Conheça a configuração do novo Boeing 787-8 da American Airlines que inicia operação no Brasil em novembro

Leonardo Cassol 23 · julho · 2015

A America Airlines confirmou o início de operação do novo Boeing 787-8 Dreamliner no Brasil, a partir de 4 de novembro, na rota entre Guarulhos e Los Angeles. Será a quinta companhia aérea a operar o equipamento no Brasil, se juntando à Ethiopian, LanAvianca e United.

Conheça a configuração adotada pela American Airlines para os novos Dreamliners e um comparativo com os demais equipamentos que estão em operação no Brasil. Confira!

A American Airlines realmente caprichou e adotou uma configuração inovadora nos 42 Dreamliners que encomendou. São 28 assentos-cama na classe executiva, 57 na econômica premium e 141 na classe econômica. As primeiras aeronaves desse tipo entraram em operação em maio, nos Estados Unidos, em rotas domésticas da companhia.

787-Dreamliner-AA

Os diferenciais do Boeing 787-8 da American, em relação as mesmas aeronaves de outras companhias aéreas estão, principalmente, na configuração da classe executiva, que possui formato espinha de peixe (1-2-1), onde todos os assentos se transformam em camas e têm acesso ao corredor, garantindo maior privacidade e conforto aos passageiros.

Os clientes da classe executiva também poderão contar com um bar a bordo, banheiros mais espaçosos, fones de ouvido anti-ruído da marca Bose e monitores retráteis de 16 polegadas.

AmericanAirlines-B787-8-business
Classe Executiva da American Airlines B787

FlatBed-Seat-AA-B787 787-dotcom-business-gallery-2

A classe econômica também apresenta novidades, com novas e maiores telas individuais, ponto de energia, entrada USB e um moderno sistema de entretenimento, com conteúdo sob demanda, com mais de 250 filmes, 180 programas de TV e 350 opções de músicas.

Economy-seat-American-B787
Classe Econômica – American Airlines B787

Economy-seat-B787-AA 787-dotcom-main-gallery-3

Todas as novas aeronaves possuem Wi-Fi, novos e modernos compartimentos de bagagens, janelas maiores, além de sistemas inovadores que reduzem turbulências, aumentam a filtração do ar e a umidade e melhoram a pressurização da cabine.

Confira o vídeo promocional do novo Dreamliner da American Airlines.

Comparativo B787 em operação no Brasil

Confira agora um comparativo especial da configuração dos excelentes Boeings 787-8 que estão em operação no Brasil, juntamente com o da American Airlines, que entrará em operação em brve:

1o lugar: American Airlines – o formato 1-2-1 na Classe Executiva, com acesso ao corredor em todos os assentos-cama e a configuração da classe econômica premium são diferenciais que asseguram a AA a primeira colocação na configuração interna dessa aeronave;

2o lugar: Avianca – adotou também o formato 1-2-1 na Classe Executiva, com acesso ao corredor em todos os assentos-cama, mas não tem classe Econômica Premium;

3o lugar: United Airlines – as poltronas-cama de boa qualidade no formato 2-2-2 na Classe Executiva e os 70 assentos disponíveis na classe Econômica Premium (Economy Plus) concedem ao B787-8 na United a terceira posição.

4o lugar: Lan – adotou também o formato 2-2-2 na Classe Executiva, com 30 poltronas-cama na Classe Executiva, mas sem classe Econômica Premium, tendo 217 assentos na Econômica.

5o lugar: Ethiopian – é a única que não equipou seus Dreamliners com poltronas cama, tendo apenas 24 assentos com 160 graus de reclinação na classe executiva e 246 na Econômica.

B787-8 American (esquerda) x B787-8 United (direita) 

 American_Airlines_Boeing_787-8United_Airlines_Boeing_787-800

B787-8 Lan (esquerda) x B787-8 Ethiopian (direita) 

LAN_Airlines_Boeing_787_Dreamliner Ethiopian_Airlines_Boeing_787-8

Fonte dos mapas de assentos: SeatGuru

E você, o que achou na configuração do novo Dreamliner da American Airlines? Avalie, opine e compartilhe sua experiência.

Sugestão do leitor Marcelo Melo.

 

Publicado por

Leonardo Cassol

Editor

  • Rodrigo Aguiar

    Show!!!

  • Cleber Rosa

    2 voos agendados para voar nessa maquina… esperando o upgrade aplicar 🙂

    • Ricardo

      Cleber !! é bom rezar por esse upgrade!!! pois a econômica 3x3x3 com assentos de 17″ e reclinação quase inexistente tornam qualquer viagem com mais de 4 horas um martírio !! já voei 787 LAN e UNITED!! e posso te garantir!! o plus que é a qualidade do ar e iluminação moderna acaba tão rápido você começa a se sentir desconfortável!! dormir nessa classe econômica é quase impossível !! Leia os comentários do seat guru e skytrax e vc saberá do que estou falando!!!!

  • Thiago Castro

    Pedir configuração de 2-4-2 na econômica seria demais? rs

    • É Thiago, seria show. O 787 da ANA é 2-4-2 na Econ6omica, mas tá dificil esse vir para o Brasil…
      http://www.seatguru.com/airlines/ANA/ANA_Boeing_787-800_B.php

      • Cleber Rosa

        Muito confortavel mesmo! Alem do servico da ANA que eh muito bom.

        Soh um comentario: a janela magica nao funcionou no curto voo HND-PEK, a comissaria me pediu desculpas umas 10x. Apesar de ser algo simples, o medo era vir junto de outros “probleminhas”…

        • Poxa, Cleber… isso é um problema grave. Imagina ficar tomando sol no rosto durante um voo longo… Agora fiquei preocupado disso acontecer com frequência quando essas aeronaves tiverem uma idade mais avançada…

  • Fabio Alan Pracz Fiuza

    Tomara que entre na rota CWB-POA-MIA – MIA-CWB-POA, pois as atuais aeronaves nesta rota são velhas, sujas, barulhentas.

    • Cleiton dos Santos

      Que nada… estão esperando uma aeronave cair com 250 vítimas, pra daí tomar uma atitude.

      • Márcio Sampaio

        O fato da aeronave ser antiga e pouco confortável não quer dizer que tenha manutenção ruim e que mecanicamente não seja confiável. Todas as aeronaves possuem ciclos de vida que incluem Checks C e D, nesse último desmontando e remontando o avião quase por inteiro. Por exemplo, a Varig operou DC-10 e MD-11 por mais de 20 anos e nunca teve acidentes mais sérios com eles!

        Pode ter certeza que 757 e 767 estão entre os modelos mais seguros já produzidos, mesmo velhos…

    • Carlos Gomes

      Essa aeronave de CWB p/ MIA é ruim mesmo, já tive o desprazer de viajar nela; recentemente essa aeronave teve que fazer pouso de emergência em manaus quando voltava para o Brasil, uma amiga viajou 2 semanas atrás nela e teve que passar a noite em POA por problemas no avião e no outro dia quando foi pra MIA o avião pousou em aeroporto errado, acho que só falta cair mesmo para trocarem esse avião.

  • Cleiton dos Santos

    GRU-LAX-PDX
    PDX-LAX-GRU

    2016 já tá garantida minha viagem!!

  • J Cohen

    E a United com 787-9 ena rota GIG-HOU no fim do ano. Tá melhorando…

  • J Cohen

    E a United com 787-9 na rota GIG-IAH em agosto. Tá melhorando…

  • Pedro Victor Barbosa

    Interessante que, na classe executiva, alguns passageiros vão viajar com os pés virados para a cauda do avião, então no pouso “sentirão uma decolagem” e na decolagem “sentirão um pouso”.

  • Almir

    Poxa o meu vôo pra los Angeles pela AA é em outubro, vou perder de voar nessa nova aeronave.

    • Diego

      Eu também estou com voo marcado para outubro! Perdemos essa! rs Ou vamos fazer um lobby pra começar a operar em outubro logo! rsrsr

  • Thomas Hisamura

    Só gostaria saber se a pessoa que fez o ranking realmente voou em todas essas poltronas, para poder avaliar tão precisamente.

    • Thomas, como a comparação se restringe às configurações (nesse artigo nossa proposta não foi avaliar o serviço, pois fazemos isso nas avaliações individuais), e as configurações apresentadas são bem distintas, fica mais fácil estabelecer o ranking. De todo modo, eu voei no B787 da LAN (cuja avaliação foi publicada no MD), United e Ethiopian. O 787 da Avianca foi avaliado já aqui no MD e sua configuração é quase igual ao da American. As avaliações individuais publicadas podem ser ser acessadas clicando nos nomes das empresas em azul, no início do post.

      • Thomas Hisamura

        Aí que tá, a poltrona da United (padrão ex-Continental) tem o apoio de pé muito mais apertado que o da LAN por exemplo. Ambos são flat bed com praticamente o mesmo pitch.
        AA nunca voei nesse, mas aparentemente essa configuração herring bone invertida não me parece muito agradável, pois 2 passageiros ficam com as cabeças quase lado a lado, diminuindo a privacidade. Preferiria o da Avianca, que é do mesmo fabricante mas com todos virados pra frente. A comparação é valida, mas sem ranquear, pois acho tendencioso.

        • Thomas Hisamura

          http://upgrd.com/roadmoretraveled/flight-review-aa-787-business-class-dfw-to-chicago.html

          O cara que fez essa avaliação narrou exatamente a impressão que tive (repito, nunca voei jesse 787 da AA): “- you are still very much in the direct line of vision of that person, which I found to be a little disconcerting.”

        • Rankings são sempre polêmicos mesmo, Thomas! Mas rendem discussões interessantes. Por isso sempre abrimos para os leitores opinarem, afinal, os leitores que fazem o Melhores Destinos, sugerindo pautas e opinando sobre os temas que propomos. Na nossa avaliação, o fato da American ter uma classe econômica premium e a Avianca não, serviu como diferencial, afinal nem todos os passageiros podem arcar com os custos da classe executiva. E a econômica premium é bem mais acessível. Foram os critérios que adotamos, com suas vantagens e limitações.

  • re178

    Se eu não me engano, o 787 da Avianca não voa mais para o Brasil…

  • Guilherme

    Já voei na executiva da cathay que eh igual a essa da American, o unico ponto negativo eh que se voce viaja acompanhado fica dificil de conversar com a pessoa do lado, ja que o espaço é realmente bem privativo.
    The new american is coming, isso eh a verdade

  • Daniel

    Eu já havia voado de 787 de Qatar Airways no trecho Doha-Haneda e Haneda-Doha em executiva e achei a disposição excelente. Não cheguei a ir na classe econômica, mas achei as acomodações muito boas, especialmente no quesito privacidade – melhor do que no cansado 777.
    Mês passado eu voltei de Los Angeles para Santiago no 787 da Lan na econômica, cheio de esperanças no sentido de acreditar que fosse mais comodo. Honestamente não achei nada diferente do que o “pedala class” de um 777. Foi uma ducha de água fria. Isto sem contar que a tela de toque sem controle remoto faz com que os mais ignorantes fiquem digitando na sua nuca, o que gerou uma briga entre dois passageiros durante o vôo (não sei como as cias aéreas insistem nas malditas telas de toque…). Dei uma rápida olhada lá na frente e achei a executiva do 787 da Lan uma executiva como a de qualquer aeronave. Espaçosa, mas sem nenhuma sofisticação. Não vi nada que me chamasse a atenção no quesito privacidade como havia visto na Qatar.
    A julgar pelo que vejo na matéria do MD, a disposição da AA na executiva é igual à da Qatar, e se for, isso é excelente. Já na classe que vai pedalando até chegar (geralmente a que frequento), parece que ao menos as telas de toque não são obrigatórias (ou seja, há controle remoto). Quanto ao espaço, só entrando mesmo para ver…

  • Jose

    Eh sempre bom ter aeronaves de ultima geração para voar. Compensando um pouco o atraso, a American veio com uma configuração muito boa na Executiva. Parabéns pelo detalhamento no comparativo das companhias na Executiva. A pergunta que fica eh e na econômica, qual possui a melhor configuração (disposição de poltronas parece semelhante) e conforto?

  • Cidadão

    Alguém sabe quais companhias fazem voo direto Brasil – Los Angeles?

    • American Airlines e Korean

    • Leonardo PA

      Vai no google e escreve “fligths from gru to lax”. O próprio google vai mostrar uma listagem com todas as empresas que fazem esse trecho junto com a frequência semanal de cada um.

  • Carlos

    Aproveitando a oportunidade, vale a pena o custo benefício da classe econômica premium que algumas cias disponibilizam (caso agora da AA, e outras que operem no Brasil) ?
    Para mim a pior parte de uma econômica é o espaço lateral e notadamente o descanso de braço compartilhado. Como são nas econômicas ditas “premium” ?

  • Geisa

    Tomara que seja mesmo, pois acabei se voar com a American e além do atraso dos vôos, os aviões eram velhos, estofados e poltronas antigas, telas não eram individuais. A única vantagem eram os poucos passageiros aí muitos ocupavam as fileiras sozinhos.

  • Carlos, na maioria delas o espaço lateral é o mesmo, o que muda é a distância entre as poltronas e a reclinação. O ideal é você procurar cias que tem 1 assento a menos por fileira, como comumente fazem ANA, Singapore, entre outras. Veja isso no http://www.seatguru.com, que tem o espaço disponível entre as poltronas.

    • Cleber Rosa

      A American nos 777-300 tambem tem -1 por fileira. Faz bastante diferenca.

  • São muito parecidas mesmo. O serviço da Avianca, na minha opinião, é melhor e o da Ethiopian o pior. American e Lan são medianas.

  • Rafael Poggi

    Impressão minha o tem poltronas na classe executiva da AA em que os passageiros decolam e pousam de costas?!?!

    • Parte dos assentos são invertidos mesmo. A outra no padrão. Já voei de costas na United e não senti nenhuma diferença. No meu caso, não incomodou.

  • Rafael Poggi

    infelizmente 99% dos meros mortais que podem se dar ao luxo de voar têm que faze-lo nas classes senzalas, digo, econômicas. Então, fazer o quê? Rivotril neles!

    • Cleber Rosa

      Rafael, eh dificil quem, diante de uma possibilidade de escolher, prefere economica ao inves de um assento e servico melhor. Mas boa (tarvez a maior) parte das minhas viagens sao em economica.

      E creio que as 8, 10, 12, 14 horas valem a pena se vc estiver disposto e pronto pra aproveitar o destino. Ainda mais se vc consegue curtir essas 8, 10, 12 ou 14 horas pelo fato de estar voando! Mesmo que sentado, com o pescoco virado e a baba caindo! 🙂

  • Jose Aprigio

    Para a maioria dos passageiros que paga a própria passagem o que interessa é o espaço da poltrona econômica, sua largura, sua reclinação e distância entre entre as filas. Essa informação ficamos sem saber.

  • José, o link do seat guru no final é pra isso. Não detalhei no post um pouco mais essas poltronas, porque na econômica do 787-8 são praticamente todas iguais, formato 3x3x3 e distância entre as poltronas. Mas se quiser comparar com outras aeronaves, o http://www.seatguru.com é muito bom, apresentando as medidas, fotos e outros detalhes!

  • cropereira0103

    O que vc achou do Qatar? Vale a pena visitar?

    • Bandeira

      Fiz apenas conexões, não saí da (imensa) área de embarque. :/

  • ARYSON FRANCA

    Pessoal e em Recife? Havia 15 dias que um amigo nosso teve que descer do 757 da AA – REC/MIA foram avisados de que 30 passageiros deveriam descer porque havia problema em uma das turbinas e o avião não conseguiria subir com todos eles. Quer mais? Em abril esse mesmo voo numa sexta feira decolou somente com a classe executiva, isso mesmo, o avião foi vazio porque também estava com problemas na turbina. Eu fico me perguntando: Se fosse um avião da TAM / GOL / AZUL que fizesse isso no exterior, como seria? Ai meu Deus Ai meu Deus – AA

  • Cleber Rosa

    Estou tranquilo por alguns motivos:

    1) Trata-se de um systemwide upgrade aplicado com bastante antecedencia, e isso influi na lista de precedencia.

    2) A classe tarifaria do bilhete tambem ajuda.

    3) O mapa de assentos atualmente ainda mostra a classe executiva extremamente vazia, apenas 2 ou 3 assentos tomados.

    4) Na pior das hipoteses, estou no main cabin extra, ou seja espaco para as pernas nao vai faltar.

    Ja voei tambem no 787 da LAN (“first of the Americas”) na economica e foi bem tranquilo. Na ANA tambem nao tive problemas, apesar do voo ter sido mais curto.

    O proximo 787 programado eh na executiva da JAL, NRT-BKK. Infelizmente nao eh um Sky Suite, mas pelo menos eh um dos assentos “Neo” deles.