Companhia norueguesa Norwegian solicita voos entre Brasil e Argentina!

João Goldmeier 15 · agosto · 2017

O ano anda animado na aviação civil argentina: foram autorizados voos de cias low-cost, a Avianca Argentina começou suas operações e foi anunciado um grande remanejamento de voos do Aeroparque para Ezeiza. E vem mais por aí: podemos ter novas cias aéreas voando para o Brasil!

No dia 6 de setembro ocorrerá uma audiência pública para tratar de novas solicitações de voos. Entre vários pedidos, destaque para  a Norwegian, companhia norueguesa que planeja iniciar voos de Londres a Buenos Aires em fevereiro e agora solicitou voos da Argentina para o Brasil.

A audiência  faz parte do processo legal de aprovação de novas rotas por lá e vale lembrar que além das rotas necessitarem também de aprovação da Anac do Brasil, podem simplesmente não ser implentadas por questões comerciais. Vamos aos voos solicitados para o Brasil?

Avianca Argentina

  1. San Miguel de Tucumán – Resistência – Puerto Iguazú – Florianópolis – 22 frequências mensais;
  2. Buenos Aires – Florianópolis – 30 frequências mensais;
  3. Buenos Aires – Rio de Janeiro – 20 frequências mensais;
  4. Buenos Aires – São Paulo – 30 frequências mensais.

As rotas seriam operadas com ATR-72-600 e Airbus 320.

Norwegian Air Argentina

  1. Buenos Aires – Belo Horizonte – 2 frequências semanais;
  2. Buenos Aires – Brasília – 3 frequências semanais;
  3. Buenos Aires – Curitiba – 2 frequências semanais;
  4. Buenos Aires – Florianópolis – 2 frequências semanais;
  5. Buenos Aires – Fortaleza – 3 frequências semanais;
  6. Buenos Aires – Maceió – 2 frequências semanais;
  7. Buenos Aires – Natal – 2 frequências semanais;
  8. Buenos Aires – Porto Alegre – 2 frequências semanais;
  9. Buenos Aires – Porto Seguro – 2 frequências semanais;
  10. Buenos Aires – Recife – 2 frequências semanais;
  11. Buenos Aires – Rio de Janeiro – 14 frequências semanais;
  12. Buenos Aires – Salvador – 2 frequências semanais;
  13. Buenos Aires – São Paulo – 14 frequências semanais;
  14. Córdoba – Rio de Janeiro – 3 frequências semanais;
  15. Córdoba – Salvador – 2 frequências semanais;
  16. Córdoba – São Paulo – 2 frequências semanais;
  17. Mendoza – São Paulo – 3 frequências semanais.

No pedido a Norwegian diz que pretende utilizar na rota Boeing 787-8/9, 737 Max 8 e Airbus 321 Neo LR.

Polar Linhas Aéreas

  1. La Plata – Rio de Janeiro – 25 frequências mensais;
  2. La Plata – São Paulo – 25 frequências mensais;
  3. Córdoba – Rosario – Porto Alere – 25 frequências mensais;
  4. Córdoba – Rosario – Florianópolis – 25 frequências mensais;
  5. Córdoba – Rosario – São Paulo – 25 frequências mensais;
  6. Córdoba – Rosario – Rio de Janeiro – 25 frequências mensais;
  7. Córdoba – São Paulo – 8 frequências mensais;
  8. Córdoba – Rio de Janeiro – 25 frequências mensais;
  9. Buenos Aires – São Paulo – 25 frequências mensais;
  10. Buenos Aires – Rio de Janeiro – 25 frequências mensais;
  11. Buenos Aires – Porto Alegre – 25 frequências mensais.

As rotas seriam operadas com DC10, Airbus 340 e Boeing 737.

SAPSA

  1. Buenos Aires – Puerto Iguazú – Campinas – Belo Horizonte – Campinas – Buenos Aires – 21 frequências semanais;
  2. Buenos Aires – Rosário – Porto Alegre – 7  frequências semanais;
  3. Buenos Aires – Rio de Janeiro – 7  frequências semanais;
  4. Buenos Aires – Recife – 3  frequências semanais;
  5. Buenos Aires – Brasília – 7  frequências semanais.

As rotas seriam operadas com aviões CRJ-200.

Buenos Aires International Airlines S.A.

Nada menos que 23 rotas da Argentina para diversas cidades brasileiras, de um total de 178 rotas solicitadas. Como ela é uma virtual desconhecida e os pedidos são muito inusitados (tem pedido de voo direto para Cabo Verde), deixamos de listas as rotas abaixo.

Conclusão

É evidente que a maioria das rotas não vai se materializar por falta de demanda ou capacidade de estabelecer comercialmente as mesmas. Apostaria minhas fichas nas rotas da Avianca Argentina que tem demanda firme e estabelecida (no caso de Florianópolis sazonal) e estou muito curioso pra ver se a Norwegian consegue autorização para operar os voos da Argentina para o Brasil. Nesse caso os brasileiros ganhariam mais opções para ir à Europa via Buenos Aires.

E vocês, o que acharam dos pedidos?

Autor

João Goldmeier - Editor
  • Rogeres Costa

    Fortaleza – BA tem muita demanda

  • Eduarda Rebocho

    Vi a Norwegian e já tive esperança que ia ter vôo pra Noruega 🙁 Amo a Norwegian, na minha opinião é melhor companhia europeia, ganha até da Lufthansa, que nem low cost é.

    • maria lucia

      Ai, a Norwegian é mto boa sim mas ganhar da Lufthansa tb já é puxado demais . Vôos para Noruega seriam a Glóooria.

  • Eliana Nisticò

    Acho uma MARAVILHA ! ESTOU na luta p passagens para Bariloche final ano para chegar em Vila Angostura uma fortuna. Com milhas para Santiago absurdo, para Buenos Aires idem isso pq é rota da LATAM . Muito abuso.

  • Uchoa K Julius

    Recife tem demanda de sobra para America do Sul, se Gol e outras nacionais não tem competência para explorar que venha logo as estrangeiras!

    • João

      Você tem dados de como anda a ocupação da rota de Recife pra Buenos Aires? Seria um bom indicador.

  • Caio Martins

    Galera uma dívida urgente. Meu primo embarca amanhã pra Argentina cedíssimo. Acontece que ele literalmente acabou de ser roubado e levaram o RG dele e o garoto não tem passaporte. A única coisa que ele tem é um RG antigo com 10 anos e 5 meses de emissão mas a foto continua bem recentes o estado dela é super conservado. Será se ele passa dessa forma na imigração Argentina? Ajudem por gentileza.

    • Eduarda Rebocho

      Se você jogar a pergunta no google aparece um link da latam dizendo que dentro do Brasil vale o BO, mas na Argentina não. Mas eu ligaria para a companhia aérea assim que possível e perguntaria.

    • Rodrigo César

      Caio, viajei em família para Buenos Aires recente e meu Sogro não tinha Passaporte. O RG dele tinha 11 anos e ele não foi barrado. Talvez ele tenha dado sorte. Espero que seu primo consiga também. O indicado realmente é que não seja com mais de 10 anos mesmo…

      • Caio Martins

        Exato cara. Só que não da tempo de emitir um novo. E o RG dele é muito novo, apesar da idade e ele mal mudou nesse meio termo.

        • Ricardo

          Na última vez que fui à Argentina, no ano passado, entrei (por terra) com meu RG emitido em 1988, sem problema.

    • Ronaldinho Gaúcho

      não vai dar nada pode ir de boa! Só avisa ele que da próxima vez não ande com documento novo dias antes da viagem, justamente para evitar isso que aconteceu!!

  • Caio Martins

    Galera uma dívida urgente. Meu primo embarca amanhã pra Argentina cedíssimo. Acontece que ele literalmente acabou de ser roubado e levaram o RG dele e o garoto não tem passaporte. A única coisa que ele tem é um RG antigo com 10 anos e 5 meses de emissão mas a foto continua bem recentes o estado dela é super conservado. Será se ele passa dessa forma na imigração Argentina? Ajudem por gentileza.

  • Ricardo

    E essa tal de Polar? DC-10? A-340? Os 737 devem ser 737-200…Só faltou o Constellation! Ou o 14-Bis.

    • Guilhe

      Hahahaha, seria incrível ter um Trijato operando comercialmente novamente por aqui.

      • Não vejo nada de incrível nisso hehehe

        • Guilhe

          Vc não é entusiasta.

  • Flavio Labanowsky

    José, a Norwegian, atualmente não voa com A320, somente B787, B737-800 e o B737 Max-8. E espero que logo ficará a mão para todos o Brasileiros com bons preços.

  • É sério que ainda se usam aviões DC10 para transporte de passageiros?

    • Ricardo

      Que eu saiba não, os poucos que sobraram são de carga. A FedEx ainda tem vários.

      • João

        Na África ainda tem, mas claramente isso não vai acontecer na Argentina. Eles solicitaram as rotas para transporte de passageiros e carga, logo se os DC-10 vierem pra cá seria somente para a última.

        • Marcio Rebello

          Atualmente não existe nenhum DC-10/MD-11 voando na versão PAX. Todos os que ainda voam são cargueiros.

  • Ricardo

    A Norwegian é uma low cost, cobra por malas, por comida, por marcar lugar…É uma ótima low cost, sem dúvida, mas não é comparável à Lufthansa. Por isso concordo com a maria lucia, é uma boa empresa, mas comparar com a Lufthansa realmente é puxado demais.

  • Ricardo

    Difícil Estocolmo-Rio, não tem muito mercado para isso. O mais provável é que seja Brasil-Barcelona ou Londres.

  • Ricardo

    O maior problema é a Argentina, que cobra em taxas de embarque o dobro do que cobram o Brasil ou o Chile, por exemplo. Mas como os argentinos continuam com a sua moeda muito forte e estão lotando os vôos ao exterior, então não deve ter diminuição de taxas pelo menos no curto prazo.

  • maria lucia

    Oi Eduarda, gosto é gosto e não se discute. Você tem razão – seria o máximo ter um Rio/Stockholm diretinho e por uma boa companhia. Boas companhias fazem toda a diferença do mundo. Happy landings para você.

  • Matheus Oliveira

    Kkkk mas vcs podiam dar uma força aí, fazendo uma matéria e tal. Acredito que no final das contas as contas ficariam no azul com o aumento do fluxo dos passageiros e as receitas com turismo. Eu mesmo só fui à BA pq peguei um bug de viagem triangular pra Europa e EUA com origem lá, daí tirei uma passagem de milhas pra lá uns dias antes da partida pra conhecer a capital portenha.

  • Hugo Leonardo

    Fala isso para a Argentina…as nossas taxas nem são caras assim. Mas para diminuir para voos próximos, tem que aumentar os distantes. Por ser próximo, a passagem já é barata, então sente-se menos, mas encareceria quem já paga caro para destinos distantes. Já basta o Reino Unido que adota essa medida e faz muita gente pegar um voo daqui para outro país europeu e de lá para UK. Estaríamos incentivando o mesmo aqui.

  • Olimpio Scherer

    Recebo com frequência newsletter da norwegian fazendo promoções de voos de Boston, Nova York e da Florida para Londres, Paris e outras cidades da Europa por 139 dólares o trecho. É muito barato em comparação ao que nos pagamos para voar a mesma distancia praticamente.

    • Ricardo

      Paguei exatos 65 dólares para viajar de Newburgh (NY) a Edinburgh, sem direito a nada, nem um hamburgh (desculpe o trocadilho infame). A filial irlandesa da Norwegian começou a fazer vôos de aeroportos secundários (também Hartford-CT, Providence-RI) para Dublin, Shannon, Belfast, Cork e Edinburgh. Muito barato!!