos mais 100 opções de datas disponíveis – vale lembrar que as datas não são fixas e você pode alterá-las como achar melhor para fazer sua viagem. Vale lembrar que os brasileiros não precisam de visto para a Rússia.

Praça vermelha - Catedral St Basilico e Kremlin - Moscou
Praça vermelha – Catedral St Basilico e Kremlin – Moscou

À primeira vista, Moscou pode intimidar como destino de viagem, especialmente se comparada a cidades mais tradicionais no turismo, a exemplo de Paris e Londres. No entanto, ao desembarcar na capital da Rússia é bem provável que essas primeiras impressões fiquem em segundo plano diante de uma cidade extremamente vibrante, com bagagem histórica gigante e onde o número de turistas só tem aumentado a cada ano.

Andar pelas ruas da bela e movimentada metrópole proporciona ao visitante sensações únicas e de total encantamento. Ver de perto grandiosos monumentos e pontos turísticos famosos, como a Praça Vermelha, o complexo do Kremlin – a sede do governo -, o Teatro Bolshoi e a Catedral de São Basílio (aquela com as cúpulas coloridas) vale cada centavo empregado na viagem!

Confira todas as informações sobre a capital russa, incluindo dicas de hotéis, restaurantes, atrações e passeios no nosso Guia de Moscou!

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • oremhartuing

    Sensacional. Moscou é demais, um excelente destino. A Rússia é incrível. Uma visita a São Petersburgo também é obrigatória, é possível encontrar passagens aéreas entre as duas cidades em torno de 100 reais (Aeroflot). O trem-bala SAPSAN (сапсан) faz o trajeto em 3h e custa cerca de 250 reais. A desvalorização do rublo deixou a Rússia ainda mais atraente para brasileiros, é um país bastante acessível e barato para o viajante que não necessita comer nos mais finos restaurantes e se hospedar nos Sheratons da vida. Acha-se muitas opções de albergues, por exemplo, a menos de 30 reais a noite. Hotéis padrão 3 estrelas em torno de 150 reais.

    Recomendo fortemente um comando básico da língua russa, não é tão difícil quanto parece. Caso não seja possível, um conhecimento ao menos inicial do alfabeto cirílico é fundamental, já que até mesmo o metrô está exclusivamente em língua russa. O povo russo é reservado em comparação ao brasileiro, mas de modo geral é educado e solícito com os estrangeiros, especialmente quando demonstram interesse em aprender o idioma e falar o pouco que sabem, pois esse é um grande fator de orgulho nesse país. Os padrões de segurança são altos e perfeitamente comparáveis aos países da Europa. до свидания и хорошая поездка!

    • Daniel Moura

      Muito legal mas sem falar nada de russo n rola. Eu quero promoção pra Europa ou Chile em Setembro!

      • Thiago

        acabei de voltar de lá sem falar nada de russo e não tive problemas

      • Danilo

        Fui sem falar uma palavra. A única coisa que fiz foi aprender um pouco do alfabeto (que é bem fácil, por sinal).

        O metrô tem placas em alfabeto latino sim, assim como várias placas indicativas de locais turísticos. Nos museus, porém, é aleatório. Às vezes você vê uma explicação longa e detalhada em inglês e russo, às vezes só o título em inglês, às vezes nem isso. Tem museu que eles começam bem mas parecem que se cansam no meio do caminho e desistem de colocar coisas em inglês.

        No mais, mímicas são seu melhor amigo, já que quase ninguém fala inglês. Apesar do que falam, não tive problemas com os russos, quase todos foram simpáticos e tentaram me entender. Só tem que se preparar para não saber o que pediu até chegar o prato (e algumas vezes até depois de ter comido), hahaha.

        • oremhartuing

          O alfabeto cirílico não é tão fácil, mas com poucos meses de dedicação pode se ter uma idéia instrumental dele. Penso que qualquer viagem vale a pena, mas pessoalmente acho bastante desconfortável viajar para um lugar dependendo de mímicas e tendo que vencer um desafio a cada prato de comida pedido. Minha opinião: alguém que viajará daqui a alguns meses para a Rússia fará o melhor investimento de sua aventura estudando o idioma russo uma hora por dia.

  • Sérgio Phereira

    Meu comentário foi censurado produção ?

  • Mikhail

    Sdrastwutje!!! Moscou vale muitíssimo a visita!!! Caramba, MD, assim ‘cês quebra nóis’ hahaha.

    Dasvedanya

  • André Minatowicz

    Vou opinar que fui para Moscow por $308 + tx pela S7 neste inverno. Pelo frio daqueles vale a pena, fiz couchsurfing em toda a Rússia. Visitei Moscow, St. Peters, Suzdal, Vladimir e Sochi, estou produzindo um material bem legal sobre este viagem que segui a Armênia, Geórgia e Turquia também. Não falar Russo pode ser um problema no começo mas depois tu aprende as palavras e tudo se torna diversão, até multa eu tomei e fui no banco pagar, perdi trem e muitas histórias. Não tenho nada contra Paris, Londres, só acho que o desafio é mais interessante em lugares fora do roteiro padrão.
    Gastei pouco e tenho boas dicas a quem quiser, com meu nome no google se acha meu blog para maiores informações sobre esta trip.

  • Leo Romano

    Vou acreditar que a S7 pode fazer outra promoção doida daquelas!

  • Alexandre

    [Off-topic] Por que a matéria sobre a promoção Multiplus para os aniversariantes de março não está mais no site?
    Vim procurar maiores informações e não a encontrei.
    abraços

  • paula

    Lugar incrível!!! Super recomendo. Acho difícil um lugar me surpreender como Moscou.
    Fui em dezembro na promoção da s7. Quando a S7 fizer graça de novo…lá vou eu sem duvidas!!!
    Não tive problemas com o idiona, os russos são solícitos e na maioria das vezes gentis.

  • Cristiano

    Sempre tive a impressão, de preconceito racial na Rússia. Alguém sabe algo nesse sentido? Cogito assistir à Copa em 2018.

    • David

      Ouvi falar que a homofobia é muito forte por lá. Já vi um video de um adolescente sendo humilhado, rodeado por diversas pessoas de todas as idades, em plena praça pública.
      Já vi videos também de “justiceiros” que pegam pessoas que eles consideram que sejam pedófilos e torturam, postados pelos próprios “justiceiros”.
      A impressão que eu tenho é que a intolerância fala muito alto por lá, e quem não segue os padrões paga um preço muito alto por isso.

    • David

      Quanto ao preconceito racial, não sei dizer, mas diante de tais relatos acho que vale a pena procurar saber direito.

    • André Minatowicz

      Olha Cristiano, é conhecido que a Rússia tem muitos preconceito. Pelo que notei eles são muito individualistas, não acredito que vá ter algum precoceito, só vai precisar se virar nos 30 com a língua em Moscow

    • oremhartuing

      Preconceito e gente estúpida tem em qualquer lugar do mundo. Certamente essa não é uma característica generalizada entre o povo russo. Nas ruas de qualquer grande cidade pode-se ver todo tipo de gente, tanto pelo fato de a Rússia ser um país extremamente multiétnico, quanto por existirem muitos estrangeiros estudando nas universidades locais. Vá sem medo.

    • Cristiano Alves

      Sou negro e passei um mês na Rússia. Nunca fui tão bem tratado na vida e nunca recebi tantos presentes, incluindo de um general cossaco que arrecadava ajuda humanitária para o Donbass, onde acontece a guerra. Fiz amizade com idosos, com quem falo até hj por Whats app, com mulheres. Na Rússia saí com lindas mulheres apenas por amizade, de diferentes tipos, loiras, morenas e uma ruiva, sendo que com essa última foi mais que amizade. Algumas eu já conhecia da Internet, outras conheci por Moscou, Tula e Kazan. Conheci também um veterano da Chechênia, dois do conflito na Ucrânia e dois generais de Exército. Que país racista é esse onde um negro faz verdadeiros amigos, sai com lindas mulheres, coisa que nunca imaginei no Brasil, exceto com a namorada, e vai com 23kg e volta com 40kg por causa de presentes?
      Quem diz que a Rússia é racista e preconceituosa ou é desatualizado ou é um perfeito imbecil.

      • melissa b

        Preconceito racial eu nao sei mas a russia e um país declaradamente homofobico onde existem leis contra qualquer tipo de manifestaçao,propaganda que seja referente a comunidade glbt.com puniçao severa a quem descumprir.por isso e desaconselhada a ida de homosexuais e transexuais ao país.lamentavel..

      • Paula

        Fui super bem recebida e fiz amigos!

  • Sheila

    Destino maravilhoso. Tenho me dedicado a aprender o russo pra visitar a Rússia e China. Pretendo usar a transiberiana, um trem que liga os dois países com paisagens de tirar o fôlego. Neste ano tb vou me dedicar ao chinês. Parabéns MD!

  • Cinthia Fasanaro

    Denis, não estou mais recebendo os alertas de Melhores Destinos, como devo fazer para ativar novamente

    • Os alertas no celular?

      • Cinthia Fasanaro

        Sim ….os alertas no celular ….Não tenho recebido mais, só recebo os emails….

        • Qual celular vc usa?

          • Cinthia Fasanaro

            Uso o Galaxy S3 e até semana passada estava recebendo os alertas normalmente e agora desde segunda que não recebo mais…..viciei em Melhores Destinos ,muito bom …rsrsrs

      • Cinthia Fasanaro

        Sim Denis….parei de receber os alertas vom as promoções no celilsr 🙁

  • Tilly Bousquet Carneiro

    não viaje de IBERIA, ATENÇÃO! a empresa não tem atendimento em português no Brasil, não atende a reclamações, você tem que pagar por fora pra marcar os assentos, e o avião é velho e caindo aos pedaços, sem sistema de entretenimento individual!

    • Thiago

      Errado. Fui e voltei de Ibéria pra Moscow em fevereiro deste ano e o atendimento no Brasil foi em Português, o avião que fez o trajeto GRU – Madrid tem entretenimento individual com tela touchscreen, a alimentação foi boa, etc. Quanto a pagar para marcar assentos é verdade, mas eu não paguei e na hora do check-in o funcionário nos colocou todos juntos em um ótimo lugar.

    • Tata

      Manja muito!

    • André Minatowicz

      Acredito que sua experiência com a Ibéria não foi das melhores. Fui e voltei de Madrid sem maiores problemas. Na ida A340-600 bom e na volta um velho A340-300, minha opinião é importante chegar ao seu destino, dentro do que se espera de uma classe econômica. Foram 10 horas de vôo, apertados mas chegar em Moscow pela S7 compensa quando incômodo inicial. Sugiro você voar por uma low cost da vida como Wizz Air, paguei 25 Euros para despachar uma bagagem e se embarca sem assento marcado, tudo tem seu preço.

      • Tilly Bousquet Carneiro

        a IBERIA não é uma low cost, portanto não se compara, além disso, existem outras cias aéreas que cobram o mesmo preço da IBERIA, e prestam um serviço muito melhor para o passageiro, não voarei nunca mais pela IBERIA, e espalharei minha péssima experiência a todos que puder

        • Fabio

          Mas qual foi a sua péssima experiencia? Cancelaram o voo ou algo do tipo?

  • Sérgio Phereira

    São Paulo / Moscou = R$ 2062
    Natal / Bariloche = R$ 2195

    Existe alguma explicação lógica pra esse absurdo ?
    Viajar para o outro lado do planeta tá mais barato do que ir para país vizinho.
    #Lamentável

  • oremhartuing

    O que explica é a oferta e a demanda, meu caro. Na primeira opção, você passará por hubs movimentados, bastante interessantes para a companhia aérea pela diversidade de opções de negócios. Na segunda, você tem origem e destino relativamente com demanda bem inferior, além de altamente dependente de oscilações sazonais. Isso sem considerar que estamos falando de uma viagem de mais de 6.000km, ou seja, uma distância bem maior do que cruzar a Europa de ponta a ponta.

  • oremhartuing

    Faz muito bem, Sheila. Com um conhecimento básico da língua, você irá aproveitar sua viagem num nível extremamente maior, vai conhecer gente, entrará no espírito da vida russa. Nada disso será possível se não tiver ao menos um comando elementar do idioma.

    • André Eddine

      Também tenho o sonho de fazer a rota transiberiana e inicie os estudos de russo pelo LiveMocha. Todavia, não estou gostando tanto do site. Vocês tem alguma sugestão de ensino gratuito na internet de russo? O busuu,por exemplo, satisfaz plenamente minhas expectativas de francês.

      • Orem B. Hartuing

        Caro André, acho que o LiveMocha é interessante apenas como contato inicial com o idioma, ele é bastante elementar. Acho que os sites sorusso.com.br e lingq.com têm boas ferramentas que vão ajudar no aprendizado. A partir de um certo momento, porém, percebi que o youtube tem excelentes e variados materiais no ensino da língua russa, penso que você pode fazer uma busca e achar uma boa sequência de aulas para o teu aprendizado. É fundamental que se domine a compreensão do alfabeto cirílico antes de prosseguir com a gramática e as estruturas de pronúncia do russo. Por fim, também considero interessante ver filmes e TV russos (http://www.msk-tv.com/) para que se adapte o ouvido à fonética do idioma, será certamente bastante gratificante quando conseguires identificar as primeiras palavras no meio da programacao

  • oremhartuing

    Claro que é possível ir sem falar russo. Eu quis dizer que, nesse país, o conhecimento da língua local é mais importante do que em outros destinos,e fica bem mais difícil interagir com as pessoas sem ao menos saber as palavras básicas. Vai das expectativas e do estilo de viagem de cada um…

  • Cinthia Fasanaro

    Viajei para Paris com parada em Madri pela Iberia e adorei, td muito bom , desde ao embarque em Gru como o desembarque em Madri e Paris, todos os assentos tinham à frente a telinha de entretenimento e não paguei nada para escolher assentos.

  • Eduardo Fiorentini Votta

    Estou na Russia, vim pela promoção da S Sete, e viajei todos os trechos com a Iberia, os voos foram otimos e recomendo muito, a russia está otima, preços bons, povo muito simpatico e que fala pouco ingles, mas dá para se virar e sempre muito atencioso. Preconceito racial não vi e com certeza é menor que no BR, na imigração da espanha que vi saindo para stop over de conexão de vinte horas, vi peconceito racial apesar de me atenderem muito bem, mas na russia nao.

  • Alessandra

    Aguardando ansiosamente uma promocão pra Portugal ou Espanha, em junho… Qdo recebo o alerta de postagens do MD, penso que pode ser a minha…

  • JanSantos

    Passei dois meses na Rússia entre Moscou, São Petersburgo e Nizny Novgorod. Alguns pontos:
    1. Ninguém nunca ouviu falar nesse tal idioma chamado Inglês lá (não estou fazendo comparações a lugar nenhum, só estou dizendo que não existe absolutamente nenhuma sinalização em inglês a exceção de São Petersburgo). Lógico que sempre se dá um jeito pra tudo e você sempre consegue se virar.
    2. Muito interessante várias pessoas comentando aqui sobre preconceito e pelas fotos não vejo um negro ou ao menos pardo comentando. Pois bem, sou negro e afirmo: são as pessoas mais racistas do planeta do terra (falo com a experiencia de morar meses na Europa e oriente médio). Fui barrado dezenas de vezes em bares/boates por ser negro. Falo isso porque ao contrário de outros lugares, eles não fazem questão nenhuma de esconder que não querem você no estabelecimento deles porque você é negro. Tentei entrar com estrangeiros, locais, amigos, amigas…
    3. Apesar das dificuldades recomendo o destino, principalmente São Petersburgo.

    • Cristiano Alves

      Sou negro e entrei até na Cidade das Estrelas, onde treinam os cosmonautas russos e até astronautas americanos. Se você duvidar tenho fotos que comprovam.
      Não acredito na sua palavra. Em Moscou há muitos negros de países africanos, mais de 1000. Conversei com alguns. Reclamaram do regime univeuniversitário, mas nunca de preconceito.

    • Cristiano Alves

      Relendo o seu texto vi que você não fala russo. Acho que isso já diz muita coisa sobre o suposto “preconceito” que você diz ter sofrido.
      Quer falar inglês? Reino Unido, EUA… mas vai fazer um amigo na Europa… minha amiga tá lá faz 5 dias, ainda n conheceu um nativo. Sou fluente em russo e todo dia conhecia alguém ímpar. O russo é muito receptivo, especialmente se você fala a língua dele. O Brasil tem vários professores de russo.

      • JanSantos

        Sério que tudo que você tem a falar da Europa é uma experiência 5 dias de uma amiga?? Tudo que estou escrevi acima é baseado em minha própria experiência e de longo prazo (meses), portanto, acho que você deveria vir a Europa e tirar suas próprias conclusões antes de querer escrever algo sobre um lugar que você nunca foi.

    • JanSantos

      Não, eu não falo russo. Eu também não falo holandês, francês ou árabe e nem por isso deixei de ser bem recebido na Holanda, França e Oriente Médio respectivamente. Só estou dizendo que a Rússia definitivamente não é o que eu chamaria de um “lugar amigável” para negros. Conheci alguns cubanos e paquistaneses que me disseram que “apesar de tudo isso”, ainda é melhor viver lá do que nos seus países de origem. Nada do que você falar aqui vai me fazer esquecer das tantas caras de nojo (sim, nojo) que eu me foram dirigidas durante os meus dois meses lá. Meu intuito com esse post não é fazer ninguém desistir do destino, pois como falei no primeiro post, eu o recomendo. Só estou alertando para um cuidado redobrado.

  • Cristiano Alves

    Se você viu um vídeo, jovem, deixe eu te dizer, a Rússia tem mais de 150 milhões de pessoas. Eu fico impressionado com essas pessoas que “formam opiniões” sobre 150 milhões de pessoas por causa de 1 vídeo. Eu vi vários vídeos de motoristas russos dirigindo feito loucos no Youtube, mas chegando na Rússia, cansei de atravessar as ruas com o sinal fechado ou aberto e ver os motoristas respeitarem.

  • Eduardo Fiorentini Votta

    Eu nao falo nada de russo, e estou sendo muito bem recebido aqui, com certeza a russia vale muito a pena

  • André Eddine

    Po, muito obrigado mesmo pela ajuda!! Seguirei as dicas com certeza! Forte abraço!!