O que fazer em Fernando de Noronha: dicas para planejar sua viagem ao paraíso!

Camille Panzera 27 · julho · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Quem nunca desejou curtir as águas cristalinas de Fernando de Noronha que atire a primeira pedra! O arquipélago pernambucano já foi uma prisão, ponto estratégico militar e hoje é um dos destinos de praia mais queridos e desejados do Brasil.

Muito frequentado por celebridades, Noronha e sua atmosfera tornaram-se um sonho de consumo para muitas pessoas que gostam de contato com a natureza e um mergulho no mar. Com praias de um colorido estonteante, animais das mais variadas espécies vivendo livremente e um dos melhores picos de mergulho do país, a consequência não poderia ser outra senão uma ilha perfeita para turistar e relaxar.

Noronha é, conhecidamente um destino caro dentro do contexto brasileiro, mas cada vez mais pessoas tem conhecido o local devido às promoções de passagens aéreas para Noronha (veja aqui!). Informação é o ponto chave de qualquer viagem, por isso, hoje trazemos algumas dicas de Noronha, para aproveitar melhor suas andanças por lá e economizar.

Onde fica Fernando de Noronha 

Fernando de Noronha está localizada a cerca de 500km da capital pernambucana, Recife. Atualmente voam para a ilha as companhias aéreas Azul e Gol, com voos que partem do Recife e Natal; portanto, se sua cidade inicial é qualquer outra cidade brasileira, você terá que fazer uma conexão em Pernambuco ou Rio Grande do Norte.

Quando ir

Clima em Noronha mês a mês. Informações retiradas do site ClimaTempo.

O turismo na ilha acontece o ano inteiro, porém, dependendo do seu propósito, há épocas melhores e piores para viajar. Para quem gosta de surf, janeiro é o mês ideal para pegar boas ondas. Já para quem prefere um mar bem tranquilo e com poucas ondas, tente viajar entre agosto e setembro. As chuvas acontecem principalmente no primeiro semestre, entre fevereiro e julho, mas o sol dá as caras o ano todo e muitas vezes as chuvas são passageiras.

Período de férias, feriados e a segunda quinzena de dezembro ao fim de janeiro são períodos de alta temporada em Noronha e de preços mais nas alturas. Se quiser economizar, evite viajar nessa época!

O que saber antes de ir

Fernando de Noronha é uma área de proteção ambiental e para entrar na ilha é necessário pagar uma taxa – muita gente estranha essa informação, mas sim, é preciso pagar para visitar Noronha. Essa taxa de preservação ambiental é paga de acordo com o número de dias que o turista permanece na ilha e custa R$70,66 (jun/2018) por dia, por pessoa. Deixo a dica de fazer o pagamento antecipado da taxa, para facilitar a entrada na ilha – veja aqui mais informações.

Além disso, para ingressar em determinadas áreas do Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha – PARNAMAR – também é necessário ter um ingresso, que tem duração de 10 dias. O ingresso contempla o acesso a atividades como a trilha do Atalaia e Capim-Açu e praias como Sueste e Sancho. Atualmente o ingresso custa R$97 para brasileiros que mostrem seu documento nacional; o valor para estrangeiros é de R$195. O ingresso pode ser comprado em 4 pontos da ilha ou online.

Pousadas em Fernando de Noronha

Hospedagem em Noronha é um assunto que merece atenção. A ilha tem muitas pousadas, boa parte delas é simples. Podemos dizer que as pousadas são dividas em basicamente, três categorias – existem aquelas pousadas familiares – hospedagens pequenas cuidadas diretamente por moradores da ilha -, as pousadas de nível intermediário e as luxuosas. No geral, diárias em Noronha não são uma pechincha – por isso, não deixe para escolher seu hotel em cima da hora, principalmente se for viajar em um período de alta temporada.

Pousada Morena

Para quem procura um local econômico, minhas sugestões são a Pousada da Maga, ou a Miragem – ambas são pequenas pousadas, têm ar condicionado e um bom atendimento. Para pousadas de nível intermediário, a Pousada da Germana e a Mar Aberto são boas alternativas. Para quem prefere uma pousada em Noronha que seja mais luxuosa, sugiro a Pousada Morena, que tem um visual e piscinas espetaculares ou a Solar dos Ventos, uma das poucas pousadas com vista para a Praia do Sueste.

O que fazer em Fernando de Noronha

As praias são as principais atrações de Noronha e como as fotos mostram são mesmo maravilhosas! Vale saber que praias que fazem parte do Parque Nacional Marinho necessitam de ingresso para que seu acesso seja feito – as principais praias que você precisará de ingresso para visitar são o Sueste e Praia do Sancho.

Mar de Dentro
Praia do Cachorro – Localizada na Vila dos Remédios, a Praia do Cachorro é uma das poucas praias em Noronha que conta com a estrutura de um comércio. A praia é pequena, com piscinas naturais que se formam durante a maré baixa e conta com mesinhas e guarda-sois para o cliente do bar na praia.

Praia do Meio

Praia do Meio – Também pertinho da vila, a Praia do Meio fica entre a Praia do Cachorro e a Praia da Conceição. É uma praia de tamanho mediano, ideal para quem quer relaxar sem encontrar muita gente. É linda e com pouco movimento!

Praia da Conceição – Extensa, a Conceição é uma das praias mais badaladas de Noronha para assistir ao pôr do sol. O mar aqui costuma ter ondas grandes e é um dos poucos pontos da ilha que conta com a presença dos guarda-vidas. Entre a Conceição e a Praia do Meio, fica o Bar do Meio, um espaço muito legal para almoçar ou beber algo no fim de tarde.

Praia do Sancho

Praia do Sancho – Considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, a Praia do Sancho é um passeio imperdível em Fernando de Noronha. Ela está localizada em meio a um enorme paredão de pedras e seu acesso se dá pelo mar ou por uma escadaria criada no meio de uma fenda na pedra. O acesso realmente não é dos mais simples, mas a praia é deliciosa e compensa a descida! Lá do alto estão alguns mirantes, que levam a observar a própria Praia do Sancho e a vizinha Baía dos Porcos e o Morro Dois Irmãos, também símbolos da beleza de Noronha. No trecho de areia oposto ao acesso da praia, no meio da mata, costuma formar-se uma pequena cachoeira no período de chuvas e na mesma direção, às vezes, é possível observar tubarões no mar.

Baía dos Porcos

Baía dos Porcos – Pequena gigante, assim é a linda Baía dos Porcos. Uma praia formada no meio do paredão de pedras, cercada por verde e por piscinas naturais acessíveis durante a maré baixa. O local tem águas esverdeadas que costumam ser visitadas por tartarugas e um visual lindo para o Morro dois Irmãos.

Baía dos Golfinhos – Ela não é bem uma praia, mas não poderia faltar nessa lista. A baía dos Golfinhos é uma região de Noronha que muitos golfinhos costumam frequentar todos os dias. O local não pode ser visitado e não está aberto para banho, mas do alto do paredão de pedras existente na beira do mar, há um mirante de onde se pode observá-lo. O acesso à pequena trilha do Mirante dos Golfinhos é feito no mesmo lugar que se visita a Praia do Sancho, então aproveite para conhecer os dois conjuntamente.

Baía dos Golfinhos

Praia do Porto – Como o próprio nome já diz, a Praia do Porto é onde se criou o porto de embarcações do arquipélago. Com tantas praias bonitas na região, talvez o Porto não chame tanta atenção a princípio, mas o que muita gente não sabe é que seu segredo está embaixo da água! É um dos melhores lugares do arquipélago para praticar snorkeling e fazer um batismo! A área tem um naufrágio, é constantemente frequentada por tartarugas, arraias e diversas outras espécies marinhas! Se estiver com tempo, vá nadando entre a Praia do Porto e a Praia do Cachorro, o passeio pode render paisagens lindíssimas!

Mar de Fora
Baía do Sueste – Excelente para a prática de snorkeling, o Sueste é uma das praias mais procuradas de Noronha! É uma praia com boa estrutura, cujo acesso é monitorado e que geralmente tem poucas ondas. O melhor do Sueste é que nela é possível observar tartarugas, tubarões e outros peixes de diferentes espécies que muitas vezes frequentam o local para se alimentarem.

Praia do Leão, uma das mais bonitas de Noronha!

Praia do Leão – Praia com um visual incrível e um mar bastante azul. É uma praia grande, geralmente vazia e um pouco traiçoeira pois tem ondas fortes. Muitas tartarugas desovam nessa praia, por isso, na época certa, há atividades noturnas junto aos biólogos do Projeto Tamar para observar a desova dessas tartarugas e abertura de ninhos.

Mais atrações de Noronha

Vila dos Remédios – esse é o centrinho da ilha, onde ficam restaurantes, lanchonetes, lojas e uma charmosa igrejinha. É um local que eventualmente você conhecerá em seus passeios e que deve ir se quiser curtir a vida noturna. É na Vila dos Remédios que fica o Forte XX, que tem um pôr do sol super bonito!

Ilhatour – Passeio clássico em Noronha, o Ilhatour leva os turistas a conhecerem os principais pontos da ilha em um único dia. Nesse passeio, que pode ser feito em grupo ou de forma privada, em caminhonete ou buggy, você visitará desde praias como o Sancho e Sueste à Ponta da Air France.

Mirante do Boldró – Instalado onde ficam os resquícios do Forte São Pedro do Boldró, o Mirante é um outro ponto da ilha que muitas pessoas gostam de ir no horário do pôr do sol. A vista lá de cima é super bonita e fica melhor ainda quando o céu se colore ao anoitecer!


Passeio de barco – Imperdível, o passeio de barco é uma oportunidade de observar o mar de Noronha por um outro ângulo e perceber as nuances de sua coloração. O passeio só é feito quando o mar está em boas condições e parte da Praia do Porto, percorrendo o litoral ao longo do Mar de Fora. A atividade é oferecida por diferentes empresas, portanto cada uma delas têm uma programação. Geralmente as empresas param para mergulho na Praia do Sanco e algumas delas oferecem almoço, que tornam a atividade diferente. A grande expectativa de muitas pessoas ao fazerem esse passeio é que os golfinhos apareçam – e geralmente eles o fazem, é um momento lindo demais!

Trilhas – Várias são as trilhas que se pode fazer em Noronha, entre elas a Atalaia (curta e longa), Capim-Açu e Morro São José. Em determinadas trilhas é obrigatório o acompanhamento de um guia, em outras o guia não é necessário – mas em todas elas é preciso fazer o agendamento da atividade, feito no Centro TAMAR/ICMBio e em posse de seu ingresso do Parque Nacional Marinho.

Onde comer em Noronha

Restaurantes em Noronha não costumam ser baratos, mesmo para quem mora na ilha e não procura nada refinado no dia a dia. Peixes e frutos do mar são encontrados em abundância nos cardápios e têm a vantagem de serem super frescos.

Entre os destaques gastronômicos da ilha, sugiro conhecer o Cacimba Bistrô, que tem pratos variados, o Mergulhão, que tem uma vista linda, principalmente no fim de tarde, o Varanda, que tem um espaço super gostoso. Para quem quer comer com fartura e à vontade a sugestão é o Festival Gastronômico do Zé Maria, porém, não é uma opção nada econômica – uma versão similar e mais barata é a peixada da Pousada do Vale, que acontece às quintas-feiras. Para moquecas, vá ao Tricolor, e para um jantar intimista, vale conhecer o restaurante da pousada Triboju.

Moqueca do restaurante Tricolor

Se quiser economizar, uma sugestão é comer nos restaurantes self-service que ficam próximos a Praça Flamboyant, como o Empório São Miguel ou o Restaurante da Mãezinha.

Veja mais dicas em nosso Guia de Fernando de Noronha! Já esteve em Fernando de Noronha? Conte para gente o que achou e deixe suas dicas nos comentários!

Autor

Camille Panzera - Editora de destinos Apaixonada por novas culturas, diferentes sabores, peculiaridades e paisagens que cada pedacinho do mundo é capaz de oferecer.