Banco do Brasil cria limite para transferência de pontos entre clientes

Denis Carvalho 1 · fevereiro · 2012

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Os clientes que usam cartões do Banco do Brasil contam com o programa de benefícios “Ponto pra Você”, que permite acumular bônus de acordo com os valores gastos e trocar por benefícios, entre eles milhas nos programas Smiles e TAM Fidelidade. Um dos diferenciais do programa é a permissão para a transferência de milhas entre contas de clientes que sejam parentes, o que facilita bastante o acúmulo de pontos.

Desde de dezembro, contudo, o BB decidiu criar limites para estas transferências, de acordo com o cartão de cada cliente. De acordo com a nova regra, definida na cláusula XIX do Regulamento do Programa, os participantes Private passaram a ter limite de transferência até 30 mil pontos por ano, os Estilo terão limite de transferência para outro cliente de até 15.000 pontos por ano  e os demais participantes terão limite de transferência para outro cliente de apenas 10 mil  pontos por ano.

“O Programa Ponto pra Você, por indicação de consultoria externa, foi reformulado recentemente. Com as mudanças, as condições para transferências de pontos entre participantes com vínculo de parentesco (pai, mãe, filho, irmão, cônjuge, companheiro (a), padrasto ou madrasta), devidamente vinculado aos cadastros dos clientes nos Sistemas BB, foram alteradas”, confirmou o Banco do Brasil ao Melhores Destinos, por meio de sua Assessoria de Imprensa.

A mudança deixou alguns leitores bastante insatisfeitos: “Horrível essa posição do Banco do Brasil. Não gostei nem um pouco.  Banco é para ajudar e não complicar”, lamentou o leitor Fabiano Avila, que sempre transferiu pontos do cartão de sua mãe para sua conta.

“Estou tentando há dias transferir alguns pontos dela para mim, como normalmente vinha fazendo, e o banco me explicou que as diretrizes quanto a isso foram mudadas. Agora para quem tem cartão Platinum o limite anual é de 10 mil entre associados. Convenhamos, isso por ano é muito pouco! Minha mãe não usa e nem sabe usar esses programas da TAM e da GOL, eu fazia a transferência para mim e se ela precisasse eu emitia no meu o bilhete aéreo para ela. Agora vou ter que fazer um Smiles e um TAM Fidelidade para ela e ficar emitindo bilhetes como se fosse ela”.

A assessoria do Banco do Brasil ressaltou ainda que “a transferência entre participantes é um diferencial oferecido apenas pelo BB”.

Confira o novo regulamento no site do Banco do Brasil

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe