O que fazer em Orlando – dicas para sua primeira visita à cidade

Camille Panzera 5 · março · 2015

Orlando é um dos principais destinos turísticos do mundo, que recebe milhões de turistas atualmente. A cidade é um das preferidas dos brasileiros para passar férias no exterior e apesar de algumas vezes ser taxado como um destino para crianças, há atrações para pessoas de todas as idades, basta estar disposto a viver novas experiências.

Fazer compras, comer em restaurantes legais e conhecer uma nova cultura são algumas das opções por lá, mas o que faz sucesso mesmo em Orlando é a diversão: não é à toa que o lugar é conhecido como a capital mundial da diversão.

Para entender porque Orlando parece uma cidade mágica, basta ir a um de seus vários parques temáticos, onde você passará o dia subindo e descendo nos trilhos das montanhas russas, tirando fotos com personagens que parecem ter saído de filmes e brincando em atrações tão bem feitas que você nem imaginava que existiam. Os sorrisos de orelha a orelha e o clima de alegria contagia. É um lugar onde a fantasia das crianças ganha vida e onde os adultos se tornam crianças outra vez. Um lugar onde todo mundo tem direito de brincar, sem se prender a limites de idade.

A história da cidade começou a ganhar destaque com quando Walt Disney comprou em segredo um grande espaço de terra na região de Orlando para expandir o êxito da Disneyland (Califórnia). O primeiro parque a ser construído foi o Magic Kingdom, parte do Walt Disney World, que na verdade está localizado em Lake Buena Vista. Ao longo dos anos outras empresas se instalaram na área e novos parques foram construídos; hoje em dia são vários parques diferentes, com atrações diversas e focos completamente distintos.

Abaixo você confere as principais atividades a fazer em Orlando, tanto dentro dos parques como fora deles.

Curtir os parques temáticos

Todo o frenesi dos parques de Orlando se iniciou com a Disney, que atualmente tem quatro parques temáticos, dois aquáticos e um indoor. São eles: Magic Kingdom, Animal Kingdom, Epcot, Hollywood Studios, Typhoon Lagoon, Blizzard Beach e Disney Quest. A Disney ainda tem dois complexos de entretenimento – Downtown Disney e Disney Boardwalk -, boas opções para a noite.

A Universal tem dois parques temáticos e um aquático: Universal Studios, Islands of Adventure e Wet ‘n Wild. Localizado entre os dois parques temáticos da Universal está o CityWalk, que é um local com bares, restaurantes e clubs, alternativa indicada para a noite. O Sea World, voltado para a temática animal, tem o Sea World Orlando, o Aquatica, o Discovery Cove e, ainda, Busch Gardens e Adventure Island – os dois últimos ficam em Tampa, a cerca de 120 km de Orlando.

orlando-o-que-fazer
Para as crianças, há ainda o Legoland, um parque da Lego cheio de atividades; e, para aqueles que se interessam pelo espaço, visitar o Kennedy Space Center é uma oportunidade única e imperdível – o local não é um parque e sim um centro da NASA (a agência espacial americana) e tem uma área muito bacana aberta ao público.

Como são muitos os parques para visitar na cidade, é natural ter dúvida sobre qual deles vale mais a pena conhecer. O ideal é reservar ao menos um dia para conhecer cada parque, visitando mais de um parque no mesmo dia você acabará vendo tudo pela metade e não aproveitará muito bem. Abaixo você confere uma breve descrição de cada um dos parques, que facilitará a montar sua programação.

Parques Temáticos – Os parques temáticos são os parques de diversões que tanto fazem sucesso. São parques com atrações muito variadas, várias delas ligadas a personagens famosos. Neles você encontrará brinquedos de velocidade, brinquedos  que levam as pessoas para o alto, montanhas-russas, carrinhos que circulam por cenários, brinquedos que andam na água, simuladores, área de playground e muito mais.

Os parques da Disney são considerados mais voltados ao público infantil, mas não há um adulto com coração jovem que não se deixe encantar pelo mundo mágico da Disney. Se você viaja com crianças, certamente são parques imperdíveis, em especial o Magic Kingdom, que é o principal parque de Orlando.

Os parques da Universal tem um caráter mais adulto, mas não perdem seu foco infantil também. Os parques do Sea World não têm essa ligação forte com personagens de filmes, ele tem muita ligação com o mundo animal e montanhas-russas maravilhosas. Confira abaixo os parques temáticos de Orlando e adjacências!

Disney

Magic Kingdom – principal parque da Disney e do mundo. É imperdível, especialmente para crianças, pois é dedicado aos famosos personagens dos contos de fadas criados pela Disney. É aqui que fica o famoso Castelo da Cinderela e onde acontece o Wishes, um show noturno com fogos de artifício. Algumas das atrações desse parque são Splash Mountain e Space Mountain, além da Mad Tea Party, atrações clássica em que as canecas gigantes ficam girando.

orlando-dicas3
Animal Kingdom
– é voltado para a natureza; embora não seja o parque que tem mais atrações, é o maior parque em área física da Disney. Nele você poderá ver animais e colocar um pé na África e na Ásia, sem deixar a América. No AK você pode fazer um safári e assistir espetáculos musicais como o do Rei Leão e Procurando Nemo. O símbolo do Animal Kingdom é a árvore da vida, que não é meramente alegórica. Nos pés da árvores está a atração It’s Tough to be a Bug, com personagens do filme Vida de Inseto.

Epcot – é um parque diversificado. Ele tem uma área futurista, com atrações que fazem a fantasia se aproximar bastante da realidade, e uma área dividida em pavilhões, em que cada um representa a arquitetura, culinária e cultura de um país. O Epcot é o parque onde você pode voar sobre os céus da Califórnia, almoçar na Inglaterra, tomar uma cerveja na Alemanha, pegar uma sobremesa na França e depois pilotar um carro personalizado. Ótimo parque para adultos.

Hollywood Studios – sua aparência foi inspirada nos cenários dos filmes de Hollywood. É um parque intimamente ligado à história de Walt Disney e do cinema. Aqui você poderá conhecer um pouco do cinema americano e da história de Disney e seu império. Se você gosta de sentir aquele friozinho na barriga, não perca uma ida à Torre do Terror, uma das atrações clássicas da Disney!

hollywood-studios-disney-orlando

Universal Orlando

Islands of Adventure – abriga áreas dedicadas ao Jurassic Park e atrações da Marvel, além de Hogsmeade e Hogwarts, que fazem parte do “Mundo Mágico de Harry Potter” (inaugurado em 2010). As áreas do Harry Potter fazem um tremendo sucesso em Orlando e com a expansão finalizada em 2014 há um trem, The Hogwarts Express, que liga o Islands of Adventure ao Universal Studios. É um parque versátil e grande, com muitas opções para crianças e adultos.

o-que-fazer-orlando2

Universal Studios – aqui você se sente em meio a estúdios de filmes, o parque tem um cenário belíssimo. No Universal Studios estão atrações ligadas aos Simpsons, Transformers, Shrek e Minions (Meu Malvado Favorito), A Múmia e o novo Diagon Alley, que faz parte do “Mundo Mágico de Harry Potter” e foi inaugurado em 2014. Não perca os simuladores dos Simpsons e Transformers!

Sea World

Sea World – é um parque muito ligado aos animais marítimos. Nele você poderá ver peixes, tubarões, tartarugas, pinguins e shows com golfinhos, leões-marinhos e baleias-orcas que pesam toneladas. Além do lado voltado aos animais, que encantam muitas crianças, é um parque com três montanhas-russas sensacionais – uma delas, a Manta, imita os movimentos de uma arraia.

Busch Gardens – tem atrações ligadas a animais, brinquedos que molham, mas é, principalmente, um parque para quem curte montanhas-russas. Adultos que gostam de adrenalina não devem deixar de visitar o Busch Gardens, que fica a cerca de 120 km de Orlando. Não perca uma voltinha na SheiKra e na Cheetah Hunt.

orlando-dicas2

Legoland – um parque da Lego, com vários personagens gigantes feitos em Lego e até cidades montadas com peças de Legos. É um parque com atrações voltadas para o público infantil, mas que deixa adultos maravilhados com as esculturas. É um ótimo parque para adultos brincarem com as crianças. Anexo ao parque fica o Legoland Water Park, um parque aquático pequeno, com poucas opções de brinquedos, mas muito legal para se refrescar com os pequenos no calor. A Legoland Florida está a cerca de 70 km de Orlando.

Relaxar nos parques aquáticos

Os parques aquáticos fazem muito menos sucesso do que os parques temáticos, é verdade, mas eles são uma maneira excelente de relaxar e fazer um programa mais tranquilo em Orlando. Visitar os parques temáticos diariamente é cansativo, porque eles são grandes e exigem que façamos muitas caminhadas. Para amenizar o cansaço dos parques temáticos, você pode incluir no meio do roteiro um dia de parque aquático e assim ter um dia mais relax. Eles são ótimos para quando o calor da Flórida marca presença.

Typhoon Lagoon – tem aqueles brinquedos tradicionais de um parque aquático e mais um pouco. Ele tem uma piscina que produz ondas gigantes, diversos tobogãs e uma área para fazer mergulho com peixes.

Blizzard Beach – é o parque aquático da Disney “na neve”. Para chegar aos tobogãs, em vez de subir em escadas, você tem a opção se usar um teleférico, como acontece em estações de esqui.

Aquatica – tem atrações variadas, capazes de agradar adultos e crianças. Nele você encontra piscinas com correnteza, playground infantil, tobogãs para brincar em família e até um tobogã que passa dentro de uma piscina com golfinhos. É um parque bom para quem quer relaxar e com muitos atrativos.

aquatica-orlando

Discovery Cove – é o parque mais exclusivo de Orlando. É pequeno e nunca fica lotado, porque seu número de visitantes diário é limitado; além disso, é all inclusive (tem bebidas e refeições incluídas no valor da entrada). O parque é indicado, principalmente, para quem tem vontade de nadar e interagir com golfinhos, que são as grandes estrelas.

Wet’n Wild – presente em diversas cidades do mundo, ele é um parque aquático para quem gosta de aventura e adrenalina. Tem diversos tobogãs velozes, que são ideais para quem não tem medo de altura ou velocidade.

Adventure Island – parque aquático em Tampa, que fica perto do Busch Gardens. Acaba sendo um lugar fora de mão para quem se hospeda em Orlando, pois na cidade há vários parques aquáticos legais.

Visitar o Kennedy Space Center

O KSC, ou Kennedy Space Center, não é um parque temático e sim o principal centro de lançamento de foguetes da NASA, a Agência Espacial Americana. No local é possível ver foguetes que foram lançados ao espaço, assistir a filmes 3D, aprender sobre o espaço, fazer um passeio guiado pela propriedade da NASA e até encontrar astronautas. O KSC fica no Cabo Canaveral, a cerca de 85 km de Orlando e para quem se interessa de verdade pelo assunto, vale até visitá-lo em dois dias, pois em um único dia é difícil conseguir fazer tudo que o centro oferece.

IMG_3500

Fazer uma refeição com personagem

Já pensou em almoçar com o Mickey ou jantar na companhia das princesas da Disney? Isso também é possível em Orlando e indispensável se você viaja com crianças. As refeições com personagens são oferecidas em diversos restaurantes, principalmente na Disney, e em diferentes horários. Os personagens vão passando de mesa em mesa durante a refeição, param para tirar fotos com as famílias e dar autógrafos aos pequenos que colecionam assinaturas. A reação das crianças ao verem personalidades que admiram é encantadora e certamente um incentivo para comer melhor.
refeição-persongem-disney

Cada um dos restaurantes têm pré-estabelecida a sua programação e os personagens que irão estar presentes durante as refeições. Na Disney, as reservas para os restaurantes abrem com 180 dias de antecedência e, acreditem, nos locais mais cobiçados as reservas se esgotam rapidamente. Entre os restaurantes populares para fazer uma refeição com um personagem da Disney estão o Chef Mickey’s e o Cinderella’s Royal Table (restaurante dentro do castelo da Cinderela).

Fazer compras

Fazer compra é um ótimo programa em Orlando, principalmente para os brasileiros que não perdem a chance de economizar. A maioria das pessoas que visita a cidade tem como foco os passeios nos parques e um parque temático é atividade para um dia inteiro, então, recomendamos reservar ao menos um ou dois dias apenas para fazer compras. Tanto os shoppings tradicionais como os outlet são opções excelentes para realizar compras. Assim como Miami, Orlando encabeça a lista de cidades que os brasileiros procuram nos Estados Unidos para encontrar boas ofertas e muita, inclusive, prefere Orlando a Miami na hora de realizar suas compras porque os centros comerciais costumam ser mais vazios.

O lugar que você não deve deixar de visitar para fazer compras em Orlando são os Premium Outlets. Na verdade há dois Premium Outlets em Orlando, um deles na I-Divre, perto da Universal, e outro na Vineland Ave., próximo ao Sea World. Ambos ficam a céu aberto e têm lojas de ótimas marcas. A diferença entre eles é o número que lojas que possuem – o Premium Outlet da Vineland Ave. tem cerca de 160 lojas e o da I-Drive cerca de 180 – e o fato do Premium Outlet da I-Drive ser ligeiramente mais cheio do que o Premium da Vineland Ave. Na dúvida de qual ir, consulte as lojas de ambos e então decida qual vale mais a pena visitar.

compras-orlando

Além dos outlets, Orlando tem ótimos shoppings. Os shoppings não têm aqueles preços tão baixos quanto dos outlets, mas neles também é possível encontrar ótimos preços, principalmente quando as lojas estão em promoção. Um shopping moderno e com algumas das marcas mais luxuosas do mundo é o Mall at Millenia. O mall é bonito e para quem quer encontrar produtos recém-lançados ou de coleções atuais, é o lugar certo. Outro shopping que vale a visita é o Florida Mall, que tem várias lojas âncoras e bons preços. Para fazer compras com tranquilidade e encontrar lojas mais vazias, sugerimos ir ao Altamonte Mall, que fica um pouco fora do roteiro turístico tradicional de quem visita Orlando e por isso é mais vazio e consequentemente mais fácil para fazer compras.

Orlando tem diversas lojas de redes que fazem sucesso nos Estados Unidos. Para produtos variados, visite o Walmart e Target. Para comprar eletrônicos, vá à Best Buy e se quiser conhecer lojas de departamento em que você pode encontrar um pouco de tudo no mesmo lugar, não deixe de ir à Macy’s e Sears.

Dica: Não guarde suas compras no carro enquanto passeia pelos shoppings porque os furtos são cada vez mais frequentes. Compre uma mala de rodinhas e carregue suas sacolas na mala.

Passear na International Drive

A International Drive, ou simplesmente I-Drive, é uma via de Orlando muito famosa, a cerca de 18 km do centro da cidade. Ela tem vários restaurantes, bares e lojas, além disso possui inúmeros hotéis, alguns com preços muito atrativos. É um ótimo local para se hospedar devido a sua localização centralizada e fácil acesso aos pontos turísticos e parques da cidade. Na I-Drive você encontrará o Premium Outlet, O Ice Bar Orlando (bar feito todo com gelo), o WonderWorks e restaurantes como Red Bobster e Olive Garden.

Visitar Downtown Orlando

Tudo bem, essa não é a primeira opção dos turistas que visitam Orlando, mas para quem vai passar bastante tempo na cidade e tem vontade de fazer um programa diferente, conhecer o centro financeiro da cidade pode ser uma opção legal. Em Downtown fica o Lake Eola, um lago cercado por um parque arborizado, que contrasta com os arranha-céus espelhados. No Lake Eola você pode aproveitar para fazer um passeio ao ar livre ou andar de pedalinho. Downtown tem um ônibus turístico gratuito que você pode utilizar para conhecer os pontos de interesse da cidade, como o Orange County Regional History Center, um museu que conta a história de Orlando e sua região.

downtown-orlando

Aproveitar a vida noturna

Pode parecer uma dica incomum, mas a vida noturna de Orlando é muito bacana. A maioria das pessoas que visita a cidade acaba por não conhecer essa sua faceta, afinal, é natural bater um cansaço no final do dia, depois de brincar nos parques temáticos. Orlando pode até parecer pacata, mas se você conhecer Downtown em uma sexta-feira à noite, irá mudar de ideia. Ruas como Church St, Orange St, Wall St, Pine St e Central Blvd ficam lotadas nos fins de semana e têm bares, pubs e restaurantes uns próximos aos outros. Para quem gosta de vida noturna, é um lugar para incluir na programação.

Na I-Drive também há opções legais para curtir a noite. Se você quer fazer algo diferente, vá ao IceBar, um bar todo construído com gelo, e se quiser curtir um bar animado e ouvir um som, vá ao Señor Frogs, franquia mexicana bem popular em Cancún e outros destinos do Caribe. Se você prefere ouvir um jazz, vá ao B.B. King!

noite-orlando

Assistir a um jogo da NBA

Em Downtown Orlando está o Amway Center, um estádio que é a casa do Orlando Magic, time de basquete que participa da NBA, a liga de basquete profissional dos norte-americana. Assistir a um jogo da NBA é um programa muito legal, que anima mesmo aqueles que não são fãs do esporte. A torcida é muito animada e a organização dos estádios é exemplar. Vale a pena acompanhar a programação do Amway Center para saber se durante sua viagem haverá alguma partida em Orlando. Confira a programação do time de Orlando no site do Orlando Magic.

nba-orlando

Passeio de Airboat pelos Everglades

Alternativa para quem quer fazer algo além de visitar os parques de Orlando, um passeio de airboat permite conhecer um pouco da natureza da Flórida. Os Everglades ocupam uma enorme área do Estado americano e são formados lagos de água doce, lagos de água salgada, áreas pantanosas e têm presença de animais como águias e milhares de jacarés, símbolo da Flórida. O airboat funciona com hélice, o que torna o passeio bastante barulhento e ao mesmo tempo peculiar, pois o barco pode navegar muito próximo da vegetação dos lagos e assim ver os a poucos metros de distância jacarés em seu habitat natural. Para curtir um dia tranquilo e fazer um passeio pouco convencional, essa é uma ótima ideia.

passeio-orlando

Dicas rápidas: 
– Quanto tempo ficar em Orlando: Veja quais são os parques que mais lhe interessam visitar e reserve um dia para cada parque. Se quiser fazer compras, acrescente ao menos mais um dia inteiro para a atividade.
– Que transporte usar: alugue um carro, dessa maneira será bem mais fácil se locomover. Se estiver hospedado dentro dos complexos dos parques, como os hotéis da Disney e Universal, há ônibus que fazem o transporte entre hotéis e parques.
– Procure chegar cedo aos parques para encontrar menos fila nas atrações. Alguns brinquedos têm filas enormes o dia inteiro, mas em outros as filas tendem no fim do dia, por isso vá monitorando os horários de menos fila nas atrações e visite-os quando o horário de espera for menor.
– Ao visitar os parques, use roupas e calçados confortáveis porque ao longo do dia você fará muitas caminhadas. Tênis é a melhor pedida!

Para ver mais dicas de Orlando, saber onde comer, dicas de transportes, compras, quando ir, como chegar, leia nosso Guia de Orlando.

Publicado por

Camille Panzera

Camille

  • dan

    Recomendo assistir um documentario chamado blackfish pra qm quiser ir no seaworld.

  • João Bolinha

    Tudo excelente. Só não recomendo os locais que aprisionam animais, como parque temáticos de animais e aquários. Aqueles animais lá são prisioneiros e, apesar de “bem” alimentados não estão livres. Odeio zoológicos e nunca levo crianças para prestigiarem aprisionamento de animais. Eles não estão ali porque querem.

    • João

      Fala do zoológico, do parque, mas tem cachorro, gato, periquito, papagaio em casa.

      Pior ainda, come um belo churrasquinho ou uma feijoada no fim de semana….

      Hipocrisia!!!!

      Com relação ao blackfish, filme interessante, mas não vai me fazer deixar de ir aos parques por causa de uma exceção acontecida com a treinadora…

      Os animais são muito bem tratados, e a alternativa é o mundo selvagem, onde dificilmente eles teriam chances de sobrevivência!

      • thiago

        Hipocrisia e alguem ignorante como vc que faz uma comparaçao tao esdruxula…. cachorro nao vive sem o homem… é um animal estritamente domestico… vaca um animal feito pra ser criado e.propiciar alimento.. animal selvagem o nome ja diz… nasceu pra ser livre nao pra ser comido nem esta preso… ntao guarda seu comentario no bolso e pensa antes de falar.

        • Fernando

          Os animais que estão nos parques aquáticos são animais que estavam com elevado risco de morrer na natureza (sejam por caça, sejam por doenças, sejam por serem orfãos pq os pais morreram pela caça…). Também estão lá os filhos desses que foram resgatados…então deixa de falar besteria, porque o Sea Wolrd e Busch Gardens fazem trabalhos incríveis de preservação e reabilitação de animais. Se acha o tal porque assistiu Blackfish, mas tem aquarios, cachorro, e passarinho em gaiola…! Da mesma forma que cachorro não vive sem o homem, esses animais que são resgatados também não viveriam, porque estavam com elevado risco de morte.

      • Luis Wurdig

        Quanto desconhecimento, o grupo Seaworld e outros trabalham só com animais que não podem mais retornar a Natureza. Todos aqueles aue podem são tratados e devolvidos à natureza. Alias, esses grupos mantém diversos programas pelo mundo de proteção e recuperação de animais.

        • João

          Exato, Luís!!

          Mania das pessoas em só querer falar mal das coisas sem sequer ir atrás da história dos lugares!

          Se coloque no papel do Seaworld: vc contrataria alguém para trabalhar com os bichos que não tivesse apreço por eles, para maltratá-los a fim de realizar o seu “circo”?

          Por outro lado, para a pessoa que desejasse trabalhar neste parque: Vc trabalharia de bom grado com bichos que vc não gosta?

          Se o parque fosse tão vilão, assim como inúmeros zoológicos, pq este nunca foi fechado?

          Já com relação ao thiago, não fala esse negócio da vaca prum indiano, não, viu? E chinês vive perguntando pq que brasileiro passa fome se tem tanto cachorro na rua!

        • camila

          Você está enganado, o sea world iniciou seu “trabalho” capturando baleias, ou comprando de outros parques falidos como o sealand. Agora eles procriam, e quando o filhote estão com mais ou menos 4 anos de vida sao separados de sua mae e geralmente vendidos, como a venda feita para o loro parque, na espanha. Baleias que antes nao emitiam quase nenhum som, gritam quando sao separadas de seus filhotes. E quanto aos inumeros mortes que acontecem nesses parques? Nao podemos ignorar… é uma crueldade o que eles fazem. E pode ter certeza que nao existe isso de reabilitar e soltar na natureza… nao no sea world. É só pesquisar ma internet.

    • Henrique

      exatamente! pra quem acha que o seaworld eh bonzinho, veja: http://www.seaworldofhurt.com/ um site da peta, relatando a crueldade com animais

  • Natalia Richelette

    Adorei! Não é nem a primeira, nem a segunda vez que vou, mas sempre tem novidade e a ansiedade parece ser a que vou pela primeira vez. Top as dicas pra mais uma aventura em familia. Apesar do dolar caro, a minha viagem foi super planejada sem mais nenhum gasto extra. Valeu MD.

  • O Chatô

    Com o dólar nesse preço, por causa desse (des)governo, a única forma que vamos conseguir ver o pateta atualmente vai ser quando olharmos no espelho =/

  • Lorena

    Eu era um tipo de pessoa que também acreditava que Orlando era voltado mais para crianças. Fui mês passado no carnaval e me apaixonei por Orlando. Cidade hiper agradável, super bem sinalizada, pessoas educadas. Super recomendo. Os parques da Disney e da Universal são impressionantes em termos de estrutura e efeitos especiais. Qualquer adulto vira criança.

  • Adriano

    Já estive em orlando algumas vezes e um programa muito legal é curtir o fim de tarde e a noite em Winter Park, uma cidadezinha bem diferente de orlando, mas que fica a 15 minutos, de carro, do centro de Orlando.
    É um lugar completamente diferente, charmoso, bom barzinhos e restaurantes descolados, muito agradáveis e gente bonita.
    Recomendo!!!!!

  • Henry.

    Recomendo muito o KSC… é imperdível, além é claro de todas as atrações recomendadas aqui…
    Se vc se encher da comida americana, temos dois bons restaurantes brasileiros na cidade:
    Camila´s restaurante.. ao lado do Camila´s vc pode comer um gostoso pão francês na padaria luso-brasileira, Pão Gostoso Bakery… o suco de laranja de lá é maravilhoso..
    O outro restaurante, que eu acho um pouco superior ao Camila´s é o Silva´s Market, que fica no pátio do Walmart da 8990 Turkey Lake Rd…
    Eu considero o Silva´s melhor, porque ele tem churrasco feito na hora.. a picanha que ele serve é melhor do que qq uma daqui do Brasil e/ou Argentina.. tem outras opções de carne, linguiça de churrasco, frango.. enfim, autêntico churrasco brasileiro… e tem mais opções de legumes e arroz que o Camila´s..
    Além do mais, o Camila´s cobra um preço fixo de +- uns US$ 13.00 e o SIlva´s cobra US$ 6.99 ou 7.99(sáb/dom) a libra da comida (+- uns 430 gramas)..
    Mas.. se vc come muito, ele tb tem a opção de pagamento único e vc se serve à vontade… se não me engano custa US$ 14.99…mas, eu como muito e sempre usei o sistema a peso e pagava, no máximo, US$ 12.00.. já esposa e filhos, era conta tudo na faixa de US$ 5.00 até US$ 9.00..
    Nós já fomos à Orlando duas vezes… infelizmente contraímos uma doença lá.. que acoberta todos que vão lá e que não é divulgado pelas autoridades… a DPD…
    DPD – Depressão Pós Disney….rsrssr
    Todos ficam muito tristes depois de conhecer a Disney.. e só tem uma cura: é vc voltar, e voltar… rsrsrsr

    • André

      Essa dica do Silva’s é excelente, realmente é muito melhor que o Camilla’s, que pra mim tem mais nome do que qualquer outra coisa. Um que fui pela 2a vez agora no carnaval e que está subindo no meu conceito é o Gilson’s. A picanha é excelente e o buffet é mto bom, tem até camarão. É um pouco mais caro, faixa de U$23 por cabeça, mas muito bom e o ambiente é bem mais rebuscado, fica na frente do Outlet da Vineland.
      Abs

    • Dayse

      Acho que estou com esta doença, fui no fim de janeiro, mas meu pensamento ficou preso lá, e esta inviavel o tratamento o que faço???kkkkk

  • Ronaldo Erone Da Silva

    já fui várias vezes para orlando, e posso dizer que essas dicas são fielmente excelentes. faça exatemente o que o post fala e vc se dará muito bem.

    • Camille Panzera

      Valeu, Ronaldo! 🙂

  • Alexandre

    E o dólar? Alguma dica?

  • Pessoal, esse post é para dar dicas de Orlando. Por favor, não vamos fugir do assunto!

  • Pessoal, esse post é sobre dicas de Orlando. Por favor, vamos evitar discussões paralelas, especialmente políticas. Obrigado!

  • Thiago Castro

    Um bom passeio para quem vai ficar mais tempo em Orlando é visitar Winter Park. É outra cidade, mas é bem próxima, tem ótimos restaurantes e degustações de vinhos. Vale a pena um fim de tarde e jantar por lá.

    E pra quem tem criança, recomendo muito o Orlando Science Center. Muitos filmes e atrações interativas. Bem bacana.

  • Rita Dias

    Pois é!! Já estou com o Visto americano nas mãos; agora é esperar as passagens ficarem mais baratas para eu poder viajar com a minha família para Orlando em Fevereiro/2016. Estou ansiosa!!

    • Lydiane

      Já fui a orlando ano passado e estou indo agora em maio 2015 com esse
      Dolar a 3,05 só deus sabe se ele irá baixar mas espero!

  • FabioPalmeiras

    Com todo respeito à questão dos animais, o SeaWorld é um dos melhores lugares pra se visitar em Orlando. É realmente emocionante. E os animais parecem muito bem cuidados. Muito melhor do que muita gente mundo afora. Engraçado que muita gente que “defende” os animais é contra programas sociais de distribuição de renda e melhoria de vida para seres humanos!!! Engraçado, não?

  • Cidadão

    Pra quem não se sente a vontade em alugar carro e dirigir
    por lá, é possível curtir Orlando sem carro. Você não vai ter a mesma comodidade
    e flexibilidade de horários, mas é possível curtir os parques. Só é necessário
    reservar um hotel que tenha transporte para os parques e de preferência que
    seja bem localizado, como na International Drive. Nela tem um micro-ônibus que
    percorre toda a extensão da avenida de um outlet ao outro, passando pelo Sea
    World, Wet’n Wild, etc. A empresa Linx também oferece um ônibus que vai passa
    pela International Drive e vai até o aeroporto.

  • Hugo Rafael

    Para os adultos, uma opção legal é o Walt Disney World Speedway, onde você pode andar como passageiro em um stock car da NASCAR, ou alugar um superesportivo para dirigir algumas voltas. Fica dentro do estacionamento do Magic Kingdom, logo após os guichês de entrada.

  • Felippe

    Para quem quer fugir da lotação durante o final de semana, recomendo passa-lo em uma cidade próxima chamada de Saint Augostine. Foi a primeira cidade dos EUA e ainda mantem muito desse carater histórico. Excelentes restaurantes e muito bonita e tranquila tb. Sempre que vou para Orlando tento passar 15 dias e no final de semana fujo pra la e retorno no domingo a noite.

  • Ale

    Poucos sabem, mas em Orlando está o parque temático Holy Land, uma cópia fiel de Jerusalém nos tempos de Jesus… Vale a pena! http://www.holylandexperience.com/

  • Marcelo Domingues

    Eu recomendo reservar algumas horas para assistir ao show do Blue Man Group. Um programa interativo muito divertido.

    • Luiz Lima

      Marcelo, eu até tentei assistir ao show… mas, precisa reservar com bastante antecedência. E o preço parece ser bastante salgado também.
      Você reservou ainda no Brasil ou comprou lá? e o preço, como foi?

      • Camille Panzera

        Luiz, não precisa comprar com taanta antecedência assim… Se me lembro bem, comprei o meu umas três semanas antes. Acho que foi em torno de $80.

  • Célia Amaral

    Para quem é fã da temporada CSI. Vale reservar algumas horas para desvendar um crime, é muito real , segundo informações do meu marido, não pode filmar, fotografar e nem usar celular,não lembro o preço, mais acho que é 20 dólares. (enquanto o maridão desvendava o crime, eu garimpava presentinhos para família e algumas coisas para mim na Ross e TJ Maxx), é tão bom comprar sem alguém ao seu lado te infernizando dizendo: Não dá para colocar mais nada na mala, ou isso não vai passar rsrs
    Segue o link do site http://orlando.csiexhibit.com/

  • Daniel T. Santos

    Pra quem for alugar carro, uma dica é procurar ficar 7 dias ou seus multiplos (14,21..), pois o aluguel semanal é mais barato. Sai mais barato alugar por 1 semana completa do que pra 6 dias. Em uma vez que pesquisei, pra 1 semana completa saia até mais barato que para 5 dias. Então, sempre que possível, procure ficar semanas completas.

    Com relação à alimentação, sugiro a visita ao fast food Panda Express, uma rede chinesa que serve uma comida MUITO boa. Sempre que vou como pelo menos 1x por dia no Panda. Gasta-se entre US$7 e 14.

    Ainda sobre restaurantes, pra quem se anima a começar o dia comendo bem, indico o Ponderosa, restaurante que também serve café pela manhã, com um buffet variado e com comidas típicas americanas, como panqueca, bacon e sobremesas bem adociadas rsrs. Vale a pena mesmo. Na ultima vez que fui, estava por volta de US$8 (7,99), mas ao pagar a conta você ganha um cupom com 10% para o proximo dia.

  • Marcelo Guimarães

    No que tange a compras, recomendo fortemente ida aos Outlets, que na minha opinião, valem tanto a pena quanto os de Miami (Sawgrass, Dolphin, etc).

    O Vineland é um outlet que tem loja da Diesel (marca muito procurada por brasileiros e que aqui custa os olhos da cara).

    Agora, ainda no que tange à compras, acho que faltou a dica PRINCIPAL, que é a de passar nas lojas de departamento MARSHALLS (na Millenia Plaza Way ou na Sand Lake Road) e TJ-MAXX ( International Drive) onde se acham coisas muito baratas (o problema nessas lojas é ter saco pra olhar, pois são gigantes e as araras se perdem de tão grandes).

  • Marcelo Guimarães

    Vou agora em Abril e o dólar tá complicando mesmo! Comprei, há 2 semanas nas casas de câmbio por R$ 2,97 e agora está custando R$ 3,20. Tá osso!

    • Rita Dias

      Eu estou planejando essa viagem há muito tempo; então aproveitei minha poupança em Julho/14 e comprei dolar a R$ 2,22 e agora vejo que me dei muito bem…

  • JJ

    Assisti ao documentário, vi nada demais, acidentes acontecem. Com certeza irei ao parque.

  • Paty Bayalard

    Compras? ADOROOOO!

  • João

    Gostaria de dar uma sugestão ao MD, que creio que seja dúvida de MUITOS leitores: Pq o site não promove uma espécie de enquete entre aqueles já foram a ambas, Miami e Orlando e pergunta a opinião de qual das duas é melhor para compras?

    Sei que cada um tem perfil de compras diferente e preferências variadas, mas acredito que tratar do assunto de uma maneira estatística poderia desembolar a cabeça de vários marinheiros de primeira viagem….

    Só pra adiantar, na minha humilde opinião, pra quem vai dedicar apenas UM dia inteiro para compras, Miami é Melhor que Orlando, em especial no Sawgrass.

    Agora se tivesse por exemplo dois dias, aí iria Primeiro numa ROSS/Marshalls/TJ MAXX, pra resolver o grosso da lista é só depois iria para os outlets para comprar o que faltou….

    Essa é a dica pra quem deseja economizar no aspecto compras, e é válido tanto pra Orlando quanto Miami.

  • Caroline Goncalves

    Qual a dica pra comprar ingressos pros parques, a preços mais em conta? Onde comprar pacotes de ingresos pros parques?

  • Danielsson

    Achei os parques da Disney bem fracos para adultos. De fato lá é tudo muito bonitinho e bem organizado mas atrai basicamente crianças. São poucas as atrações de fato e tudo vive complemtanente lotado. O Magic Kingdom só conseguem justificar como “magia”. Ninguém consegue citar algo realmente relevante desse parque. Ver castelinho só é pouco. As duas únicas atrações decentes possuem filas monstruosas. O Epcot então é uma piada. Só é bonito mesmo. Melhores parques são os da Universal e do Sea World mesmo. Esses agradam a adultos e crianças. Destaque pro Ihu’s Breakaway Falls que fica no Aquatica e não foi citado na matéria mas é muito legal. É um tobogã que você entra em uma cabine e o chão simplesmente cai e vc despenca a 90º pelo tobogã. Muito bom. hehehe Tem um parecido no Wet’n Wild mas a queda é só um escorrega íngreme. O do Aquatica é bem maior e uma parte é um tubo fechado. Adrenalina maior.

  • Danielsson

    Outra atração interessante da cidade é o Medieval Times. Na verdade não fica exatamente em Orlando, fica em Kissimmee (não sei exatamente como se escreve). È um restaurante com temática medieval onde rola um teatrinho com cavaleiros, muito legal. A comida é interessante mas não é muito barato. Tem que reservar pela internet com antecedência pra garantir lugar. Os parques da Disney tb não ficam em Orlando, ficam em Lake Buena Vista mas é muito perto, nem parece que você saiu da cidade.

  • Aseixas Setedois

    fui a orlando em 1988, lembro de ter achado a cidade uma imensa (e mais bonita, claro) Barra da Tijuca… voltarei um dia!!!

    • Danielsson

      Pensei a mesma coisa qdo fui ano passado. hahaha
      Engraçado é q eu tinha uma ideia de que a Barra era tipo Miami. Mas chegando lá, vi que era tipo Orlando mesmo.

  • Daniel T. Santos

    Sobre compras – achei que o texto poderia falar um pouco mais sobre isso, afinal é o que todos nós fazemos quando vamos para lá rsrs.

    Os Outlets são bons por reunir marcas consagradas a preços baixos. Sobre o Premium e o Prime, vale visitar ambos, a menos que você não tenha tempo. Embora as marcas sejam as mesmas, há produtos que tem numa loja de um outlet que não tem na outra, e vice versa. Por isso vale a pena visitar ambos.
    Outra dica são as redes Ross e Marshalls, que são praticamente os outlets dos outlets. É bem mais difícil achar as coisas, mas o preço é bem mais barato que os outlets. Sears também é parada obrigatória, nem que seja uma passada rápida.

    Ultimamente parece que tem aumentado os furtos tanto nos hotéis quanto nos estacionamentos dos shoppings, então vale algumas dicas: evite colocar sacolas nos veículos enquanto continua comprando; caso não consiga carregar tudo, prefira colocar as sacolas no porta-malas. No caso de hotéis, os furtos ocorrem tanto dentro dos quartos quanto fora. Procure comprar eletronicos nos ultimos dias, evitando deixá-los no hotel sem você estar presente. É bom também evitar colocar para fora do hotel (como muita gente faz) as sacolas e caixas das compras, pois assim os ladrões saberão que ali tem o que roubar. Também não é bom deixar as compras no carro durante a noite, pois é quando acontecem muitos furtos. Procure ser discreto.

  • Marcelo Guimarães

    Tá complicado! O dólar turismo está subindo muito mais que o paralelo.

    Enquanto o paralelo tá R$ 3,06, na casa de câmbio tá custando R$ 3,25.

    Só essa semana aumentou perto de R$ 0,30 nas casas de câmbio.

    • Alexandre

      Paralelo ou comercial? Esperava que fosse cair, mas pelas declarações recentes do governo eles não estão se importando com isso. Só vai subir.

      • Marcelo Guimarães

        Comercial! Confundi aqui! rsrs

  • Danielsson

    O MD já publicou posts exclusivos sobre compras em Miami e em Orlando também. Cata aí que você acha 😉

  • Marcelo Guimarães

    Resolvi comprar o resto que faltava, pois acho que a tendência é de alta! De sexta pra hoje, já aumentou em R$ 0,05 e acredito que só irá subir, pios acredito que amanhã derrubem o veto do reajuste da tabela de correção do IR (o que imporá nova derrota nos ajustes fiscais) e tende a piorar ainda mais após os protestos do dia 15/03.

    Comprei hoje na CEF. A cotação tá em R$ 3,18, sem a tarifa (se não me engano é de R$ 20 por compra) e sem o IOF.

    Comprei mais 3 mil dólares hoje, e saiu a R$ 9.600,25, com VET de R$ 3,200084. Na casa de câmbio onde costumo comprar o VET tá R$ 3,30.

    OBS: O limite na CEF é de R$ 20 mil/mensais. Já nas casas de câmbio o limite é de R$ 10 mil/dia.

    • Alexandre

      Você é correntista da Caixa? Como fez a compra? Tudo em espécie e pagou em dinheiro. Quero comprar na Caixa também.

      • Marcelo Guimarães

        Sou sim, mas ate onde eu sei nao precisa ser. Paguei parte em dinheiro e parte em débito em conta. Se vc nao for correntista deverá levar o montante total em dinheiro.

        Pra fazer a compra, basta ir após as 11h. Vc pega uma senha, te “encaminham” pra um caixa que vai fazer o contrato de venda. Dai ele te da as 2 cópias do contrato. Vc pega outra senha e vai ate o caixa, faz o pagamento. Dai depois te chamam por nome (pois vc nao pega o dólar na hora). Esse processo levou pouco mais de 1h de espera

        • Alexandre

          Obrigado!

  • Bete

    João, ele tem razão. É bem diferente vc ter animais domésticos em casa de animais selvagens reclusos em habitats apertados. Zoológico apesar de se ter animais reclusos,muitos são cuidados para preservação da espécies, diferente de Parques Temáticos onde esses animais são obrigados a trabalhar.

  • Bete

    Todas as pessoas tem o direito de escolhas após assistir o documentário Blackfish. Eu, bióloga, mudei totalmente minha visão de aceitar que aqueles animais estavam sendo bem tratados.

    • João

      Olá Bete! Veja só….
      Acho o seu ponto de vista válido, mas ao mesmo tempo acho que só poeríamos julgar a questão de ser “bem-tratado” com propriedade caso observássemos o dia a dia não somente do seaworld, como tb dos zoológicos.
      Por outro lado, e neste ponto mora a hipocrisia, assim como tem gente que acha errado colocar esses animais em cativeiro, pois priva a liberdade dos mesmos, pq eh que a pessoa tem de aprisionar cães, gatos, etc em seus lares? O que é ser bicho “doméstico”?
      Pq essa defesa toda com relação às orcas, e não pelas baratas, aranhas, cobras que por ventura adentrem o nosso lar?

      Acho que quem defende essa bandeira não deveria sequer saber qual o gosto de uma carne, dado que um animal foi morto para isso. Pior ainda, se for para falar das condições em que os bichos de um parque temático são criados, imagina só a de uma granja, ou então um abatedouro?

      Ou seja, o que acho: Ou vc vira vegetariano e não trisca a mão em qq bicho, msm que isso possa te trazer doenças, como o caso de insetos, ou então vc relaxa e vai curtir!!! Repito: se houvessem maus tratos, acredito que o IBAMA deles já teria fechado o parque!

  • Marcelo Guimarães

    Depende de onde e quais parques vc quer ir! Com a alta do dólar, recomendo que compre aqui no Brasil mesmo. A Decolar está com os melhores preços (bem melhor que a CVC). Mas no caso de ingressos da Universal, mas tem a desvantagem de não oferecer acesso ao Wet’n Wild, mesmo que vc compre o pacote Park-to-Park pra 14 dias.

    Outra vantagem da Decolar é que vc paga em reais, e ainda divide de até 6x sem juros.

    • Caroline Goncalves

      Obrigada pelas dicas!

  • Renata

    Realmente Orlando é uma cidade incrível…com várias opções de diversão.
    Acredito que o brasileiro deve ter um maior senso crítico em relação às informações que lhes são passadas. Não é porque um documentário afirma uma série de coisas sobre exploração e abuso de animais que tudo aquilo é verdade, assim como não é porque o parque jura de pés juntos que trabalha no treinamento de animais que não possuem condições de sobrevivência na vida selvagem que devemos acreditar em tudo. Sugiro que antes de já ter uma opinião formada sobre tudo cada um conheça o local e tire as suas próprias conclusões, e claro, deixem para expor suas opiniões nos locais adequados e não aqui.

  • Jaime

    Sugiro detalhar o uso da ótima Magic Band

  • Camille Panzera

    Boas dicas, Henry! Valeu! 😉

  • Camille Panzera

    Daniel, vai rolar um post só sobre compras.