Exclusivo! Qual programa oferece o melhor preço nas passagens com pontos ou milhas?

Leonardo Cassol 23 · setembro · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Melhores Destinos divulga hoje a segunda edição de sua pesquisa exclusiva dos preços de passagens aéreas nacionais com pontos ou milhas, com o objetivo mostrar qual o programa de fidelidade apresenta o melhor custo-benefício na hora de resgatar passagem aéreas.

Analisamos a quantidade de pontos necessários para o resgate de passagens nacionais entre as 15 cidades brasileiras com maior movimentação de passageiros em seus aeroportos. Comparamos igualmente os quatro programas de fidelidade do Brasil ligados às companhias aéreas: Amigo (Avianca), Multiplus (Latam), Smiles (Gol) e TudoAzul (Azul).

As regras desse mercado estão mais complexas e a variação no preço das passagens em pontos ou milhas está cada dia maior. Por exemplo, um trecho para voar dentro do Brasil pode custar entre 4 mil e mais de 50 mil pontos ou milhas, mudando com a mesma velocidade que o preço de uma passagem aérea tradicional, paga em reais! Isso acontece porque não existe mais um valor fixo para o resgate, como acontecia alguns anos atrás, o que pode trazer surpresas desagradáveis na hora de usar os pontos.

Veja nesse post qual foi o programa mais vantajoso, quanto custa voar utilizando pontos saindo da sua cidade e ainda dicas para utilizar pontos e milhas aéreas.

Resultado

Para definir o ranking dos programas de fidelidade consideramos a quantidade de vezes que cada um ofereceu o resgate com a menor quantidade de pontos e milhas nos voos entre as 15 cidades pesquisadas (235 possibilidades ao todo). Como critério complementar, utilizamos a quantidade média de pontos necessários para se resgatar uma passagem, considerando todos os trechos pesquisados. Veja o resultado!

melhor-programa-fidelidade-milhas-pontos-brasil


1o lugar: TudoAzul (Azul)
Logo-TudoAzul

O TudoAzul, vinculado à Azul, ganhou a disputa com os concorrentes em 14 das 15 cidades pesquisadas, oferecendo a opção de resgate com a menor quantidade de pontos em 148 trechos, de 235 possíveis. Em média, são necessários 8.438 pontos para o resgate de uma passagem com 60 dias de antecedência nas cidades pesquisadas, a menor pontuação média entre todos os concorrentes.

Em comparação à pesquisa realizada em 2015, notamos que o TudoAzul diminui, no geral, quase 50% a quantidade de pontos exigidos para o resgate de passagens com maior antecedência, o que é uma excelente notícia para seus clientes. Por outro lado, a grande polêmica com o programa fica por conta da taxa de conveniência de R$ 20 cobrada para emissão de passagens com pontos, mesmo as efetuadas pelo site. No entanto, mesmo que adicionássemos uma penalidade de mil pontos em cada trecho pesquisado por conta dessa taxa, ainda assim, o programa ficaria isolado na primeira posição, nos dois critérios considerados na pesquisa, tamanha a diferença em relação aos demais programas. É um resultado impressionante!

Outro ponto que merece destaque é que o TudoAzul não tem um limite máximo para a quantidade de pontos necessária para resgatar um bilhete. Chegamos a encontrar passagens nacionais de ida por 60 mil pontos em trechos longos com antecedência menor que 7 dias, demandando atenção dos clientes nas emissões de passagens com pontos feitas na última hora, onde o programa é menos competitivo.


2o lugar: Multiplus (Latam)

multiplus-fidelidade1

A Multiplus, vinculada à Latam, ficou na segunda colocação, oferecendo a opção de resgate com a menor quantidade de pontos em 72 trechos pesquisados, de 235 possíveis. A média de pontos necessários para resgate de uma passagem com 60 dias de antecedência foi de 10.568 pontos nos trechos pesquisados, 25% a mais que a primeira colocada nesse quesito.

Na pesquisa do ano passado o programa havia ficado na primeira posição, mas a decisão de aumentar os preços médios de resgate de passagens com pontos com destino e origem nas cidades das Regiões Norte e Nordeste do Brasil contribui para o resultado. Por outro lado, além do desempenho na pesquisa não ter sido ruim, a Multiplus ainda oferece alguns diferenciais, como uma tabela de resgate que limita o preço das passagens nacionais de ida ou de volta a um máximo de 35 mil pontos, enquanto as concorrentes podem exigir mais de 50 mil. Além disso, para os clientes com status Black ou Platinum no Latam Fidelidade, existe uma tabela de resgate diferenciada, onde o valor máximo de resgate para um trecho é de 15 mil pontos (esse limite vai mudar para 25 mil a partir de 10 de outubro).


3o lugar: Smiles (GOL)

smiles_gol-copy

Na terceira posição do ranking, a Smiles não ficou muito distante do último colocado. O programa vinculado à GOL ofereceu a opção de resgate com a menor quantidade de milhas em apenas 38 trechos pesquisados, de 235 possíveis. A Smiles ficou ainda em último lugar no critério que considera a média de milhas necessárias para resgate de uma passagem com 60 dias de antecedência, com média de 11.523 milhas por trecho.

Desde 2014 a Smiles aumentou consideravelmente a quantidade de milhas necessárias para resgate de passagens, em relação ao que costumava praticar, podendo hoje um simples trecho nacional chegar a 50 mil milhas. Por outro lado, o programa ainda é competitivo em rotas mais curtas e oferece dois diferenciais exclusivos para seus clientes: é a única que tem a validade mínima de 3 anos para as milhas, podendo chegar a 5 anos dependendo do status do cliente, além da possibilidade de reservar passagens com milhas antes de pagar. Há ainda promoções diárias para acumular ou transferir milhas e inovações, como a possibilidade de pagar também a taxa de embarque e o assento GOL + conforto com milhas.


4o lugar: Amigo (Avianca)

Logo-avianca-amigo

Na quarta e última colocação, o Amigo ofereceu a opção de resgate com a menor quantidade de pontos em apenas 34 trechos pesquisados, de 235 possíveis. No entanto, é importante destacar que o programa vinculado à Avianca Brasil só não ficou na terceira posição porque a Avianca não opera em várias cidades importantes contempladas na pesquisa, como Belo Horizonte, Campinas, Vitória, Manaus e Belém.

O Amigo permanece engessado por regras já abandonadas pelos seus concorrentes, como uma tabela fixa de resgate e de acúmulo de pontos, o que contribuiu para a última posição. O programa também tem feito promoções menos agressivas no segundo semestre de 2016, o que pesou na disputa. Por outro lado, em resgates de passagens com pontos próximas à data da viagem, o Amigo é imbatível, oferecendo com frequência trechos por 10 mil pontos, enquanto as concorrentes chegam a cobrar 50% até 600% mais que isso.


Considerações sobre resultado da pesquisa

A principal lição é que as passagens com pontos e milhas estão variando com a mesma velocidade que o preço das passagens aéreas tradicionais, pagas em reais. Isso ocorre porque não existe mais um valor fixo para o resgate de uma passagem, como acontecia alguns anos atrás. Além disso, os programas se tornaram negócios, em alguns casos independentes das companhias aéreas, como já ocorre com a Multiplus e a Smiles.

Por isso, sempre ressaltamos a importância de pesquisar e comparar os preços das passagens com pontos entre os diferentes programas, principalmente antes de transferir pontos do cartão de crédito. O valor da passagem com milhas aéreas varia conforme a cidade de embarque, o destino, a data da viagem e a antecedência de compra.

Nesse sentido, por mais que a pesquisa tenha retratado um claro padrão nos preços com pontos e milhas, não há nenhuma garantia que um determinado programa será o melhor em todos os casos ou continuará sendo o melhor no futuro, dada a dinâmica competitiva dessa mercado.

Outro ponto que ressaltamos é que a quantidade de pontos ou milhas para resgate de passagens tende a ser muito maior do que a apresentada nessa pesquisa em feriados, datas festivas e no período de férias escolares (julho, dezembro e janeiro), onde a demanda e a ocupação dos voos é muito maior. Em muitos casos pode ser mais vantajoso guardar as milhas para outra ocasião e emitir a passagem tradicional paga em reais, aproveitando alguma promoção. Portanto, fique atento e valorize os seus pontos!

Confira a melhor opção de resgate em sua cidade

As 15 cidades pesquisadas foram:

Sudeste: São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Belo Horizonte e Vitória
Sul: Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre
Nordeste: Recife, Salvador, Fortaleza e Natal
Cento-oeste: Brasília
Norte: Belém e Manaus

SUDESTE

São Paulo

O TudoAzul se mostrou a melhor opção para os paulistas e paulistanos, exigindo a menor quantidade de pontos em 12 dos 14 trechos pesquisados. Em média são necessários 6.643 pontos para uma passagem saindo de Congonhas ou Guarulhos pelo TudoAzul, a terceira melhor média do país. A Azul ampliou sua operação em Congonhas em 2015 e se mantém muito competitiva em Guarulhos, mesmo tendo Campinas (analisada separadamente em nossa pesquisa) como sua principal base de operações. Em segundo e terceiro lugares, quase empatados, Multiplus e Smiles, seguidos de pelo Amigo/Avianca.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTREmelhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-sao-paulo


Rio de Janeiro

Os cariocas e fluminenses encontram no TudoAzul a opção mais econômica para voar com pontos, em 12 dos 15 trechos pesquisados, considerando conjuntamente os dois aeroportos do Rio de Janeiro. A Azul tem uma operação bem tímida no Galão, forte presença no Santos Dumont, mas seu programa se manteve muito competitivo em ambos, com uma média de 6.333 pontos por trecho, a melhor entre as todas as cidades pesquisadas. Em segundo e terceiro lugares, quase empatados, Multiplus e Smiles, seguidos pelo Amigo/Avianca.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-rio-de-janeiro


Campinas

O TudoAzul foi a melhor opção para quem embarca em Campinas, em 9 dos 14 trechos pesquisados, com uma média de 8.833 pontos por trecho. O aeroporto é a principal base de operações da Azul, com muito mais opções de voos que as concorrentes. A Multiplus ficou próxima, em segundo lugar, sendo a mais econômica em 6 dos 14 trechos pesquisados, especialmente no Sudeste, no Sul e em Brasília. A Smiles ficou teve o pior desempenho, com uma média de 13.600 milhas por trecho, 53% a mais do que o TudoAzul.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-campinas


Belo Horizonte

O TudoAzul se mostrou a melhor opção para os mineiros, exigindo a menor quantidade de pontos em 13 dos 16 trechos pesquisados. Em média são necessários 6.500 pontos para uma passagem saindo de BH pelo TudoAzul, 23% menos que a Multiplus, segunda colocada, e 47% menos do que a Smiles, última colocada. É a segunda melhor média do país. A cidade é também a segunda maior base de operações da Azul, que ampliou significativamente a quantidade de voos após a fusão com a Trip.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTREmelhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-belo-horizonte


Vitória

A disputa foi bem acirrada em Vitória. Mas o TudoAzul foi a opção mais econômica para os capixabas em 9 dos 16 trechos analisados na pesquisa, com uma média de 8.188 pontos por trecho. Quase empatado a Multiplus aparece em segundo lugar, oferecendo trechos pela menor quantidade de pontos 7 dos 16 trechos pesquisados. Em último lugar a Smiles, sendo a melhor opção em 3 trechos, com uma média de 10.063 milhas por trecho, 20% maior que a do TudoAzul.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-vitoria


SUL

Curitiba

O TudoAzul foi soberano em Curitiba, sendo a opção mais econômica em 11 dos 16 trechos pesquisados, com uma média de 7.563 pontos por bilhete. Em segundo lugar veio a Multiplus, seguida de perto pelo Amigo. A Smiles ficou em último, sendo a mais econômica em 3 dos 16 trechos pesquisados. No entanto, a média de pontos necessário para resgatar um trecho não variou tanto entre Multiplus, Smiles e Amigo.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-curitiba


Florianópolis

O TudoAzul foi a opção mais econômica para quem embarca em Florianópolis, em 8 dos 16 trechos pesquisados, com uma média de 8.125 pontos por bilhete. Em segundo lugar veio a Multiplus, sendo a melhor em 5 trechos, seguida do Amigo, com 3 trechos com a menor quantidade de pontos. A Smiles ficou em último, sendo a mais econômica em apenas 1 dos 16 trechos pesquisados.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-florianopolis


Porto Alegre

Só deu TudoAzul em Porto Alegre, sendo a opção mais econômica em 10 dos 16 trechos pesquisados, com uma média de 8.500 pontos por bilhete. Em segundo lugar veio o Amigo, sendo o mais econômico nos quatro trechos da capital gaúcha para o Nordeste. Empatados em último lugar a Multiplus e a Smiles, exigindo a menor quantidade de pontos e milhas em apenas 2 dos 16 trechos pesquisados.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-porto-alegre


CENTRO-OESTRE

Brasília

A Multiplus colocou as concorrentes para voar em Brasília. Ofereceu passagens pela menor quantidade de pontos em 12 dos 16 trechos pesquisados, com uma média impressionante de apenas 6.531 pontos por trecho. Em segundo lugar veio o TudoAzul, quase empatado com a Smiles. Em último lugar o Amigo, que havia ficado em primeiro lugar no DF na última pesquisa, mas decepcionou dessa vez. Apesar de ficar em segundo lugar, o TudoAzul quase empata com a Multiplus na quantidade média de pontos por trecho, mesmo com a tímida presença da Azul no aeroporto de Brasília, se comparada às concorrentes.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-brasilia


NORTE

Manaus

Supremacia do TudoAzul em Manaus! O programa ofereceu passagens pela menor quantidade de pontos em 14 dos 16 trechos pesquisados, com uma média de 10.688 pontos por trecho. Empatados em último lugar Multiplus e Smiles, que foram a opção mais econômica em apenas 2 trecho cada. A diferença de quantidade de pontos entre o TudoAzul e os demais foi de cerca de 40%.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-manaus


Belém

O TudoAzul foi imbatível em Belém! O programa ofereceu passagens pela menor quantidade de pontos em 13 dos 16 trechos pesquisados, com uma média de 9.875 pontos por trecho. Em segundo lugar veio a Multiplus, seguida de perto pela Smiles. A diferença de quantidade de pontos entre o TudoAzul e o Smiles superou 44% em Belém, e entre a Multiplus e o TudoAzul foi próxima de 40%.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-belem


NORDESTE

Recife

O TudoAzul se mostrou a melhor opção para quem mora no Recife, oferecendo 8 dos 16 trechos possíveis com a menor quantidade de pontos e uma média de 10.125 pontos por trecho. A Azul estabeleceu na capital pernambucana uma nova base de operações, contribuindo para que seu programa ficasse mais competitivo. Foi seguido de perto pelo Amigo da Avianca, melhor opção em 6 dos 16 trechos pesquisados e com uma média de pontos inferior a do TudoAzul, 9.333 por trecho. A Smiles ficou em terceiro e a grande decepção foi a Multiplus, que ficou em último, com apenas 2 trechos e a maior média de pontos, 13.688.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-recife


Salvador

De todas as capitais, Salvador foi a que teve a disputa mais acirrada. O TudoAzul levou a melhor em 7 dos 16 trechos pesquisados, com 9 mil pontos por trecho em média. Bem próximo, em segundo lugar, ficou a Multiplus, com 6 trechos. Em terceiro lugar a Smiles, com 4 e, em último, o Amigo, com 2 trechos. Mesmo em último, o Amigo teve média de 10 mil pontos por trecho, ganhando nesse quesito da Smiles e da Multiplus.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-salvador


Fortaleza

O TudoAzul se mostrou a melhor opção para quem mora em Fortaleza, oferecendo 8 dos 16 trechos possíveis com a menor quantidade de pontos e uma média de 9.667 pontos por trecho. O Amigo, da Avianca, ficou na segunda colocação, seguido pela Multiplus e pela Smiles. Além da última colocação a Smiles demandou, em média, 13.313 pontos por trecho, quase 34% mais do que o TudoAzul.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-fortaleza


Natal

O TudoAzul se mostrou a melhor opção para quem mora em Natal, oferecendo 7 dos 16 trechos possíveis com a menor quantidade de pontos e uma média de 9.667 pontos por trecho. O Amigo da Avianca ficou na segunda colocação, quase empatado, sendo a melhor opção em 6 trechos. Em última colocação, Multiplus e Smiles, empatadas, com apenas 1 trecho.

QUANTIDADE MÍNIMA DE PONTOS PARA VOAR ENTRE
melhor-programa-milhas-pontos-fidelidade-natal

Os trechos com menor quantidade de pontos foram identificados pela cor verde.


Dicas para utilizar pontos ou milhas aéreas

1. Fique atento a validade das milhas ou pontos. Geralmente vencem em 2 anos, mesmo os que estão no cartão de crédito. Alguns programas permitem recuperar milhas vencidas, mas isso custa caro.

2. Se for transferir pontos do cartão de crédito, aguarde promoções que oferecem bônus. É possível dobrar a quantidade de milhas no momento da transferência.

3. Pesquise sempre as opções de resgate disponíveis nos principais programas, conforme a cidade de embarque, data e destino de preferência. Os preços são muito dinâmicos e variam de acordo com esses critérios, bem como de acordo com lotação do voo, antecedência de compra e concorrência na rota.

4. Procure emitir o bilhete com pontos ou milhas entre 90 e 45 dias antes da data da viagem para voos nacionais ou entre 90 e 120 dias para voos internacionais ou voos nacionais em dezembro, janeiro, julho, feriados ou datas festivas.

5. Períodos de alta temporada podem exigir 2 a 10 vezes mais pontos do que nos demais períodos. Considere comprar passagem tradicional em reais para voar nessas datas e guardar os pontos para outro momento.

6. Fins de semana se mostraram o melhor período para emitir passagens resgatadas com milhas ou pontos. Mas fique sempre atento às promoções de resgate de passagens com pontos!

7. Economize muitas milhas flexibilizando as datas e horários da viagem (embarcando numa terça ou quarta, ao invés de numa sexta, ou voando à tarde ou invés de um voo no início da manhã ou da noite), bem como pegando voos com conexão ao invés de voos diretos!

8. Passagens nacionais com pontos + dinheiro podem ser uma quando não se tem os pontos suficientes. Mas considere sempre a opção de guardar os pontos e aproveitar alguma promoção com tarifa em reais.

9. Tenha em mente que quantidade de pontos ou milhas necessários para uma passagem pode variar a qualquer momento, da mesma maneira que o bilhete tradicional. Encontrou o que procurava, não perca tempo!

10. Acompanhe todas as promoções de milhas, transferências de pontos e de passagens aéreas aqui no Melhores Destinos! Receba nossos e-mails, baixe nosso aplicativo para celular ou coloque o Melhores Destinos para ver primeiro no Facebook. Você não vai perder mais nenhuma promoção.

Se você está começando nesse mundo das milhas, ou tem dúvidas, confira nosso post com dicas para acumular mais milhas.


Metodologia

Foram selecionados os 17 aeroportos mais movimentados em 15 cidades do Brasil.

Foi considerada a menor pontuação disponível entre as localidades.

A pesquisa foi realizada no dia 1o de setembro de 2016 para voos entre os dias 24 e 30 de outubro. A mesma pesquisa foi realizada outras quatro datas nos meses de abril, maio, junho e julho, seguindo os mesmos critérios. As diferenças no resultado foram mínimas, sem alterar de qualquer maneira o ranqueamento apresentado.

Nas cidades que são servidas por mais de um aeroporto a pesquisa considerou voos com origem todos os aeroportos ao mesmo tempo, uma vez que não foi observada diferença de pontos significativa entre eles.

A pesquisa na Multiplus, Smiles e TudoAzul foi realizada sem utilizar o login de passageiro frequente.

Os dados pesquisados foram registrados em prints de tela e estão disponíveis para conferência dos programas de fidelidade e demais interessados.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos