Prêmio Melhores Destinos 2018: TudoAzul é eleito o melhor programa de fidelidade pelos leitores!

Leonardo Cassol 18 · abril · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A votação do melhor programa de fidelidade de companhia aérea nacional para o Prêmio Melhores Destinos foi bem disputada, como nos anos anteriores. Campeão no ano passado, o TudoAzul foi eleito mais uma vez pelos nossos leitores como melhor, com uma nota média geral de 7,7. A segunda colocação ficou com a Smiles (média de 7,1), mas a grande surpresa ficou por conta da Multiplus, que caiu do segundo para o último lugar na pesquisa (nota média de 6,73), ainda que por uma diferença mínima para o Amigo, terceiro colocado (média de 6,80). Quer saber mais o que levou cada programa a esse resultado? Analisamos tudinho nesse post!

Antes de analisar os resultados, destacamos que a eleição dos melhores do turismo desse ano teve mais de 68 mil votos e o seguinte critério de seleção: cada leitor votava apenas nos programas que havia utilizado, dando notas para os seguintes itens: facilidade para acumular os pontos ou milhas, facilidade para utilizar, promoções, atendimento e benefícios para passageiros frequentes. Vamos ver como se saiu cada programa.

Análise do Resultado

1° lugar: TudoAzul

O TudoAzul teve média geral de 7,77 pontos. A nota mais alta foi para o atendimento, com 8,14. A menor nota, no quesito promoções, com 7,4. Mas o programa teve bons resultados em todos os itens avaliados.

Na opinião dos leitores, o programa tem sido consistente com o que promete. Nem sempre oferece a passagem mais barata em pontos, mas oferece preços competitivos para quem compra com antecedência, além de resgates promocionais em determinados períodos. Tem o maior número de destinos nacionais, graças à grande cobertura da Azul, e têm crescido junto com a companhia na oferta de voos internacionais. Além disso, lançou a conta família (numa versão aprimorada da criada pela Smiles), que permite juntar pontos de várias pessoas numa conta só. Por fim, é o único a oferecer um desafio permanente de status para passageiros frequentes de outras companhias, e a permitir o resgate de passagens em qualquer cia estrangeira, através do TudoAzul internacional.

Por outro lado, o TudoAzul ainda é bem tímido nas parcerias internacionais, contando apenas com United, TAP e Copa, com custos em pontos elevados, e sem disponibilizar resgates online. Outro problema é que as tarifas em pontos costumam sofrer variações muito bruscas, não sendo incomum encontrar trechos nacionais por mais do que inacreditáveis 50 mil pontos, especialmente com pouca antecedência da data do voo. Mais um desafio para o programa é melhorar é a opção de resgate de voos com pontos e dinheiro, que costuma não valer a pena.

2° lugar: Smiles

A segunda posição do ranking ficou com a Smiles, que havia ficado em último no ano passado. Uma recuperação e tanto! O programa recebeu a maior nota na facilidade para acumular milhas. Certamente, também foi reconhecido pela quantidade de inovações que vem trazendo para o mercado, como a compra fiado de passagens com milhas, podendo o cliente quitar o saldo devedor até 60 dias antes da viagem, ou a qualificação e upgrade de categoria também pelos trechos voados com milhas, ou a validade de 10 anos nas milhas para clientes Diamante ou membros do Clube Smiles, entre outras. Além disso, tem um grande número de parcerias e faz promoções quase que diárias, facilitando a vida de quem quer juntar milhas. Tem ainda 100% do inventário disponível online, e a opção mais eficiente de pagamento de passagens com milhas e dinheiro do mercado, o que facilita muito a compra de quem não tem saldo suficiente.

Por outro lado, a Smiles vive um grande desafio. Enquanto aumentou significativamente a quantidade de suas milhas no mercado, teve a oferta de assentos restringida, especialmente a internacional. A Gol não tem voos para a Europa e, apenas no fim de 2018, deve retomar timidamente a oferta para os Estados Unidos. Com isso, depende apenas de suas parceiras nos voos de longo curso. Acontece que com a melhora da economia e da ocupação dos voos, as companhias reduziram a disponibilidade de passagens com milhagem. Os casos mais emblemáticos foram da Alitalia, Aeroméxico, Air France, KLM, Delta e da Qatar Airways, essa última, fortemente prejudicada pela crise diplomática com outros países do Oriente Médio. Para piorar, a Smiles ainda teve dois parceiros que deixaram o Brasil: Korean e a Etihad. A saída será buscar novas parcerias, ou outros meios de compensar esse problema. Lembrando que a grande queixa dos leitores é em relação aos preços dos resgates, que andam muito caros, especialmente para quem deseja passagens para o exterior.

3° lugar: Amigo

O Amigo manteve a mesma colocação do ano passado. A maior nota foi para o atendimento, e a menor para promoções e para os benefícios para passageiros frequentes. O programa ampliou a quantidade de cidades atendidas no Brasil com a Avianca e fez ofertas agressivas para as novas rotas internacionais da companhia: Santiago do Chile, Miami e Nova York. Além disso, é integrado à Star Alliance, oferecendo opções de acúmulo e de resgate de passagens com pontos em 27 companhias aéreas parceiras.

O Amigo iniciou a mudança de modelo de resgate da tabela com valores fixos para uma precificação dinâmica, mantendo, no entanto, os dois sistemas funcionando. Foi uma estratégia interessante que não causou traumas, como quando mudança semelhante foi feita pelos concorrentes. Mas, já deu para notar um aumento no preço das passagens em pontos, que subiram em muitas rotas.

O programa ainda precisa melhorar bastante o seu site, bem problemático para o resgate de passagens com pontos, além de ajustar o sistema de categoria e seus respectivos benefícios, que parecem incompatíveis com os requisitos necessários para sua obtenção. Além disso, fica devendo também na quantidade de parcerias, especialmente com as instituições financeiras, que permitem a transferência de pontos com cartão de crédito. Poderia facilitar também o acúmulo para quem não viaja muito. Não vende pontos, não tem Clube, não oferece um cartão co-branded e faz poucas promoções ao longo do ano. Ainda assim, está crescendo e tem boa chance de surpreender na pesquisa do ano que vem!

4° lugar: Multiplus

Aqui o resultado mais surpreendente… Um dos maiores e mais tradicionais programas de fidelidade do país ficou em último lugar na preferência dos leitores. O que aconteceu com a Multiplus? Ela tinha ficado em segundo lugar na pesquisa do ano passado, mas despencou, com avaliações mais baixas em quase todos os quesitos. Tirando a facilidade para acumular pontos, todas as médias ficaram abaixo de 7. As piores notas foram para os benefícios para passageiros frequentes e também para promoções, essa última certamente impactada pela decisão dos grandes bancos, como Santander, Bradesco e Banco do Brasil, de proibir ofertas de transferência bonificada de pontos de cartão de crédito para o programa. Isso gerou muita frustração entre os leitores. Além disso, as ofertas de resgate de passagens com pontos também diminuíram em relação ao ano anterior. Nem a oferta de passagens para voar de última hora com pontos parece ter acalmado os ânimos dos votantes…

A Multiplus certamente tem condições e meios de mudar essa percepção negativa. Tem a ampla malha internacional da Latam ao seu dispor, repleta de voos para os Estados Unidos, Europa, México, América do Sul e África do Sul, acrescida de voos para novos destinos como Roma, Boston, Las Vegas. Tem ainda uma grande quantidade de parcerias aéreas e não aéreas, incluindo quase todos os bancos e varejistas nacionais, continuando a ser única empresa que mantém um teto no preço de resgate das passagens nacionais com pontos, vendendo até o último assento disponível. Além disso, em rotas curtas, dentro do Brasil, ou para a América do Sul, oferece uma grande quantidade de datas com o menor preço em pontos.

Por outro lado, junto com o Latam Fidelidade, piorou regras de acúmulo de pontos em voos e de qualificação e mudança de categoria. Por exemplo, para os passageiros que fazem majoritariamente voos domésticos, mesmo pagando muito caro pelas tarifas, ficou bem complicado manter ou crescer de categoria, já que os voos qualificam apenas a distância voada, diferentemente dos programas concorrentes. Além disso, restringiu benefícios para passageiros frequentes, como o uso dos cupons de upgrades de cabine apenas em passagem com tarifas mais caras. A inflação dos resgates também atingiu as rotas entre o Sul/Sudeste e o Norte/Nordeste, despertando a ira de muitos clientes. Isso sem contar a grande redução de voos domésticos implementada pela Latam nos últimos anos. E para piorar, recentemente, houve uma grande queixa dos clientes pela mudança de última hora no regulamento do novo Clube Multiplus, que deixou de bonificar transferências de pontos do Km de Vantagens.

E você, o que achou do resultado da votação dos leitores? Merecido? Injusto? Comente e participe!

Confira também os resultados das demais categorias.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Editor e especialista em programas de fidelização do Melhores Destinos.
  • Ricardo

    Parabéns Azul Linhas Aéreas agora é só blindar essa conquista com promoções com o clube da azul para a Disney.
    Aguardamos promoção para os Estados Unidos com pontos

  • kleber silva

    A azul aproveitou pra inflacionar o preço com milhas para Lisboa de 30 mil milhas para 90 mil milhas.comprando com qualquer antecedência.absudo e falta de respeito.

    • Ricardo

      PARA OS ESTADOS UNIDOS SUBIU DE 25.000 PARA 40.000 E ALGUNS CASOS ATÉ 100.000, VAMOS LÁ AZUL AGORA É HORA DE MUDAR ESSA SITUAÇÃO PROMOÇÃO COM MILHAS PARA ESTADOS UNIDOS E PORTUGAL.

      • ricardo pascutti

        também senti esse aumento brusco que a AZUL fez para passagens com pontos para os EUA a 1 mês existia disponibilidade para qualquer data em torno de 32K, mas de uns 15 dias para cá os valores saltaram muito para 50k , 60k, até 100k dependendo da data…. Será que os valores mais baixos voltam? O que aconteceu?

  • Italo Silveira

    Nem concordo, nem discordo, muito pelo contrário.

  • Guilherme Neumas

    Nessa pesquisa não se avaliou o relacionamento junto aos seus filiados. O atendimento para solução de problemas de toda ordem continua péssimo e sem qualquer iniciativa para melhorar a sua gestão. O MD tem um histórico rico em detalhes dessa situação. . .

  • diogo338

    Na minha opinião a azul ta inflacionando a pontuação para resgate igual o smiles, se sobre saindo no mercado então a multiplus e a avianca, já que pra mim a pontuação para resgate é o critério mais importante. Entretanto no quesito promoção de bônus para transferência azul e smiles dão um banho na multiplus e avianca,que raramente possuem algo tentador. Vamos ver se a multiplus muda um pouco esse ano.

  • Cristian, a votação foi exclusivamente com os leitores. Isso não reflete a nossa opinião, mas de quem votou.

  • Marcelo Farinha

    Vc não aprendeu a manipular a conta que tem…kkk
    Sou Diamante e hiper satisfeito com o clube…
    Inclusive compro várias passagens para a galera… Parece que ninguém sabe aproveitar a gama de promoção …kkk

    • Wellington Sousa

      Assino embaixo, Marcelo. Na minha opinião (e dentro da minha realidade e trajetos) a Azul está a anos-luz dos demais programas. O melhor, disparado. Existem boas promoções, é só ficar de olho!

    • Cristian Oliveira

      Dámaso dicas então 🙂

  • Oi Cristian, nós exigimos o CPF dos votantes e rastreamos os votos por IP para evitar fraudes. O TudoAzul enviou e-mail para a base completa de clientes, como os demais programas. Acreditamos que o resultado reflete a opinião da maioria, ainda que não seja uma unanimidade, como destacamos no post.

  • Wellington Sousa

    “… a conclusão do MD não levou em conta opiniões dos usuários…”

    To aqui imaginando o Cassol respondendo milhares de questionários… hahahahahha

  • Marcelo Farinha

    Hiper Satisfeito com a Azul…
    Para Europa impossível nesse periodo de Copa do mundo …
    Agora infelizmente o povo que esta comentando abaixo não são leitores constantes do MD…
    Para Europa sim Subiu e todos deveriam saber porque…
    Para os EUA enquato muitas empresas fizeram promoção de 40 mil em datas normais eu comprei algumas por 28k em julho… Alta temporada…
    Esse ano ja fui em SP… Uberlândia… Salvador… Vou a Cabo Frio essa semana e RJ no próximo mês … Comprei varias passagens para Florianópolis em pleno Carnaval faltando poucos dias sendo milhas mais reais… E algumas para o Carnaval de Recife…
    Tenho todos os Clubes… Azul… Livelo… Multiplus e Smiles… De todos o valor da milha mais em conta com certeza é a Azul… Sem falar a quantidade de empresas parceiras…
    Enquanto muitos reclamam eu continuo tirando um excelente proveito do Clube…
    Para mim Foi Merecido… Parabéns…
    Aguardo ancioso as promoções do niver do MD…

    • Cristian Oliveira

      Você deve morar em Campinas ou BH

      • Marcelo Farinha

        Não… Moro em Santana do Paraíso… Interior do Interior de MG…
        Infelizmente ou Felizmente a Azul é a única que atende muitas cidades e regiões do Brasil…
        Mas não se preocupe… Eu compro passagens para muita gente de outras cidades… BH… SP… Nordeste… Sul…
        Tenho todos os Clubes… Azul… Smiles… Multiplus… Livelo…
        E falo por experiência própria… Estou sempre por dentro de preços de passagens e o valor de cada milha também… Assim como a infinidade de opções de ganhar… Independente do Clube…

  • Alisson Castanho Gatti

    Acho que os programas de milhas variam bastante entre quem usa para viagens internacionais, e para quem usa em viagens nacionais.

    A Smiles, pra quem viaja pra fora, não vale a pena (na minha opinião).

  • DANIEL CANOVAS

    A Multiplus caiu muito na hora que tirou o voo direto da TAM de Brasília para Orlando.

  • Renato Bezerra

    Facilidade de emitir tem Smiles em segundo lugar? Acho que o votante está confuso em saber o significado do quesito. Devem estar dando a nota pensando o quão fácil é emitir, já que o Smiles tem o melhor app, e o site é genial, muito fácil de mexer, ao contrário da Multiplus, que nem app tem e dificulta a emissão. Mas creio que o MD queira saber com “facilidade em emitir” é o quão fácil é utilizar as milhas. E isso tem sido muito difícil no Smiles! Todos reclamam da inflação dos preços na Smiles. Promoção por todo o Brasil (do tipo todos os trechos por 4 ou 5 mil milhas, ou pelo menos o trecho de volta) já tem há mais de ano. Só é Sudeste-Sudeste, Sul-Sudeste, Sudeste-CO. Enfim, muito estranho 2o lugar pro Smiles em Facilidade de emitir.

  • Odair Fernandes

    Programa TudoAzul é o melhor? Pra quê Tá No Ar, Zorra, A Praça é Nossa, shows de stand-up? É só abrir as páginas do Melhores Destinos falando sobre os resultados de melhores programas de milhas e seus clubes e rir o ano inteiro.

  • Renato Silva

    Bom isso não muda nem um pouco minha percepção, sou cliente tudo Azul, moro em BH hub da Azul e pra mim continua sendo disparado o pior programa de todos.

  • Renato Silva

    Concordo plenamente contigo resumiu bem.

  • Renato Silva

    Vai por mim Cristian, moro em BH e muitos amigos que também moram a opinião é unanime o Tudo Azul é disparado o pior programa de todos.

  • Samara Mendes

    Ano de 2017 não foi do Tudo azul não gente. Após adotarem pontuação flutuante não teve uma promoção de resgate diferenciado e as taxas por trecho subiram muito, além de flutuarem como o previsto.
    Smiles foi sensacional no quesito promoções por trecho e promoções ao longo do ano.
    E Multiplus é a que mais se mantém estável na troca da emissão por trecho.
    Amigo não posso falar pq nunca utilizei.
    Mas acho que de verdade não refletiu o cenário de acordo com quem acompanha o MD e outros sites.
    Mas cada um tem a sua experiência.

  • Juan Ignacio Castro Garcia

    E ruim heim, precisei ir pra Campinas e tentei com 20 dias de antecedência usar os pontos do Tudo Azul e a melhor oferta era 70.000 mil pontos por trecho ou seja 140.000 !!!!! pontos pra ir a Campinas e voltar a Cuiabá (1h40m de voo). Optei pelo Multiplus mesmo com conexao em Brasilia ficou em 40 mil ida e volta.

  • Raoni Fonseca Duarte

    Assino embaixo!

  • Cristian Oliveira

    Essa premiação vai acabar incentivando as outras empresas a fazerem o mesmo que a azul! Piore sei programa e ganhe o prédio de melhor do ano !

  • Eldimar Soares Teixeira

    As taxas da Azul são um pouco elevadas. Apesar de ser um parto conseguir os pontos prometidos pelos parceiros, gosto do programa.

    Gostaria de entender a dinâmica das tarifas. Se alguém tiver alguma dica pra dar hehehe

  • Márcio Cunha

    Não concordo! Para mim ė o pior programa de pontos que existe. E posso provar: cancelam voos apos a compra por pontos alegando que deu problema na emissão da taxa de embarque com o cartão de crédito, sem dizer qual problema, sendo que não garantem a reserva efetuada, e não te dão chance de pagar novamente, simplesmente mandam vc emitir outra passagem com o risco de estar mais cara e sem garantia de que não será novamente cancelada, uma vergonha! Mas o pior vou contar agora: minha esposa e eu acabamos de ser assaltados por essa empresa, precisei cancelar uma passagem comprada com 8 mil pontos, sendo 4 mil o trecho de ida e 4milo da volta. Então a atendente informou que ou pagaria a multa de míseros R$210,00 por trecho (assalto a telefone armado), ou perderia os 8 mil pontos pagos como multa pelo cancelamento. Ocorre que além de ficarem com os 8 mil pontos, DESCONTARAM AINDA MAIS DE 5 MIL PONTOS DA CONTA, sob alegação de que parte dos 8 mil pontos estariam expirados. Ora, se vc Azul, já ficou com os 8 mil pontos, pra que roubar ainda mais seus clientes?! O nome disso se chama ganância!!! Nunca mais compro nenhuma passagem dessa empresa, e é o mínimo que posso fazer além de ajuizar uma ação contra a Azul, porque ainda acredito que existam outras empresas sérias nesse país tão sofrido com esse tipo de conduta praticado pela Azul!!!

    • Odair Fernandes

      Essa empresa tem que ser colocada na Justiça pra aprender a não fazer tanta besteira.