Pesquisa: Orlando, Nova York e Europa são os melhores destinos para 2016 na avaliação dos nossos leitores!

Denis Carvalho 23 · março · 2016

Entra ano, sai ano e a história se repete: Orlando e Nova York continuam como líderes absolutos na nossa pesquisa dos melhores destinos em 2016! A cidade de Flórida conquistou o tricampeonato, seguida de perto pela Big Apple. Nem a disparada do dólar conseguiu tirar Orlando e NY do topo, tanto dos melhores destinos visitados em 2015 quanto dos mais desejados para este ano!

Na lista dos melhores destinos para 2016 a Europa aparece na terceira colocação, seguida de Itália, Estados Unidos, Portugal e Chile. Já entre as cidades mais visitadas, o primeiro lugar ficou com o Rio de Janeiro, seguido de São Paulo e Orlando

A pesquisa deste ano teve mais de 8 mil participantes, que listaram seus destinos de viagem do ano passado e para onde desejam viajar neste ano de 2016.

Melhores viagens de 2015

Na eleição dos destinos que mais agradaram os leitores no ano passado, Orlando conquistou a primeira colocação mais uma vez, seguida de Nova York. Nos últimos três anos ninguém consegue desbancar a dupla americana. A novidade é a Europa aparecendo na terceira colocação, à frente do Rio de Janeiro, que caiu para quarto. Vale lembrar que para o ranking geral consideramos as respostas como são apontadas pelos leitores, sem classificar por país, cidade ou continente.

Se Orlando e Nova York continuam a brilhar, o mesmo não ocorre com Miami. Terceira colocada há dois anos e quinta no ano passado, ela caiu ainda mais e foi somente a nona mais votada como melhor destino.

Merece destaque ainda o crescimento do Chile na preferência dos leitores. O Chile subiu 11 posições e Santiago subiu nove, passando a ocupar, respectivamente, a sétima e oitava posições no ranking do ano passado.

Os destinos nacionais continuaram em alta, com boas colocações de São Paulo, Gramado, Natal, Fernando de Noronha, Fortaleza e Foz do Iguaçu, apoiados pela alta do dólar que impulsiona o turismo nacional.

melhores-destinos-2015-novo

Melhores Destinos para viajar em 2016

Na nossa opinião, a lista dos destinos mais desejados para este é a mais importante, já que nos oferece a oportunidade de saber para onde os leitores sonham em viajar e nos permite direcionar nossas buscas e pesquisas diárias por promoções para tentar atendê-los, apesar de depender da boa vontade das companhias aéreas em fazer ofertas!

Como dissemos, pelo terceiro ano consecutivo Orlando permanece primeiríssima posição e Nova York na segunda. As novidades começam no top 3, com Europa subindo uma posição e chegando à medalha de bronze. Paris, que estava em terceiro no ano passado caiu para oitavo – certamente afetada pelos tristes atentados ocorridos no ano passado.

Segundo na lista, a Itália aparece em quarto, após ter subido três posições, seguida de Estados Unidos, Portugal e Chile. Os dois países deram um salto em comparação ao último levantamento. Portugal subiu cinco posições enquanto o Chile subiu sete postos! Mas ninguém subiu tanto quanto Canadá e Tailândia: no ano passado eles sequer apareciam no TOP 25 e neste ano ocupam honrosas décima e décima primeira colocação! Destaque ainda para Fernando de Noronha, que também havia ficado de fora na última pesquisa!

E quem caiu no sobe e desce da preferência dos leitores? Rio de Janeiro e Buenos Aires! Mesmo em ano de Olimpíadas a Cidade Maravilhosa teve queda de nove postos. Já a capital argentina teve tombo ainda maior: da quarta para a décima nona posição. Natal, Florianópolis, Maceió, Foz do Iguaçu e Salvador também caíram e ficaram de fora da lista. Entre os 25 destinos indicados, apenas três são nacionais!

melhores-destinos-2016

 

Estados Unidos e Europa em alta

Ao agrupar os resultados por países e regiões, a coisa fica um pouco melhor para os destinos nacionais. O Brasil foi o país que mais teve destinos indicados e na soma geral conseguiu ficar em segundo com 19,1% – apenas 0,2% atrás dos Estados Unidos, que ficou em primeiro. Itália, Chile , Portugal, França e Canadá aparecem em seguida, mas distantes dos dois primeiros.

Já no ranking por região turística, a Europa foi a campeã, com 29.28% dos votos. Para este ranking somamos os votos no continente, países e cidades europeias. Estados Unidos e Brasil completam o pódio. Os demais países da América do Sul também foram bem votados com 16,20%. E a surpresa: tem mais leitores sonhando em visitar a Ásia e a Oceania do que o México e Caribe ou Canadá.

paises-2016

E ai? Gostou do resultado? Seus destinos favoritos ficaram bem posicionados? Dê a sua opinião e participe!

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Caio

    Espero realizar meu sonho e colocar mais um voto para New York

  • Alexandre

    Perdão pessoal mas essa pesquisa não faz sentido nenhum! Como comparar uma cidade relativamente pequena, que só tem parque de diversão e outlet com um CONTINENTE INTEIRO??!!??!

    Como essas duas coisas tão distintas podiam ser opções igualmente selecionáveis na pesquisa? O que essa pesquisa significa? Como as pessoas querem mais ir pra Orlando e NYC (1º e 2º) do que o país que contém essas cidades, que ficou em 10º? Eu quero ir pra Orlando, mas não quero ir pros EUA não…

    Minha sobremesa favorita é sorvete de morango, depois vem frutas, depois doces e sorvete em quarto lugar…

    • Felipe

      Pensei a mesma coisa. Não dá para tirar conclusões muito confiáveis assim…

    • Priscilla Zapella

      Concordo! Quando li Europa achei muito estranho! É um continente e não um único país! :/

    • Calma, Alexandre!
      É bem simples de entender!
      A pesquisa de destinos não tem opções “selecionáveis”, ela é feita com campo aberto, e cada leitor responde para onde deseja viajar. No top 26 nós consideramos a resposta como a recebemos. A primeira vista parece que não tem lógica, mas é exatamente dessa forma que a maioria pensa quando de trata de viagem. Orlando é visto como um destino, Europa como outro. A pessoa nào vai visitar todos os países, mas vai fazer uma viagem à Europa. O que vale nesse caso é o conceito de destino, não a divisão geográfica.
      “Ah, mas fica confuso”, “não faz sentido”. Sem problemas! Basta seguir direto para a última tabela. Nela nós fizemos toda a separação por país e depois pois região!

      • Henry

        A pesquisa é válida apenas para comparação.. em verdade, cada um vai para o destino que quer mesmo…tudo depende de vários fatores.. a pesquisa é apenas para mostrar dados numéricos.. só isso… pessoal critica como se tivesse que seguir o resultado…rsrs

      • Alexandre

        Antes de tudo obrigado pela resposta, Denis!

        Eu tinha entendido isso, obviamente. Sei que pra muitos turistas brasileiro não existe EUA, existe Orlando. Sei que a Europa é também essa massa confusa e meio que homogênea na mente do brasileiro, quando a realidade é MUITO diferente disso.

        A questão é que esses resultados como “pesquisa” não valem nada, não indicam nada. E o título de “Melhores Destinos” ou “Melhores Viagens” não significa nem uma coisa nem outra, quando muito significa “O Melhor lugar que fui em 2015 e que provavelmente foi o único lugar que fui em 2015”. Daí você tem Gramado na frente de Paris, mas a Europa (onde Paris fica) na frente de Gramado.

        No fundo lembra aquelas listas do TripAdvisor que colocam um museu no fim do mundo como à frente do Louvre, porque quem votou nesse museu nunca foi no Louvre ou porque estava se avaliando expectativas e não os lugares em si.

        Enfim, o resultado só mostra a triste realidade de parte (considerável) dos turistas brasileiros, onde EUA não existe, só tem a Flórida onde todo mundo fala espanhol e tudo se resume à compras e aos parques e tanto faz se o cara foi pra Rússia, Islândia, Turquia ou Bulgária, ele foi “pra Europa”, onde é tudo cheio de “prédios velhos” (juro que um cara que só vai pra Orlando falou isso pra mim).

        • Cleiton

          Esta “triste realidade” é tão triste quanto o seu comentário. Nem todos têm condições de dar a volta pela Europa, conhecer outros lugares além de Orlando ou NY. Estas cidades sem dúvida são as principais porque oferecem mais passagens baratas, pacotes mais populares, condições mais fáceis para uma pessoa felizmente poder fazer sua primeira viagem internacional. E outra, Orlando tem sim o seu lado encantado, seja pelos parques, pelas compras ou pelo simples fato de nem todos falarem inglês o que facilita para algumas pessoas. Gosto é gosto, respeite as opiniões alheias. O que é um prédio velho para ele, pode ser uma obra de arte para você, o que pode ser um mero e pacato parque encantado para você, pode ser um mundo encantado para alguém.

        • Diogo Vieira

          Gostaria de fazer uma observação ao seu comentário. Primeiro você precisa entender quem é esse turista que vai para Orlando e não vai para a Europa? Talvez faltou a pergunta: vai só ou acompanhado, vai com a família? Uma família vai preferir ir para Orlando do que para Europa, uma vez que o custo é menor se comparar as moedas e são propostas diferentes. Eu estive em Orlando uma única vez, e o que eu mais vi foram famílias ou então adolescente em grupos. Não estive na Europa, mas as pessoas que eu conheço que foram (não eram famílias), fizeram turismo cultural, diferente de Orlando que é um turismo de laser.

    • jorge moraes

      Concordo com vc, isso não tem pé nem cabeça.

  • Deyvisson F. R. Almeida

    Me surpreende as pessoas terem mais vontade de ir a uma cidade com parques, que para a europa inteira, com uma diversidade de cultura imensa e com o que? Parques. Lá tem Disney!
    Mas cada um pensa de uma forma 🙂

    • Cleiton

      São duas viagens totalmente diferente né. Concordo contigo, a diversidade de cultura europeia é incrível, mas confesso que amo a Disney, os parques e todo aquela parte encatanda rs. Ao menos lá por um momento acredito no “mundo mágico” rs 🙂

      • Deyvisson F. R. Almeida

        E é isso que nos faz diferentes 😀 Ainda quero visitar os parques, mas sempre calculo e coloco no peso ir para a Europa. Calculo, desisto e vou para lá.

  • Gabriel

    Espero realizar o meu sonho e ir conhecer a Islândia (Reykjavik) – destino ainda não usual. Equipe MD, fiquem de olho nas promoções pra terra do gelo!!

  • Eduardo Macedo

    Comprovando os clichês da vida.

    • AndreaP

      🙂

    • Henry

      É.. bom mesmo é voar para Marte.. destino totalmente inexplorado e selvagem….. e o melhor de tudo: é baratinho, porque só precisa comprar passagem de ida….rsrsrs

      • Cleiton

        Exatamente kkkkk. Muito bom rs

    • Cleiton

      Qual o problema em ter clichês?

  • Andre

    Acho que nao devia ser encarado como is”melhores destinos” mas sim os “destinos mais populares” pois como uma pessoa pode em Nova Iorque como melhor destino, sendo que ela só conhece este destino?

  • Henry

    Interessante o que um ataque terrorista faz.. Paris caiu 6 pessoas em 2015 e em 2016 caiu 4 posições em destinos mais desejados..
    Eu moro no Rio.. e aqui, POR DIA, morrem muito mais pessoas do que todos os atentados ocorridos na Europa nos últimos 12 meses..
    Então.. não me preocupo com isso e nem deixaria de viajar para lá..

  • Cleiton dos Santos

    Entre Orlando e Estocolmo e Oslo não existe nenhuma comparação. As duas últimas são facilmente os melhores lugares que já estive, e a primeira ali… não volto mais não.

    Brasileiro é muito tapado mesmo. Imagina se descobrissem que Oregon, Maine, Utah, Montana e New Hampshire também fazem parte dos Estados Unidos da Flórida (USF)…

    • Henry

      Tapado é você… quem você é para chamar brasileiros de tapados ???.. respeite o gosto das pessoas…
      Claro que Orlando não é tudo no mundo… e claro que Estocolmo e Oslo devem ser cidades lindíssimas… mas daí você ofender pessoas que não conhece chamando de tapados porque gostam de Orlando é coisa de que não respeita a opinião dos outros..
      Você tem direito de achar a “favela do sabão” o lugar mais lindo do mundo.. e ninguém vai pode te chamar de “tapado”…
      Nos EUA, existem muitos lugares lindos… realmente não é só Orlando.. mas muitas pessoas só tem grana para conhecer Orlando ou simplesmente só querem ir para lá..
      É direito delas.. elas gastam o dinheiro delas, não o seu.. então, coloque-se na sua mesquinha insignificância e respeite o direito das pessoas quererem irem para onde quiser…. isto não é da sua conta…

      • Marcos Santana ↙

        Henry, faço minhas as suas palavras! Impressionante o desrespeito à opinião alheia.

      • Cleiton dos Santos

        temos um fãnzoca do Mickey muito indignado haha

        ok, se mude pra lá. Boa sorte comendo aquela culinária de quinta categoria, e indo de mall em mall olhando roupa nos balaios (sim, balaios, iguais aos da Renner e C&A).

        Sabe o que é o pior de Orlando? É o brasileiro que frequenta.

        Nunca mais, nunca mais!!

        e que venha Portland/OR 😀

        • Henry

          Pior não é o brasileiro que frequenta não… é o brasileiro que fica aqui se achando o máximo.. porque foi à Europa..
          Não adianta você frequentar Europa, Ásia, etc.. lugares lindos, se você é uma pessoa infeliz… tão infeliz que se preocupa com a felicidade das pessoas que vão à Orlando e gostam de ir, p.ex. à Disney…
          Certamente se você assistir a um concerto da Filarmônica de Berlim, não vai curtir a música em si…. a qualidade dos músicos e do regente (só regentes top regerm/regeram ali)..mas.. você se achará o “máximo” por estar ali… vai divulgar o quanto você é culto (e como tem uma mente “curta”)…
          O mundo não é só Europa… tudo na Terra é muito bonito.. desde os prédios antigos e históricos na Euro/Ásia, a arquitetura oriental…e também as construções da Disney (que todos nós sabemos que são de plástico/poliuretano)…
          Pelo visto, você não libera o seu lado criança…
          Tu deve ser aquele tipo de pessoa chata que, dá “roupas” no aniversário de crianças.. quando existe o velho ditado “criança gosta de brinquedo”…
          Tudo tem o seu tempo.. o seu momento… pessoas podem amar Disney… Europa…Ásia..
          Quer comparar gastronomia americana e européia ?? sem chance.. só um idiota faria isso…
          Mas.. te digo que, em gastronomia, você não precisa ir muito longe para comer bem.. e muito… é só dar um pulinho em São Paulo…
          Mas… pode ser que “Vossa Alteza Real” só queria ser servido por um Bocuse (pra lá de velho, mas um gênio)…
          Ou então, vai ver que você gosta mesmo é de comer o que fala: m—-…
          Relaxa, SEJA FELIZ…
          Não se importe com a felicidade dos outros… inveja mata…

        • Marcos Santana ↙

          Cara, na boa, acho que esse seu trauma com Orlando só Freud explica!!!

          • Henry

            Marcos…
            Eu já fui aos EUA 6x.. destas, 3x à Orlando…
            Na primeira viagem eu e minha família contraímos uma doença muito séria: DPD…
            Depressão Pós Disney…rsrsrs
            O psicólogo receitou idas anuais à terra de Mickey para tratar a doença… parece que não tem cura…
            Nós vamos a outros locais nos EUA..gostamos muito do Central Park, Museu de História Natural, maravilhoso.. andar de Cable Car, Sausalito..Washington..tudo é show….. mas.. putz…. voltar a Orlando é sempre maravilhoso..
            Gosto de cultura.. adoro música clássica, rock, jazz… mas.. tb gosto de ver a felicidade dos meus filhos quando estão em Orlando…
            Claro que a segunda vez que fomos à Disney não foi igual à primeira.. esta, tinha o encantamento da primeira vez.. mas, ainda assim, é um passeio legal…divertido..
            Enfim.. já marquei ida para a Europa 2x… a primeira para julho do ano passado, mas a greve na faculdade federal me fez cancelar, porque minha filha estuda lá.. a segunda, já tinha emitido passagem/hotel para fazer Paris, Veneza e Roma…. em dez/16… mas a chegada de mais um filho para novembro, me fez cancelar tudo…
            E advinha onde vamos em agosto ???
            Claro.. em Orlando comprar coisas para o enxoval…rsrs

          • Henry

            Alow MD.. mais um comentário na moderação.. dá para liberar ???

          • Henry

            Acho que ele se apaixonou pela Branca de Neve ou a Cinderela, mas elas nem deram bola pra ele…rsrs

      • Henry

        Alow MD.. dá para liberar a mensagem que enviei há duas horas atrás ???

      • Andresa Venancio

        Henry. Parabens pela coragem. Acho que cada pessoa tem orçamento e preferencias diferentes. Ou ate mesmo as condiçoes atuais daquela pessoa nao permite muita coisa. Então tudo deve ser respeitado. Continue assim, vamos ter respeito para serem respeitados.

    • Cleiton

      Cleiton, queria você como meu guia para os EUA. Leva eu?! Please!!!

  • Deyvisson F. R. Almeida

    Quem diz que Europa é mais caro que Orlando e Miami não sabe planejar viagem para Europa. Quando caro, pago R$200,00 num hotel, 6, 7 euros no máximo numa refeição. Fiz isso nas duas ultimas vezes que fui. Pego metro e ando em muitas cidades gastando muito pouco, sem precisar alugar caro. Muitas atrações são gratuitas. A diferença de 8% a 12% na moeda é algo muito pequeno quando se analisa o custo total da viagem. Todas as vezes que calculo uma viagem para os EUA, desisto e parto para Europa. Setembro estou voltando lá, pegar onibus e ir para países de culturas completamente diferentes uns dos outros gastando 7 euros., andar de metro gastando 1, 2 euros, comer gastando 7 euros, visitar atrações com entradas baratas e dormir gastando 40 Euros o casal.
    São dois tipos de viagens diferentes, mas mais caro é para quem não se planeja direito, vai com outro intuito senão turistar ou vai para destinos como os países nórdicos. Não tem só velharia na europa não 😀 Para quem tem filhos sei o quanto perde o sentido leva-los para a Europa, apesar de existirem parques lá também.
    Enfim, cada um sabe o que faz da vida,

  • Paulo Oliveira

    Orlando > Europa = Jequice.

  • Henry

    Comparar custos de Europa e EUA não é muito correto.. é complicado.. dá para viajar tanto para os EUA gastando relativamente pouco, como para a Europa.. depende para que locais se vai…
    Londres/Paris/Roma, são destinos mais caros.. mas dá para ficar em hotéis razoáveis… comida idem… mas dá para fazer os dois destinos..
    Europa é uma viagem um pouco mais cultural, mas EUA tb tem cultura.. claro que não vai achar muito disso em Orlando… mas, tem várias cidades dos EUA que exalam muita cultura.. New Orleans… São Francisco ( o local mais bonito que conheci nos EUA).. New York…..
    Europa.. tem tudo a ver conosco…temos colônias portuguesas, espanholas, italianas..
    Enfim… dá para fazer os dois destinos….
    E ambos merecem ser conhecidos por todos…

    • Andresa Venancio

      Vamos visitar mais America do Sul .Pessoal! Para descobrir as maravilhas do Peru, Chile, Colombia. Tudo de bom tambem. Fica a dica.

  • Jonatas Elias

    Depois que quase ser fuzilado por uma colega de trabalho após dizer que tenho vontade de conhecer a Índia, ou minha mãe me dizendo que não iria para um país muçulmano porque “eles matam pessoas”, ou aquelas mediocridades absurdas – “Vai para China comer inseto?” -, ou ouvir comentário reduzindo a Malásia ao “país onde as mulheres usam burca na rua”, ou receber indicações que “DEVERIA ir para Miami”, não tenho palavras para comentar mais nada. Triste, trágico, triste.

    • Flávio

      Cara….legal o sudoeste asiático deve ser demais mas a turma ainda prefere parque e comprar roupinha de marcar. kkkk

  • Este é o post oficial das brigas entre os leitores kkkkkkkkk
    Ano que vem tem mais!

    • Henry

      Negativo… aqui todo mundo é Lulla… quer dizer, Lulla ao telefone, é só querida e querido, só paz e amor ….rsrs
      Realmente é feio as pessoas brigarem…é perda de tempo…o correto é que tenham suas opiniões respeitadas, mas nem por isso se pode ficar ofendendo e generalizando….
      Ser humano tem direito de se sentir um me—… pode até pensar, intimamente, que todo brasileiro também o é, mas externar esses sentimentos.. é complicado…
      Área de convívio público tem que ter um mínimo de respeito e educação ao outro..

    • Henry

      Good morning MD.

      After breakfast, can release my message ???

      Thank´s….

  • Bruno Bastos

    Podem me esculhambar, mas acho que os brasileiros subestimam muitíssimo a América Latina.

    • Flávio

      Brasileiro médio é fogo cara….

    • Andresa Venancio

      Concordo Bruno.

      Tem lugares maravilhosos na America Latina. E o povo é muito acolhedor. Na Argentina por exemplo fui muito bem recebida. Um amor das pessoas na rua, hotel e passeios. Na Colombia o povo é uma graça. E ficam dizendo que la é perigoso. Senti mais segura em Bogota do que no Rio. No Chile tambem as pessoas são maravilhosas e muito receptivas. Os passeios são baratos e fantasticos. Em San ANdres na Colombia tambem. Senti maravilhada com as paisagens e o amor de todos. Todos prestativos e alegres.

      Fica uma dica para o MD. Divulguem mais promoções para Colombia, Argentina, Chile, Peru e America Central. Se possivel façam foruns e dicas das cidades. Para Argentina e Chile o site ajudou muito. Abraços a todos voces!

  • Flávio

    Como sempre brasileiro médio fazendo suas brasileirices nas suas tão sonhas férias após 12 meses de trabalho, o famoso sonho americano…é mas “cada qua com seu piqua”, sou muito mais fazer um mochilão pela América do Sul com paisagens, culturas, conhecimento, cidades, pessoas e tudo de bom que nossos vizinho apresentam e juntamente com nós, do que ir em um parque e gastar horrores em compras com roupinhas de marca mas como disse cada um é cada um.

  • J.

    Ou essa pesquisa é fajuta ou os leitores do MD não conhecem nada de mundo! Eu me fiz o favor de conhecer 14 países antes de pisar os pés nos EUA e sinceramente não há nada demais. Há mais de trezentos outros destinos magnificamente fascinantes na ásia e nem chega os pés de qualquer coisa que EUA possa oferecer, mas né, fazer o que? A síndrome de vira-lata do brasileiro também só piora as coisas.

    • Cleiton

      Pegue os seus 14 carimbos juntamente com o seu orgulho e troque de nacionalidade porque devemos ser vira-lata demais pra você. Algumas pessoas infelizmente não tem condição de conhecer tantos lugares, e Orlando e NY oferecem pacotes econômicos, proporcionando uma feliz e inesquecível viagem internacional.

      • J.

        Visto teu nível de educação e cultural, reservarei meu direito de nem perder meu tempo discutindo com você. E a propósito eu tenho muito orgulho de minha nacionalidade. Tenha um bom dia!

        • Cleiton

          Foi você quem foi orgulhoso demais para os nossos passaportes. Tomara que no 15 carimbo você adquira um pouco de simplicidade na sua viagem.

      • Jonatas Elias

        Com certeza quem tem condições de ir a New York e Orlando tem igualmente condições de ir a Portugal/Espanha, Canadá, África do Sul e México, por exemplo. Sem contar que a Sudamerica e Centroamerica são destinos mais em conta. O problema não é as pessoas quererem ir à Disney, mas sim achar que a Terra do Mickey é o único lugar do mundo. Observa-se que, infelizmente, as pessoas não pensam foram da caixa, não conseguem vislumbrar destinos maravilhosos por preconceito ou ignorância gratuita. No próprio escopo estadunidense há destinos maravilhosos que os brasileiros não dão a mínima, como Washington, Philadelphia, Texas, as maravilhas do Grand Canyon e Yellowstone. Pior, de todos os brasileiros que vão a New York, quantos visitam Atlantic City, daqueles que vão a Orlando, quando sequer cogitam visitar o Kennedy Space Center?

        • Cleiton

          Jonatas, nem se compara o valor de Orlando para a Europa. Conte as inúmeras oportunidades de passagens baratas que aparecem aqui no MD. A questão é tem pessoas que simplesmente gostam e sentem paixão de ver o Mickey e nem por isso elas são gratuitamente ignorantes. Talvez você ama ver as paisagens europeias ou ir pra costa Oeste dos EUA ou até mesmo prefere a simplicidade dos países latinos. A questão é, respeite que gosto é gosto e não é porque alguém goste do Mickey, ela pense fora da caixa.

          • Jonatas Elias

            Como disse, não há problema algum em gostar de Orlando, mas achar que este é o único lugar digno de visita torna sim as pessoas gratuitamente ignorantes. Não pensar fora da caixa não as deixa ver que existem outros lugares imensamente mais bonitos, melhores, baratos etc.
            E não venha dizer que Orlando é mais barato que outros locais simplesmente por conta de preço de passagem, até por que muitas vezes a mesma não chega nem a trinta por cento do valor de uma viagem.
            E simplicidade dos países latinos? Aonde?

    • Jonatas Elias

      “Tudo aquilo que o homem ignora, não existe para ele. Por isso o universo de cada um se resume ao tamanho do seu saber.” A. Einstein.

    • Elisa F

      Quanta grosseria! =(

      • Cleiton

        Extremamente Elisa, concordo. Tanto carimbos… ao invés de trazer cultura, trouxe apenas soberba.

  • Yves

    Crescendo vendo os filmes da Disney, como não ter vontade de ir a Orlando? Isso é ainda mais forte se a pessoa só conseguiu viajar pela primeira vez com mais de 30 anos, a imaginação gera uma atração irresistível. No entanto, há algo mais profundo: viajando a gente revela o imenso desconhecido desse mundo, as várias belezas que não imaginávamos que existiam. Há muito mais por conhecer. Se os sonhos de infância governarem nossos destinos (Orlando várias vezes), subaproveitaremos o que a viagem pode nos oferecer e isso é triste de ver, por mais que se trate da “vida dos outros”.

  • Renan Gleyson do Nascimento

    Essa pesquisa deve sair em algum programa na TV sobre viagens!

  • Andresa Venancio

    esqueceram da Colombia, Cancun, Panama, Cração e Cuba. cada dia mais os Brasileiros estão em peso nesses países.

  • Pode contar com a gente, Andressa! Mas dependemos também das cias fazerem boas promoções.

  • Bruno Bastos

    Andresa, assino embaixo suas palavras sobre a Colômbia e Argentina. Chile quero conhecer tbm, mas meu alvo do momento é o México.