Ministério do Turismo lança nova classificação para hotéis e pousadas

Denis Carvalho 22 · junho · 2011

O Ministério do Turismo publicou ontem no Diário Oficial as novas regras do SBClass – Sistema de Classificação de Meios de Hospedagem. Com a nova norma todos os hotéis e pousadas voltarão a ser classificados de uma a cinco estrelas, conforme padrões internacionais. O Governo Federal pretende classificar 6 mil estabelecimentos hoteleiros até a Copa do Mundo de 2014.

A grande novidade da nova classificação é que foram criadas sete categorias de hospedagem, com exigências diferentes entre si: hotel, resort, hotel-fazenda, cama e café, hotel histórico, pousada e flat-apart. O número de estrelas de cada empreendimento será dado conforme o atendimento a requisitos nas áreas de infraestrutura, serviços e sustentabilidade.

O número de estrelas também será definido pela categoria, da seguinte forma:

Hotel – 1 a 5 estrelas
Resort – 4 a 5 estrelas
Hotel Fazenda – 1 a 5 estrelas
Cama e Café – 1 a 4 estrelas
Hotel Histórico – 3 a 5 estrelas
Pousada – 1 a 5 estrelas
Flat/Apart-hotel – 3 a 5 estrelas

A lista de exigências em cada uma das categorias é bem extensa. No caso dos hotéis, por exemplo, a partir de duas estrelas todos serão obrigados a aceitar pagamentos com cartões de crédito ou débito. Da categoria três estrelas em diante, as exigências incluem trocas diárias de roupa de banho, TV com canais por assinatura, climatização e frigobar em todos os quartos e estacionamento. Para alcançar quatro estrelas em diante, todos os quartos devem ter acesso à internet (pode ser cobrada), estacionamento com manobrista, mesa de trabalho nos quartos, sala de reuniões e troca diária da roupa de cama.

Para as pousadas, será obrigatório, desde a menor qualificação, estacionamento, recepção aberta no mínimo 12 horas (disponível 24 horas por telefone), café da manhã (pode ser cobrado). Os demais requisitos são bem parecidos com os dos hotéis, incluindo exigências quanto a itens de lazer, como salão de jogos e piscina, e serviços em todos os quartos.

A nova regulamentação é importante para que o cliente conheça seus direitos de forma clara e exija todos os itens de conforto para sua estadia a negócios ou a lazer. Também vai facilitar o processo de escolha e compra de hotéis, visto que hoje cada empreendimento define por conta própria quantas estrelas tem e muitas vezes o consumidor só descobre que comprou gato por lebre quando chega ao local.

Para saber detalhes sobre a nova classificação, vale acessar o site  criado pelo Ministério do Turismo, com todas as informações, incluindo a nova legislação. O endereço é  www.classificacao.turismo.gov.br.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • O estabelecimento Cama e Café é o único que só pode chegar no máximo a 4 estrelas. Achei isso prejudicial porque induz ao erro do cliente achar que o estabelecimento de 4 estrelas ainda não chegou ao patamar máximo de classificação.

    • odair

      excelente iniciativa…o q tem de hotel com -2 estelas(isto mesmo,devem estrelas) se declarando como 3 estrelas nao ta no gibi tomara q fiscalizem tb

    • Leo

      Faz algum sentido. Um cama e café que tem os ítens de conforto suficientes para equiparar-se a um estabelecimento de 5 estrelas deixou de ser um cama e café e pode mudar de categoria…

  • André Cri-Cri

    Tá, beleza. No papel é tudo muito bonitinho. Mas até parece que o Ministério do Turismo irá a cada um desses 6 mil estabelecimentos para classificá-los.

  • jorge krug

    ACHO, que antes de meter o pau no Ministério do Turismo, TODOS devem entrar no site http://www.classificacao.turismo.gov.br , para ficarem a par de tudo e não ficarem falando besteira.