Latam é a terceira companhia aérea nacional a aumentar o valor do despacho de bagagem

Redação 20 · julho · 2018

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Atenção! Se você voar com a Latam a partir de 18 de julho, fique sabendo que a empresa aumentou o valor do despacho de bagagem em seus voos nacionais para R$ 49 pelo volume de até 23kg, se adquirido com mais de 3 horas antes do voo, ou R$ 110 se for pagar no balcão de check-in ou em outros canais próximo ao horário do voo. Os aumentos são, respectivamente, de 22,5% e 37,5%.

Passageiros que já pagaram para despachar a bagagem não serão afetados pelo aumento.

Confira os novos valores que entraram em vigor hoje, 18 de julho:

Antes os valores eram, respectivamente, R$ 40 para compra antecipada, e R$ 80 para compra com menos de 3 horas antes do voo. E não foi só isso que subiu de preço, o valor dos excessos de peso ou dimensão na bagagem também aumentaram bastante, incríveis 70% ou 27%, respectivamente.

Clientes com status no Latam Fidelidade, ou que compram as tarifas que incluem franquia (Plus ou Top, aquelas mais caras) só pagam se excederem as dimensões, peso, ou quantidade de bagagem.

Ontem a Latam afirmou que vai começar a cobrar pela marcação de assento no próximo dia 16 e agosto, mesmo no check-in, e também pela antecipação de voo no mesmo dia da viagem, quando o passageiro comprar passagens nas tarifas Light ou Promo (aquelas mais baratas) – saiba mais

Quanto custa a bagagem despachada nas outras companhias

A Latam foi a terceira companhia aérea nacional a reajustar o valor do despacho de bagagem, que hoje está custando incríveis R$ 60 na Azul (o valor sobe para R$ 80 no balcão do check-in), R$ 50 na GOL (o valor sobe para R$ 100 no balcão do check-in), e continua, pelo menos por enquanto, R$ 40 na Avianca (R$ 80 se comprado com menos de 6 horas para o voo).

Valores se referem a 18 de julho de 2018.   

Como gastar menos com bagagens

Esse cenário de custos mais elevados para o despacho de bagagem, infelizmente, requer maior planejamento por parte dos viajantes. Quem puder viajar apenas com a bagagem de mão, obviamente, deve fazê-lo. Quem não puder, deve optar pela tarifa que já inclui a bagagem, pois geralmente sai mais em conta do que comprar separado, com o adicional delas serem menos restritivas para reembolsos, remarcações e antecipação de voo.

Quem já comprou a passagem e precisa despachar bagagem deve adquirir antecipadamente. Não deixe para a última hora, pois os sistemas das companhias aéreas costumam apresentar problemas (ainda tem isso, acreditam?!) e o risco de você gastar até 50% mais comprando no aeroporto é bem grande.

Está difícil trazer notícias boas! No mínimo uma megapromo caprichada para aliviar esse mar de desilusões para os viajantes.

Autor

Redação - redacao