Passagens em promoção para o Alasca: a partir de R$ 1.982 ida e volta saindo de 21 cidades!

Denis Carvalho 31 · março · 2015

Após a promoção de passagens para o Havaí, destacamos outro destino sensacional: o Alasca! Há passagens de ida e volta para Anchorage saindo de Porto Alegre por apenas R$ 1982 ida e volta! Também há voos saindo de outras sete cidades a partir de R$ 2.229 ida e volta! Muito bom!

Quem já foi ao Alasca sabe que as paisagens naturais belíssimas fazem do estado americano um destino inesquecível. Isso sem falar na rica cultura local. Encontramos passagens com bons preços, além de Porto Alegre, para Aracaju, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Cuiabá, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis,  Foz do Iguaçu, Ilhéus, Londrina, Manaus, Macapá, Maceió, Natal, Recife, Salvador, São Paulo, Teresina, e Vitória.

Os voos são operados pela Delta e fazem conexão nos Estados Unidos e como o Alasca é parte do país, é necessário ter o visto americano para fazer a viagem.

Vamos aos links!

Origens

Destinos

Período



- A lista acima está em constante atualização, porém os preços podem mudar à medida que as passagens aéreas vão sendo vendidas.

- Esses preços não incluem as taxas.

- O Melhores Destinos é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Marcos

    Como a Delta pode oferecer uma passagem mais barata de uma cidade mais longe como Porto Alegre (nada contra os gaúchos) do que saindo de SP ou Rio? A Copa em outras promoções também oferecia menor tarifa em vários voos saindo de POA. Agradeço pelo esclarecimento.

    • Fernando Gama

      Não é só o custo que define o preço de uma passagem (ou de qualquer coisa). O custo tem influência, sim, mas outro fator importante é a relação oferta e demanda. São Paulo é mais perto dos EUA, mas a demanda deve ser mais alta também. Talvez em POA a demanda seja menor e eles estejam com dificuldades de encher as aeronaves. Outro fator que certamente influencia o preço de passagens é a probabilidade de desistentes, por isso que vôos que longas escalas ou muitas conexões tem preços mais baixos, tendo em vista que a chance de a pessoa desistir é maior. Talvez em São Paulo as desistências e/ou cancelamentos sejam mais frequentes, gerando lucros maiores às empresas.

      • Marcos

        Obrigado pelo retorno. Só que o voo de POA-SP é Gol e de SP-Los Angeles e depois Alasca é que é Delta. Pelo que entendi, neste caso específico, as varias conexões é que estariam “barateando” o preço da passagem – imagino que através das alianças entre as aéreas – acho que é isso.

  • maria lucia

    Nadinha saindo do Rio!