Atenção! Boas e más notícias da migração de sistemas da Latam/Multiplus!

Leonardo Cassol 15 · maio · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Esta semana será concluída a migração de sistemas de reserva, check-in e fidelidade das empresas do grupo Latam Airlines. A Multiplus assumiu a responsabilidade pela gestão do programa de fidelidade Latam Pass, meio que um “espelho” do Latam Fidelidade no Chile e em outros países.

Essa mudança terá alguns impactos positivos e negativos para os usuários, que vamos indicar a seguir.

Boas notícias

1) Resgates online de voos com pontos da American Airlines, Latam Chile e de outras cias da Oneworld

Os clientes Multiplus já podem resgatar passagens aéreas da American Airlines e da Latam Chile com pontos, sem precisar ligar para o call center. Boa parte dos voos já estão disponíveis no site, e novas rotas e companhias da aliança Oneworld serão implementadas em breve.

É uma excelente notícia! Não sei vocês, mas eu não tenho paciência nenhuma de ficar no telefone pesquisando disponibilidade de passagens.

2) Resgates online de voos Oneworld sem o Brasil como origem/destino 

Também será possível resgatar voos das companhias American, British, Iberia, Cathay Pacific e Qatar Airways sem precisar ter uma origem ou destino no Brasil, incluindo voos domésticos de outros países, limitação que existia no sistema antigo. Aleluia!!!

3) Integração das contas do Latam Pass e do Latam Fidelidade em apenas uma conta Multiplus

Clientes que possuam cadastro no Latam Pass e no Latam Fidelidade poderão integrar as duas contas num mesmo número Multiplus. Será possível herdar o maior status e incorporar o saldo de pontos do Latam Pass. A integração ocorrerá automaticamente para quem tiver dados cadastrais idênticos (nome, e-mail e endereço). Em caso de divergências, o cliente poderá solicitar a integração pelo call center da Multiplus, enviando a documentação comprobatória por e-mail.

4) A Latam lançou um novo app

Sim, pode atualizar ou baixar o app da Latam, que agora ele ficou mais bonito, eficiente e funcional. O antigo app era bem “bugado”. Ainda não testei o novo o suficiente para dizer que é excelente, mas até o momento posso dizer que é bem melhor que o antigo.

Mas, apesar das ótimas notícias, nem tudo são flores….

Más notícias da integração

1) Fim da visualização mensal de tarifas disponíveis com pontos

Infelizmente, o novo sistema não suporta a visualização de todas a tarifas num mês, aquele calendário fantástico que facilitava muito a busca por boas tarifas. Agora só é possível ver os preços em pontos ou em reais 3 dias antes e 3 dias depois da data pesquisada, o que ainda ajuda, mas não é a mesma coisa que antes.

2) Problemas no funcionamento das réguas semanais de tarifas

As réguas que deveriam mostrar o preços das tarifas em reais e em pontos 3 dias antes e 3 dias depois da data pesquisada não estão funcionando adequadamente. Já tinha problemas antes, mas o problema piorou. Mostram valores menores ou maiores, que não existem quando você clica para ver os detalhes. Segundo a companhia, isso é uma inconsistência que já foi identificada e que será ajustada até a conclusão da implantação do novo sistema. Se for isso mesmo, nada com que se preocupar!

3) Check-in apenas 48 horas antes do voo

Não será mais possível fazer o check-in 72 horas antes do voo. O prazo foi reduzido para 48 horas. A princípio é uma decisão que não tem grande impacto na rotina da maioria dos clientes, mas quem faz viagens de curta duração e quer sair de casa com os check-ins feitos, terá que esperar mais um dia.

Outras dúvidas importantes dos leitores

1) Houve aumento no preço das passagens com pontos?

A Latam afirmou, categoricamente, que não reajustou os valores de resgates de passagens com pontos nas parceiras Oneworld, ou em voos Latam, e que também não fez mudanças sistêmicas na precificação das passagens durante a migração do sistema. A pergunta foi feita porque depois que o novo sistema depois foi ao ar, encontramos custos mais elevados em várias rotas. Por exemplo, nos voos entre Brasil e Ásia e Brasil e Oceania, em classe executiva, ou rotas nacionais e internacionais com conexão, em classe econômica. Segundo à Latam, são erros pontuais que serão corrigidos. Será mesmo? O que acham? Vamos aguardar e continuar de olho!

2) Haverá cobrança de bagagem em passagens internacionais compradas com pontos para a Europa e os Estados Unidos, por exemplo?

Não. Segundo a Latam isso foi um erro do sistema novo, que informou que a bagagem deveria ser adicionada e paga pelo cliente, conforme sua conveniência, ao emitir uma passagem internacional. Que já comprou percebeu que, depois de emitido, o bilhete indicava o despacho de dois volumes incluído. Ou seja, nada mudou e nada vai mudar nesse aspecto, segundo a companhia. Já os voos domésticos continuam sem a franquia de despacho incluída, como já funcionava no sistema antigo.


O balanço geral das mudanças, na minha visão, é positivo. E na sua opinião? O que achou das novidades? Sofreu algum outro impacto com a mudança de sistemas nos últimos dias? Comente e participe!

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos