Latam aumenta pontuação máxima de passagens para cartões Platinum e Black

Leonardo Cassol 12 · julho · 2016

Má notícia para clientes Latam Fidelidade das categorias Platinum, Black e Black Signature, ou postulantes a essas categorias. A Latam anunciou que vai aumentar a quantidade máxima de pontos para resgate de passagens nacionais da tabela exclusiva que mantém para essas categorias. A partir de 10 de outubro de 2016 a quantidade máxima de pontos para resgatar um trecho nacional passa de 15.000 para 25.000 pontos. A tabela dos demais clientes permanece com teto de 35.000 pontos por trecho nacional.

Clientes Platinum, Black e Black Signature vão continuar com acesso a um preço máximo reduzido com 29% de desconto, bem inferior ao que possuem hoje. Na minha opinião, esse era o principal diferencial de ter status no Latam Fidelidade, juntamente com os upgrades de cabine, que permanecem como anunciado pela companhia na criação do novo programa.

Ao menos a Latam avisou com antecedência os clientes, que podem resgatar qualquer passagem nacional por até 15 mil pontos até 10 de outubro. Quem quiser viajar em datas mais concorridas deve ficar atento a esse prazo para emitir os bilhetes.

Os clientes com status Platinum, Black e Black Signature estão sendo avisados por e-mail da mudança.

Em nota ao Melhores Destinos a companhia destacou que os valores mínimos para emissão de passagens com pontos serão alterados. Confira a nota completa:

“O LATAM Fidelidade informa que, a partir de 10 de outubro, o valor máximo de pontos Multiplus para o resgate de bilhetes aéreos para trechos domésticos de clientes das categorias Black Signature, Black e Platimum será alterado para 25 mil pontos.”

 “Já o valor mínimo de pontos Multiplus para o resgate de bilhetes aéreos para trechos domésticos de clientes das mesmas categorias (Black Signature, Black e Platimum) permanece inalterado.”

“Por fim, a programa informa que está em contato com os seus clientes.”

Agradecemos a contribuição do leitor Leandro Alves.

Publicado por

Leonardo Cassol

Editor

  • Leandro Alves

    Um dos motivos que vi algo errado no programa, foi a facilidade de chegar a Platinum, em uma viagem pra miami, ida e volta esta dando quase 30k milhas, se nao for voo direto.

    • Ca

      Prezado Leandro, qual voo vc ganharia 30 k de uma ´so vez?

      abs

      • Leandro Alves

        Como disse ida e volta miami, FOR – MIA – FOR (conexao BSB) 28k, FOR – MIA – FOR (direto) 20k

        • Leandro esteves

          Que conta é essa??? Os bônus do gold ou Platinum não contam pra upgrade de categoria. E for – mia – for não da essa distancia toda em milhas não.

          • Leandro Alves

            Amigo sou platinum antigo red, desde que a TAM lançou, e essa conta foi a conta que caiu pra mim entendeu??? Sempre foi 10k por viagem completa, em cima disso tem o bonus que agora com novas regras é 100%, voce nao entendeu, a facilidade de ganhar pontos tem que reduzir a emissão.

          • Leandro esteves

            Em vc que se expressou mal, pq vc esta falando da facilidade em virar Platinum. Serão necessárias pelo menos 4 idas e voltas nesse trecho que vc falou para a pessoa virar Platinum. Não acho isso tão fácil para o viajante comum não.

          • Leandro Alves

            Blz, vi agora 🙂 Realmente ta mal expressado, mas o que quero dizer, é que pra todo mundo ficou muito mais facil acumular milhas e isso tem preco.

          • Leandro esteves

            Com certeza, milhas do km de vantagens, bônus cada vez mais generosos, vendas de milhas a pleno vapor, isso tudo vai contribuindo pra precarizar os programas de fidelidade na visão do cliente. Estão se esquecendo de quem realmente é fiel e partindo pra quem tem mais dinheiro pra comprar milha. Infelizmente é isso.

          • Fernando

            Perfeito comentário Leandro. Mas comprar milhas, na minha opinião desvirtua a ideia de programa de fidelidade.

          • Leandro Alves

            Amigo sou platinum antigo red, desde que a TAM lançou, e essa conta foi a conta que caiu pra mim entendeu??? Sempre foi 10k por viagem completa, em cima disso tem o bonus que agora com novas regras é 100%, voce nao entendeu, a facilidade de ganhar pontos tem que reduzir a emissão.

        • Leandro esteves

          6.916 milhas ida e volta nesse trecho. Se voce já for gold, garante 10 mil milhas, uma vez que pra gold eles garantem 5 mil milhas por trecho pros eua.

        • Leandro esteves

          6.916 milhas ida e volta nesse trecho. Se voce já for gold, garante 10 mil milhas, uma vez que pra gold eles garantem 5 mil milhas por trecho pros eua.

  • Dionísio Alencar

    É só pancada na cabeça do passageiro frequente. Daqui uns dias a vantagem de ser platinum será ganhar uma bala juquinha no voo e só.

    • Jonatas Elias

      É por isso que sou fiel ao meu bolso. Precisava acumular Star Alliance para conseguir resgatar uma psg. Pesquisa aqui, pesquisa ali e lá vou eu voar Skyteam.

  • Marcos Batatinha

    Ano passado investi mais de 15 mil reais e fiz quase 70 voos pela Tam, com o intuito de me tornar RED, hoje Platinum, pra ter direito a emitir 35k por 15k. Final do ano, os blogs especializados, incluindo este, fizeram uma divulgação com base em informações da própria empresa, de que não haveria alteração na tabela de resgate pra clientes elite. Alguém aí lembra? Desde a fusão dos programas no dia 1º de abril (data bem sugestiva) , venho percebendo alterações, de modo que se tornou inviável investir pra buscar a qualificação. Pra mim, existe um Multiplus antes e depois da data de hoje. Essa empresa não é séria! Ludibriou seus clientes mais fieis e certamente irá pagar um preço por isso. Como não acredito nas empresas brasileiras, não fiz e não farei nenhum voo pela Tam este ano. A parceria com o Km de vantagens já ficou quase que impraticável, agora a própria Tam deu o golpe de misericórdia no seu programa. Multiplus virou Smiles! Bye Bye Latam!

    • Leandro Alves

      O problema é que virou regra comum, os unicos que estão fora é AA, e Avianca pelo que tou vendo, mas muito restrito aqui.

    • EIion Tallet

      Observe as operadoras de celulares… Dão milhões de vantagens pra clientes pré-pagos e nada pros clientes pós-pagos… Isso acontece com as cias aéreas e seus programas de milhas… Ninguém é fiel a nada…

  • Leandro Alves

    Senhores, hoje na minha opiniao, os programas de cia brasileira, cairam na vala comum, com uma vantagem pequena pra LATAM, pra quem for cliente fidelizado (platinum em diante), depois a azul, e por ultimo o smiles com seu milhoes de milhas, que parece a moeda guarani do paraguai 🙂 nao vale nada. Estou vendo como transferir pra AA, ja tirei cartao citi e acho que esse vai ser o programa internacional

  • Marcos, realmente os preços das passagens em pontos no programa mudaram muito nesse ano. Inclusive mencionamos isso em vários posts. Em breve vamos publicar a segunda edição de nossa pesquisa de custos de resgate de passagens com fatos que evidenciam e quantificam esse aumento.

    • Fernando

      Vários comentários na fila de moderação, Leonardo. O que houve? Não escrevi nada demais neles. Obrigado.

  • Leandro

    É isso ai , os chilenos vieram e estão conseguindo estragar o que já era ruim . O programa nem credita os pontos de parceiras dentro do prazo de 30 dias corridos , tenho trechos voados com a AA que faz 50 dias do pedido e nada , reclamei e não dão nem prazo, so aqui no Brasil mesmo. Realmente LATAM abriu a competição ferrenha com o Smiles, quem vai ganhar ???

  • Bruno Pinho

    que tristeza. estava acompanhando preço de passagem do rio para Paris .. e era possível achar diversas datas em maio do ano q vem por 30k cada trecho… tomei um susto quando fui olhar agora. tudo subiu.. decepcionante. 🙁

  • Eles informaram que iriam implementar no segundo semestre, mas sem data. Acho que até o fim de 2016 vai rolar. Esperando…

    • Jaime Darque Junior

      31 de dezembro implementam, vale até o fim deste ano
      😂😂😂

  • Fernando

    Thiago, acho que o que mudou foi a emissão diferenciada de passagens para quem é red de 15 para 25, não o quantitativo de voos ou pontos para ser red.

    • Thiago Soares Correia

      Sim, porem o intuito de se manter no red era justamente ter tabela de resgate diferenciado, quis dizer que não compensa ou não adianta mais se esforçar em manter esse status devido os benefícios a partir de agora serem ínfimos em relação ao status branco.

  • Mauricio Laukenickas

    Eu estava viajando TAM para virar Platinum (antigo Red) e usufruir dos benefícios de emitir passagens com menos pontos. Com essa notícia, a TAM deixa de ser minha prioridade e agora vou voltar a mesclar os voos, uma vez que o benefício do Platinum (Red) praticamente acabou e esses 29% são “História da Carochinha” para pegar os desavisados. Ou seja, a partir de agora, deixa de valer a pena voar TAM para ter os benefícios da categoria.

  • Mauricio Laukenickas

    Vale ainda ressaltar que quando a TAM divulgou as mudanças para LATAM, informou que NÃO HAVERIA MUDANÇAS PARA AS CATEGORIAS ELITE (Platinum e Blacks) e agora a LATAM muda pra pior. Dá pra ver que a palavra da LATAM não vale M. nenhuma.

  • Mauricio Laukenickas

    Isso é ganância da LATAM e falta de palavra, pois afirmaram que nada mudaria para os cliente Elite. Realmente deixa de ser vantajoso voar LATAM buscando aumento de categoria. Concordo com vc quando diz que a LATAM virou SMILES. Antes tínhamos um programa de milhagem muito ruim (SMILES) e agora temos dois programas de milhagem muito ruins (LATAM e SMILES).

  • Perfeito seu comentário, Fernando. Também sou detentor desses status nacionais e no AA. Desde o último ano deixei a tal fidelidade de lado. Estou na onda do torra-torra de pontos (os parentes estão adorando). O custo para se manter com algum status é muito superior ao de comprar suas passagens com uma rápida pesquisa de preços e opções. Creio que a onda das aéreas, agora, é tentar fazer com que o potencial cliente compre a passagem dando um cheque em branco previamente (esquema da compra de milhas/pontos).

    • Fernando

      Verdade! Concordo, infelizmente.

  • Só não creio que as estrangeiras trarão os benefícios que você sugere, Marcos. Seriam ótimos, mas a tendência mundial é a mesma que cá estão adotando.

  • Henrique Damasceno

    naão fui avisado dessa alteração fui pego totalmente de surpresa, considerava a melhor hoje a tenho que repensar…essa fusão tam não trouxe beneficios…