Latam Airlines anuncia início das operações diretas entre São Paulo e Tel Aviv em 12 de dezembro!

Thayana Alvarenga 4 · abril · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Agora é oficial! A Latam anunciou na tarde desta quarta-feira que os voos diretos entre o Aeroporto Internacional de São Paulo (Guarulhos) e Tel Aviv, em Israel, serão iniciados em 12 de dezembro. O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa no estande de Israel na WTM, que é considerado o principal evento mundial do setor de viagens e turismo da América Latina.

Este será o primeiro voo internacional operado pela Latam Airlines Chile, que decolará para Tel Aviv a partir de Santiago, fazendo escala em São Paulo. Além disso, a companhia será a única a oferecer voo direto entre a América Latina e Israel. As passagens já estão disponíveis para compra.

A possibilidade de escalas em outros países por enquanto foi descartada por Gislaine Rossetti, responsável pelas Relações Institucionais da Latam. Ainda segundo ela, o projeto de Tel Aviv começou há cerca de um ano. “Fizemos todo o planejamento e análise e a perspectiva é de bastante aceitação dos brasileiros. Queremos pelo menos 70% de ocupação, porque é um voo que, pelos nossos estudos, tem potencial”, disse ela.

Gislaine Rossetti (Latam), Dori Goren (cônsul-geral de Israel em SP) e Renata Cohen (Ministério do Turismo de Israel) na WTM

Na ida, o voo LA712 vai decolar de Santiago às segundas, quartas e sábados às 16h, pousando para escala em São Paulo às 21h05. A aeronave segue viagem às 23h, pousando em Tel Aviv às 16h05 do dia seguinte. Na volta, as frequências serão às terças, quintas e domingos, sendo que o voo LA713 decola de Tel Aviv às 18h20 e pousa para escala em São Paulo às 5h35 do dia seguinte, partindo às 7h30 e chegando em Santiago às 10h45.

O voo será operado em aeronaves Boeing 787, com capacidade para 217 passageiros na Classe Econômica e mais 30 na Premium Business.

“Em 2017, o número de turistas em Israel aumentou: foram mais de 3 milhões de visitantes. O Brasil teve um crescimento de 60% e com as ações de agora isso só tende a aumentar”, disse Renata Cohen, diretora-geral do Ministério do Turismo de Israel no Brasil.

E você, animado com o voo direto para Israel? Comente abaixo e participe!

Autor

Thayana Alvarenga - Repórter
  • Vinicius

    Ótima notícia. Eu fui pela Air Canada pegando uma super promoção que teve (300 dolares ida e volta), mas dei uma “volta ao mundo”. Assim será muito melhor.

    • Átila

      Duvido $

    • MCA ARQUITETURA Michal Cuglovi

      Fui nessa também, volta ao mundo literalmente ! Agora que os vôos serão diretos, será que não vai baratear o preço?

  • Charles Barros

    Opa! Teremos mais voos para o Chile por conta da escala.

  • Diego

    Espero estar errado, mas prevejo grandes dificuldades em se manter esse voo. As exigências israelenses de segurança são grandes, e por isso custam caro. Dessa forma, se o voo não tiver alta ocupação de passsgeiros e bom aproveitamento do porão para transporte de cargas, as chances desta rota ser cancelada me parece grande (tal qual ocorreu com os voos da ElAl).
    De qualquer sorte, sigo na torcida de que esse não seja o futuro da rota em questão.
    “Alea jacta est”

    • Mauricio Laukenickas

      Não acredito em despesas tão absurdas da cia aérea com segurança. Lembrando que ainda fará conexão para diversos país do Oriente Médio, África e Ásia.

      • Diego

        Pontuo algumas discordâncias em relação aos seus argumentos:
        1) existe sim um custo alto de segurança para voos à Israel. Se você pensa que a checagem que é feita para os voos aos EUA após 11/9 é cansativa, verificação muito mais minuciosa existe para voos que partes em direção a Israel. Em varios voos que peguei para Israel, é feita uma separação de uma área do aeroporto para a rechecagem dos passageiros e das bagagens de mão antes do embarque. E isso custa caro.
        2) quem conectaria com essa voo? Para onde? Israel mantém relações diplomáticas com diversos países, mas justamente no oriente médio essa relação é tensa e para varios países não existem voos diretos. Se pensarmos em Índia, Japão, China, Tailândia, todos esse países já são servidos, a partir do Brasil, por outras companhias, muitas vezes com apenas 1 cia que faça conexão no seu hub (Qatar, Ethiopian, British Airways, Air France, LH…). Conectar LATAM + outra companhia, ainda que OW, tende a aumentar o valor. E ainda, ElAl não pertence a nenhuma aliança.

        • Fredrik Mont

          Sim a checagem e demorada e chata. Mas o q vc costuma levar para ter tanto medo?

  • Dinaldo Lima Leite

    Excelente notícia!!!!

  • Mauro Garcia

    Já se tem uma ideia de qual será o valor inicialmente a ser cobrado pelo trecho i/v?

  • Ítalo Alencar

    Excelente notícia!!!

  • Mauricio Laukenickas

    Melhor lugar da mundo para se fazer turismo. Culturalmente e historicamente incrível. Vale muito a pena uma visita.

    Thayana, faltou vc colocar o guia de Israel que vcs fizeram há alguns anos e está muito bom.

    Sugiro a todos que puderem que visitem Israel. Simplesmente fantástico e inesquecível.

    • Paula Farias

      Quero ver esse guia!

  • Antônio Carlos

    Quem vem do Chile tem que ficar 2h dentro da aeronave esperando pra seguir pra Israel?

    • Samantha Zarth

      Boa pergunta. Às vezes os passageiros desembarcam e aguardam no saguão, como no antigo vôo da AA que fazia MIA-CWB-POA.

  • Deve abrir em alguns dias, foi assim com os outros destinos novos.

  • Fabio

    Boa sorte para quem for

  • Paula Farias

    Que ótima notícia!!!

  • Salvatore Carrozzo

    vinicius diz que pegou uma promoção, ai vem um cidadão e diz “duvido”…..vai entender a mente humana.

  • Salvatore Carrozzo

    nem discuta, meu caro, o povo gosta de causar. Mal entendem o que leem.

  • Samantha Zarth

    Excelente notícia! Agora só falta uma promo de inauguração hehe

  • Carlos Oliveira

    Eu trabalho na Air Canada e não sei nada de tarifa de US$ 300 ida e volta.

    • Robson Muniz

      foi um bug. 2016, galera toda viajou