LATAM muda franquia de bagagem despachada a partir de hoje

Bruna Scirea 18 · maio · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Passageiros que emitirem passagens da LATAM a partir desta quinta-feira, 18 de maio, devem prestar atenção às novas políticas de bagagens para voos nacionais e internacionais da companhia.

Para voos domésticos, a franquia passa a ser de uma única mala de até 23 kg. Atualmente, esse já é o peso permitido, mas não há limite de volumes despachados. Já a franquia para voos internacionais passa a ser de duas malas de 23 kg cada – e não mais as duas peças de 32 kg cada permitidas até então, uma redução de 29%.

A companhia vai manter a permissão de levar na cabine uma bagagem de mão de até 10 kg, o que decorre da nova Resolução da Anac e não de política das cias. Haverá mudança também na cobrança pelo excesso de bagagem, que terá tarifas fixas por peso e por tamanho das malas.

Já em julho, a LATAM deve iniciar a cobrança pelas bagagens em voos domésticos, oferecendo preços diferenciados de passagens para passageiros que optarem por não despachar as bagagens. Segundo a empresa, o preço da primeira mala será de R$ 30 para compras antecipadas.

Azul e GOL terão tarifa diferenciada em junho

E mais mudanças vem pela frente. A partir de 1º de junho, a Azul irá oferecer tarifa com valores mais baixos para passageiros que não despacharem bagagem. Clientes que comprarem a passagem pelo preço normal continuam com a franquia de bagagem de 23 quilos.

A partir de 20 de junho, a GOL também passará a oferecer tarifa com melhor preço para quem viaja só com bagagem de mão. As tarifas com preço normal vão incluir uma franquia de 23 quilos. Já a Avianca informou que ainda analisa as possíveis mudanças em suas políticas de bagagem.

 

Saiba mais sobre as mudanças no super post que preaparamos quando a nova resolução foi aprovada.

Autor

Bruna Scirea - Editora