Praias da Região dos Lagos! Conheça um dos mais belos destinos do Rio de Janeiro

Monique Renne 14 · julho · 2016

As praias da Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, há muito tempo estão entre as prediletas dos cariocas para uma escapada de final de semana. E cada vez mais o destino está sendo descoberto por viajantes de todo o país, especialmente por oferecer uma enorme variedade de porções de areia, pousadas charmosas e até mesmo uma boa experiência gastronômica. A região dos Lagos é um destino fácil de ser visitado e cabe em todos os bolsos. Mas o melhor mesmo é saber que você encontrará por lá praias absolutamente sensacionais! E, acredite, elas são muitas!

arraial-do-cabo-prainhas
Prainhas do Pontal do Atalaia, Arraial do Cabo.

As principais praias da Região dos Lagos estão nas cidades de Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. E para você ir direto à sua predileta, preparamos um post especial com detalhes sobre as melhores praias das três cidades. Arraial do Cabo é famosa pelo mar multicolorido, por ser um excelente ponto de mergulho e ter algumas das mais belas paisagens da Região dos Lagos. Búzios encanta pelo charme das pousadas, boa gastronomia, vida noturna animada e aquele eterno ar de glamour, remanescente dos tempos em que a atriz Brigitte Bardot tornou a cidade conhecida na França. Já Cabo Frio atrai pela infraestrutura e as longas faixas de areia branca e fina, repletas de dunas. Descubra qual a sua praia predileta e aproveite dias de muito sol na Região dos Lagos!

geriba
Praia de Geribá, Búzios.

Praias de Arraial do Cabo

A água com diferentes tons, como se fosse o mar do Caribe, tem atraído cada vez mais turistas para Arraial do Cabo. A cidade é bem pequena e até pouco tempo era conhecida somente pelos passeios de barco até a Praia do Farol. Porém a “descoberta” de Arraial por turistas de todo o Brasil está mudando a cara da cidade, que deixou de ser apenas um passeio de bate a volta para se tornar destino principal de quem visita a Região dos Lagos.

Apesar de não oferecer tantas pousadas quanto Búzios e nem um comércio tão desenvolvido quanto Cabo Frio, Arraial do Cabo certamente possui as praias mais impressionantes da Região dos Lagos. Impossível não se emocionar ao chegar ao topo da escadaria que leva às Prainhas do Pontal do Atalaia e se deparar com tantos tons de mar. É lugar para curtir intensamente a natureza e praias ainda muito preservadas. Sem falar que Arraial do Cabo é um dos melhores destinos de mergulho do país, fato explicado especialmente pelo fenômeno da ressurgência, que traz para a superfície águas profundas, frias e ricas em alimentos. Não é incomum ver no mar de Arraial golfinhos, arraias, tartarugas e até mesmo orcas. Um espetáculo imperdível! Além do mergulho, não deixe de fazer o passeio de barco à Praia do Farol! Essa é a única maneira de chegar à praia conhecida por ser uma das mais belas do país.

Praia do Farol
Praia do Farol

As praias de Arraial do Cabo têm acesso fácil e não exigem grande esforço físico dos visitantes. Um pouquinho de fôlego será necessário apenas para encarar as escadas e trilha que levam até a Praia do Forno, às Prainhas do Pontal do Atalaia e à Praia Brava. Nada que uma paradinha para foto não resolva. Locomover-se pela cidade é fácil e um carro será útil especialmente para chegar às praias mais distantes, como a Praia do Pontal. Caso não esteja de carro, os táxis da cidade ajudarão a chegar aos pequenos paraísos de Arraial do Cabo. Vale também aproveitar uma paradinha para curtir o pôr do sol no Pontal do Atalaia ou na Praia Grande, os dois entre os mais belos da Região dos Lagos. Veja mais sobre as principais praias de Arraial do Cabo.

Prainhas do Pontal do Atalaia – A escadaria que leva às Prainhas do Pontal do Atalaia é um dos principais cartões postais da Região dos Lagos. Do alto é possível observar com clareza a mudança da cor do mar de acordo com a corrente que entra na enseada. A faixa de areia branquinha, banhada por mar calmo, vira duas praias apenas na maré alta. É uma das mais belas praias de Arraial e, de quebra, ainda oferece vista para a Praia do Farol. As Prainhas conseguem ser, ao mesmo tempo, movimentadas e desertas. Há espaço para quem gosta de guarda-sol e cadeiras (com barraquinhas onde são vendidas comidas e bebidas) ou para quem prefere se sentar na areia para curtir a paisagem sem nenhuma interferência. Além do trajeto de carro, também é possível chegar às Prainhas a pé ou de barco, a partir da Praia dos Anjos. Veja mais sobre as Prainhas do Pontal do Atalaia.

arraial do cabo prainhas-2
Prainhas do Pontal do Atalaia

Praia do Farol – O acesso limitado torna a praia do Farol um fetiche entre os viajantes. Para ir até lá, só em passeio nos barcos autorizados pela Marinha. E o tempo de visita é limitado a apenas 45 minutos. Muito pouco, é fato! Especialmente quando você chega e percebe que está em uma das mais espetaculares praias do país. Com vegetação nativa, areia muito branca, mar calmo e absolutamente transparente, a Praia do Farol é um espetáculo imperdível. O passeio de barco tem custo entre R$ 30 e R$ 60, sendo que há limite também para o número de visitantes, por isso, escolha um dos barcos que partem mais cedo da Praia dos Anjos. Os passeios costumam fazer paradas também nas Prainhas do Pontal do Atalaia e na Praia do Forno. Veja mais sobre a Praia do Farol.

arraial-do-cabo-praia-farol-010
Orca na Praia do Farol

Praia do Forno – O mirante no alto da trilha que chega à Praia do Forno oferece um dos mais belos cenários para fotos em Arraial do Cabo. Difícil resistir à tentação de ficar admirando a paisagem. Mas a verdade é que a Praia do Forno é ainda mais linda vista com os pés na areia. A água tem diferentes tons e é um das mais agradáveis para banho, especialmente por ter a temperatura um pouco mais alta que a média de Arraial do Cabo, famosa pelo mar frio. O acesso pode ser feito por trilha (15 minutos) ou barco a partir da Praia dos Anjos. Há boa oferta de quiosques na areia, o que agrada a quem prefere praia com infraestrutura. Veja mais sobre a Praia do Forno.

arraial-do-cabo-praia-forno-015
Vista do alto do mirante da Praia do Forno

Praia Brava – Esta é a praia mais escondida de Arraial do Cabo e também uma das mais desertas. O acesso é pelo alto, em trilha de 15 minutos com escada e pedras (a subida é um pouquinho cansativa, mas nada que uma paradinha no meio não ajude). Do topo é possível ter um visual maravilhoso. A faixa de areia é branca e o mar costuma ser mais batido, o que atrai especialmente os surfistas. Há pouca sombra na praia (só na encosta das pedras) e quase nunca há vendedores ambulantes. Se for à Praia Grande, prepare-se com guarda-sol e isopor para não passar aperto. É uma praia linda e quase deserta para curtir com tranquilidade. Veja mais sobre a Praia Brava.

praia brava-2
Praia Brava vista do alto da trilha

Prainha – Ela é o cartão de boas-vindas para quem chega à Arraial do Cabo. À beira da estrada, a Prainha recebe os visitantes com o intenso colorido do mar. Acredite! Dá vontade de estacionar ali mesmo e dar um mergulho na hora. O mar é calmo e a Prainha tem boa faixa de areia. Ótima para quem curte SUP, caiaque ou outros esportes adequados ao mar calmo. A praia tem boa variedade de quiosque e está próxima a muitos apartamentos e pousadas. Nos finais de semana, ela costuma ficar bem cheia, especialmente por ser a mais frequentada pelos moradores. Veja mais sobre a Prainha.

Prainha
Prainha vista a partir da estrada

Praia Grande – A longa faixa de areia da Praia Grande segue até a cidade de Saquarema, onde se transforma em um dos melhores points de surf no Rio de Janeiro. No trecho de Arraial do Cabo, a Praia Grande também oferece boas ondas, belas dunas branquinhas e muitos quiosques. É a orla com mais infraestrutura na cidade e point predileto para ver o pôr do sol à beira-mar. O final da tarde na Praia Grande é marcado pela prática de esportes como volei, futebol e slackline. Ótima para fechar o dia! Veja mais sobre a Praia Grande.

Praia Grande
Orla da Praia Grande

Praia dos Anjos – Apesar de ser uma das praias mais movimentadas de Arraial do Cabo, a Praia dos Anjos não está entre as melhores opções para banho. O local é ponto de chegada e partida dos barcos pesqueiros e também dos barcos de passeio. Esse movimento não permite que a água seja tão límpida quanto em outras regiões. A passagem pela Praia dos Anjos é obrigatória para quem vai sair para mergulho, passeio ou mesmo para as festas que acontecem nos barcos em Arraial, sempre ao pôr do sol e com direito a mergulho noturno. A região ao redor da Praia dos Anjos é o berço da cidade de Arraial do Cabo e tem bons restaurantes e pousadas. Veja mais sobre a Praia dos Anjos.

arraial-do-cabo-praia-anjos
Barcos no porto da Praia dos Anjos

Praia do Pontal – Continuação da faixa de areia da Praia do Forte, Praia das Dunas e Praia do Foguete (as três em Cabo Frio), a Praia do Pontal é a primeira de Arraial do Cabo. Ela está bem escondida e quem chega à cidade pela estrada não consegue enxergá-la. Exatamente por isso a Praia do Pontal costuma ser bastante tranquila e com pouco movimento, mesmo em dias quentes de verão. A faixa de areia é bem longa e muito branca. Com boas árvores à beira-mar, ela é ponto certo para quem gosta de sombra e água fresca (até um pouquinho gelada, para dizer a verdade). Veja mais sobre a Praia do Pontal.

Praia do Pontal
Praia do Pontal oferece sombra das árvores

Praias de Búzios

Entre as cidades da Região dos Lagos, quem oferece mais praias é Búzios. São mais de 20 opções capazes de agradar a todos os gostos. Em Búzios há algumas praias desertas, outras bastante agitadas. Praias que formam piscinas, outras com muitas ondas. Há ainda as praias formadas por longas faixas de areia, com areia cor de rosa e até praia quase só de pedra. Tem até praia de nudismo! Exatamente por ser tão eclética, Búzios costuma agradar a todos os viajantes.

buzios-praia-brava-001
Mirante da Praia Brava

Com uma volta de carro pela cidade – a península tem apenas 8 km de extensão – você poderá escolher as suas porções de areia prediletas e curtir cada uma delas com calma. E o melhor de tudo é saber que as praias de Búzios são facilmente acessíveis. Não há necessidade de longas trilhas, barcos ou deslocamentos complexos. Tudo facinho! Quem desejar poderá fazer um passeio de escuna, traineira, lancha ou até mesmo um percurso de trolley pra conhecer todas as principais opções de praias. O importante é ter certeza que os dias de sol em Búzios serão maravilhosos, especialmente porque a cidade também oferece uma excelente gastronomia, vida noturna agitada e boas opções de compras, principalmente na famosa Rua das Pedras. Veja mais sobre as principais praias de Búzios.

Praia de Geribá – Praia mais popular e agitada da cidade. Boa opção para quem gosta de movimento, infraestrutura e espaço. O mar costuma ser batido e venta bastante na praia. As ondas são propícias para prática de surfe e windsurfe. O canto direito da praia é mais vazio, enquanto o centro é mais agitado e o canto esquerdo tem o mar mais calmo. Boa para quem deseja se hospedar à beira-mar. Veja mais sobre a Praia de Geribá.

buzios-praia-geriba-005
Praia de Geribá é a praia mais procurada de Búzios

Praia de João Fernandes e João Fernandinho – As duas praias estão lado a lado, mas não há acesso que leve direto de uma para a outra. A irmã maior, João Fernandes, tem boa infraestrutura e pode ser acessada de carro. Já a irmã menor, João Fernandinho, é mais rústica e tem acesso por uma escadaria na beira da rua. As duas são ótimas para a prática de SUP, caiaque e snorkeling. Também são boas pedidas para quem viaja com crianças, especialmente por terem mar muito calmo. Não deixe de registrar a praia no alto do mirante. É um visual maravilhoso de Búzios. Veja mais sobre a Praia de João Fernandes e João Fernandinho.

buzios-praia-joao-fernandinho-001
Praia de João Fernandinho vista a partir da escada de acesso à praia

Praia da Azeda e Azedinha – As praias da Azeda e Azedinha têm mar calmo, ambiente rústico e são lindas! Com faixas de areia bem curtas, a Azeda é um pouco maior e com mais infraestrutura que a Azedinha. Separadas apenas por um curto caminho de pedras, será fácil transitar entre elas. As duas praias são boas para prática de SUP, caiaque e snorkeling. O acesso é a pé – em pista a partir do canto direito da Praia dos Ossos – faz com que elas estejam entre as poucas que exigem algum esforço para chegar. No final do trajeto uma escadaria de madeira leva às praias. Veja mais sobre a Praia da Azeda e Praia da Azedinha.

Praia da Azeda
Praia da Azeda está entre as mais belas de Búzios

Praia da Ferradura – A Praia da Ferradura, por ter mar extremamente calmo e raso, atrai muito os grupos com crianças. A faixa de areia é disputada, especialmente no canto esquerdo, onde há oferta de quiosque e restaurante. Constantemente movimentada, a Praia da Ferradura não está entre as mais belas de Búzios, mas oferece boas atrações para os pequenos, como pedalinhos. Veja mais sobre a Praia da Ferradura.

Praia da Ferradura
Praia da Ferradura é boa pedida para família

Praia da Ferradurinha – Bem pequenina e protegida, a Praia da Ferradurinha tem mar extremamente calmo e é excelente para crianças e prática de SUP, caiaque e até mesmo uma travessia a nado. Porém basta subir o paredão rochoso que compõe a paisagem rochosa para ver a violência das ondas do mar no outro lado da proteção natural. É um visual maravilhoso! Por ter faixa de areia bem pequena, a Praia da Ferradurinha (que não é vizinha à Praia da Ferradura) costuma ficar cheia nos finais de semana. O acesso é a pé, a partir do canto esquerdo de Geribá, onde há boa oferta de estacionamentos. O caminho entre as duas praias leva menos de cinco minutos. Veja mais sobre a Praia da Ferradurinha.

Praia da Ferradurinha
Praia da Ferradurinha é boa opção para nadar e praticar esportes

 

Praia do Forno – A Praia do Forno é famosa pela areia cor de rosa e água mais quente que a média de Búzios. Pouco frequentada pelos turistas, a Praia do Forno está quase sempre vazia. Com mar calmo e fundo, é ótima para a prática de snorkeling. A praia tem uma curta faixa de areia e uma pequena gruta escondida no canto direito. É boa opção para dias de cidade cheia. Um pequeno bar atende às necessidades básicas dos frequentadores. Veja mais sobre a Praia do Forno.

buzios-praia-do-forno-003
Pôr do sol na Praia do Forno

Praia da Foca – Muito pequena e quase imperceptível para quem passa na estrada, a Praia da Foca é praticamente desconhecida entre os turistas. Com paisagem única em Búzios, ela oferece curtíssima faixa de areia, mas um visual maravilhoso. Localizada entre dois altos paredões de pedra, a Praia da Foca é praticamente deserta, com exceção do Sr. Lancaster, que oferece bebidas à beira-mar. A paisagem varia ao longo do dia e de acordo com a maré, que forma belas piscinas naturais, especialmente ao final da tarde. Ótima pedida para fugir do agito nos finais de semana e curtir com exclusividade. Veja mais sobre a Praia da Foca

buzios-praia-da-foca-006
Praia da Foca é praticamente desconhecida e deserta

Praia Brava – A Praia Brava tem faixa de areia dividida em duas porções por uma pedra. A passagem de um lado para o outro é tranquila e as duas experiências são bem distintas. O canto esquerdo é marcado por dois clubes chiques, onde é possível curtir a praia com todo o glamour. Os visitantes podem até optar por taças de Veuve Clicquot, colchões e refinado cardápio do restaurante. Já o canto direito é mais democrático, com barraquinhas simples e areia cor de rosa. É uma das mais belas praias de Búzios. Veja mais sobre a Praia Brava.

buzios-praia-brava-014
Praia Brava é uma das mais chiques de Búzios

Praia Olho de Boi – Destinada à prática do naturismo, a Praia Olho de Boi é a porção de areia que exige mais esforço para ser alcançada. Para chegar até lá é preciso seguir a trilha de vinte minutos que parte do canto direito da Praia Brava. Nada que um pouquinho de fôlego não resolva.  A Praia Olho de Boi é uma pequena porção de areia escondida entre duas rochas. Porém como a trilha chega pelo alto da praia, todo mundo consegue “avaliar” o local antes de decidir ficar. A praia é muito bonita, mas até os vendedores praticam o naturismo. Por isso, se não for a “sua praia”, melhor mesmo ficar pela Brava. Veja mais sobre a Praia Olho de Boi.

Praia Olho de Boi
Praia Olho de Boi é destinada à prática de naturismo

Praia da Tartaruga – A Praia da Tartaruga atrai pelo mar calmo, boa faixa de areia e variedade de restaurantes e quiosques. Ela está entre as mais procuradas pelos turistas, especialmente por quem deseja praticar snorkeling, SUP e caiaque. O pôr do sol também está entre os mais belos de Búzios e a praia entre as mais movimentados da cidade. O estacionamento é bem limitado. Chegue cedo para garantir uma vaga. Veja mais sobre a Praia da Tartaruga.

Praia da Tartaruga
Praia da Tartaruga está entre as mais cheias de Búzios

Praia da Armação – A Praia da Armação é o principal ponto de encontro de Búzios. Sempre cheia, ela atrai os turistas pela bela Orla Bardot, pela Rua das Pedras e a grande variedade de restaurantes e lojas na região. Além de um belo pôr do sol! A Praia da Armação também é ponto de partida dos passeios de escuna, táxis marítimos e barcos que percorrem outras praias de Búzios. A região é um das que oferece mais opções de hospedagem. Veja mais sobre a Praia da Armação.

Praia da Armação
A Praia da Armação é boa opção de hospedagem para quem deseja ficar perto do agito

Praia do Canto e Praia dos Amores – Localizada no final da Praia da Armação, a Praia do Canto oferece mar calmo e boa faixa de areia. É quase uma piscina, especialmente se forem aproveitados os vãos entre as pedras que a dividem da Praia dos Amores. A partir das rochas no canto esquerdo é possível chegar à deserta Praia dos Amores. O caminho não é dos mais fáceis, por isso a praia é sempre muito tranquila. É uma excelente pedida para quem deseja privacidade, mas nem sempre a praia está limpa. A maré costuma levar o lixo pra lá e como o acesso é complicado, nem sempre ela passa por limpeza. Veja mais sobre a Praia do Canto e a Praia dos Amores.

buzios-praia-canto-001
Praia do Canto e o acesso para a Praia dos Amores

Praia de Manguinhos e Praia Rasa – A Praia de Manguinhos é point do windsurfe, kitesurfe e vela. Não só isso! Ela também oferece um dos melhores complexos de restaurantes da cidade, o Porto da Barra. O lugar proporciona um maravilhoso pôr do sol que pode ser observado à beira-mar no píer. A Praia Rasa é continuação da Praia de Manguinhos e oferece algumas pousadas à beira-mar. Coisa que não é tão fácil de encontrar na cidade. Veja mais sobre a Praia de Manguinhos e a Praia Rasa

buzios-porto-barra
Pôr do sol visto do Porto da Barra, na Praia de Manguinhos

Praia de Tucuns – A Praia de Tucuns é quase deserta. Com longa faixa de areia, ela é um presente para quem gosta de praia vazia e boas ondas. Ideal a para prática de esportes que dependem de vento ou de espaço. No local é possível até fazer saltos de parapente. O canto esquerdo oferece alguns hotéis e casas, enquanto o direito é absolutamente virgem e preservado. Veja mais sobre a Praia de Tucuns

buzios-praia-tucuns-001
Canto esquerdo da Praia de Tucuns, onde estão as poucas construções do local

Praia de Caravelas e Praia de José Gonçalves – Localizadas na estrada que dá acesso a Cabo Frio, Caravelas e José Gonçalves são formadas por faixas de areia pequenas, mas com mar agitado. As duas são boas escapadas para finais de semana lotados, mas não são aconselháveis para crianças e não estão entre as mais belas de Búzios. Veja mais sobre a Praia de Caravelas e a Praia de José Gonçalves

Praias de Cabo Frio

Cabo Frio é a maior cidade da Região dos Lagos. Apesar de já não ser mais uma cidade pequena, Cabo Frio ainda oferece belas faixas de areia para aproveitar dias de sol, a começar pela mais movimentada delas, a Praia do Forte. A lógica da alta temporada ganha ainda mais força em Cabo Frio, que fica lotada em feriados prolongados e férias escolares. Apesar de já não ser tão fácil aproveitar praias quase desertas, Cabo Frio ainda é um bom ponto de apoio para quem pretende explorar toda a Região dos Lagos. Há grande oferta de hotéis, apartamentos por temporada, comércio muito desenvolvido e, pra felicidade de quem gosta de compras, a famosa Rua dos Biquínis (um shopping a céu aberto onde predominam as marcas de moda praia) e também o único shopping da Região dos Lagos.

praia-cabo-frio-6
Praia do Forte

As praias de Cabo Frio são bem distantes umas das outras e um carro será fundamental para se locomover pela cidade. A boa notícia é que as praias são facilmente acessíveis, com exceção da Praia Brava, que exige um percurso em trilha para ser visitada. De resto, você chegará de carro à areia de todas elas. Para quem prefere praias com quiosques, restaurantes e boa infraestrutura, Cabo Frio é uma boa opção na Região dos Lagos. É importante apenas ficar atento ao crescente índice de furtos nas praias, especialmente quando elas estão lotadas. Cabo Frio está localizada a 10 km de Arraial do Cabo e a 25 km de Búzios, bem posicionada para visitar as outras duas principais cidade de praia da Região dos Lagos. Veja mais sobre as praias de Cabo Frio.

Praia do Forte, Praia das Dunas e Praia do Foguete – A principal praia de Cabo Frio é a Praia do Forte. Ela tem uma excelente infraestrutura, cheia de quiosques, uma bela orla e muitas barraquinhas. Por isso, é a mais procurada da cidade. A areia é bem branquinha e fina, enquanto o mar é agitado e frio. O local é um dos prediletos dos surfistas. O canto esquerdo da praia é marcado pelo Forte São Mateus, que dá nome à praia. Do alto do mirante é possível ver uma grande parte da faixa de areia, que tem 7,5 km de extensão e ganha outros nomes até chegar em Arraial do Cabo.

praia-cabo-frio-9
Acesso à Praia do Forte

Antes de chegar em Arraial do Cabo a Praia do Forte se torna Praia das Dunas e a Praia do Foguete. A Praia das Dunas é vizinha à Praia do Forte, porém já oferece uma faixa de areia bem mais tranquila e vazia. A praia seguinte, já quase em Arraial do Cabo, é a Praia do Foguete. Apesar da mesma faixa de areia, a Praia do Foguete tem sempre o mar mais batido e é bem mais deserta. A faixa de areia termina na Praia do Pontal, em Arraial do Cabo. As duas são boas opções para prática de surfe, kite e windsurfe. 

Praia das Conchas e Praia do Peró

Com faixas de areia vizinhas, separadas apenas por uma pequena formação rochosa, a Praia das Conchas e a Praia do Peró oferecem mar calmo, restaurantes, quiosques e são boas pedidas para crianças.  A Praia das Conchas, entre o Morro do Vigia e a Ponta do Arpoador, é uma pequena enseada (em formato quase perfeito de concha), com quiosques de madeira que lembram as praias de antigamente. A estrutura é simples, mas a comida famosa. A vizinha Praia do Peró, com 7 km de extensão, é bem maior e oferece infraestrutura de quiosques e uma orla simples. O mar é mais agitado e a praia mais popular. Caminhando para o canto esquerdo, é possível fugir do movimento e curtir a larga faixa de areia rodeada de dunas.

praia-cabo-frio-25
Mirante com vista para a Praia das Conchas e, ao fundo, a Praia do Peró

Ilha do Japonês e Praia Brava – Menos conhecida entre os turistas, mas com um visual bastante interessante, a Ilha do Japonês oferece água transparente, quiosques com boa comida e cerveja gelada. A ilha está localizada dentro de uma enseada e pode ser acessada por pequenos barcos que fazem o trajeto de ida e volta por seis reais. Você poderá optar entre ficar na ilha (ela é bem pequenina e com água muito rasa) ou nos quiosques localizados no continente. A partir de lá, é possível também fazer a trilha que leva à Praia Brava. Queridinha entre os praticantes de surfe e do nudismo, o acesso não é dos mais fáceis. Peça ajuda aos moradores locais para encontrar o começo da trilha e, preferencialmente, percorra o trajeto em grupo.

Outras praias da Região dos Lagos

O nome de Região dos Lagos não é à toa. Algumas cidades da região são banhadas pela Lagoa de Araruama e oferecem opções de praia que não estão à beira-mar. É o caso de Araruama, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia. A Lagoa de Araruama é especialmente interessante para quem procura um local para a prática de esportes náuticos, como kitsufe, windsurf e vela. Ela se destaca também pelo alto índice de salinidade.

Além das três cidades banhadas pela Lagoa de Araruama, a cidade de Saquarema chama atenção pelas praias com boas ondas e é um dos principais pontos de surfe do Rio de Janeiro, a Praia de Itaúna. A faixa de areia que forma esta praia segue desde Arraial do Cabo, onde tem nome de Praia Grande, até Saquarema, passando também por Araruama. Ao longo do caminho ela ganha os nomes de Praia Seca, Praia do Dentinho e Praia de Massambaba. O litoral de Saquarema oferece ainda outras praias oceânicas, como a Praia Vilatour, Praia da Vila, Praia de Gravatá, Praia do Boqueirão e Praia de Barra Nova.

Onde ficar na Região dos Lagos

Búzios é a cidade com mais oferta de hospedagem na Região dos Lagos. São mais de 300 opções que vão de pousadas elegantes com vista para o mar a hostels baratinhos. Algumas oferecem pé na areia e acesso direto à praia, outras têm piscinas com borda infinita, conectando os hóspedes às praias pelo belo visual. Os preços agradam a todos os bolsos e você certamente encontrará boas opções dentro do seu orçamento. Na alta temporada e feriados prolongados fica um pouco inflacionado. Fique atento para não pagar muito mais caro. Veja mais sobre onde ficar e as melhores pousadas em Búzios.

geriba-pousada
Pousada em Búzios

Outras duas boas pedidas para quem deseja explorar a Região dos Lagos são Cabo Frio e Arraial do Cabo. Cabo Frio é a maior cidade da região e tem ares de cidade grande, com prédios altos, muitas opções de hotéis à beira-mar e apartamentos para temporada. É bem pertinha de Arraial do Cabo, e é uma boa opção para quem deseja uma hospedagem confortável, mas com bons preços. Já Arraial do Cabo é uma cidade pequena e não tem grande oferta de hotéis e pousadas, mas as opções atendem bem a quem deseja ficar hospedado neste paraíso. Não há hotéis luxuosos, porém as pousadas oferecem conforto e ambiente aconchegante, enquanto os hostels são animados e excelentes para quem procura fazer amizades na viagem. Veja mais sobre onde ficar em Arraial do Cabo e Cabo Frio.

Quando ir à Região dos Lagos

Com sol a pico durante todo o ano, a Região dos Lagos é destino para ser visitado em todas as estações. Claro que alguns fatores podem influenciar muito na escolha de datas, mas a falta de sol dificilmente será um deles. A Região dos Lagos costuma ficar bastante lotada nos períodos de feriados prolongados e férias escolares. Se quiser evitar praias lotadas e preços inflacionados, fuja desses períodos. Natal, Ano Novo, Carnaval e Semana Santa costumam atrair multidões e podem tornar a visita à região uma experiência bastante desagradável. Se quiser curtir praias mais tranquilas, pagar preços mais baixos em hospedagem e não ficar preso em engarrafamentos, evite a alta temporada.

Pôr do sol no Pontal do Atalaia.
Pôr do sol no Pontal do Atalaia.

A primavera e o outono são excelentes períodos para a viagem, enquanto o inverno marca o auge da baixa temporada. Alguns comércios, como restaurantes e casas noturnas, podem até fechar as portas devido ao baixo movimento. Para compensar, as hospedagens são mais baratas e as praias muito mais vazias. A má notícia é que o mar costuma ser mais gelado no inverno. Quem está acostumado com o mar do nordeste pode estranhar um pouco, mas nada que um pouco de sol antes do mergulho não amenize o choque térmico.

Como chegar à Região dos Lagos

A Região dos Lagos está localizada a leste da cidade do Rio de Janeiro. Formada por sete municípios, o mais próximo da cidade do Rio de Janeiro é Saquarema, a 120 km, enquanto os mais distantes são Búzios e Arraial do Cabo, localizados a cerca de 170 km. O único aeroporto na Região dos Lagos é o Aeroporto de Cabo Frio (CFB). Entretanto esta é uma alternativa ainda pouco viável para quem deseja chegar de avião à Região dos Lagos. O local quase não recebe voos comerciais e destinado principal emente a voos fretados. Sendo assim, os principais aeroportos para quem deseja ir à Região dos Lagos são o Santos Dummont e o Galeão, na cidade do Rio de Janeiro. A partir do Rio de Janeiro é possível ir à Região dos Lagos de carro ou ônibus.

Como chegar à Região dos Lagos de carro 

O trajeto até a Região dos Lagos começa após a travessia da Ponte Rio-Niterói, com acesso à BR 101 e depois à Via Lagos (RJ-124). Esta segunda parte do trajeto é em rodovia privatizada e há cobrança de pedágio. O preço do pedágio nos dias de semana, para veículos de passeio, é de R$ 10,30; nos finais de semana e feriados, o valor sobe para R$ 17,20. A estrada, especialmente no trecho da Via Lagos, é muito bem sinalizada e não há grandes dificuldades ou desvios no trajeto. O trânsito é mais tranquilo nos dias de semana e fora dos períodos de férias ou feriados prolongados. É comum, em alta temporada, que o trajeto de 2h se transforme em uma viagem de 7h.

como-chegar-regiao-lagos-1
Chegada pela estrada em Arraial do Cabo.

Como chegar à Região dos Lagos de ônibus 

O trajeto de ônibus para a Região dos Lagos segue a lógica do carro. Feriados prolongados e férias escolares são mais concorridos, o trânsito é mais pesado e as passagens mais disputadas. Para quem chega ao Rio de Janeiro de avião e precisa ir até a Rodoviária Novo Rio para pegar o ônibus, a melhor opção para começar o percurso é usar o ônibus conhecido como “frescão”. Ele parte tanto do Aeroporto Santos Dumont quanto do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro e deixa os passageiros na Rodoviária Novo Rio.

A principal empresa a realizar o trajeto entre o Rio de Janeiro e a Região dos Lagos é a Auto Viação 1001. Os ônibus partem da Rodoviária Novo Rio durante todo o dia rumo aos diferentes destinos da Região dos Lagos.

Que saber mais sobre os principais destinos da Região dos Lagos? Acesse os nossos guias exclusivos de Búzios e Arraial do Cabo. Já esteve na Região dos Lagos? Conta pra gente como foi e qual a sua praia predileta!

Publicado por

Monique Renne

Editora de Destinos

  • Alencar

    Bom dia,
    Já tinha lido o Guia sobre Arraial do Cabo e Porto de Galinhas, e esta preferindo Arraial do Cabo.
    Mas com este post, definitivamente é Arraial do Cabo…

    Parabéns pelo post… otimooo….

    • Monique Renne

      Você vai adorar! Arraial é lindo demais 🙂

    • Arnour Sabino

      Já fui a Arraial e a Porto… Incomparáveis… São lindas e ambas valem a pena.
      E o nordeste ganhar disparado no quesito temperatura da água. Arraial você quase morre congelado na água e em Porto é uma maravilha

      • Alencar

        Bha…
        Voltei para a dúvida…
        heehhe

  • Fabricio

    Arraial é lindo, mas recomendo a quem puder, que evite feriados, fins de semana e férias escolares. A cidade (pequena e sem infraestrutura) fica infernal. Falta água, falta luz, falta comida nos mercados, praias abarrotadas… não é uma experiência legal.

  • Lucas R. Martins

    Quem quiser ir para Araruama e Saquarema pode evitar a Rodoviária Novo Rio indo diretamente para Niterói. Do terminal saem ônibus da 1001 a cada 20 minutos, mais baratos e sem necessidade de comprar passagem antecipada.

  • Renan

    Show a descrição mas pensei numa coisa aqui e acho que vale a sugestão.
    Na verdade é meio que um plágio que vou sugerir do que sempre vejo na revista da Azul.
    Quando vocês fazem um guia, poderiam fazer um apanhado de promoções pra essa região, formas de chegar e coisas assim… Não seria legal?

    • Monique Renne

      Oi Renan! Divulgamos promoção pro Rio sempre 🙂 Sobre o tópico “como chegar”, está no final do texto. Mas se quiser mais detalhes, você pode ver os guias de Arraial do Cabo e Búzios no http://www.guiadedestinos.com.br 🙂

  • paulo

    Um adendo: em Cabo Frio existe um shopping tradicional com cerca de 150 lojas com praça de allimentação e tudo que um grande shopping possui que é o Park Lagos. Sobre a temperatura das águas realmente são mais frias que as praias do Nordeste, porém com exceção da Praia Grande no Arraial do CAbo, as outras praias tem uma temperatura que permite o banho de mar com bastante conforto.

  • Andre S

    Obrigado MD, o guia veio na hora certa, estou com viagem marcada pra lá mês que vem. Ficarei 2 dias no Rio pra assistir um jogo das Olímpiadas e 4 dias na região dos lagos. A dúvida maior foi se ficava hospedado em Arraial ou Búzios, e como li que Búzios tem mais infraestrutura decidi ficar 3 noites lá, e 1 em Arraial.

  • Beto Karioca

    Para mim Arraial do Cabo tem as praias mais bonitas do Brasil. A cidade eh bem simples, não tem nada demais, mas as praias sao incriveis… Explico, somente la, em todo o Brasil, que o mar fica em reais tons de azul… temos lindas praias em todo nosso litoral, mas nosso mar tem tons puxados p o verde porque nossas areias normalmente são amareladas… mas ali naquela região as areias são brancas como talco e o mar ganha tons literalmente azuis, eh o Caribe brasileiro, imperdivel !!!

    • Prof. DingleDong

      Já fui em praticamente todas as capitais do nordeste, fiz passeios em Porto de Galinhas, Maceió, Maragogi, etc. E NENHUMA praia é tão bonita quanto a de Arraial do Cabo!

  • Monique Renne

    Oi Rosi! O foco do post foram as cidades principais, mas falamos de Saquarema no final do post também. 🙂