Passagens para os Estados Unidos a partir de R$ 940 ida e volta para 28 destinos americanos

Denis Carvalho 3 · setembro · 2015

A Delta baixou geral os preços de passagens para os Estados Unidos! Tem voos para praticamente todos os estados e pechinchas saindo de 35 cidades brasileiras a partir de R$ 940 ida e volta! Também encontramos bons preços com a TAM, American Airlines, Copa, LAN e United!

Para ajuda você a encontrar os melhores preços separamos uma super seleção de passagens para os Estados Unidos, com centenas de opções para voar até junho de 2016! Tem passagens para os destinos mais procurados pelos brasileiros, como Atlanta, BostonChicagoLas VegasLos AngelesMiamiNova YorkOrlandoSão Francisco e Washington DC.

Há ainda voos para Anchorage, Baltimore, Cincinnati, Cleveland, Dallas, Denver, Detroit, Filadélfia, Fort Lauderdale, Honolulu, Minneapolis, Nova Orleans, Phoenix, Portland, Salt Lake City, San Diego, San José (Califórnia) e Tampa. Seja qual for a sua escolha, não se esqueça que é necessário tero o visto americano para fazer a viagem!

Ficou em dúvida sobre qual destino escolher? Leia nossos guias de BostonChicagoLas VegasLos AngelesMiamiNova YorkOrlandoSão FranciscoWashington DC, com todas as informações e dicas exclusivas para a sua viagem!

Vamos à lista!

Origens

Destinos

Período



- A lista acima está em constante atualização, porém os preços podem mudar à medida que as passagens aéreas vão sendo vendidas.

- Esses preços não incluem as taxas.

- O Melhores Destinos é um site jornalístico, que apenas divulga as promoções de passagens aéreas, ele não vende nenhum produto ou serviço. Você deve comprar na empresa de sua preferência, sempre observando as regras de cada passagem.

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Fernando

    Para quem usa algum sistema de conversão de preços em milhagens, pode ser vantagem usar agora (DOTZ, SantanderEsfera, etc) porque o preço em reais é convertido para uma pontuação.

  • Muito difícil conseguir Open Jaw, principalmente pesquisar por essa modalidade! 🙁

  • Dealins

    Tam, reaja! Tá muito tímida na promoção!

    • Fernando

      Se AA responder para HNL, eu vou !

      • Dealins

        Na torcida ainda…

  • João

    O dólar não vai abaixar?!

  • Débora

    Uma dúvida: comprando no site das companhias americanas, haverá cobrança de IOF, mesmo que esteja aparecendo o preço em reais?

  • Flavio Nichitchan

    com dolar a 4,40 em algumas casas de cambio em Sampa, tá meio impossivel

  • Franchesca Cardinalli Restrepe

    Sera que tem algum lindo/linda economista por aki para me dar uma maozinha?
    Os melhores destinos sempre ajudaram muito nas decisoes de viagens, mas agora esta muito dificil com o governo brasileiro confundindo a cabeça da gente com esse cambio maluco entao eu pergunto …
    Em 2002 o Brasil tinha por ai uns 30 bilhoes de dolares em reservas internacionais, que supostamente eram para equilibrar o real , era pouco na epoca , o dolar foi para quase 4 en 2002 …… Agora o BC informa que temos mais de 370 bilhoes e o dolar ja passou de 4 rumo a 5 ??????
    Vc que é economista, resume pra mim sem papas na lingua , o que vai acontecer com o cambio e com a gente que adora viajar pra fora porque esse negocio de economizar e se programar ficou dificil agora

    • Marcos

      Franchesca, ninguém aqui poderá te responder com certeza, nem aqui, nem gerentes de bancos. Quem tem bons indícios do que vai acontecer com o mercado financeiro vai ficar caladinho, usando essa informação para ficar rico investindo na direção correta da moeda.

      Então a gente só pode dar palpites. Observando o caos que está o atual governo, acho que nenhuma reserva é capaz de frear a queda livre em que se encontra o real perante todas as moedas. A libra já caminha para 7 reais. ACHO que a situação só deixará de piorar no curto prazo em matéria de câmbio quando finalmente a cúpula do governo cair (seja lá da maneira que for). No médio e no longo prazo, não dá para saber, afinal, não sabemos sequer quem assumiria no lugar e qual é o projeto de país que essas pessoas tem (se é que tem algum).

      • Da Silva

        Governo nenhum vai cair. A crise é internacional, até a China quebrou na semana passada. Europeus estão em situação semelhante, claro, tudo na proporção de seus estruturas. A diferença é que lá, estão unidos para sair da crise e estimulam o consumo e os investimentos, aqui, fizeram politicagens e tentam se aproveitar do momento para que o grupo perdedor assuma no governo no tapetão.
        A crise americana de 2008 mostrou bem a diferença da postura.

        • Lucas

          China quebrou? Vá estudar antes de sair falando o que não sabe. Tem alguma noção do PIB da CHINA? E o do BRASIL?

    • Almir

      Infelizmente o dólar só tende a subir, pesquisa a cotação dos anos anteriores, vai ver que chegando fim do ano o dólar sempre sobe ainda mais e o governo atual parece não está nenhum pouco preocupado em frear a subida do dólar.

    • Fernando Albuquerque

      Um detalhe: em valores absolutos, o valor mais alto da história do dólar frente ao real foi em 23 de outubro de 2002, quando ele foi cotado a R$ 3,91 pelo câmbio comercial. Estamos próximos disso, mas ainda não passamos, pois a cotação está em R$ 3,78. Mas veja que em valores relativos, o dólar hoje está com valor muito MENOR que o de 2002, pois para comparar um com o outro é preciso descontar a inflação americana e acrescentar a inflação brasileira. Nesses 13 anos, a inflação brasileira foi de cerca de 127%, enquanto a inflação americana foi de cerca de 32%. Fazendo-se as contas, chega-se à conclusão que o valor atual que seria equivalente àquele dia fatídico seria R$ 6,72. Eu sei que esse valor parece excessivamente alto, mas é exatamente isso: em 2002 o valor do dólar era tão alto que pouca gente tinha condições de viajar para o exterior.

      Quanto às causas da subida atual, isso é controverso. A economia não é uma ciência exata, mas a maioria dos economistas diz que o que está puxando o valor do dólar são as incertezas de nossa economia, ou melhor, as certezas de que a situação está muito ruim, com queda do PIB esse ano e no ano que vem. O valor do dólar tem muito a ver com a expectativa dos agentes econômicos. O dólar subiu muito em 2002 porque tinha gente achando que o Lula ia fazer uma revolução socialista no Brasil. Quando ficou claro que ele ia respeitar contratos, o dólar caiu imediatamente, e ficou barato por muito tempo.

      Dizer se o dólar vai subir mais ou não a partir de agora seria simples adivinhação. Mas considerando que a crise econômica brasileira será longa, a chance maior é que o dólar continue subindo acima da inflação.

  • Carlos Camardella

    Olha o preço em reais com relação ao dolar!!!!

    US$ 300,11 = R$ 2.238,82

    US$ 1,00 = R$ 3,73

    Tarifa por adultoR$2.238,82

    Adultos (2)R$ 4.477,64

    Crianças (1)R$ 0,00

    Encargos de emissãoR$ 268,66

    Taxa de embarqueR$ 1.476,88

    • RussoMad

      Tá errada essa conta

    • RussoMad

      300 Obamas é menos D 1200 dilmas…fato

    • Fernando

      Tem algo de errado nestas contas ai.

  • Mah

    Deixei a msg abaixo no ultimo post sobre a AA, mas creio que não vão responder.

    Vou colar:

    Quando compramos a passagem o dólar estava no máximo uns 3,60 se não me engano.
    Agora tá ficando inviabilizante mesmo, ainda mais que vou pra uma cidade muito cara.

    To pensando em cancelar as passagens, já que alterar não compensa.

    Como foi barato, prefiro esperar até uns 20 dias antes da viagem e correr o ~risco de não receber o reembolso, como citou um colega ali embaixo (disse que a AA estava reembolsando cancelamentos provenientes dessa tarifa do bug).

    Mas não vi nada sobre no show.
    Aparentemente a AA não cobra, é isso mesmo?

    • Gabriela Rezende

      Mah, não sei sobre isso, mas também cancelei as minhas antes que a emissão fosse concluída. Tinha comprado pra NYC e pra São Francisco (ambas por 1000 reais para duas pessoas, com as taxas). Com o dólar a esse valor, não vale a pena a economia nas passagens.

      • Da Silva

        Depende muito do perfil do viajante, vou ficar em hostel em NYC e comprar comida em supermercado, assim que europeus por exemplo, viajam o mundo inteiro. Compras nem vale á pena mesmo, pois com IOF acaba mesmo preço que o Brasil.

        • Almir

          Até hostel tá caro, eu reservei um recentemente em ny, vou em outubro e 2 diárias ficaram 245 dólares, convertendo pra 4 reais fica 980 reais, um absurdo.

    • Franchesca Cardinalli Restrepe

      Olha amiga, eu comprei 3 passagens pela United a 2 meses atras para viajar agora em setembro
      Fiz a besteira de voar de Los Angeles para Las Vegas e Nova York
      Quero desistir mas a United esta cobrando de taxa cancelamento ou alteraçao um valor 1,3 vezes maior que o valor das passagens, pela diferença de cambio que aconteceu, isso foi o que me disseram ai a atendente acrescentou que so tenho duas alternativas, ou jogo no lixo as passagens ou tem que voar

    • Rafael

      Outro dia liguei na central da AA perguntando sobre cancelamento e me disseram que as passagens da promobug podem ser canceladas até um dia antes da viagem para ter reembolso integral.

      • Mah

        Ah, vou correr o risco de perder mesmo, e deixar pra em cima da hora. Se houver reembolso, melhor ainda.
        A esperança é a última que morre.
        Dólar até uns 3,80 eu compro.

        Reservei hospedagem no airbnb, cancelamento flexível.
        Perco somente as taxas, algo em torno de 340 reais.

  • Carlos Gomes

    Pra viajar com o dólar caro e instável só se tiver reserva de dólar em espécie quando tava mais baixo, acabei de vir de Orlando, levei um pouco em espécie, mas como sempre acaba gastando mais que previsto dói em ver a fatura do que peguei em Cartão (fatura fechou a R$ 3,89 ontem + IOF = R$ 4,14)

    • Mah

      Esses 6,38% de IOF é de judiar…

    • Gabriela Rezende

      Eu fui pra Orlando em Maio e a taxa de conversão foi a R$ 3,19. Me senti extremamente lesada (já viajei para os EUA pagando R$ 1,70 pelo dólar). Estava planejando ir para NYC e São Francisco ano que vem, até comprei as passagens, mas desisti. Não vou para os EUA tão cedo com esse valor de dólar.

  • Ana Iza Sobral

    Finalmente conseguiram! Após algumas medidas restritivas que o governo realizou para diminuir o nª de viagens internacionais (dos meros brasileiros!!), nenhuma se compara ao valor atual do dólar e esse câmbio instável! Precisará mesmo de promoções extremamente convidativas para que o custo de uma viagem não seja o dobro!

  • Franchesca Cardinalli Restrepe

    Olha amiga, eu comprei 3 passagens pela United a 2 meses atras para viajar agora em setembro
    Fiz a besteira de voar de Los Angeles para Las Vegas e Nova York
    Quero desistir mas a United esta cobrando de taxa cancelamento ou alteraçao um valor 1,3 vezes maior que o valor das passagens, pela diferença de cambio que aconteceu, isso foi o que me disseram ai a atendente acrescentou que so tenho duas alternativas, ou jogo no lixo as passagens ou tem que voar

    Meu que merd …. valeu Dilma !!!

  • Brasil

    PTralha detectado

  • Andre T

    cara o real é a moeda que mais desvalorizou de todos os países do mesmo nivel do Brasil, entao pare de tentar justificar a bosta desse governo que temos, por favor cai na real, igual nossa moeda!

  • Mah

    Se estiver aparecendo em reais, que eu saiba não.
    Pelo menos no bilhete da AA, eu comprei no site americano e não veio IOF.

  • Julio Alacarte

    A crise é internacional?
    Você não viu o PIB de nenhum dos outros países do mundo?

  • Julio Alacarte

    A crise é internacional?
    Você não viu o PIB de nenhum dos outros países do mundo?

  • Julio Alacarte

    Não é razoável fazer esso tipo de comparação, pois inflação é um fenômeno interno, e não externo. Taxa de câmbio, por sua vez, depende do mercado dos dois lados.
    Não é uma mera relação entre inflações que decide o que é a taxa de câmbio “justa”, e sim a maior ou menor relação entre oferta x demanda por determinada moeda e as expectativas.

    • Fernando Albuquerque

      Claro que é razoável. O câmbio é a relação de troca entre duas moedas, uma interna e outra externa. E a inflação de cada uma das moedas têm uma influência total no PODER DE COMPRA dessas moedas. E o câmbio é somente uma arbitragem entre o poder de compra de uma e da outra.

      Eu sei muito bem que o que define o valor do câmbio, especialmente em regimes de câmbio flutuante como o brasileiro, é a oferta e a procura da moeda, tanto é que, embora hoje em dia o dólar esteja mais barato do que estava em 2002, ele já esteve MUITO mais barato por anos e anos. Mas isso não tem o poder de derrubar o que eu falei: que o dólar hoje está muito mais barato hoje do que estava em 2002.

      • Julio Alacarte

        Uhum, compre bastante então.

  • Rafael

    Incrível essa alta do dólar. No dia do bug estava a R$ 3,50 e agora está R$ 3,84!!!!!
    Isso está me desanimando muito, mas acho que mantenho a viagem assim mesmo.