Procon entra na Justiça contra GOL, TAM e Smiles para cobrar melhorias para clientes

Denis Carvalho 18 · junho · 2014

O Procon do Rio de Janeiro entrou com ação civil pública na 6ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado contra as empresas aéreas TAM e GOL e a empresa Smiles S.A. por problemas em seus programas de milhagens. A autarquia tomou conhecimento de reclamações por atraso na computação de milhas, dificuldade na obtenção de passagens pelo programa na alta temporada, e o aumento sem aviso prévio do valor da passagem adquirida através dos programas.

De acordo com o Procon, os programas de fidelidade elevam significativamente as receitas das empresas sem, em contrapartida, prestar um serviço eficiente e adequado a seus clientes. E esses reclamam da ineficiência do serviço prestado. 

“A ação (processo número 0191089-22.2014.8.19.0001) requer liminar que obrigue as empresas citadas a informar aos seus clientes, até a conclusão da compra, sobre algum aumento repentino na quantidade de milhagem necessária para passagens que eles queiram adquirir. Os clientes deverão ser avisados por telefone, mensagens de texto no celular ou e-mail. Esses aumentos deverão constar também no site da empresa.Caso não atenda à determinação, as empresas pagarão uma multa diária de R$ 50 mil”, informa o Procon-RJ.

Segundo a instituição, a ação também tem como objetivo assegurar ao consumidor o direito de ter computado pelas empresas a milhagem que adquirir, “de forma adequada e imediata, em seu programa de fidelização”, e que as empresas ofereçam passagens através dos programas de milhas em qualquer época do ano e em todos os canais de venda, sem qualquer tipo de limitação quanto ao número de assentos que podem ser comprados. A ação estipula também nesses casos uma multa diária no valor de R$ 50 mil e ressarcimento em dobro aos consumidores por danos materiais resultantes desses casos.

O Smiles informou que não possui informações sobre a ação ajuizada pelo Procon e não recebeu qualquer notificação oficial a respeito, por isso não tem como se pronunciar sobre o referido processo. “O Smiles esclarece que disponibiliza passagens para serem resgatadas com milhas em todos os voos de sua principal parceira aérea, a GOL, sem restrições inclusive na alta temporada. No caso das parceiras aéreas internacionais a disponibilidade de assentos se dá seguindo a regra de cada companhia aérea. O Smiles vem ampliando suas parcerias aéreas e também a quantidade de assentos internacionais disponíveis, que dobrou conforme anunciado recentemente pela empresa”.

Sabemos que ações como essa podem se arrastar por anos ou mesmo serem consideradas improcedentes pela Justiça, mas ainda assim é bom ver que o Procon está atento aos problemas enfrentados pelos participantes dos programas. Quem sabe mais iniciativas como esta sejam tomadas e as companhias aéreas decidam promover as mudanças mesmo antes de uma obrigatoriedade legal, que pode levar anos para ocorrer.

Com informações do Procon-RJ.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Marcio

    Ao meu ver, um grande prejuízo para nós, membros destes programas, é acumularmos milhas ou pontos durante meses, e até anos, e quando estamos quase conseguindo as milhas para emissão de um bilhete, ficarmos sabendo que vamos precisar de mais milhas ou pontos para tal porque o programa alterou, unilateralmente, a quantidade. Temos de remar tudo novamente. Penso que os pontos ou milhas adquiridas, deveriam ser honradas para emissão dos referidos bilhetes, na quantidade de quando foram creditados, ou pelo menos uma validade de um ou dois anos. Mas, é sempre bom ler que tem "alguém de olho" nestes programas, que estão abusando dos associados.

    • EU particularmente acho que a validade deveria ser vitalícia, assim todos poderiam se beneficiar ainda que levassem 5 anos para conseguir a pontuação necessária. Porque na verdade, isso é totalmente elitizado, pois
      para se juntar esse tanto de milhas necessárias para passagens, não é para todos.

      • Danielsson

        O único programa que não tem validade de milhas que eu conheço é o LifeMiles. Quer dizer, até tem, mas se você comprar qualquer quantidade a mais, elas não expiram. Basta comprar quando estiver prestes a expirar. Me cadastrei nesse programa graças às grandes promoções de milhas em dobro que o MD sempre divulga deles. Infelizmente, parece que aumentaram absurdamente o valor de um trecho para se resgatar depois disso. Então acaba dando no mesmo. Acabou que eu nunca comprei nenhum bloco de milhas no Lifemiles. Sempre me assusto quando olho os preços das passagens com milhas pelo programa. hahaha

  • Danilo

    É bom que tomem vergonha na cara e respeitem o consumidor, e você consumidor deixe um pouco o conformismo e busque seus direitos porque todos já estão pagando por tarifas altíssimas logo o programa de milhagem já tem embutido todos os custos. Tomara que o KM de vantagens também entre nesse meio pois nunca vi um programa cobrar pelo simples fato de transferir pontos de um programa pra outro que são "parceiros". Nossa demanda é muito reprimida e esse empresariado percebe muito bem isso e fica querendo aplicar em tudo dada a ausência do estado como fiscalizador. Lamentável!

    • PROCON precisa mesmo tomar uma atitude! Eu estou REVOLTADA com o Smiles, principalmente por ter PAGO para entrar em um ClUB de vantagens, no qual paguei 30,00 e não tive as 4000 milhas creditadas conforme eles dizem na propaganda que é completamente ENGANOSA. Pior não é cometer um erro, porque empresas, sites, sistemas estão sujeitas a isso. Pior mesmo é o DESCASO com que eles tratam os clientes diante de um problema que é culpa DELES. Eles não cumprem o prazo prometido de 5 úteis para resolver o problema, fecham os chamados que foram abertos sem qualquer solução. É basicamente IGNORAR o cliente, é como bater o telefone na cara, é como rir da cara do cliente e continuar usando o tempo deles para continuar fazendo propaganda enganosa e fazendo com que mais pessoas se associem ao CLUB. E assim, quem não tem problema na inscrição, acaba tendo problemas nos meses seguintes, com os créditos das 1000 milhas mensais. Tem zilhões de reclamações no Reclame Aqui. Eu sempre fui contra reclamar sobre algo que basicamente temos de "graça" e querer exigir vôos com poucas milhas etc etc, mas DESSA VEZ eu paguei para ter algo, eles fazem uma propaganda de que o associado ganhará 4000 milhas na hora, debitam no cartão de crédito e simplesmente NÃO CREDITAM as milhas. Já se passaram 15 dias!!! Mas eu não sou a única, tem muita gente com esse problema. Eu encaminhei uma reclamação para o PROCON e enviei toda a documentação que comprova o erro deles: a cobrança no meu cartão de crédito, o extrato da minha conta smiles, os meus chamados na página, o meu club smiles constando como pagamento pendente sendo que já foi pago. O email do Fundação Procon-SP de SP é proconweb@sp.gov.br. Não deixem de reclamar! Essa empresa precisa aprender a tratar o cliente com respeito. Criei uma página para conscientizar mais pessoas do problema. https://www.facebook.com/foraclubsmiles
      CURTAM E COMPARTILHEM!
      Se os casos existentes podem demorar a ser resolvidos, vamos pelo menos evitar que mais pessoas sejam lesadas.

      • Paula

        Adriana, tive uma situação parecida com o Smiles e sabe o que resolveu? Reclamação na área de defesa do consumidor do jornal "O Globo". Eles ficam com medinho de ser publicado no jornal e rapidamente resolvem! No meu caso, as milhas foram creditadas no mesmo dia e ainda me ligaram pra saber da reclamação no jornal. O engraçado é que eu estava esperando há dias, com milhões de protocolos e ninguém ligava. Só funciona na marra… Tente!

        • Bom saber Paula! Hoje(depois de mtos dias)eles me ligaram, devido a reclamação no Reclame Aqui. O que eles querem? Creditar as milhas ou estornar o valor! Mas eu acho isso no mínimo ofensivo já que o prometido foi creditar milhas na hora! Acho um desaforo! Eles tem que no mínimo creditar as milhas com juros! Não é isso o que acontece com um consumidor? Se atrasar um pagamento paga multa? Pois bem, eles não cumpriram com o crédito na data prometido, nada mais justo do que arcar com o prejuízo do cliente!
          Eu aproveitei a propaganda de 4000 milhas NA HORA segundo eles, para emitir uma passagem, mas perdi a oportunidade de fazê-la porque eles não cumpriram com o prmetido. Por favor, me passe o link do Globo onde vc fez a reclamação para eu poder fazer o mesmo! Muito obrigada! Eu abri uma página no face contra o Club Smiles. Club Smiles – Propaganda Enganosa! Curtae compartilhe, mais pessoas precisam ter acesso a esse tipo de informação!

          • Cleber

            Dri, veja o caso abaixo da Claudete. Posso quase lhe assegurar que no caso dela a pontuação não daria direito a imediatamente resgatar em passagens. Isso já aconteceu comigo na TAM: sempre que eu tinha pos à receber que me dariam direito a um resgate ou mesmo para mudar de categoria, o crédito demorava. Qdo não teria qualquer vantagem , o crédito era imediato. O Procom tem que atuar sim para acabar com esse abuso. Sou cliente tb do Miles & More e nunca tive problemas desse jeito.

          • Paula

            Oi Dri, a página é a seguinte: http://oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consum… Basta clicar em "faça sua reclamação", fazer um cadastro e pronto. Funciona sempre! Já resolvi casos dificílimos (com a TIM, por exemplo) e muitos outros que o Reclame Aqui não chegou a resolver. Trmos que lutar pelos nossos direitos! Boa sorte.

      • Adriana, entra no chat pra saber o q aconteceu, pq entrei no clube mes passado e em minutos entrei no site do smiles e os 4000 pontos ja estavam lá, o q doi é saber a quantidade e pontos q é muito alta e nem sempre coneguimos viajar, e qdo consigo é uma parte em ponto e outra em dinheiro totalmente em pontos nunca.

        • claudete, no chat eles apenas me trataram como idiota! me deram prazos para solucao que nao foram cumpridos. alegavam que meu pagamento estava pendente mesmo eu enviando minha fatura de cartao de credito com o debito do valor. fecharam todos os meus chamados sem resolver nada e até hoje depois de muitos chats, reclamacao no reclame aqui, procon, eles entrar em contato e disseram que iam cancelar minha inscricao para que eu fizesse uma nova! acredita? me associar novamente a uma empresa que no primeiro problema me trataram com descaso? só rindo! e vou querer ressarcimento do prejuizo!

        • Cleber

          Claudete, quase aposto que essa pontos não lhe dariam direito a um resgate de passagem se VC os recebesse imediatamente. Por isso é que foram creditados na hora .

  • Leonardo Pereira

    O que eu não entendo é que a referência é o valor pago pelas passagens ou o valor do dólar na hora da conversão dos programas dos cartões de crédito, e mesmo assim, eles vêm dificultando significamente a capacidade de conversão em passagens. Deixou há muito tempo de ser um programa de fidelidade para ser um programa que aumenta a receita financeira das empresas.

    • anonimo

      Exatamente. O preço médio da passagem em dólar se matém ou sobe. Então o que a pessoa gasta pra ganhar uma milha já é sempre o mesmo em dólar. A mesma coisa pra quem acumula no cartão pois os pontos são ganhos de acordo com o gasto em dólares. Ou seja, se custam DÓLARES para adquirir as milhas, não há motivo NENHUM para uma passagem hoje custar mais milhas do que custava ontem. Todos os aumentos foram abusivos.

      • Se o preço da passagem aumenta de 1000 para 1100 dólares, há um aumento de 10% no valor da passagem. Você ganha também 10% a mais de milhas. Nada mais natural do que aumentar em 10% o valor em milhas para a compra da mesma passagem.

        O problema é que o preço em milhas aumentou muito mais do que o preço em dólares (ou reais).

  • Luiz

    Há, nesses programas de fidelidade, uma mascara a prejudicar o consumidor em flagrante desreipeito ao Código de Defesa do Consumidor. Louvável o Procon/RJ tomar essa iniciativa, que outros órgãos públicos também atuem em defesa do consumidor, principalmente o Ministério Publico.

  • marcel

    A vida do milheiro está cada vez mais difícil, e a tendência é não ter melhora no curto prazo, hoje eu dou preferência em pagar minhas despesas em dinheiro sempre consigo um bom desconto entre 5% a 10%, bem melhor do que pagar com o cartão e receber uma miséria em milhas que não valem quase nada, só pago com o cartão em lojas que não diferenciam o pagamento em dinheiro ou cartão ai qualquer milhagem ganha é lucro.

  • Mauricio

    Mais uma coisa que considero um absurdo, O Smiles usou como argumento para aumento na tabela de milhas, o fato de estar há 10 anos sem fazer qualquer alteração. Sim, e daí, desde quando milhas sofrem depreciação pela inflação do período?????? Mais uma falácia de quem não tem qualquer argumento plausível!

  • Cristiano Alencastro

    Não sou de cia Aérea mas acompanho esse mercado a muito tempo. Se for como está escrito acima, muito provavelmente será considerado improcedente, certamente tem que ter limite. Até porque, o avião tem um limite de acentos. Não fosse por isso, como uma empresa irá manter um voo 100% gratuito? Não vai.
    Eu não gosto muito desse modelo de flutuação que a GOL usa, mas nós estamos mal acostumados a uma quantidade de milhas muito baixa. Se observar as estrangeiras, o número é fixo em torno de 12000 a 15000 ,na quantidade promocional, em um trecho doméstico ou dentro da União européia. A gente tem por 3.000, 4.000…. e reclama quando é 10.000.

    Concordo que o sitema eletrônico é ruim e precisa melhorar muito, (TAM então nem se fala), não concordo quanto a usar a quantidade de reais gastos para computar a quantidade de milhas. Mas com uma quantidade baixa para se adquirir a viagem premio, tem que diminuir a entrada. Se não, no longo prazo não se sustenta.

    Por fim, é muita ilusão achar que uma empresa não tem que ganhar dinheiro. Tem sim que ganhar dinheiro, se não fosse para isso era instituição de caridade.

    Eu uso Smiles e Mileage Plus, não tenho problemas em nenhum dos dois. Eventualmente não tem a disponibilidade que gostaria, mas é oferta e procura. Minha família emitiu passagens para a Europa (e interno na Europa) nos dois programas recentemente. E eu na Aerolineas via Smiles com parte das milhas vindo do cartão de crédito.

    • Concordo. Também uso o Smiles e gostaria que tivesse mais assentos, como falou toda empresa tem que ter lucros. Mas sempre tenho conseguido emitir bilhetes.

    • Monica

      Eu concordo com o Cristiano, uso o programa Smiles há anos e nunca encontrei problemas para trocar passagens, já fui para Fernando de Noronha 2x de milhas smiles e ano novo no nordeste sem ter nenhum problema com disponibilidade.
      Acredito que as pessoas querem tudo fácil e de graça!

      • MARLENE

        O que seria fácil e de graça pra voce, tentei durante 8 dias todos os dias e nunca tem disponibilidade…. Voce cre mesmo que é de graça? Seria as empresas tão boazinha assim…

    • RIISANN

      A questao aqui é outra muito mais do que voce acha que é.
      Se voce acha que as Cias nao tem lucro com milhas, acho melhor voce se informar mais a fundo e verás que o negocio é tão lucrativo que a gol tem acoes na bolsa e a smiles também tem, portanto preste mais atencao ao mercado acinario e veras o tamanho do lucro apresentado pela smiles.
      A questao aqui nao é Cia. Gol é a empresa Smiles.

    • Concordo em partes com o Cristiano, até porque não posso achar normal o Smiles cobrar 75.000 milhas de um trecho Punta Cana para o Brasil.

    • Luiz

      A questão que deve ser analisada é que as milhas revertem economicamente para as empresas aéreas, nada é de graça, quando vc. contrata um cartão de crédito de milhagem há uma contraprestação economica, por mais disfraçada que esteja.

      Não é brinde gratuito a concesssão de milhas, muito menos prejuízo às empresas, mas altos lucros por tráz dos programas, inclusives vários deles são empresas anônimas independentes das empresas aéreas, com cotação na bolsa de valores e tudo mais, ou seja, sociedades empresárias com o foco de gerar lucros….altos lucros.

      O retorno para o consumidor, deveria ser à altura, com facilidade para marcação das passagens e pontuação nos trechos voados,tendo como parâmetro a distância percorrida (como era antigamente), não por favor, mas por obrigação legal..

  • Reclamação no PROCON aceita! o/

    NÃO DEIXEM ESTA EMPRESA TRATAR O CLIENTE COM DESCASO, PROCUREM O PROCON.
    QUANTO MAIS RECLAMAÇÕES TIVER MAIS FÁCIL SERÁ FAZER COM QUE ESTA EMPRESA PAGUE PELOS TRANSTORNOS QUE ESTÃO CAUSANDO A SEUS USUÁRIOS E CLIENTES.

    Em São Paulo é bem prático reclamar sem precisar se deslocar ao Posto do Procon. Você pode enviar sua reclamação através de carta(Caixa Postal 1151, CEP 01031-970-SP), fax (11) 3824-0717 ou email: proconweb@sp.gov.br.

    A reclamação abaixo foi feita através de email! Em apenas um dia eles registraram a reclamação!

    PROCON SÃO PAULO – FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR
    Aviso CIP – F.A. Nº 0314-210.697-3 Emissão em: 18/06/2014 14:50
    Destinatário: xxx.xxxxxxxxx@gmail.com
    Prezado (a) ADRIANA DE SOUZA CASTRO,
    Assunto: Protocolo de Reclamação Procon SP – CIP/FA 0314-210.697-3
    Informamos que a sua reclamação foi registrada na Fundação Procon SP e encaminhada à empresa SMILES S/A com o número de protocolo CIP/F.A acima mencionado.
    Daremos retorno sobre a sua reclamação em até 40 dias corridos contados desta data, em seu endereço de e-mail.
    Para tanto, é essencial manter atualizado o seu endereço eletrônico, nos informando qualquer alteração de seus dados e contatos.
    Lembramos que foi concedido à empresa prazo de 10 dias para resposta, e dentro deste prazo, o fornecedor poderá procurá-lo para resolver o problema.
    Caso o seu problema seja resolvido, pedimos que nos comunique através do telefone 151 (exclusivo para chamadas da capital) ou, ainda, pelo e-mail atendimentoweb@procon.sp.gov.br, informando o número do protocolo de sua reclamação.
    Caso não ocorra solução ou não receba resposta direta do fornecedor reclamado, orientamos a aguardar um contato do Procon SP, no prazo acima indicado (40 dias).
    Você poderá acompanhar o andamento de sua reclamação no site da Fundação Procon SP (www.procon.sp.gov.br), clicando no selo “Sindec- Consulte sua reclamação”, ou através do telefone 151 (exclusivo para chamadas da capital).

    Atenciosamente,
    Atendimento WEB

  • RIISANN

    O pior de tudo é que para alguns destinos internacionais como por exemplo América Central – principalmente para Punta Cana – (15000 milhas por trecho) há tempos que não se acha assento, nem para a última data disponibilizada pela Cia. (só se acha com o minimo de 22500 milhas) um verdadeiro absurdo.
    Na ocasião, já liguei na Cia., no Smiles, já reclamei e a unica coisa que escuto é "tem assento, mas com 22500 milhas".
    Agora eu pergunto cade os assentos com 15000 milhas que desde o começo do ano sumiram do site?????
    Onde a empresa está honrando o prospecto do programa smiles???????
    Clube Smiles então, esqueçe uma verdadeira forma de arrecadar dinheiro sem os beneficios que os clientes tem direito, só vale para trechos nacionais e os mais baratos. Internacional nem a ……

    • Daltro

      Nao tem passagem pra lugar algum, alias consegui Porto Alegre/Montevideu. Uma piada pois podia ter ido de carro curtindo a paisagem com boa musica e tomando chimarrao com a patroa. Deboche mesmo são as milhas pra Asia. Chegam a pedir 400.000 pra Cingapura. Achou muito? Entre lá a faça uma simulaçao. A proposito tinha passagem GRU/Cingapura por 50.000 pela Qatar no ano passado.

      Smiles VTNC

      • Daltro

        R-939/771

        PARTIDA
        (SIN)
        21:20
        CHEGADA
        (GRU)
        16:40
        1 Parada(s)
        Duração: 30:20
        Primeira Indisponível Indisponível Indisponível Indisponível
        Executiva
        430000 milhas
        Indisponível Indisponível Indisponível
        Econômica
        147500 milhas
        Indisponível Indisponível Indisponível
        Voo
        QR-945/771

        PARTIDA
        (SIN)
        02:20
        CHEGADA
        (GRU)
        16:40
        1 Parada(s)
        Duração: 25:20
        Primeira Indisponível Indisponível Indisponível Indisponível
        Executiva
        430000 milhas
        Indisponível Indisponível Indisponível
        Econômica
        147500 milhas
        Indisponível Indisponível Indisponível

        Tão de sacanagem 295.000 ida e volta na economica. Comprei para o mesmo período no site da Qatar por R$ 3.400,00 em cinco vezes no cartão. Que tal a executiva??? 860.000.

        • RIISANN

          E ainda tem gente que acha está pagando por poucas milhas, um verdadeiro ot…..

  • Estou de acordo com o Cristiano. Esse pessoal do Procon deveria ir cuidar de problemas de verdade e deixar esses detalhes que o próprio mercado ajusta. São um monte de burocratas que nada pra nosso país. Do setor aéreo somente sou cliente, mas vejo que as empresas são muito injustiçadas. Assim, menos investidores colocam seu dinheiro no Brasil e temos menos concorrência. Poucos se beneficiam, empresas ficam à beira da falência e a maioria perde.

    • mariostefa

      Me parece que o sr. tem alguma ligação com alguma cia. aerea?

  • Estou com esse problema com a Tam Fidelidade. Tenho dois voos de empresas parceiras (American Airlines e Lan Chile) não computadas e os voos aconteceram em Maio, ou seja njá faz 30 dias e nada. Abri duas reclamação no atendimento a clientes da TAM e ainda não recebi retorno.

  • Sem ter visto a reportagem, fiz uma reclamação hoje no site da TAM.
    Por 3 viagens consecutivas, uma com a LAN (grupo TAM), uma com TAP e outra com American Airlines, tive que pedir pelo amor de Deus para que minhas milhagens fossem creditadas.
    Não é um direito? Porque tenho que pedir?
    Não deveria ser automático? Por que essa demora toda?
    Não tem funcionário? Contrata e presta um bom serviço!
    Pouco caso com o viajante . Não é verdade?

    • Leticia

      Comigo aconteceu com o smiles. Fui para Londres pela KLM ano passado e pedi para creditar milhas no smiles. Que arrependimento. Creditaram apenas 2 trechos dos 4 realizados (1 trecho da ida e outro da volta). E quando abri o protocolo fazendo a solicitação, pediram cópia do cartão de embarque (obviamente já havia jogado fora). Tente argumentar, pois se foi creditado um trecho da volta e um da ida é óbvio que tinha voado. De nada adiantou!!!

      • mariostefa

        Aconteceu comigo tbm ano passado, ida e volta a Santiago, só creditaram a ida, de certo que voltei a nado. e obviamente não tinha guardado o ticket de embarque.

  • Ranerio

    Essa petição do PROCON está louca, seria como se a empresa tivesse que vender todos os bilhetes em um vôo pela mesma tarifa, (no caso com milhas ainda por cima). Elas não tem essa obrigação. Não é uma prática devida de mercado.

    O PROCON parece que está atirando do lado errado. O que tem que ser feito eh melhor regulação, do tipo, hoje a ANAC não regula nada sobre programa de milhas, tais como validade mínima, antecedência para aumento de tarifas, todos esses itens. O PROCON deveria cutucar a ANAC e o Legislativo, mas como chega reclamação demais no PROCON e o PROCON não tem peito para encaminhar para a ANAC, como fez um Procon do sul com a ANATEL, que não cumpria a função fiscalizatória e ele proibiu a venda de planos. Nisso a ANATEL se mexeu para não ter outro órgão fazendo a função que deveria ser dela.

    Eu gostei da ação, mas acho que tá direcionada errada.

  • A disponibilidade para o Caribe na tarifa de 15000 milhas desapareceu. Desde o início do ano que não encontro Punta Cana, Aruba ou Barbados por 15.000. Além disso, também não se encontra Caracas por 10.000 milhas. Consulto todas as datas e não encontro nem um assento!

    • RIISANN

      Correto, mas tem gente que quer milhas só para o Brasil e ai voce vê vários posts dizendo que é tudo uma maravilha que nao tem problema para emitir, que trocou por 10000 milhas um trecho achando que trocou bem, mas pensando bem um trecho de sp a rj costuma estar por volta de 60 a 80 reais e o individuo "doou" 10000 milhas por 60 ou 80 reais, brincadeira, né meu irmao.,
      o interessante das milhas sao os trechos internacionais, para os nacionais é melhor comprar nas promocoes.
      vamos ser mais inteligentes.

      • Claudio

        Desculpe RIISAN mas não concordo contigo, pois atualmente resido em Manaus e tenho utilizado as milhas para trechos domésticos, pois na semana passada mesmo, tive que voltar de São Paulo rapidamente, a passagem mais barata estava custando R$1.357,00, sendo que eu consegui fazer o trecho por 10.000 milhas na TAM, ou seja, valorizei bastante as milhas utilizadas. Logo, a utilização das milhas sempre depende do trecho, da época e da situação, pois ao utilizarmos as milhas deveremos sempre verificar antes o preço do trecho para ver se vale a pena pagar ou utilizar as milhas.

  • joao_alberto

    A ação tem algum mérito, sem dúvida. É um absurdo procurar, procurar e não ter disponibilidade nenhuma para determinados destinos em meses ou o descaso para solucionar chamados abertos. Agora exigir que a empresa disponibilize bilhetes sem qualquer limitação, acaso acolhida, seria um tiro no pé dos próprios consumidores. A consequência óbvia é a desvalorização ainda maior das milhas, pois certamente a empresa aumentará ainda mais o número necessário para emitir o bilhete.

  • Roberto

    Os programas de milhagens da TAM e GOL são uma vergonha. São empresas de quinta categoria, se comparadas com as empresas européias, asiáticas ou americanas. Ambas não tem nenhum respeito com os seus clientes. O sistema de busca de pontos é configurado para dificultar tarifas reduzidas. Fazem propaganda enganosa escancaradamente. E pior, com a conivência das autoridades públicas. Torço para que um dia, falidas, sejam absorvidas por empresas decentes .

  • Claudio Oliveira

    O Programa Fidelidade da TAM é uma "Caixa de Pandora", muito mistério em tudo que se faz nessa empresa e muita saudade dos tempos do Rolim…. pois se você não guardar o tal do e-ticket, já viu…vai levar horas de espera para encontrarmos milhas, reembolsos e outros mais….O Smiles apresenta facilidade superior ao Fidelidade, no entanto eu que moro em Manaus, saio sempre daqui com no mínimo 30.000 milhas, impraticável de utilizar….um absurdo, sempre sem promoções e sempre com grande quantidade de milhas para qualquer lugar do país.
    Acho que o que falta em ambas as empresas é transparência, pois se o programa é para fidelizar, o que na maioria das vezes acontece é ficarmos "pau da vida" pois não conseguimos o que queremos, ou seja, que fidelidade é esta que ficamos chateados com o presente que a empresa deveria nos dar???? Sinceramente me sinto literalmente um brasileiro mergulhado em burocracia quando utilizo os programas daqui. Utilizo também o Programa de Fidelidade da American Airlines e já fui bem mais feliz e a empresa conseguiu comigo o que as brasileiras não conseguem, ou seja, quando o assunto é EUA, só viajo pela AA. Outro assunto importante é a burocracia para utilizarmos as milhas….senha, contra-senha, sms, token, aplicativo, nesta hora me sinto um falsário que vai fazer algo de errado, com tanta segurança e com tanta demora para resgatarmos minhas simples milhas aéreas….

  • Rubens

    Pessoal, uma dúvida, alguém saberia qual o valor COERENTE a se cobrar da taxa de cancelamento de uma passagem emitida por pontos para os EUA (somente um trecho)? A TAM quer simplesmente me cobrar 200 DÓLARES (ou esse valor em reais) para poder retornar 18 mil pontos para minha conta! Quando o atendente falou, quase caí para trás! Ouvi falar de uma taxa limite de 10 % sobre o valor da passagem ou equivalente em pontos, procede isso? Agradeço a ajuda.

    • Ida Paula

      Rubens, para cancelar duas passagens para Buenos Aires emitidas com pontos, tive que pagar 75 dólares por passagem, isto é, paguei 150 dólares para resgatar 20.000 pontos. Não deveria haver diferença por ser passagem para os EUA, não acha? Deve ter algum engano neste valor de 200 dólares que te passaram…

  • HELIO COSTA

    PARABÉNS AO PROCON! FINALMENTE ALGUÉM SAI EM DEFESA DE NÓS DESVALIDOS USUÁRIOS DAS EMPRESAS AÉREAS. OS PROGRAMAS DE FIDELIDADE TÊM SE DEMONSTRADO UMA FALÁCIA, NÃO PASSANDO DE MERO SUBTERFÚGIO PARA A APLICAÇÃO DA LEI DO GÉRSON EM DESFAVOR DO CONSUMIDOR.

    • Gutenberg

      Ao meu, o que de melhor poderiam fazer por nós, comsumidores, era liberar o mercado para que companhias estrangeiras passassem a oferecer rotas nacionais, inclusive as low cost que tanto fazem sucesso na Europa.

  • Gutenberg

    Por que simplesmente não alteram a regulação para permitir que companhias estrangeiras ofereçam rotas nacionais?
    Na Europa já viajei pagando míseros 0,49€ nas companhias low cost. E a rota não é tão procurada assim.

  • Kirla

    Não se foi por causa da mudança da Tam para a Oneworld, mas conseguimos passagem Curitiba/ Canadá indo em junho e voltando em julho por 25 mil milhas cada trecho na primeira tentativa. Indo de American e voltando de Air Canadá. Pelo Smiles dá indisponível em qualquer data e para qualquer lugar e não tem como fazer por telefone, como pela Tam.

  • vitor nazario

    O programa Tam Fidelidade é uma enganação viajamos para Miami esse ano e nunca creditaram as milhas prometidas.

  • Susana

    Não trabalho para nenhuma cia aerea, mas viajo muito a serviço. Acho o Smile, o melhor programa de resgate de passagem internacional no momento. Procurando com paciência tem passagem para Ásia nos meses de março, abril e maio de 2015.

  • Doris

    Estava com medo de me inscrever no Club Smiles devido aos comentários negativos, mas resolvi arriscar e deu certo. Creditaram as milhas instantaneamente.

  • jose oliveira

    Prezados

    Este programa de milhagem da empresa SMILES é muito bom e com excelentes resultados para a SMILES e não para o cliente.

    É a minha opinião e tb a opinião de muitos clientes?

    Não é um programa justo e não beneficia clientes.

    É um programa que penaliza os clientes.

    É um negócio leonino e que agora já associam milhas mais dinheiro.

    O SMILES disponibiliza algumas passagens com Milhagens dentro da regra deles ou da IATA? e depois afunda o pé, conforme relatado pelos comentários que observei nesta página.

    Eu tenho acompanhado há muito tempo todos estes critérios aplicados e praticado pela SMILES.

    E francamente estão deixando de ser interessantes.

    Telefonei várias vezes para o SMILES reclamando da situação e sempre uma voz meiga, doce e educada responde que estão praticando/comercializando/oferecendo milhas dentro das regras e normas estabelecidas e que os clientes tem conhecimento.

    Claro que deve ter algum executivo da SMILES preocupado com A AVALANCHE DE RECLAMAÇÕES foram ajuizadas pelo PROCON – RJ ?

    Existem TRECHOS AÉREOS que se usarmos a milhagem oferecida pela SMILES fica mais caro do que comprar uma passagem em dinheiro (viajanet, edestinos etc.) verifique e conclua.

    Só isto basta para entender o grau de lucratividade no ramo das milhagens, haja visto o que foi dito por um dos comentaristas… que as ações da SMILES estão bombando na bolsa? Parabéns pelo sucesso da SMILES.

    É verdade? que o PROCON – RJ entrou na Justiça Brasileira na tentativa de reparar estes disparates praticados pela SMILES/GOL segundo observei nos comentários ????? e que a disseram que a SMILES ainda não foi notificada.

    Parece que não importa o caminho a ser seguido quanto aos disparates existentes neste negócio de Milhagens, mas claro está que estes programas de Milhagens está deixando muito cliente descontente.

    Quando vc.parte para as parceiras do SMILES a Milhagem se desvaloriza pq sempre se pede numero excessivo de Milhas por trecho a ser voado.

    Sempre tem vaga para viajar em classe executiva, mas nunca tem vaga para viajar em classe econômica dentro daquele prazo que o cliente precisa. É o caso da COPAAIR e que pude constatar pessoalmente.Me cobraram 100.000 milhas para viajar de HAVANA CUBA para O RIO DE JANEIRO e somente um trecho e veja que não foi ida e volta, embora tivesse sido na classe executiva, mas mesmo assim um quantitativo de Milhas excessivo.

    Quando a própria COPAAIR em seu programa de Millage Plus – CONECT MILLES cobraria 40.000 milhas ida e volta na classe econômica e cobraria 80.000 milhas na classe executiva ida e volta.

    Infelizmente relato que viajei e pude constatar muitos assentos disponíveis na classe econômica.

    Não seria mais inteligente ocupar os lugares vazios com passagens/Milhas do que viajar vazio?, ou seja viajam com lugares vazios, mas não abrem mão dos critérios econômicos / comerciais, no caso específico deficitário.

    A matemática é simples, multiplica se 100.000 milhas pelo valor da milha no SMILES e veja quanto foi cobrado pela COPA AIR por este voo HAVANA CUBA – RIO DE JANEIRO.

    Para usar Milhagem na regra tem se que programar muito tempo antes. Pode ser verdadeiro esta afirmação ?

    Quero com esta fala contribuir para que o SMILES reveja sua posições comerciais e lucrem de forma harmônica e justa para com seus clientes e seja um exemplo MUNDIAL de bom senso e inteligência.

    Deus nos proteja da Milhagem

  • Luciana

    O clube smiles agora faz reajuste na mensalidade sem nenhum aviso previo e quando você vai reclamar eles informam que enviaram um email ano passado mas o reajuste só veio este ano e que o prazo para desistencia da assinatura do programa é de 7 dias uteis… mas quando adquiri assinatura do programa em 2014 não tinha nenhum reajuste… eles não tem SAC, ouvidoria ou setor de reclamações… simplesmente a central de atendimento que as atendentes ficam repetindo informações inuteis como se fossem gravações… não importa o valor do reajuste, eles informam que não vão estornar o lançamento do cartão por mais que eu tenha solicitado estornar os pontos que foram creditados nesse reajuste… enfim, querem que o consumidor engula qlqr reajuste do jeito que eles quiserem… um absurdo!!