Promoção de passagens para Fernando de Noronha! Ida e volta a partir de R$ 599!

Denis Carvalho 18 · março · 2015

Em um dia dominado pelas fantásticas promoções para os Estados Unidos da Delta, abrimos espaço para trazer passagens baratas para um destino nacional. Mas não qualquer destino, mas “o destino”: Fernando de Noronha, o arquipélago mais famoso e mais desejado do Brasil e um dos destinos mais fantásticos do mundo.

As companhias Azul e GOL estão vendendo passagens para lá por R$ 599 saindo de Recife e com bons preços de outras dez cidades! Há passagens para Noronha saindo de Natal por R$ 693, Belo Horizonte por R$ 798, de Aracaju por R$ 835,  Florianópolis por R$ 883, do Rio de Janeiro por R$ 865 e muito mais!

O Arquipélago de Fernando de Noronha mexe com o imaginário de muitos brasileiros. O lugar tem fama de ser uma paraíso na Terra, e quer saber? É mesmo. Algumas de suas praias são as mais bonitas do Brasil, a água tem uma coloração incrível e a vida marinha… ah, essa é tão rica que é quase impossível descrever. O mergulho com cilindro é considerado um dos melhores do mundo e, mesmo nas praias, você pode nadar entre pequenos tubarões e tartarugas.

Com 21 ilhas e ilhotas, apenas 17 km² e a menor BR do Brasil, há quem duvide que Fernando de Noronha mereça todos os elogios que se ouve, mas é tudo verdade, ninguém exagerou. A beleza do lugar é inquestionável. Mas a beleza tem seu preço e ele não é nada baixo. O turista que vai a Noronha precisa desembolsar uma grana, já que tudo chega apenas de avião ou por embarcações – mas não desanime, pois o lugar vale cada centavo. Não deixe de conferir nosso Guia de Fernando de Noronha com todas as dicas e atrações!

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Celso Júnior

    Isso é barato?
    Tem passagem em abril saindo do RJ por bem menos que isso.

    • Janine

      Pois é, ainda estou procurando a promoção…

  • Marcia

    Rio/Fernando de Noronha/RIO, infelizmente, muito caro ainda.Sem pensar que ainda tem a nefasta taxa ambiental e qualquer pousadinha mixuruca é caríssima. Aboli Fernando de Noronha de minha lista de desejos !

  • Daniel Moura

    Fernando de Noronha é incomparável mas estes preços abusivos (hospedagem, passagem etc) me fazem não querer ir pra lá.

    • Hariton

      Existem hospedagens em conta amigo! Nada comparado a outros lugares, mas nada proibitivo também! Paguei 800 pratas de passagem saindo do Rio….200 pratas de diária o casal(ficamos 4 dias)…e almoçávamos a 20 pratas num restaurante onde a maioria da galera que trabalha por lá almoça também! Valeu cada centavo! Aquela ilha é maravilhosa!

      Agora, se querem ostentar, é com vocês! Cotei ontem no booking por um estadia de 7 dias, surgiram coisas do tipo R$ 16.800,00 pela estadia! Eu paguei 800 por quatro dias! Ai é com vocês!

      Noronha vale cada centavo! Bem gasto, claro!

    • Cristiano

      Em abril/2014 deixei de passar um fds, saindo do RJ, por 12.000 milhas (ida e volta), devido ao abusivo preço da hospedagem. Uma pousada meia boca, custava R$ 300,00/dia. Preferi conhecer os Lençóis Maranhenses.

      • Fernando-RJ

        Efeitos da mídia!

      • Diego Rios

        Hospedagem em noronha, não é tão caro assim, a não ser que busque luxo.
        Existem algumas pousadas bem em conta, como a da Iris 130,00 reais a diária ou a dos golfinhos 150,00.

        • Cristiano

          Desde quando, 300 reais numa diária é luxo? A menos, claro, que você goste de ficar em albergue. Nesse caso, faz sentido o seu entendimento…

          • Daniel Moura

            Albergue nem chega a este preço, exceto Rio de Janeiro.

          • Cristiano

            Eu sei que não. Quis dizer, que para quem fica em albergue (pagando uma mixaria) 300 reais numa diária, deve ser considerado luxo (o que, evidentemente, não reflete, nem de longe, a realidade).

          • Marina

            Gente, a maioria das pousadas em Noronha são domiciliares e mantêm o mesmo padrão (cama confortável, ar, café da manhã simples e não menos satisfatório, frigobar, limpeza e org, etc.). O bom de Noronha é que quase todos são pedestres, andam com roupas simples e vivem estão apenas para curtir o paraíso. Existe dignidade em diárias menos de R$ 300,00 e respeito quem pensa assim, até porque essa concepção é relativa, mas para quem nunca foi e quer pagar pouco, saibam de uma coisa: existem váááárias pousadas em Noronha com diárias abaixo de R$ 300,00 que são ótimas (e os famosos ficam lá, tá? só ficam em hotéis de luxo se houve algum patrocinio).

        • Janine

          300 reais numa diária? Tem ouro nesse hotel?
          Albergue no RIo dá pra encontrar por 30, 40 a diária, em Copacabana.

      • Afonso

        Noronha agradece a sua ausência.

  • Rocicler

    Verdade. Preços abusivos! =/

  • Raphael

    Encontrei entre 13/02/2016 e 20/02/2016 de BH por R$840,00. Resolvi comprar apesar de saber do alto custo de hospedagem e taxas de proteção ambiental da ilha.

  • Cristiano

    Além de Noronha, risquei Costa do Sauipe e Porto de Galinhas também. Na minha opinião, melhor ir ao exterior.

    • Tati

      Em Porto há pousadas próximas ao centrinho com bons preços.

    • Marlim

      Respeitosamente hei de discordar dos senhores. A passagem costuma ser por volta de R$2500 ida e volta, logo, está sim bem abaixo do preço. Porto de Galinhas é totalmente factível, haja vista passagens ida e volta RIO x REC serem facilmente encontradas por menos de $300 e pousadas boas com preços acessíveis mais fácil ainda. Quanto à Noronha, comparo com uma viagem ao exterior em que pagamos os custos da viagem em dólar e Euro e fica tão ou mais caro quanto, só que é uma experiência única para quem é fã de natureza e praias.

      • Piriri

        Respeitosamente te digo que pagar 2500 reais só de avião dentro do próprio país parece muita inocência pra não dizer outra coisa, desculpa! Sim, 800 parece “barato” mas ainda sim acho muito caro cobrar isso da própria população. Mas não sou eu quem vai mudar isso, então…

        • Marlim

          Quanto ao preço da passagem, o que tem que se considerar são os custos de manutenção de voos diários REC x FEN e NAT x FEN, provavelmente por força de obrigação regulatória, que devem ser diluídos para compensar as vezes em que as aeronaves trafegam abaixo da ocupação média. No que tange ao preço das estadias, os elementos que têm que entrar na conta são os seguintes: apesar de fazer parte do território brasileiro, trata-se de uma ilha distante em centenas de quilômetros do continente, o que encarece os custos de alimentação, vestuário, produtos de consumo ordinário e amenidades, haja vista que o transporte de carga é feito por embarcações com todos os seus custos de logística e limitações, o que propicia a diminuição da oferta e o aumento da demanda gerada pela população local e pela constante população flutuante de turistas (=elevação dos preços). Com a elevação desses preços, eleva-se o custo dos produtos adquiridos pelos empreendedores para a execução da atividade empresarial, como por exemplo roupa de cama e banho, no caso da gama hoteleira, e frutas, verduras, carnes e bebidas para restaurantes, mercados e padarias; sem contar com os valores que os empregadores têm que cobrar pelo produto final de suas atividades para poder pagar salários que atendam a realidade mínima da vida da população empregada, para que os habitantes trabalhadores possam pagar por moradia, serviços, alimentação, lazer… Isso sem esgotar as considerações. Temos que pensar um pouco sobre o que gera o custo e não apenas criticar.

  • Cristiano

    Não vejo como ostentação, querer ficar numa pousada confortável. Se vc prefere um pulgueiro, só para pagar barato…

    • dayana

      Vcs estão no Brasil, infelizmente aqui tudo é bem caro… Acho difícil achar uma hospedagem razoável, por menos de R$ 150,00 em qq lugar aqui no Brasil. Noronha é um lugar único, é completamente afastado do continente e uma diária de R$ 200, R$ 300 não é nada absurdo se vc não ganha um salario minimo, pq infelizmente quem ganha um salario minimo no Brasil não pode ser dar ao luxo de ir ao cinema por diversão…. Mais enfim, esse é outro papo, o lance é que tudo lá é muito caro para chegar, tudo tem um custo muito alto, sendo assim é necessário que seja mais caro, tem logica….. Aqui no Rio se eu for a Búzios eu não consigo uma diária em uma pousada a R$ 150,00, infelizmente, nunca…. Sendo assim para Noronha está ótimo o $$$. #partiunoronha hahaha.

  • Gilson Araujo

    Promoção ridícula. Com exceção de BH, todas as outras cidades têm praias.

  • Cristiano

    Logo após o Carnaval… E durante o verão. Prepare o bolso!

  • Daniel Moura

    800,00 para mim é um absurdo.

  • Daniel Moura

    R$ 800,00 para mim é absurdo de caro.

  • Ju

    Obviamente vale cada centavo, e concordo plenamente com o valor cobrado nas hospedagem, ninguem sabe como eh a vida de quem tem pousada ou vive la, alem de lindo eh meio dificil que as provisoes cheguem la, as vezes falta comida na ilha. Se fosse barato iria qualquer um e seria a maior bagunca, praias sujas e etc… So vai quem quer mesmo, considerada a praia mais linda do mundo… algumas pessoas preferem ir pra fora do que curtir o proprio pais e gastar o mesmo.. eu gastaria tranquilo, vale cada centavo concerteza…

    • George

      Concordo. O problema é que tem gente que quer viajar pagando a mesma grana que gasta para ir a praia. Esses são aqueles típicos farofeiros que só sujam as cidades, as praias e ainda não querem pagar um preço justo. Em contrapartida, os preços no Brasil são realmente abusivos em alguns lugares, mas querer viajar a preço de banana e ficar em hotel de 3 estrelas para cima é querer demais.

  • Eduardo Paci Galvão

    Minha opinião (estive lá na promoção de R$ 130 saindo de BH, ida e volta, bons tempos aqueles, uns anos atrás):

    – Hospedagem: dá para conseguir preço bom, mas em locais MUITO simples. Comparativamente (preço x qualidade), é absurdamente caro!
    – Transporte: o aluguel de buggy é mais ou menos tabelado, e existe (pelo menos existia) somente um posto na cidade (imagine o preço hoje…)
    – Alimentação: é possível comer bem pagando pouco, tinha um self-service no centro, acho que chamava Flamboyant, muito em conta. Mas os restaurantes melhores são caros, mas nada exorbitante.
    – Passeios: caros, mas valem a pena. E muitos pode-se fazer simplesmente caminhando!
    – Taxa de permanência: absurdamente cara, mas não tem como fugir
    – Preço da passagem: absurdo também, mas logo tem aquela desculpa que é uma ilha, etc….fazer o que…

  • Patrik

    E como sempre só o fato de ser uma viagem aq no Brasil 1 centavo já é abusivo demais (espirito de vira-lata reina)! Noronha vale cada centavo, e quer saber, tem q ser caro sim, só assim p ser sempre o paraíso q é.

    • Cristiano

      Que comentário esperar, de alguém chamado “Patrik”? Pois é… Isso não tem nada a ver, com espírito de vira lata. Pagar
      300 Reais/dia, para se hospedar em uma pousada sem conforto, a meu ver, não compensa a relação custo x benefício.

      Não sou favorável, à prática de adotar preços populares. Se não tem dinheiro, fique em casa. Todavia, se cobrar caro tem, na minha opinião, que oferecer serviços e acomodações, que façam jus ao preço praticado.

      Enquanto muitos acharem que pagar mais caro, pura e simplesmente, é sinônimo de “status” (de “tirar onda”), sem levar em consideração o que lhe é oferecido, continuarão a ser feitos de bobos. E mais: Duvido que a maioria, consiga manter o “status” durante o ano. Vai é visitar parentes, para economizar na hospedagem.

      • Bruno

        É impressionante como uma pessoa ofende a outra de forma gratuita… Infelizmente, o nível dos comentários vem caindo proporcionalmente ao aumento do número de visitantes.

        Pessoal, isso aqui é um lugar de colaboração. Vamos ajudar o outro e aprender a respeitar a opinião alheia.

        *MD, sei que a culpa não é de vocês

      • Nicholas

        Sempre escuto essa mesma bobeira e desculpa. Fui a FN e fiquei em uma pousada por 160 diaria/casal super confortavel, quarto com frigobar, ar condicionado, tv e tudo mais.

        Quem pesquisa e junta dinheiro, consegue viajar com conforto e conhecer o mundo todo. Quem não tem disposição, fica na internet reclamado de um monte de bobeira.

        Acha caro, legal carinha, fique em casa sentado no sofa reclamando da vida. Acha cara mas quer ir, sai da internet e vai suar a camisa pra conseguir o que quer.

        Espirito vira-lata reina[2]

      • Mônica

        Só acho engraçado as pessoas colocarem que pagar caro é sinônimo de Status… e ainda defende que não viaja pelo Brasil.
        Se vc soubesse a beleza do lugar, entenderia que uma pousada de luxo em Noronha é totalmente ao contrário do que é proposto pelo paraíso da ilha. Já fui em Noronha algumas vezes e voltarei com certeza, ao invés de ficar me gabando que é melhor viajar pelo exterior como muitos preferem citar (apesar de eu já ter ido diversas vezes para outros países).. nesse caso eu concordo que brasileiro gosta mesmo é de status… pq “viajar pra fora” é ganha-se bem mais status!!

        • Cristiano

          Se vc analisar as entrelinhas, verás que minha ironia refere-se a quem paga caro sem ter uma contrapartida. E que ainda assim, enche a boca para dizer que foi ao lugar X e pagou Y.

          Atualmente, qualquer um pode ir ao exterior. Não existe mais essa de “se gabar”. Bem como um celular top de linha. Qualquer pessoa pode ter.

          • Marlim

            Noronha agradece a sua ausência [2].

      • Patrik

        Perdeu a coragem de deixar seu comentário completo foi? Já a primeira prova que vc tmb é detentor do espirito!
        Se vc tem a mente tão pequena a ponto de julgar uma pessoa pelo nome dela é um problema seu. P mim vc só prova ser tudo q eu disse.
        Minha opinião é essa. E basta abrir um pouco a sua mente e começar a pesquisar e ver que há muitos lugares confortáveis que o preço é razoável.
        #ficaadica

  • Daniel Gomes

    Estava querendo ir em setembro, ja venho acompanhando a algum tempo, porém nunca aparece ida e volta por menos de R$1.100 saindo do RJ. Será que para a época o preço é esse mesmo

  • Cristiano

    Ok. Então que ofereçam acomodações e serviços, que façam jus ao preço ofertado. Em vez de pulgueiros, disfarçados de pousadas, sem conforto.

    Mil vezes melhor, na minha opinião, ir ao exterior.

  • Vinicius Ferreira

    Quanto blá bla blá…
    Tem gente aqui que talvez prefira pagar R$289 no Ibis Santos Dumont pra visitar a Urca e o Corcovado e não paga R$300 pra ir num paraiso??
    R$100 ou R$120 a mais vai fazer tanta diferença assim? Se for pra ficar 30 dias, talvez reconheça que sim, que eu acho não ser o caso da maioria aqui.
    E outra, não confunda falta de conforto com hospedagem “rústica”. R$300/dia é sim um preço justo para um lugar como esse.
    Quem pensa assim, talvez NUNCA vá conhecer o Amazonas, pq lá se paga muito (R$600/dia) pra ficar num HOTEL de Selva sem o tal conforto que tanto querem.

    • Cristiano

      Viajo semana que vem, à Manaus. Não tenho interesse, em ficar em um hotel de selva. Não é meu perfil. Moro no Rio de Janeiro. E mesmo que não morasse, não ficaria no Íbis Santos Dumont. E sim na Zona Sul, talvez pagando mais caro, sabendo que o hotel seria à altura do seu preço.

      No final, acaba sendo uma questão de percepção. Não tenho afã de conhecer FN. Se surgir uma nova oportunidade, e eu considerar interessante, talvez reconsidere. Enquanto isso, vou viajando por aí…

      • Vinicius Ferreira

        Manaus?! A Capital dos trópicos!
        Aproveite então para fazer um passeio de barco e conhecer o encontro das águas, coma um belo tambaqui assado, visite o imponente Teatro Amazonas…
        Quem me dera poder viajar assim pelo meu Brasil, pena que daqui para o Brasil seja tão caro!
        Ahhh, me poupe né?! Classe média ascendente!!!
        Quanto mi mi mi por R$100 a mais numa diária em uma viagem de no máximo 5 dias.

  • Marlim

    Concordo! Fiquei em uma pousada com piscina, ar, café-da-manhã e da tarde, traslado in e out, próx. à Vila dos Remédios, por $200 a diária. R$100 por pessoa a diária. Quem acha isso caro para Noronha tá acostumado a ficar hospedado em quarto compartilhado em hostel!

    • Vanessa Santos

      Qual pousada?? Poderia me passar, por favor?

      • Marlim

        Pousada Lua Bela.

  • Elias Alisson Meneses

    Poxa MD, estou com o app em meu celular, configurado para receber promoções que saiam da minha cidade e mais uma. Mas essa não lembro de ter visto ontém (18/03). Resultado: não estou mais achando nos preços relatados.
    O serviço de vocês é ótimo, longe de estar reclamando pura e simplesmente. Ainda mais por ser gratuito. Apenas relatando para verificações.

  • Rogerio Resende

    Alguém conseguiu comprar pelo preço que esta divulgado? Tentei varias datas que constava por 800 e poucos reais e todas abrem no submarino viagens por 1120,00. Com a taxa de embarque vai a 1340,00.

  • Elias, você usa iPhone? Se for o problema é com a Apple, se você deixa de abrir o app ela deixa de enregar novas notificações. Aconteceu essa semana comigo também!

    • Elias Alisson Meneses

      Não Denis, foi Android. Vou ficar de olho agora para ver se acontece de novo. Tomara que não.

      • Voltou a receber?

        • Elias Alisson Meneses

          Sim. Recebi uns dois hoje. Se e quando perceber nova falha, aviso.

        • Elias Alisson Meneses

          Acho que entendi o problema. Hoje recebi a notificação da matéria “Mini preços”, que vocês publicaram às 16:47. Visualizei, mas, que me lembre, não cliquei, não abri, justamente para que aquilo continuasse chamando minha atenção para eu ler depois. Às 19:52 vocês publicaram a “Tam, Azul e Gol estão com ótimas promoções…” e, no meu celular, essa notificação sobrepôs a anterior. Assim, se eu não tivesse visto a primeira antes, não saberia dela, a não ser, claro, que desse uma olhada no site ou na parte do app que mostra todas as postagens.
          O ideal seria as notificações não abertas acumularem, mesmo que o texto exibido seja menor, como faz o Gmail no Android: às vezes não se vê o texto, ou o vemos mais resumido, mas se sabe quantas são as mensagens não lidas.

  • Cristiano

    Acho que vc não me entendeu. Apenas disse que optei por não ir, devido ao valor da diária de 300 reais numa pousada meia boca. E mais; Nos principais sites de avaliação de hotéis, as notas eram baixíssimas.

    Isso não tem a ver, com espírito de vira latas. Pago o valor que for, desde que os serviços e as acomodações estejam de acordo com o preço praticado.

    Será que tu pagarias 900,00, por 3 diárias de hospedagem, em pousadas tão aquém ao que estás acostumado?

    Não fico em hostels, não acampo e, principalmente, aprecio o conforto. Logo, meu nível de exigência não é baixo. Portanto, tenho todo o direito de não estar disposto a pagar por menos do que isso.

    Você achou um preço legal, em uma pousada idem, parabéns. Não tive a mesma sorte.

    Por favor, tenha um pouco mais de educação. Afinal, discordar sem ofender é um dos pilares da civilidade.

  • Cristiano

    Desculpe, mas não ofendi ninguém. Pelo contrário.

  • Cristiano

    Obrigado, Tati.