Qual é a melhor companhia aérea do Brasil? Nossa avaliação número 100!

Denis Carvalho 24 · maio · 2013

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O Melhores Destinos chega hoje a mais uma marca histórica. Esta é centésima avaliação de companhias aéreas que nós postamos! Desde que iniciamos esse projeto, já foram avaliadas por nossa equipe e por nossos leitores 71 companhias do mundo todo, certamente o maior banco de informações nessa área em português. O melhor de tudo é que as avaliações trazem relatos reais de passageiros comuns, permitindo que os leitores tenham uma ideia verdadeira de como é voar em cada uma dessas companhias.

Para comemorar esse marco, trazemos hoje uma avaliação especial. De uma só vez, vamos avaliar os serviços das quatro grandes companhias aéreas nacionais – TAM, GOL, Azul e Avianca – e compará-los para responder a uma difícil pergunta: Qual é a melhor companhia aérea brasileira? Qual oferece mais conforto, melhores serviços, mais pontualidade e melhor atendimento?

Melhor-companhia-aérea-brasil

Mas não somos nós que iremos responder a essas difíceis questões, mas sim nossos leitores! Desde que colocamos no ar nosso Ranking de Companhias Aéreas, recebemos centenas de avaliações sobre experiências e voos em cada uma dessas companhias e hoje vamos destrinchar um pouco mais estes números. Mais do que dizer se esta ou aquela companhia é a melhor, queremos oferecer a vocês uma visão geral sobre os pontos fortes e fracos de cada uma delas, que possa servir de parâmetro na hora de escolher. Vamos lá!

Como é voar na Azul Linhas Aéreas

avaliacao-azul-linhas-aereas(22)
Foto do leitor Josimar Ambrosio

Para quem acompanha o Ranking MD de Companhias Aéreas não é segredo que a Azul é a favorita entre as quatro grandes. E isso não é de hoje: desde que o ranking teve início ela sempre se manteve na ponta, com variações para a segunda colocada, a Avianca Brasil. Hoje, ela tem a incrível média 8,8 baseada em 187 avaliações. Após a compra da Trip, a companhia passou a ter a maior malha do país, com 104 destinos e uma frota de 123 aviões.

Avaliacao-Azul

A combinação de uma frota nova de confortáveis aviões Embraer e ATR com um bom serviço de bordo e entretenimento parece ter feito a companhia cair nas graças dos passageiros. Mas nossa pesquisa revela que incrivelmente não foi nenhum desses fatores que mais renderam pontos à Azul. O quesito onde a companhia teve maior nota (9,3) foi o atendimento dentro do avião. O sorriso fácil e a simpatia dos comissários foi decisivo para que a Azul ocupasse a primeira colocação no ranking nacional.

Experiência

Voar com a Azul realmente é bastante  agradável, especialmente nos voos com os jatos da Embraer. Eles oferecem um diferencial inédito no país: programação de TV ao vivo durante os voos. as poltronas são confortáveis e têm um ótimo espaço, tanto que o conforto foi avaliado com nota 9 pelos leitores. Com a compra da Trip, a companhia perdeu um pouco do padrão da frota ao adicionar aviões mais antigos, mas aos poucos eles estão sendo substituídos.

A Azul também se destaca no serviço de bordo, com uma seleção de batatas fritas, amendoins, goiabinhas e outros snacks. O bacana é que que o passageiro pode pegar o que quiser e quanto quiser.

avaliacao-azul-linhas-aereas(26)
Foto do leitor Luciano de Araujo

Pontos fortes

De uma maneira geral, a Azul vai bem em tudo. Oferece aviões modernos e confortáveis, o melhor serviço de entretenimento, um bom serviço de bordo e a simpatia dos funcionários como destaque principal. A imagem da empresa, aliás, é muito simpática, com forte presença nas redes sociais e distribuição de vouchers em ações promocionais como a Campus Party e jogos da seleção brasileira de futebol. O primeiro lugar realmente foi merecido.

Pontos fracos 

De ponto de vista do cliente, o principal é o programa Tudo Azul. Há quem goste do sistema mais simples, em que se acumula vouchers com valor em reais para ser usado nas passagens, mas isso limita muito o programa. A nova parceria com o programa Dotz pode ser a revigorada que faltava. A Azul também poderia fazer mais promoções de passagens e em algumas rotas seus preços são bem salgados. Voos internacionais e alguns itens de maior “sustança” no serviço de bordo para os voos longos também seriam bem-vindos.

 

Como é voar na Avianca Brasil

como-voar-avianca

A Avianca Brasil aparece em segundo na colocação geral desde que o ranking teve início. A antiga OceanAir é a menor das quatro grandes, atendendo a apenas 24 destinos com uma frota de 29 aeronaves. Mas a tendência é que isso mude drasticamente no futuro, já que a empresa é do mesmo grupo da AviancaTaca. A partir de 2014 ela deve ocupar o lugar da TAM como companhia brasileira na Star Alliance e ganhar mais corpo para disputar mercado no país.

Avaliacao-Avianca

Mesmo pequena, a Avianca é muito querida pelos passageiros e tem um fã clube fiel. A troca dos antigos Fokker-100 por novos jatos Airbus tem contribuído muito com isso, especialmente no quesito entretenimento. Os MK-28, mesmo sendo ótimas aeronaves, não oferecem telas individuais, enquanto os Airbus da companhia contam com sistema de entretenimento “on demand”, pelo qual o passageiro pode escolher o que quer em uma lista de filmes, vídeos, músicas e jogos.

Experiência

Os voos com a Avianca são confortáveis e com espaço adequado entre as poltronas tanto nos Fokker, que devem ser todos trocados até o fim do ano, quanto nos Airbus. Nestes últimos, a idade dos jatos e o sistema de entretenimento são os diferenciais.

O serviço de bordo da companhia também merece destaque. Nada de amendoim aqui, a Avianca serve alguns sanduíches muito bons que lembram épocas mais generosas da aviação brasileira.

De uma maneira geral, é uma companhia discreta, que preza pelo bom atendimento e pelos bons serviços, ainda que isso gere um custo pouco maior, mas não é raro que ela ofereça preços melhores que as concorrentes em algumas rotas onde opera.

avaliacao-avianca-brasil(5)

Pontos fortes

Assim como a Azul, a companhia tem seu ponto forte no atendimento dentro do avião, quesito em que obteve nota 8,8, mas pontualidade, o citado serviço de bordo e o check-in também brilham nas avaliações dos nossos leitores. Para muitos, o sistema de entretenimento e os lanches da Avianca são melhores que os da Azul. As notas mostram que as empresas estão bem próximas na disputa pelo título de melhor do Brasil.

Pontos fracos

Na nossa avaliação, o Amigo é o pior entre os quatro programas de fidelidade das companhias brasileiras. Nossa torcida é para que a Avianca Brasil seja incorporada ao LifeMiles o quanto antes. Mesmo sendo boas aeronaves, a troca dos MK-28 vai fazer muito bem à companhia, já que os brasileiros apreciam muito voar em aviões novos.  Além disso, a Avianca é a que faz menos promoções e quando faz são péssimas, por isso é difícil ela aparecer aqui no MD. A companhia também tem problemas de comunicação, com uma imagem meio apagada que não corresponde aos ótimos serviços que presta. Conseguir informações ou entrevistas com diretores nunca é fácil.

Como é voar na TAM

avaliacao-tam-linhas-aereas(31)
Foto do leitor Leonardo da Silveira

A TAM é a maior companhia aérea do Brasil em número de passageiros transportados. Ela voa para 45 destinos nacionais e tem uma frota de 130 aviões para voos domésticos. A TAM já foi a companhia aérea mais admirada pelos brasileiros, mas após um processo de corte de custos nos últimos anos e a entrada de novos competidores seu brilho parece ter empalidecido. Basta ver que a companhia ocupa uma modesta quarta colocação no ranking nacional, ficando atrás da Azul, Avianca e da pequena Passaredo, que não entrou nesta avaliação por ter perdido boa parte de suas rotas após a grave crise econômica que quase à levou à ruína.

Avaliacao-TAM

Hoje a TAM continua a ser uma empresa boa, mas não encanta. O atendimento já foi melhor, o serviço de bordo também e sua nota de 6,9 foi suficiente para ser aprovada, mas sem louvor. A companhia está em compasso de espera com relação às futuras mudanças geradas pela fusão com a chilena LAN, que é reconhecida pelos bons serviços. Já tivemos a experiência de fazer alguns voos domésticos pelo Chile e não seria mal para a TAM adotar o padrão da LAN em suas rotas, mas pelo andar da carroça – ou pelo voo dos aviões – o contrário parece ser mais provável.

Experiência

Voar com a TAM já foi melhor, mas ainda é uma experiência agradável, tanto que quase 80% dos leitores recomendam a companhia. Quem compra uma passagem com a empresa sabe que não terá grandes luxos, mas também não voará em uma low cost.

As poltronas da TAM nos voos domésticos poderiam ser mais confortáveis de uma maneira geral. Aliás em um levantamento que o Melhores Destinos fez quando a Anac lançou o selo de qualidade, a TAM ficou praticamente empatada com a GOL em termos de espaço. A maior parte dos voos da companhia também oferece um serviço de bordo modesto, por vezes restrito a bebidas e alguns amendoins ou biscoitos, além da sempre presente balinha de boas-vindas. Os lanches e refeições, que antes se estendiam a quase toda a malha, hoje são restritos a voos mais longos ou rotas concorridas, como a ponte aérea São Paulo-Rio.

O sistema de entretenimento continua a ser feito com telas individuais. Apesar de não ter sofrido grandes mudanças, sua nota baixa (5,8) é fruto da concorrência com Avianca e Azul. Não dá para comparar as opções das duas com os vídeos, muitas vezes bem chatos, exibidos pela TAM. O atendimento dos comissários geralmente é bem simpático.

IMG_2553

Pontos fortes

A TAM oferece mais voos e portanto costuma ter mais horários disponíveis. A companhia muitas vezes capricha em suas Megapromo e oferece preços ótimos, mas no dia a dia também costuma ter um excelente custo benefício. O programa Fidelidade é o maior do Brasil em número de passageiros e quantidade de passagens emitidas e tem a vantagem, pelo menos por enquanto, de fazer parte da Star Alliance – no ano que vem ele migra para a OneWorld. Para a maioria da população, a TAM tem uma imagem muito positiva, da companhia com ótimos serviços.

Pontos Fracos

A já citada falta de espaço e o serviço de bordo poderiam ser melhorados. O sistema de entretenimento coletivo é bom, mas não se compara ao das rivais. Ao que parece, a maior concorrente da TAM é a comparação que temos do que ela já ofereceu um dia e ninguém gosta de ter suas expectativas frustradas. Apesar de tudo isso, muitas vezes tem passagens mais caras que Azul e Avianca Brasil.

 

Como é voar com a GOL

800px-Voegol_Airlines_737,_EZE,_18th._Jan_2011

Chegamos à última companhia avaliada: a GOL Linhas Aéreas. O fato de estar na última colocação no guia, com nota 5,9, se deve especialmente à falta de entretenimento nos voos e ao fim do serviço de bordo. Os leitores – e os passageiros em geral – ainda não aceitaram bem o fim dos amendoins e barrinhas de cereal e a venda de lanches a bordo, sem que isso traga um impacto muito claro na tarifa da companhia. A GOL tem hoje 123 Boeings 737 e voa para 52 destinos nacionais. A companhia já rivalizou com a TAM como a maior nacional em número de passageiros transportados, mas com os recentes cortes de voos a distância tem aumentado um pouco.

Avaliacao-GOL

A companhia se intitula a maior empresa de baixo custo (low cost) da América Latina, mas até agora não conseguiu adotar uma política de tarifas que justificasse, aos olhos do consumidor, a diferença de serviços com relação às demais. A GOL costuma ser mais barata, mas não muito e não sempre. E na hora de escolher, a falta de serviço de bordo e de um sistema de entretenimento pesam a favor das concorrentes.

Experiência

Os Boeing 737 da GOL, especialmente na versão 800, são aeronaves fantásticas, mas o encanto acaba ao chegar à poltrona. A falta de espaço não chega a ser absurda como era na Webjet, mas incomoda especialmente os mais altos. Por outro lado, os aviões costumam ser novos ou pelo menos bem conservados.

A GOL não oferece monitores de vídeo e há somente uma opção de conteúdo por wifi, que pode ser acessado de smartphones, tablets e notebooks, mas não é grande coisa. Isso justifica a nota 3 que ela tem no quesito entretenimento. Na hora do serviço de bordo, os voos mais curtos contam ainda com bebidas e amendoins ou biscoitos, mas os mais longos oferecem apenas água de graça, o resto é comprado à parte. O sistema BOB (buy on board) deve chegar a todos os voos ainda neste ano e não é de todo ruim, pois oferece mais opções, mas gera muitas reclamações. Ao que parece há um desequilíbrio entre o preço praticado e a percepção do serviço, tanto que a companhia tem o pior custo benefício, na avaliação dos leitores: 6,6.

DSC04157

Pontos fortes

A companhia é a mais pontual do Brasil, segundo a Anac, há vários meses. Além disso, tem o ótimo programa de milhas Smiles, que apesar de ter seus defeitos rivaliza com o Fidelidade da TAM como o melhor do Brasil – há torcidas organizadas dos dois lados. A GOL tem uma frota de Boeings 737 nova e geralmente é a companhia que faz as melhores promoções de passagens aéreas, oferecendo ótimos preços e disponibilidade de datas. Tem uma parceria forte com a americana Delta e em breve deve aumentar sua participação internacional, com o lançamento de uma subsidiária na República Dominicana.

Pontos Fracos

Já citamos a falta de entretenimento nos voos, o serviço de bordo pago e o espaço entre as poltronas. Aos olhos do passageiro esses são pontos fracos, mas na nossa percepção não são o problema da GOL, apenas parte de sua estratégia de baixo custo. O verdadeiro problema da companhia é não conseguir se distanciar, em termos de preço, de suas concorrentes. A Webjet fazia isso bem: tinha imagem de ser ruim, mas muito barata. A GOL tem cortado custos e mais custos, mas ainda continua em um patamar próximo das rivais com relação às tarifas cobradas. Se não conseguir criar essa imagem de “mais barata”  pode ter problemas sérios no futuro.

Conclusão

A escolha de uma companhia aérea é parte importante no processo de planejamento de uma viagem. Entre a que oferece mais conforto e cobra mais e a empresa mais simples mas com custo menor a preferência vai variar de acordo inúmeros fatores, como a rota, o objetivo da viagem, a ocasião e seus acompanhantes. Talvez você queira o melhor para uma lua de mel ou aquela viagem com a família e prefira a mais barata possível em uma viagem de negócios, por exemplo. Dessa forma, a melhor companhia aérea para você vai variar de acordo com a ocasião.

Voltando á pesquisa, vemos as duas companhias menores com melhores serviços tentando ganhar espaço de GOL e TAM, que têm cortado custos e diminuído o número de voos. O mercado aéreo brasileiro é formado por companhias jovens e as recentes aquisições de Trip e Webjet demonstraram que é ainda um terreno muito instável. A concentração de nossa malha doméstica em quatro companhias é preocupante e nossa torcida é que possamos ter novas empresas aéreas, bem como o fortalecimento das atuais operadoras.

Temos boas expectativas com relação à Avianca Brasil no ano que vem e torcemos muito para que a Azul se consolide e ganhe cada vez mais mercado, já que é a mais jovem de todas. Da mesma forma, esperamos que as parcerias com a LAN e com a Delta traga novo vigor à TAM e a GOL e que possamos ter um mercado cada vez maior, mais competitivo e com mais promoções, para que mais pessoas possam viajar e conhecer as belezas que nosso país tem a oferecer!

Agradecemos às centenas de leitores que participaram das avaliações e deram suas opiniões pelo Ranking de Companhias Aéreas. Quem ainda não fez, passa lá e deixe sua opinião! Você pode conferir as outras 99 avaliações de companhias aéreas neste post índice.

E você? Prefere voar com a Azul, Avianca, TAM ou GOL? Deixe sua opinião nos comentários e participe!

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe