O que fazer em Singapura – dicas de uma das cidades mais modernas do mundo!

Camille Panzera 28 · dezembro · 2016

Singapura é uma cidade-estado muito desenvolvida e que por diversos motivos se tornou modelo para outras cidades. Com ruas extremamente limpas, regras rígidas, visual moderno e atrações milionárias, ela é um dos grandes destinos da Ásia e por isso um dos nossos Guias de Destino! Preparamos um guia completo  e cheio de informações para quem planeja sua viagem para o tigre asiático, com dicas de como chegar, hotéis, compras e o que fazer em Singapura!

singaoura

Entendendo a região:

A República de Singapura está localizada no sudeste asiático e numa extremidade da península malaia. O local tem 4 idiomas oficiais sendo o inglês e o chinês (e a mistura desses dois) bastante faladas pelos locais. A população é miscigenada, com pessoas de toda parte do globo! A influência chinesa, indiana e árabe são fortes e perceptíveis – andando na rua você verá como existem pessoas com traços, hábitos e modo de se vestir diferentes.

hotel-singapura

Muitas das avenidas da cidade são largas e modernas. Singapura é bem cuidada, com muitas plantas e árvores, além de shoppings e restaurantes com chefs renomados. O transporte público funciona muito bem e a falta de segurança não é um problema. Embora com muitas qualidades, o custo de vida no local é alto… tão alto que Singapura é um dos lugares mais caros para se viver no mundo!

As regras na cidade-estado são rígidas e talvez por isso às vezes ela pareça perfeita. Fumar, não dar descarga em um banheiro público ou mascar chicletes podem gerar penalidades, por exemplo. Também é importante ficar atento aos locais onde é proibido comer em público – o durian, por exemplo, que é uma fruta bem conhecida na Ásia e que tem um cheio forte, estampa diversas placas de proibição ao redor da cidade.

Como chegar:

Detentora do melhor aeroporto do mundo, o Changi Airport, Singapura é um hub na Ásia e está muito bem servida de voos. O aeroporto local tem três terminais e é muito moderno, com direito a cinema, lojas, restaurantes, área de descanso, piscina e jardins internos e externos.

Para quem está no Brasil, é possível utilizar empresas como a Qatar, Emirates e Turkish. Singapura tem sua própria companhia aérea, a Singapore Airlines, porém a empresa deixou de operar no Brasil. Se já estiver na Ásia, você poderá usar uma das várias companhias low cost que operam no local.

Clima:

Faz calor o ano todo em Singapura e as estações não são bem definidas. A temperatura média anual é de 27°C e não varia muito ao longo do ano. Chove o ano todo e não é incomum chover rapidamente e logo depois o tempo mudar. Recomendamos levar roupas leves para a viagem pois a cidade pode ser realmente muito quente, em especial entre meio-dia e 15h.

clima-singapura

Informações retiradas do site Weather.com.

O que fazer:

Gardens by the Bay – atração milionária de Singapura, esse é um jardim botânico futurista, onde estão enorme árvores com jardins verticais chamadas supertrees grove. As árvores encenam um espetáculo nortuno com música e luzes – é gratuito e lindíssimo! Também no local estão a Cloud Forest e o Flower Dome, que são enorme estufas que reproduzem o clima de outros locais do mundo e têm diversas árvores e plantas de diferentes localidades.

Caminhar pelo Waterfront – Caminhar pela baía de Singapura é um programa simples e muito agradável, especialmente no fim de tarde. Nessa região estão alguns hotéis emblemáticos, pontes e atrações turísticas da cidade.

Marina Bay Sands – Um dos mais caros empreendimentos hoteleiros do mundo, o Marina Bay Sands é um complexo que reúne um shopping refinado, restaurantes, cassino e um hotel, que tem uma enorme piscina de borda infinita em seu último andar. A construção – verdadeira joia da arquitetura e engenharia – tem o formato de um navio, são três torres independentes ligadas por uma cobertura enorme no 57 andar.

Merlion – Metade leão e metade peixe, o Merlion é uma figura que se tornou símbolo da cidade. Você verá sua imagem em diversos artigos turísticos e uma estátua grande à beira de Marina Bay que vale a pena parar para tirar fotos.

singapura-o-que-fazer
Singapore Flyer – A roda-gigante de Singapura oferece belas paisagens da cidade e uma atração bastante popular. Seja para admirar a cidade durante o dia ou pela noite, o passeio rende ótimos registros!

Jardim Botânico – Além de seu jardim modernista, Singapura tem também um jardim botânico mais tradicional e igualmente sensacional. Dentro dela fica um orquidário com uma das maiores coleções de orquídeas do mundo! O passeio é ótimo para estar em meio a natureza e apreciar flores belas.

singapura-botanic

Chinatown – Como a influência chinesa é bastante forte na cidade, não poderia deixar de existir uma Chinatown singapuriana. O que muda para outros bairros chineses ao redor do mundo é que esse é limpo e bastante organizado, também por conta das rígidas leis do local. Nesse bairro fica o templo Buddha Tooth Relic, super bonito por dentro e com um jardim tranquilo em seu último andar.

Fazer compras na Orchard Road – Ela é um dos melhores lugares na cidade, tem vários shoppings e centros comerciais. Aqui você encontra de Chanel a Forever 21!

orchard-singapura

Arab Quarter e Little India – Singapura tem uma grande população originária de outros países da Ásia e essas comunidades estão em bairros específicos que resgatam um pouco da terra natal de vários moradores. O passeio por esses bairros é bacana e permite ver de perto como Singapura é multicultural.

Sentosa – Ela é uma ilha de Singapura que tem várias e várias atrações turísticas. Em poucas palavras, poderíamos dizer que é uma ilha feita para quem quer se divertir. Nela estão praias artificiais, salto de para-quedas indoor, museus como o Madame Tussauds, uma estátua enorme do Merlion e o parque Universal Studios Singapura, que é o destino de boa parte das pessoas que visitam Sentosa. A ilha fica ligada ao continente através de um calçadão, transporte público e um passeio de teleférico! Vale visitar o lugar por ao menos um dia.

universal-singapura

Clark Quay – É aqui que acontece o agito noturno de Singapura. O lugar reúne vários bares e restaurantes com música ao vivo. Vale a pena passar por aqui para comer ou tomar algo gelado pela noite.

Restaurantes:

Ya Kun Yaka Toast – Com várias lojas em Singapura, a lanchonete vende cafés e lanches, em especial as torradas com kaya, que é um geleia de coco e algo “típico” da cidade.

Din Tai Fung – Nascido em Taiwan, o restaurante ganhou espaço em várias cidades da Ásia e do mundo! Para conhecer um pouco da cozinha asiático e comer deliciosos dumplings, esse lugar é uma dica certeira!

Jumbo Seafood – Ums dos restaurantes mais tradicionais na cidade, o Jumbo serve frutos do mar e tem como principal prato um caranguejo gigante. Embora não seja barato – assim como quase tudo na cidade – é uma excelente pedida para conhecer um famoso prato local.

Pollen – A gastronomia refinada tem lugar no Pollen, um restaurante de ambiente aconchegante que tem como seu grande diferencial a localização: ele está dentro do Flower Dome, uma atração do Gardens by the Bay. Quem faz sua refeição no local pode visitar o Flower Dome gratuitamente.

Hawkers Centre – Singapura é um lugar de opostos e ao mesmo tempo que tem restaurantes elegantes e refinados, tem também os locais populares e mais simples, prova disso são os hawkers centres, praças de alimentação que vendem comida popular e por bons preços. Duas boas praças de alimentação desse tipo que você pode conhecer são a Maxwell Centre e Lau Pa Sat.

Mozza – A pizzaria fica dentro do Shoppes at Marina Bay é uma alternativa para quem quer comer uma boa massa. As pizzas são saborosas e o ambiente aconchegante.

Hotéis em Singapura

Hospedar-se em Singapura, no geral, é caro. A área que concentra boa parte das atrações turísticas é Marina Bay, mas quem procura acomodações mais baratas pode ficar em Chinatown, por exemplo.

Quando se fala em hospedagem na cidade, um hotel é o grande destaque: Marina Bay Sands. Ele tem a piscina de borda infinita mais alta do mundo e uma mega estrutura para seus hóspedes, vários restaurantes e uma cobertura com uma vista maravilhosa! Se tiver oportunidade, sugerimos hospedar-se no local por ao menos uma noite. Leia mais sobre hotéis em Singapura aqui.

hoteis-singapura

Dicas:

– Como já comentamos, faz muito calor em Singapura, então recomendamos levar roupas leves para a viagem e calçados confortáveis. Se quiser evitar os momentos mais quentes do dia, procure fazer passeios de manhã cedo e no fim da tarde.

– Oriente-se a respeito da legislação local, costumes, hábitos e regras de etiqueta. Singapura é conhecida por ter leis meio exageradas, então vale ficar atento a essa questão.

– Os custos de Singapura são altos e os locais mais badalados custam caro. Um simples drink em um rooftop pode sair mais caro do que se imagina. Antes de consumir algo, sempre confira o valor do cardápio.

Esteve em Singapura? Conte sua experiência fazendo uma avaliação em nosso guia ou conte nos comentários como foi sua viagem!

Publicado por

Camille Panzera

Camille

  • Jhonny

    Caro? Estive em Singapura em outubro 16 e comia a 18 reais frutos do mar frescos ou pato assado em restaurantes populares que ficam nas áreas comuns de prédios e hotéis! Além disso a conexão Wi-Fi vale cada centavo e os transportes públicos também! Nunca me senti tão respeitado no meu direito de ir e vir