Governo federal sanciona projeto que libera verba para a emissão de passaportes

Bruna Scirea 19 · julho · 2017

O governo federal sancionou nesta quarta-feira o projeto que autoriza o crédito extra de R$ 102 milhões para regularizar a emissão de passaportes no país. Com a sanção, a expectativa é de que a impressão do documento, interrompida no último dia 27, volte à normalidade até sexta-feira. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

A assinatura do presidente dependia de um parecer técnico do Ministério do Planejamento, que foi liberado nesta quarta. Após o texto ser publicado no Diário Oficial da União, o Ministério do Planejamento deverá abrir o empenho de recursos e autorizar o repasse ao Ministério da Justiça, que destinará a verba para a Polícia Federal, órgão responsável pela confecção dos documentos.

Autor

Bruna Scirea - Editora
  • Rodrigo Freijanes

    Poderiam aproveitar que foi tudo exposto e cobrar um valor mais coerente da população já que, segundo estudos, cada passaporte custa menos de 10 reais para ser confeccionado.

    • Andre S

      E onde entra o lucro dos envolvidos? Haha

      • Rodrigo Freijanes

        Lucro de mais de 2500% ?!

        • Andre S

          Você não entendeu a ironia “haha”. Em resumo quis dizer que cobram esse valor absurdo porquê há muitos envolvidos no processo e cada um fica com uma parte.

    • Bruno Bastos

      10 reais n paga nem aquele papel

      • Welton

        Claro!!!! E todo o salário do pessoal envolvido? O povo fala cada coisa…

        • PauloHCM

          Tem uma reportagem da Folha mostrando que o gastos com confecção de passaporte em 2016 foram de 212 milhões de reais, mas o faturamento com a tarifa foi de 578 milhões. Então sobram mais de 360 milhões de reais de lucro para o governo utilizar da forma que já conhecemos

  • Italo Silveira

    Ta pra existir um país mais picareta que o nosso. Como é que a pessoa paga (caríssimo) por um serviço e o local que vai prestar esse serviço não tem verba pra entregar o produto? Só aqui nesse circo.

  • Angelo Gomes

    Comprei passagem para minha mãe para setembro e o passaporte está vencido, ontem na madrugada consegui marcar agendamento para sexta feira, espero que tenha tempo hábil

    • Rodrigo Freijanes

      O problema é que já deve ter uma fila de pessoas que fizeram todos os processos e estão esperando por conta desse tempo parado.

    • Realizei o agendamento dia 28/07…Estou torcendo para que saia até dia 21..Você nem precisa se preocupar..tem muito tempo pela frente.

    • Bruno Bastos

      Pra setembro deve dar. Eles vão ter que fazer os da fila primeiro, mas pra setembro deve dar. Tbm to precisando, pra outubro, vou segunda dia 24 na PF

      • Lucimar Silva

        Pelo que eu ouvi, é que os passaportes de quem já requisitou, já foram confeccionados pela casa da moeda, só não foram repassados para a PF.

  • Renata

    Alguém me explica como é que falta verba se a gente PAGA pela emissão do passaporte?? Ehhh Brasil hein… sem esperanças mais. Somos palhaços sem dúvida alguma.

    • Bruno Bastos

      A verba pra emitir o passaporte não tem nada a ver com o valor que a gente paga. É uma rubrica no orçamento da União, sujeita a corte. Pagar por ele é justo, pq passaporte é um supérfluo.

      • Johnny DeBruce

        como assim supérfluo?

      • Gustavo

        Supérfluo pra você, pra mim é o meu documento mais importante

        • Fabricio Reis

          Pois é, Gustavo. Para mim também é. Considero tão importante quanto a Carta de Alforria que os escravos recebiam em épocas passadas.

        • Bruno Bastos

          Digo que é supérfluo porque no orçamento da União existem prioridades maiores como manter o Samu funcionando ou custear a merenda nas escolas públicas. Saber qual é o teu documento mais importante não é problema meu.

          Abs

      • Fabricio Reis

        Sinceramente, preciso que alguém me traduza esse comentário porque está muito difícil de entender. Quer dizer que pago por um produto, mas na verdade o dinheiro que eu paguei para este produto não é para este produto? São 250 reais para emitir um passaporte, meu caro. Se esse valor não é para o produto, então para que é? Para pagar o valor do papel do boleto?

        • Renata

          Pois é…. também não entendi.

      • PauloHCM

        Um supérfluo que dá lucro de 360 milhões de reais ao governo. Ano passado fartaram 212 milhões de reais com a confecção e ganharam 578 milhões com a tarifa

  • Mathias

    Agora começa a próxima novela. A liberação dos recursos pelo Ministério do Planejamento. Quem quer apostar que ainda vai demorar uma barbaridade?

  • s monteiro

    Todo ano quando chega nesta época é a mesma palhaçada sempre tem algum problema impressionante como pagamos tantos impostos em tudo e ainda assim somos reféns destas humilhantes situações.Só pedindo muita luz mesmo p Brasil um dia caminhar para dias melhores.

  • J.

    Gente, o problema não foi a verba. A PF tinha/têm a verba. O problema foi que a lei de tetos já estava prestes a estourar e a PF não poderia gastar mais, ou seja, não poderia “estourar” este teto. Aí paralizaram o serviço. O pessial falando qhe paga caro e não têm verba é equivocado, pois verba tinham, o que não tinhan era orçamento para gastar mais.

  • Fabricio Reis

    Sim, claro que não é só o papel, assim como qualquer outro produto, você não paga apenas pelo produto, mas por todo o custo envolvido na produção e confecção do produto. O que digo é que não há justificativa para faltar verba para emissão de passaporte se temos que pagar caro por ele.

  • Fabricio Reis

    Eu compreendo como funciona o sistema, MJuliani, só estou a afirmar que não justifica todos os anos faltar verba para emissão de passaporte quando se paga um valor altíssimo para a emissão do mesmo. Porque toda a explicação do fluxo de caixa é apenas burocrática. Na prática, nós pagamos pela emissão do passaporte. Então não aceito essas justificativas de falta de verba. Porque a verba que for liberada para isso retornará 4 ou 5 vezes maior.

    • Carlos Augusto

      Verdade concordo com você Fabrício. O correto é o governo liberar a verba de acordo com a demanda, se eles preverem que vai precisar de mais dinheiro que tome as providências antes pra não causar esse transtorno. Eu to com viagem marcada em outubro pra Portugal e França, dei entrada no novo passaporte dia 5 de julho,fiquei com o coração na mão pois depois depois que fiquei sabendo da suspensão do serviço.

  • Rafael Oliveira

    Alguém já tem novidades sobre a emissão? Começaram a reemitir hoje mesmo?

  • Fabricio Reis

    Eu compreendo seu raciocínio, Juliani. Ainda que encaremos como um imposto, é suposto que tenhamos o retorno pelo imposto pago. Quando pagamos impostos para a saúde, esperamos ter acesso a boa saúde, ou quando pagamos impostos para educação, esperamos ter acesso a boa educação. A mesma lógica para o passaporte. No Brasil não há falta de verbas por impostos, há incompetência na gestão, visto que nenhum serviço público funciona bem.

  • Cris hueb

    Infelizmente a PF não tem autonomia para que sejam liberadas verbas…O governo sim tem essa autonomia mas tem que passar pelo congresso…Enquanto isso a casa da moeda interrompe o serviço de emitir os passaportes…Uma coisa vai puxando a outra,então para quem acha que todo o processo deveria ser simples,já q pagamos pela GRU,saibam que nosso dinheiro arrecadado vai para o tesouro nacional,e lá usado para outros fins,como todos os outros impostos que pagamos….Infelizmente ficamos nas mãos do governo!

  • PauloHCM

    Tem uma reportagem da Folha mostrando que o gastos com confecção de passaporte em 2016 foram de 212 milhões de reais, mas o faturamento com a tarifa foi de 578 milhões. Então sobram mais de 360 milhões de reais de lucro para o governo utilizar da forma que já conhecemos

  • PauloHCM

    http://m.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/06/1897423-governo-arrecada-mais-do-que-gasta-com-emissao-de-passaportes.shtml?cmpid=softassinanteuol

    Este é o link mostrando o que falei a pouco. Mais de meio bilhão de arrecadação e ainda deixam faltar dinheiro para esse serviço. Gostaria muito que permitissem a publicação. Grato.