Como é voar com a Portugália – segunda avaliação

Marcel Bruzadin 15 · setembro · 2015

Hoje estamos publicando a segunda avaliação da companhia aérea Portugália, fundada em 1988 e que hoje faz parte do grupo TAP.  Por alguns anos a empresa foi considerada a melhor companhia aérea regional da Europa, ma será que é tão boa assim?

Confira a avaliação enviada pelo leitor Daniel Soares, que voou recentemente com a Portugália no trecho Lisboa-Barcelona. Caso também tenha tido a oportunidade de voar com a companhia, não se esqueça de deixar os comentários no final do post, para que assim, novos viajantes confiram todas as opiniões.

como-e-voar-portugalia-report

Vamos ao texto e boa leitura!

Mais uma vez, aproveitamos uma ótima promoção divulgada pelo Melhores Destinos, eu e minha esposa fomos à Europa. Esta é a terceira vez que viajamos economizando com a ajuda do MD, porém, dessa vez escolhemos Barcelona como ponto de partida rumo à Andorra, o sexto menor país da Europa, nos Pirineus ao norte da Espanha e sul da França.

Fizemos o trecho Lisboa – Barcelona, no voo TP 1042, em uma aeronave Embraer ERJ-145 (CS-TPL) com 48 lugares. A frota da Portugália inclui também 6 aviões Fokker 100, segundo o site da companhia. No entanto, percebemos que em alguns dias da semana, este trecho é operado pela própria TAP com o A320.

Compra

A compra do nosso bilhete foi realizada diretamente no site da TAP. Excelente visual e com uma enorme facilidade para encontrar informações de preços, pois conta com busca por dias diferentes na mesma tela. Realizamos a compra com parcelamento em 5x sem juros no cartão.

como-e-voar-portugalia-website

Tudo ia bem, até que ao finalizar a compra e receber a confirmação por e-mail percebi que em momento algum me foi oferecido a marcação de assentos. Nem havia informação de numeração de assentos no bilhete. Achei estranho e após algumas pesquisas, descobri que os passageiros devem ligar para um 0800 (que não funcionou) nas três semanas seguintes à compra, e como opção, me deram o telefone do escritório em São Paulo, mesmo eu morando no Rio de Janeiro, e que também não funcionou pelo mesmo período.

Só consegui marcar meu assento após 40 dias da compra e após tentar contato para reclamar pelo Facebook da TAP. Após a conversa pelo Facebook, recebi em meu e-mail o bilhete com os assentos escolhidos. Ou esse processo é muito avançado, ou é muito atrasado, ainda não soube classificar. Impressionante, pelo menos para mim!

Foi neste momento então que descobrimos a Portugália, afinal me deram opção de escolher assentos somente até a fileira 17!

Check-in e Embarque

Processo rápido e sem problemas. O embarque foi remoto, ou seja, tomamos um ônibus e fomos para um pátio longe do portão onde só haviam aeronaves da companhia Portugália.

como-e-voar-portugalia-aeronave

Enquanto aguardávamos o embarque, já na pista, vimos uma bagagem cair duas vezes do avião, pois a esteira estava mal posicionada. Por sorte, o avião não é tão alto.

Aeronave

O ERJ-145 é bem pequeno e com fileiras dispostas 1×2. Por termos acabado de sair de um A 330, a diferença foi enorme para nós! Para quem tem claustrofobia ou é alto demais, ele pode ser bem desconfortável. Eu tenho 1,70m e creio que o teto não chegue nos 2 metros de altura. Achei o espaço entre as poltronas similar ao da GOL.

como-e-voar-portugalia-corredor

Serviço de Bordo e Voo

O serviço de bordo segue o padrão da TAP, com duas comissárias muito prestativas e simpáticas, nos serviram bebidas e lanche gratuitos. Sanduíche delicioso com um suco bem espesso e bebidas. Suco, água e se não me engano, havia vinho também. Se quisesse mais, era só pedir. Para um voo de poucas horas, está ótimo!

como-e-voar-portugalia-lanche

Voo tranquilo, com o comandante passando informações de praxe, como altitude, velocidade, clima no destino e etc.

Não havia entretenimento a bordo, somente a mesma revista do voo que saiu do Brasil. O avião era um pouco antigo, mas não chegava a ser surrado. No entanto, era notório que já havia voado bastante. Já as poltronas estavam em excelente estado.

Chegada

A chegada a Barcelona foi assustadora, pois havia muito vento lateral que fazia o avião balançar de um lado para o outro, creio que o tamanho da aeronave influenciou nisso. Apesar do susto, tudo ocorreu bem.

As malas vieram em mais ou menos 10 minutos nas esteira e sem nenhum problema, pelo menos conosco.

Conclusão

A companhia é totalmente controlada e segue os mesmos padrões da TAP. Atendentes muito simpáticos e sempre querendo ajudar. Voltaria a voar com ela sem problemas, se oferecessem um valor competitivo novamente.

Autor

Marcel Bruzadin - Marcel
  • Sílvio Carneiro

    Fiz o trajeto Lisboa/Barcelona/ por eles, Barcelona/Casablanca em conexão e minha mala só chegou três dias depois, mas fiquei sem saber se a culpa era deles ou da Royal Air Maroc. Em compensação a volta Casablanca/Lisboa transcorreu perfeitamente. De qualquer modo, vou considerar fazer Lisboa/Porto, atendeu perfeitamente para voos curtos.

  • Lycia

    O relato é bem esclarecedor e de fato transcreve bem o excelente atendimento desta Cia.
    Também já voei com ela e, apesar do medo inicial com relação ao minúsculo tamanho da aeronave, tive um voo bem tranquilo e atencioso!

  • ivan

    e o mais gostoso de tudo é ouvir a pronúncia do nome da companhia nos avisos de bordo! 🙂

  • Felipe Marinho

    O bacana é o tamanho da janela nesse avião. É gigante. Voei nele de Porto à Barcelona. No caso, o aviao era nomeado de “Pinto” (fica na frente da aeronave a nomeclatura).

  • philip

    Lisboa/Porto é melhor de trem, que é mais barato e rápido.

  • Pinzetta

    Fiz porto alegre a roma com escala em lisboa e juro por DEUS que NUNCA mais.

  • Jonatas Elias

    Você que voou pela RAM, tem o relato/fotos do voo?
    Se tiver, manda para o MD publicar, vai tirar dúvidas de muita gente!!!

    • Sílvio Carneiro

      Infelizmente, não tenho. Fui de executiva e não foi grandes coisas, o que já era esperado porque era em torno de duas horas. Fiz há quatro anos e me lembro que o staff era atencioso. Já viajei por companhias deste porte, como Royal Jordanian, Icelandair, Aeromexico e Vietnam Airlines, mas ainda não tive esta ideia de fotografar e fazer relato. Quem sabe um dia…

  • Bruno Santos

    Não sei porque o pessoal tem medo de voar no 145. Galera, pra quem não sabe essa aeronave eh fabricada pela Embraer, está em atividade desde a década de 90, existem mais de 900 destas aeronaves em operação no mundo e graças a Deus nunca houve um acidente com vítimas fatais.
    Este avião eh muito bom!

    • Gabriel Pascoli

      Pois é, adoro esse avião. Tinha ficado uns 5 anos (ou mais) sem voar, por motivos diversos, e resolvi ir de Uberlândia a Brasília pela Passaredo em 2012. O avião era justamente o 145, e nunca tinha voado nele. Sobre a claustrofobia do relato, confesso que senti um pouco sim, por ter ficado muito tempo sem voar e pelo porte do avião, mas nada que 5 minutos dentro dele não resolva. O que mais gosto é a configuração 1 x 2, perfeita para quem viaja sozinho, como eu.