No ar o guia de Pucón, a encantadora cidade chilena!

Camille Panzera 20 · março · 2015

Está no ar o guia de Pucón, a cidade chilena a cerca de 780 km ao sul de Santiago, que conquista seus visitantes pelas paisagens naturais e pela quantidade de atividades que oferece. No guia você encontrará todas as informações necessárias para planejar sua viagem, desde dicas sobre quando ir e como chegar, até o que fazer e onde comer em sua viagem.

Pucón é um dos principais destinos turísticos do Chile e cada vez mais ganha o gosto dos brasileiros. Embora seja pequena, a cidade e seus arredores oferecem uma enorme quantidade de atividades, principalmente ligadas à natureza. É um destino que atende tanto aqueles que querem praticar atividades radicais como os que gostam de viajar apenas para descansar, comer bem e apreciar paisagens naturais – depende do ritmo de cada um.

pucon-dicas

Cercada por muito verde, lagos de águas cristalinas, rios e cachoeiras lindíssimas, Pucón está em uma área vulcânica e o seu grande símbolo é o Villarrica, um vulcão com 2.800 m, que ainda está ativo e que permeia o imaginário de muitos viajantes. Uma passagem por Pucón só está completa se você teve o gosto de subir, pelo menos um pedacinho, do Villarrica.

“Pelo menos” porque escalar esse vulcão é o objetivo de muitas pessoas que desembarcam na cidade, mas não é exatamente uma tarefa fácil e que todo mundo consegue completar. Ir até o topo do vulcão e voltar pode demorar até 10 horas e a atividade é perigosa – só pode ser feita em dias de condições climáticas perfeitas. O topo do vulcão tem neve o ano todo e nos meses mais frios do ano, ele funciona como estação de esqui. Mesmo que você não tenha o objetivo de fazer a escalada, o passeio até parte do vulcão vale muito a pena para ter uma vista bonita da cidade e pela realização de estar em um lugar tão emblemático.

Para quem gosta de atividades físicas e de ser presenteado com belas paisagens, outro passeio passeio imperdível é o trekking que se faz ao Parque Nacional Huerquehue. Depois de subir um bom trecho por morros do parque, chega-se a uma área com lagos de águas cristalinas… em cima do morro! A paisagem é muito bonita e em dias de céu aberto ainda é possível avistar o Villarrica de longe. Se você é fã de cachoeiras, também vale a pena visitar o Salto el Claro, uma queda d’água com cerca de 80 e que tem acesso bem mais tranquilo. Os Ojos de Caburgua e a Lago Caburgua são passeios excelentes para admirar águas cristalinas.

DCIM101GOPRO

Fãs de adrenalina não precisam se contentar “apenas” com a escalada ao Villarrica ou Trekking no parque nacional, outras opções são o canopy (arvorismo e tirolesa), rafting nas quedas d’agua do rio Trancura ou o hidrospeed, uma espécie de surf parecida com o bodyboard. Adepto de aventura ou não, o que não dá para perder é um dia relaxando nas termas de Pucón; há várias termas, mas as mais impressionantes são as termas geométricas, piscinas naturais com águas quentes, encravadas entre dois morros e cercadas por muito verde – o lugar é simplesmente sensacional, não pode ficar de fora do roteiro.

Verão e inverno têm atmosferas bem diversas na cidade. No verão ela fica mais alegre e cheia de pessoas querendo aproveitar as praias de água doce. As águas não são quentes, é verdade, mas os chilenos conhecem bem os dissabores do frio e não se importam muito com isso. O friozinho é ótimo para curtir o clima mais ameno, fazer refeições em bons restaurantes, acompanhadas de um vinho chileno, claro. Mesmo sendo um local pequeno, há restaurantes de qualidade em Pucón e ir a um deles é uma das melhores opção na noite da cidade.

pucon-onde-comer

Curtiu o que Pucón tem a oferecer e quer planejar sua viagem para a cidade? Leia nosso guia, onde você encontrará informações exclusivas sobre como chegar, quando ir, o que fazer, onde ficar, transportes, passeios, onde comer e muito mais!

Publicado por

Camille Panzera

Camille

  • Daniel Moura

    Quero muito ir em Setembro!!!

  • Marcelo Lorenz

    Tive a oportunidade de conhecer Pucón, para quem tiver a oportunidade vale a pena conhecer! É simplesmente sensacional! Em hora, muito bom o guia feito por vcs.

  • Romualdo Oliveira

    E as promoções ? Aguardando !

  • Filipe

    To com viagem comprada para Pucon no final de Julho mas estou com medo da estaçao de ski nao abrir devido a recente erupçao do vulcao Villarica. Alguem tem alguma info a respeito? Thanks.

    • Alan Souza

      Na base do vulcão (onde se pega o teleférico) tem neve e dá pra brincar legal principalmente se for bem amador (como é o meu caso). Acho que as atividades do vulcão já pararam e não devem te atrapalhar.

    • Daniel T. Santos

      Acesse o site da estação de esqui: skipucon.cl … entrei hoje e estava aberto.

  • Fabio Vilela

    Foi o cenário da minha lua de mel. Cidade linda, acolhedora, pequena, segura, ótimas atrações, ótimos restaurantes. Faz pouco tempo saiu nos jornais a erupção do Villarica, que é o vulcão da cidade. .Não sei como está a cidade hoje por conta da erupção, mas é um destino encantador, vale muito a pena!

  • Diego Ernan

    Super indico Pucón!!! Estive em novembro/14, gostei muito! Fiz a ascensão a cratera do Villarica, sensacional!!!! No fim de um dia cansativo desses, nada como um banho nas águas termais de Los Pozones. Lagos Villarica e Caburga são imperdíveis, só o tal do olho Caburga que achei sem graça. A cidade de Pucón é muito convidativa, lindíssimas paisagens, muita atividade, culinária deliciosa, clima muito gostoso. Aluguei um carro e foi muito fácil me locomover por lá e pelas outras cidades, devolvi o carro somente em Puerto Montt.

  • Jacqueline Modesti

    Linda! E para quem puder dar uma esticadinha vale a pena chegar até Puerto Vara e Frutillar…. Passeio Sensacional!!!!

  • Adriano Candido

    Estive em Pucon em dezembro de 2014. A cidade é simplesmente encantadora e charmosa. O vulcão villarrica é deslumbrante, tive o privilegio de subir ele e foi a melhor aventura da minha vida.
    Conheci também a lagoa Azul e uma Terma. Não deixe de conhecer Pucon, quando estiver no Chile.

  • Vanelle

    Esse vulcão acabou de entrar em erupção e muitas pessoas foram desalojadas. Como está a situação agora? Parece ser um belíssimo lugar.

  • Daniel T. Santos

    Poxa, para um guia poderia ter mais informações.

    Pra chegar em Pucon pode ir de avião até Temuco e alugar um carro e dirigir até Pucon ou ir de ônibus. Em Santiago não precisa de carro, o transporte público é muito bom, mas pra quem vai pra Pucon eu sugiro alugar um carro.

    É uma bela cidade, me lembra Gramado. A avenida principal é a O’higgins. Mais ou menos no meio da avenida principal fica a prefeitura e um centro de informações turísticas. Vale passar e pegar mapas e se informar sobre os passeios e a previsão meteorológica. Perto do final da O’higgins, tem um restaurante que vende hamburguer artesanal bem grande, chama-se Rap Burguer. Tinha um restaurante mexicano muito bom mas ano passado quando eu fui tinha fechado; uma pena, pois era divino.

    Com relação às termas, já fui em umas 4 termas diferentes e a melhor foi a Trancura. Tem área coberta e área descoberta, a estrutura é MUITO boa, enfim, das que visitei foi de longe a melhor.

    Pra quem vai esquiar e não tem roupas adequadas, se vende na cidade, a preços bem baixos, roupas americanas usadas para prática de ski (vendem macacão, luvas..). Tem 1 ou 2 lojas na avenida O’higgins e tem uma perto do corpo de bombeiros. Com a roupa em mãos, é hora de alugar o equipamento. É importante usar óculos de sol, mas sugiro alugar os goggles, já que óculos de sol comum pode cair, ou você pode cair em cima dele, etc. Sobre como chegar lá, pode-se comprar um traslado na própria agencia de aluguel de equipamentos ou ir dirigindo. Mas ir dirigindo requer algumas considerações importantes. Tudo depende de como está o caminho que leva à estação. Pode-se verificar de manhã no site da estação como se encontra o caminho (skipucon.cl). Se marcar “expedito” pode ir tranquilamente. Mas se houver neve, só podem subir carros 4×4 ou com correntes de neve. Se você tiver apenas um dia e o caminho estiver ruim (com neve), vale contratar um transfer. Alugar uma corrente de neve sai muito caro e acho que não compensa, além de ser difícil encontrar pra alugar.

  • Sara Heck

    Fui pra Pucón em 2013, e foi um dos lugares mais impressionantes que já visitei. As águas quentes das termas, a comida local, é tudo tão encantador que parece de mentira. Vale muito a pena!

  • O Chatô

    Parabéns pelo guia! Veio em ótima hora para mim.
    Contudo, ainda fiquei com uma dúvida. Apesar do guia falar que a subida ao vulcão pode ser feita no ano inteiro (apesar de ser mais cansativa no inverno), quanto às condições climáticas, qual é a melhor época? Quando é mais raro tempo fechado e vendavais?
    Penso que no inverno há mais dias “bluebird sky”, correto?

    Obrigado

  • Brunno Queiroz

    Tive o grande prazer de conhecer a cidade de Pucón, que cidade maravilhosa para quem procura tranquilidade e natureza. Eu preferi ficar em Villarica que tem melhores preços de hospedagem (apesar de menor oferta) e ir à Pucón. Vale a pena conhecer. Daqui 30 anos estarei curtindo minha aposentadoria por lá.

  • Alan Souza

    Fui em Pucon em 2014 e gostei muito da cidade. Fora da temporada (a partir do dia 15/08) você consegue negociar bem os custos nas agências de turismo. Fizemos um passeio incluindo equipamento de snowboard e visita à base do vulcão (que ainda tinha muita neve) não lembro o valor exato, mas pagamos valor abaixo que a tabela só do aluguel de equipamento na alta temporada. Visitamos uma das termas. Pena que os dias que estivemos por lá estava sempre nublado dificultando a vista do vulcão.

  • Hamanda Marilia

    Olá. Aproveitei uma promo que apareceu aqui no MD para o ir ao Chile (obrigada) e estou pensando em ir para Pucon além de Santiago. Será que a ascensão ao Villa Rica já estará liberada em maio? Soube que após a última erupção no início deste mês pode levar meses para liberarem. Alguém sabe me informar? Obrigada =)

  • Cristiano

    Cheguei do Chile ontem. Queria ter ido à Pucon, mas o Villarica inventou de explodir bem no meio da viagem =(

    • Camille Panzera

      Cristiano, tem outras coisas pra fazer em Pucón, dá uma lida no guia. Você pretendia ir de carro ou de avião? Se quiser conhecer outro lugar além de Santiago e não achar Pucón viável, visite Puerto Varas… também temos um guia sobre a cidade! Abs!

  • Camille Panzera

    Oi! Na verdade, o “melhor” período é no verão, porque é a temporada mais seca, com mais dias de sol e um frio menos rigoroso. Como no verão também tem menos neve, a subida tende a levar menos tempo… Se quiser dar uma olhada sobre o clima, dá uma lida na parte de “quando ir” do Guia. Abs! 🙂

  • claudio

    Recomendo Pucon. Estive lá em julho do ano passado, e pretendo retornar quantas vzs for possível. Muito show!

  • Hamanda Marilia

    Obrigada Camille 😉

  • Robson

    Vale muito!!! Lugar perfeito.

  • Bruno Brum

    Um dos lugares + lindos que já fui!! O vulcão Villarrica é espetacular e as paisagens do Parque Huerquehue são lindas! =D

  • AMEI Pucon! Fui durante o inverno (em agosto) e tentei escalar o Villarica. Realmente não é fácil. Ventava muitooo no dia e fomos até o nosso limite, mas mesmo assim valeu a pena. O visual lá de cima é incrível, foi uma das melhores viagens que já fiz! As termas geométricas também são imperdíveis. No inverno, então, com neve e uma água quentinha, inesquecível. No meu blog contei como foi e dei dicas de onde ficar: http://fuigosteicontei.com.br/#post/9111979208762016505 😉 Bjs

  • Daniel T. Santos

    Vou ir pensando em algo sim. Novamente, desculpe qualquer coisa. Só uma dúvida: esse aeroporto de Temuco que tem no guia Pucon é o novo ou o antigo? Ano passado fui, cheguei pelo antigo e voltei pelo novo.

    • Camille Panzera

      O novo… o antigo é o “aeródromo”.