Como economizar em sua viagem utilizando a opção de múltiplos destinos: dicas para o uso do “Open Jaw”

Leonardo Cassol 14 · agosto · 2015

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

É possível comprar uma passagem de ida e volta num mesmo bilhete, com ida para uma cidade e retorno por ou para outra cidade diferente, sem pagar mais caro por isso. É o que as companhias aéreas chamam de Open Jaw. Conheça mais sobre esse assunto e veja dicas para aprimorar o roteiro e economizar em sua próxima viagem.

O que é o Open Jaw?

O Open Jaw é quando o passageiro compra um bilhete de ida e volta, mas não tem o retorno para a mesma cidade de origem ou, ainda, quando a origem e o destino são de cidades completamente diferentes. Confira alguns exemplos:

Exemplo 1: Open Jaw simples (retorno por uma cidade diferente da do desembarque no trecho de ida)
Vamos supor que o viajante quer conhecer os Estados Unidos. Nesse caso, ao invés dele comprar uma passagem de ida e volta para Miami, por exemplo, ele pode comprar a ida para Miami e o retorno da última cidade que ele deseja conhecer nos EUA, por exemplo, Nova Iorque, evitando, assim, ter que retornar para Miami apenas para pegar o voo de retorno.

  • Trecho 1: São Paulo x Nova Iorque (ida)
  • Trecho 2: Miami x São Paulo (volta)

Nesse caso, os trajetos intermediários entre Nova Iorque e Miami seriam responsabilidade do passageiro.

aeroporto-brasilia-bsb-004

Exemplo 2: Open Jaw com trecho intermediário

  • Trecho 1: Rio de Janeiro x Paris (ida)
  • Trecho 2: Paris x Madri (trecho intermediário)
  • Trecho 3: Madri x Rio de Janeiro (volta)

Exemplo 3: Open Jaw duplo (origem e destinos diferentes nos trechos de ida e volta)

  • Trecho 1: Brasília x Panamá (ida)
  • Trecho 3: Aruba x São Paulo (volta)

Como devo proceder para utilizar o Open Jaw?

Na hora da compra da passagem:

  • Internet, utilizando a opção múltiplas cidades / trechos, do site da companhia aérea ou de agências virtuais, como o Submarino Viagens. Veja um passo a passo sobre como pesquisar no final desse post.
  • Central de vendas da companhia aérea, informando o destino, datas e cidades.
  • Agentes e agências de viagem, informando o destino, datas e cidades.

É essencial pesquisar inicialmente as opções de voos, datas e preços considerando seu interesse de origem e destino final. Em alguns casos, é possível fazer o Open Jaw aproveitando as super promoções divulgadas pelo Melhores Destinos. Por exemplo, a Delta fez em janeiro e fevereiro de 2015 promoções envolvendo vários destinos nos Estados Unidos. O leitor poderia combinar, por exemplo, o destino São Francisco com o de Las Vegas, comprando a ida do Brasil para uma das duas cidades, e o retorno pela outra.

dicas-de-las-vegas-58

Muitas vezes, se aplicará ao Open Jaw restrição para embarques de diferentes continentes. Por exemplo, você pode até tentar comprar uma passagem de ida do Brasil para a Ásia, por exemplo, com retorno da Ásia para os Estados Unidos, mas certamente o sistema não irá habilitar o Open Jaw por entender que, por não regressar ao mesmo continente de embarque, isso não se trata de uma passagem de ida e volta.

Após pesquisar, monte a melhor opção de roteiro. Quanto maior a flexibilidade, maior é a chance de conseguir realizar o Open Jaw. Esse planejamento inicial da viagem é muito importante, pois pode acontecer de haver vaga na mesma classe tarifária numa data ou voo específico, e de não haver em outra, como acontece no tradicional processo de compra de uma passagem aérea.

Na hora de pesquisar e comprar, a dica para ter certeza de que você não pagará nada a mais pelo Open Jaw é verificar se o valor da tarifa é semelhante à tarifa da passagem normal de ida e volta para uma mesma origem e destino. Atenção: é possível haver um pequeno acréscimo no preço final da passagem em função de diferenças nas taxas aeroportuárias, ou nas tarifas.

É possível realizar Open Jaw em passagens emitidas com milhas ou com pontos?

Sim. Smiles, TAM Fidelidade, Amigo e TudoAzul permitem a emissão de passagens internacionais com Open Jaw, bem como emitir a ida ou a volta separadamente, sem custo adicional. Veja o passo a passo sobre como fazer o Open Jaw no Smiles.

Confira os outros programas de fidelidade que permitem o Open Jaw ou emissão de passagens de ida e volta separadas, a seguir: Smiles (GOL), TAM Fidelidade (TAM), TudoAzul (Azul), Lan Pass (LAN), AAdvantage (American), MileagePlus (United), Lifemiles (Avianca e Taca), Skymiles* (Delta), Victoria (TAP), KrisFlyer (Singapore), Miles & More (Lufthansa e Swiss), Aeroplan (Air Canada), Executive Club (British), Avios (Iberia), Flying Blue (Air France e KLM), Miles & Smiles (Turkish), Clube Premier (AeroMéxico), Skyawards (Emirates) e MilleMiglia (Alitalia).

*Desde 1o de janeiro de 2015 o Skymiles da Delta tarifa o Open Jaw como emissão de trechos individuais (one way)

Cada programa tem políticas e regras que precisam ser observadas. Procure informações no site do seu programa de fidelidade ou entre em contato com a central de atendimento.

É possível fazer o Open Jaw após emitir a passagem?

Não. Seria necessário reemitir o bilhete e pagar eventuais multas e diferenças tarifárias.

É possível fazer Open Jaw em viagens domésticas (dentro Brasil)?

Sim, mas na maior parte dos casos as empresas aéreas não oferecem desconto adicional para compras de ida e volta combinadas, quando comparadas ao valor equivalente aos dois trechos em bilhete separados. Em caso de promoções com desconto do trecho de volta, aí sim há algum benefício na tarifa. Porém, no caso de voos internacionais, o benefício do Open Jaw será sempre substancialmente maior.

aeroporto_de_brasilia-4

Dicas importantes:

  • Bagagem: verifique as regras com sua(s) companhia(s) aérea(s). Em percursos intermediários, emitidos num mesmo bilhete com os trechos internacionais de ida e de volta, a franquia internacional de bagagem costuma ser honrada.
  • Itinerário: nunca deixe de cumprir seu itinerário. No caso de abandono de algum voo ao longo do trajeto o restante do bilhete será cancelado e o prejuízo será grande. Portanto, cuidado. Caso compre seu trecho intermediário com outra empresa ou utilize outro modal de transporte (trem, carro etc.), fique atento ao horário de check in, de embarque e demais regras aplicáveis.
  • Voos de outras empresas: Problemas em voos e conexões com bilhetes emitidos separadamente, em outras empresas aéreas, não costumam ser honrados. Portanto, se tiver viagens intermediárias para pegar seu voo de retorno, considere sempre uma margem de segurança de pelo menos 4h entre um voo e outro, para haver tempo de pegar malas, fazer novo check in, bem como para eventuais atrasos e imprevistos. 

Passo a Passo:

Ex: Objetivo – Viagem São Paulo x Nova Iorque, com interesse de conhecer outra cidade nos EUA.

Estátua da Liberdade

  1. Pesquise no site de sua preferência os trechos São Paulo x Cidades dos EUA que você tem interesse em conhecer. Verifique os melhores preços, considerando as datas desejadas.
  2. Anote o valor da passagem nos trechos e datas escolhidos.
  3. Simule, no site de sua preferência, na opção múltiplas cidades / trechos ou similares, a opção de ida de “São Paulo x Cidade A”, com retorno “Cidade B x São Paulo”, bem como opção de ida de “São Paulo x Cidade B”, com retorno “Cidade A x São Paulo”, ou ainda, opção de ida de “São Paulo x Cidade C”, com retorno “Cidade B x São Paulo” e assim por diante…
  4. Verifique se houve alteração na tarifa: caso a tarifa não tenha mudado em relação à pesquisa original, você conseguiu o Open Jaw e pode compra-lo. Caso o preço da tarifa se altere significativamente, repita a operação tentando alterar as datas e trechos ou inverter as cidades desejadas para chegada e saída. Pode acontecer de haver tarifas bem diferentes para cidades de um mesmo país. Portanto, verifique quais cidades possuem uma tarifa igual ou próxima para aplicar o princípio do Open Jaw. Exemplo, quando a Delta lançou promoção para Orlando, Miami e Nova Iorque, foi possível comprar passagens com Open Jaw nessas cidades. Nesse caso, ao se tentar incluir outras cidades norte-americanas, os preços apareciam muito maiores.
  5. Se desejar comprar um roteiro, após definir os trechos de ida e volta, selecione a opção múltiplos destinos / trechos e monte o roteiro escolhido em sua pesquisa.

Fique atento as promoções do Melhores Destinos e avalie as oportunidades de Open Jaw. Caso tenha perdido o artigo sobre Stopover, confira aqui.

Ficou com alguma dúvida? Já utilizou o Open Jaw em alguma ocasião? Compartilhe conosco utilizando os comentários.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos