Um tour diferente pelos esgotos de Paris

Gisela Cabral 29 · julho · 2013

Torre Eiffel, Catedral de Notre Dame, Museu do Louvre…você conhece ou pelo menos já ouviu falar destes famosos pontos turísticos de Paris, a capital da França, e uma das cidades que fazem parte do Guia de Destinos do MD. Durante a nossa última passagem pela Cidade Luz, entretanto, optamos por um passeio bem diferente dos museus e belos monumentos locais. Desta vez fomos conhecer o Museu dos Esgotos de Paris (Musée des Égouts), um verdadeiro tour “por uma cidade embaixo de outra cidade”.

Esgoto. A palavra por si só já evoca um misto de sensações nada agradáveis, porém, e para a nossa surpresa, a área do museu é facilmente transitável. Não vamos mentir, o cheiro proveniente de algumas partes não lembra em nada a seção de perfumes das Galeries Lafayette, mas também não é nada de outro mundo. Ratos também não são comuns por lá, pelo menos não avistamos a presença de nenhum roedor durante a visita, a não ser a do simpático ratinho de pelúcia vendido na lojinha local. 1024x768s(1)

O passeio pelos túneis da cidade não tem o glamour da maioria dos pontos turísticos de Paris, mas prende a atenção do visitante ao revelar um sistema de tratamento muito inteligente, criado no final do século 14. Aliás, a primeira parada no local já impressiona bastante ao expor um antiquíssimo conjunto de tubos de ferro conhecido como “o sistema nervoso da cidade”. Nesta área, batizada com o nome do responsável pela construção do principal sistema de Paris, no reinado de Luís XIV (Galeria Michel Turgot), também está exposta uma máquina de época utilizada para a limpeza dos túneis. 1024x768s(1)

O mapa numerado e as placas nas paredes conduzem o visitante por um conjunto de galerias interligadas que mais se parecem com ruas. Cada uma delas leva o nome de uma personalidade importante na época, a exemplo do túnel Bruneseau: uma homenagem ao profissional que realizou uma grande pesquisa sobre as redes de esgoto de Paris, a mando de Napoleão. Além disso, Bruneseau era amigo pessoal do escritor Victor Hugo, de Os Miseráveis. Talvez por isso o famoso autor tenha obtido tantas informações sobre os subterrâneos da cidade, o que resultou em uma obra muito rica em detalhes. 1024x768s(1)

Museu do esgoto

Embora todo o percurso seja chamado de museu, a exposição propriamente dita começa na galeria Belgrand, onde é possível, por meio de um apanhado de mapas, cartazes, fotos e outros materiais, conhecer de perto não só a história do ciclo da água, como viajar no tempo e voltar aos tempos da Lutécia – a cidade que originou a capital francesa – além da Idade Média e da época da Renascença. É nesta exibição que você também vai encontrar algumas obras de arte e objetos interessantíssimos achados nos subterrâneos ao longo dos anos, como espadas e sapatos, entre outros.1024x768s(1)

O tour pelo Museu dos Esgotos de Paris não é muito concorrido, tem duração de uma hora e meia, em média, e a entrada custa apenas €4.30. O local abre todos os dias, exceto às quintas e sextas-feiras, das 11h as 17h, no verão, e das 11h as 16h, no inverno (de outubro a abril). Para chegar lá é só pegar a linha 9 do Metrô (Pont de Sèvres – Mairie de Montreuil) e descer na estação Alma-Marceau. Placas conduzem o visitante da saída do metrô até a porta do museu;1024x768s(1)

Mais informações no site oficial do museu.

E você, leitor do Melhores Destinos, conhece algum outro passeio inusitado pela Cidade Luz? Conte sua experiência nos comentários!

Publicado por

Gisela Cabral

Editora de Destinos

  • Laiza

    As catacumbas de Paris também são muito interessantes 🙂

  • Nivaldo

    Não tem como um esgoto ser cheiroso, ainda mais os de Paris, que há séculos recebem todo tipo de descarga. Mas sem dúvidas é um passeio bem interessante, pra quebrar a rotina de museus e cafés.

  • Leticia

    Eu vi vários ratos aos pés da Torre Eiffel, enquanto esperava na fila para subir. Não é algo tão raro assim!!

    • Raul

      Ela escreveu que não é comum, não disse que era impossível. rs

  • Thiago Luiz

    Fiz esse passeio quando estive por lá. É bem diferente mesmo. Tem avisos para não entrar comendo nada(óbvio), não encostar em nada e quando sair, lavar as mãos. Tem umas partes em que fica pingando água(prefiro pensar que é isso mesmo) do teto, e algumas partes o piso é de grade. Mas vale a pena.

  • Leonardo

    Caiam fora dessa! É muito fedido. Só pra quem for engenheiro sanitarista.
    Com mulher, nem pensar! A não ser que goste de tomar esporro.

  • Concordo com a Laiza. As catacumbas de Paris merecem um destaque especial como passeio inusitado e inesquecível. Principalmente quando se tem um conhecimento prévio de onde vieram todos aquelas milhares de ossadas e por que foram para ali. Muito interessante !!!

  • ALYSSON PAES

    tou fora, é melhor ficar por aqui pelos interiores do Amazonas….aquí é ótimo!!

  • Maria Silveira

    Que gosto mais sinistro!
    Veja bem se eu vou sair do meu país, pra ver esgoto em outro, pagando uma passagem que não é nada,
    barato?
    Mas, como gosto não se discute, se lamenta, fazer o quê?
    Maria das Dores Silveira

  • Jane

    Fala sério…turismo de pessimo gosto!!! Tem muita coisa boa pra se fazer em Paris….shows são otimos!!

    • Jane quem mora em Amsterdã como a Gisela e tem Paris como “vizinha” já conhece tudo isso e pode se dar ao luxo de passeios mais inusitados e trazer para nós conhecermos! 😉

  • Maria Joana Nunes

    Concordo com Maria Silveira, prefiro meu Brasil, aqui é lindo e tem muita coisa aqui que é demais….Joana Nunes

  • tania

    Eu fiz esse passeio e achei interessantissimo! Pra começar, você nem lembra que está em um esgoto se não soubesse que está em um. É, tem o cheiro, mas que não é pior que nossos canais a céu aberto ou às línguas negras de nossas praias… O problema é que nossa referência é a do que existe (ou não existe) no Brasil. Enquanto eles tinham esse tipo de preocupação já no século 14 quando a estrutura começou a ser construída, não temos nada parecido até hoje… E vejam bem, não estou falando mal do Brasil, que aliás adoro e que tem milhões de coisas e lugares maravilhosos, mas ter senso crítico é sempre bom…

  • Marcos Sobral

    Oxe pra quê ir a Paris ver esgoto? Aqui em Recife tá cheio e de graça. Na esquina tem um faz tempo e fede do mesmo jeito.

  • joão g.nogueira

    Conheço Paris, há passeios mais convidativos, ilustrativos, educativos e culturais, além de divertidos. Visitar esgoto, que deveria ser mesmo exemplo de edificação e engenharia, seria missão para nossas autoridades,que por sinal, não METEM O NARIZ nesta parada não é porque não querem sentir o cheiro, mas por fugir do necessário, por incompetência ou negligência com as coisas que visem o SOCIAL, princiipalmente porque a obra vai ONDE NINGUÉM VAI VER, não aparece aos olhos do público. Para o homem comum, que paga caro a passagem e estadia, CATACUMBAS E ESGOTOS me parecem passeios de profunda falta de bom gosto…abcs do jgbolabranca@yahoo.com.br

    • João, me permita opinar, mas nunca é mal gosto aprender sobre a história e entender o modo de vida das gerações anteriores. Diz aquele famoso provérbio “quem ignora sua historia esta condenado a repetir os mesmos erros”. Nós brasileiros, de uma forma geral, padecemos deste mal!

    • Diogo

      João, lógico que os esgotos não são um passeio "bonito". A ideia não é essa! Eu já fiz esse passeio e achei incrível. Que Paris é linda, todo mundo sabe, mas tem muito mais pra ver. A estrutura de esgotos de Paris é impressionante, e mostra que há séculos os governantes de lá se preocupam com esse tipo de coisa. Esse museu conta muito da história da cidade, fala das enchentes que aconteceram, com fotos impressionantes. Mostra o sistema de limpeza genial que tinha. Vale muito a pena pra quem já foi pra Paris antes, pra quem vai passar mais tempo, ou pra quem gosta de história/engenharia.

  • joão g.nogueira

    Profundo mal gosto, ver obras seria missão para nossos politicos, omissos, não acham?? Priincipalmente esgotos e catacumbas. Credo, Tem tantas coisas bonitas orá ser ver em Paris. Para gente…abcs jgbolabranca..

  • Nina

    Ver o esgoto de Paris, bem como as catacumbas, na verdade é aula de história.
    Fiz os dois e adorei.

  • maxleomax

    Quem tiver bastante tempo para fazer turismo ao ponto de já ter apreciado toda a arquitetura, todas as belas avenidas, lojas, galerias, casas de espetáculo, todos os parques, museus, restaurantes, passeios pelo Sena, teatros… pode reservar um tempo para ver cemitérios, esgotos e outras coisas interessantes, porém esquisitas!!!

  • Mauro Podcameni

    Já fiz essa visita. Achei interessantissima. É claro que minha mulher nao foi, ficou na Champs Elisee…..

  • Cristiane Reis

    Que dica bacana tanto do esgoto, qto das catacumbas!! Obrigada por compartilhar!!! Não tinha ouvido falar ainda destes passeios. Que legal sair do "tradicional".
    Iremos visitar com certeza e conhecer um pouco melhor a História de um outro prisma. Vlw

  • Mercedes

    Realmente um tour diferente de tudo que já ouvi falar, sai do tradicional, voltei agora de Paris , mas sem muita divulgaçao ainda . Quem sabe da próxima vez …Merc.

  • M. Cecilia

    Veja isto.