Governo propõe crédito extra de R$ 102 milhões para retomada da emissão do passaporte

João Goldmeier 28 · junho · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Uma luz no fim do túnel para o problema da suspensão da emissão de passaportes anunciada ontem pela Polícia Federal. O Governo informou que irá solicitar, através de um projeto de lei, que o Congresso Nacional autorize um crédito extra de R$ 102 milhões para o Ministério da Justiça, o que garantiria a emissão dos passaportes.

Conforme nota divulgada hoje pelo Ministério do Planejamento, como a abertura do crédito é urgente, a Comissão Mista de Orçamento pode votar o projeto ainda nesta semana e o Congresso Nacional, na próxima semana. “A abertura de crédito suplementar no orçamento só pode ser feita via projeto de lei e não medida provisória”, diz a nota do ministério.

Agendamentos

Segundo o ministério, “os agendamentos e requisições para passaportes estão mantidos assim como os pedidos de agendamentos já realizados serão atendidos normalmente pela Polícia Federal”. O governo afirma que a entrega dos passaportes será regularizada nos próximos dias.

Continuamos acompanhando de perto esse assunto e torcendo para que o serviço volte ao normal o quanto antes!

Autor

João Goldmeier - Editor
  • LuRodamilans

    E o $ que o solicitante paga pra tirar o documento vai pra onde mesmo?

    • Gabriel Previato

      Vai pra pedalada

    • Thiago Castro

      Conta única do Tesouro

    • LuigiPaolo

      São 2,2 milhões de passaporte emitidos por ano (2015). A R$257,25 cada, no mínimo, a arrecadação em passaportes supera os 550 milhões de reais anuais!

  • Fábio

    Na era pós-golpe, após a instalação da verdadeira quadrilha no governo federal, este já o 2o. ano consecutivo que isso acontece. Meu passaporte vence em Fevereiro-18 e terei que tirar outro para ir à Europa em Novembro, pois não terá 3 meses de validade após o fim da viagem. Na pratica, já jogamos fora os últimos 6 meses do passaporte. Mesmo sabendo que esse (des)governo está, sistemática e propositadamente, tirando recursos da Polícia Federal, não descarto a existência de chantagem do órgão policial (às custas do atraso nos nossos passaportes) por mais recursos, pois, junto com o MPF, eles acham que agora podem tudo, inclusive governar o Brasil à base de operações mirabolantes e processos movidos a convicção (e não provas). Na população, que paga caro pelo serviço, ninguém pensa.

    • Nádia Da Motta

      Fábio, o passaporte tem que ter 3 meses de validade na volta da viagem? Eu achava que eram 6 meses! Por ex.: consigo viajar em dezembro, retornando no começo de janeiro, com meu passaporte que vence no dia 18/05/18? Obrigada!

    • Raphael L

      Parabens, seu comentário não tem qualquer relação com a notícia vinculada.

  • Larissa Quintino

    R$ 102,4 milhões segundo o Ministério do Planejamento. O título está errado

    • João

      Nada como ter leitoras atentas! Corrigido! =)

      • Marcos

        No mínimo ela é contadora …

  • Gabriel Previato

    Isso não seria irresponsabilidade fiscal, um crime que pode até depor um presidente?

    • Davi Teixeira

      ” Governo informou que irá solicitar, através de um projeto de lei, que o Congresso Nacional autorize um crédito extra de R$ 102 milhões para o Ministério da Justiça”.

      Essa é a forma certa de fazer (pedir ao Congresso). O problema do governo anterior é que o mesmo liberou credito complementar sem autorização do congresso.

      • Gabriel Previato

        Sim, que lindo! Com o Congresso corrupto avisado, beleza! Mas e o dinheiro que a gente pagava pra emissão do documento, quase 300 reais, o qual ia pra União, foi parar onde???? Quem autorizou que o dinheiro não fosse empregado pra emitir os passaportes??? Explique-se, por favor.

        O diretor da PF já disse: “O governo está nos sufocando”

    • Sergio Loureiro

      Favor liberar um comentário que está na moderação.

  • Leandro de Souza Ferreira

    Alguém pode me explicar como não se tem dinheiro para fazer passaporte sendo que ele é pago e COM CERTEZA pelo preço que eles cobram pagamos por uns 10 e levamos só um.

    • Marcos

      Leandro tentarei explicar com uma antiga canção, aí vai: “onde está o dinheiro, o gato comeu, o gato comeu e ninguém viu, o gato fugiu, o gato fugiu, seu paradeiro está no estrangeiro, onde está o dinheiro”. Lembra dela?

  • Gabriel Previato

    Não sabia que eu estava falando com um auditor da União aqui pra proferir julgamentos.

    Vou te repetir o comentário que eu fiz pro seu colega coxinha:

    Sim, que lindo! Com o Congresso corrupto avisado, beleza! Mas e o dinheiro que a gente pagava pra emissão do documento, quase 300 reais, o qual ia pra União, foi parar onde???? Quem autorizou que o dinheiro não fosse empregado pra emitir os passaportes??? Explique-se, por favor.

    O diretor da PF já disse: “O governo está nos sufocando”

    • Thiago Castro

      Q tal deixarmos a história de coxinhas e mortadelas de lado e focarmos apenas nas discussões relativas às viagens??

      • Gabriel Previato

        Falou isso pra quem defende o governo também? Graças a ele, nossas viagens estão comprometidas

        • Thiago Castro

          Não tenho nada a ver com essa história, só acho bobagem descambar a discussão para a política, já que sabemos que nem vc convencerá ngm da sua opinião, nem será convencido por ngm. Logo, qual é ponto?? Por isso a sugestão de nos atermos a questões relativas à viagens (que é o mote do Melhores Destinos, aliás).

          Mas se quiser ficar falando de política tb, fique à vontade. Não está mais aqui quem falou. Abs.

          • Gabriel Previato

            Bobagem a qual vc mesmo tá fazendo questão de continuar discutindo aqui, igual seus colegas que defendem esse governo asqueroso que estamos vivendo.

            E pra calar o chororô, já vou te bloqueando. Passar bem!

          • Thiago Castro

            vc que deveria ser bloqueado neste fórum. Sorte sua que o MD não é disso.

      • Marcelo Ribas

        Gabriel melhor não discutir com quem entra na página para defender corruptos. Deixa-lo sem resposta é a melhor forma de agir você não percebeu que ele não tem argumentos então xinga e agride. Um sem noção

    • Davi Teixeira

      Todos os recursos pagos vão para a Conta Unica do Tesouro Nacional, logo, não há correspondência prática entre o que se arrecada e o que se executa, visto que a Constituição Federal proíbe que haja esse direcionamento.

      Quanto ao Diretor da PF dizer que está sendo sufocado, trata-se de chantagem por parte dos Federais.

      • Gabriel Previato

        Resumo do seu textão: “Tadinho do Temer, ele é bonzinho e cuida muito bem do nosso dinheiro, é a PF malvadona que quer fazer mal pro presidento”

      • Thiago Castro

        Não adianta argumentar com esse tipo de gente. Ele está revoltado e não quer ouvir outra coisa que não seja suas próprias opiniões. Todas as pessoas que não concordem explicitamente com ele é taxado de defensor de corrupto ou coxinha ou coisa pior. Lamentável q tenhamos tantos maniqueístas nos dias de hj.

  • Fabio

    Arrecada quase 600, soh provisiona 121 + 24 de credito suplementar e nao entrega o produto pelo qual foi regiamente pago. Se fosse eu fazendo isso na minha empresa jah estaria respondedo a uma batelada de processos.

  • Edson Delgado Siqueira

    Cadê o dinheiro que tava aqui???????????????

  • Junior Galarce

    Quem depende só do passaporte da Republica Federativa das Bananas…esta $#%@…

  • Marcelo Ribas

    Thiago não mencionei nomes, mas se a carapuça serviu bom proveito

  • Angelo Gomes

    João o governo aprovou e liberou o crédito agora a tarde, retiraram o crédito para o passaporte de um dinheiro destinado a ONU. A emissão deve retomar em breve. Vai para o congresso agora e depois passa pelo presidente que tem pressa para essa liberação.

    Não deve fazer falta para ONU. Um dia vou entender essa distribuição bizarra