Aeroporto Santos Dumont terá lanchonete popular com preços reduzidos

Denis Carvalho 18 · março · 2013

O Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, terá em breve uma unidade do programa lanchonete popular, que oferece lanches a preços controlados. A Infraero publicou no Diário Oficial da União da última sexta-feira o contrato para a implantação do estabelecimento, que já faz sucesso em outros terminais. Com a assinatura do contrato, a  instalação da lanchonete já pode ser iniciada, sendo que o prazo máximo previsto para que a loja entre em funcionamento é de quatro meses. O prazo de vigência do contrato é de 60 meses, com um valor total de R$ 6 milhões para a exploração comercial da área concedida.

A lanchonete ficará em um espaço de 120 m² localizado no pavimento térreo do terminal de passageiros. O diferencial do estabelecimento é a oferta, entre as opções de alimentação, de 15 produtos com preços tabelados, estabelecidos por meio de pesquisa feita pela Infraero no mercado local. O valor de cada produto é estabelecido pela Infraero, com base em uma pesquisa de preços na cidade, buscando adequar os valores cobrados no aeroporto aos do comércio normal e evitando os abusos comuns nos terminais.

Confira a tabela de preços da lanchonete carioca:

O planejamento da Infraero prevê que todos os aeroportos das cidades-sede da Copa administrados pela empresa instalem lanchonetes populares. Os demais terminais da Rede também poderão contar com essas lojas de acordo com o planejamento do mix comercial. No momento, os aeroportos de Curitiba e Londrina (PR), Recife (PE) e Natal (RN) já contam com o estabelecimento. Outros aeroportos que já iniciaram o processo para instalação das lojas são Galeão (RJ), Congonhas (SP), Porto Alegre (RS) e Salvador (BA).

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Ricardo Braga

    Alguém sabe dizer se o aluguel do ponto para a lanchonete popular é menos caro que os pontos para outras lanchonetes? Se sim, a INFRAERO está criando concorrência desleal. Se não, aí sim é uma medida interessante pra trazer os preços a patamares menos irreais.

  • Jose Augusto

    Em Curitiba na lanchonete popular um pão de queijo grande custa R$ 1,90. Tem que abrir em todo o Brasil.

  • andre trindade

    Finamente, o consumidor não aguenta mais ser extorquido nos aeroportos brasileiros. Além do preço alto, qualidade baixa nas refeições.

  • Tito Bosco

    Onde fica a de Natal? Em que lugar do aeroporto?

    • Fica no piso panorâmico do terminal de passageiros

  • Paulo Oliveira

    A iniciativa é necessária, mas loja será antes do controle de embarque. Deveria ter loja dentro e fora da área de embarque, pois se a situação complicar e ficarmos retidos na sala de embarque por conta de atrasos ou do fechamento da pista que ocorre quando cai qualquer chuvisco no RJ, continuaremos reféns dos preços altos.

  • Daniel Matos

    Engraçado é que as grandes lanchonetes já consolidadas no mercado (como Mc Donald's e Bob's) não costumam diferir seus preços nos aeroportos e rodoviárias em relação ao que cobram no mercado normal.

    • Fabio C. F. da Silva

      Concordo com vc, em aeroporto só consigo encarar Mc Donald's e Bob's. Os outros locais os preços são muito altos.

    • Emerson Camargo Guid

      Bobs e McDonalds são franquias, portanto, o preço é tabelado.

  • Rogério Bueno

    Só falta a mensagem no final da placa de preços: SUNAB 198

    • Mauricio Lima

      eheheheh boa.

  • Vitor J. Nunes

    Que venha logo no GIG e SSA! Essa dobradinha lanchonetes caras + voos com refeição paga está terrível.

  • João Paulo da

    Estão fazendo isso nos principais aeroporto que sediarão a copa. Aposto que depois da copa vão tirar, mas espero que não, que continue sempre e que vá se expandindo até todos os aeroportos do brasil oferecerem esse serviço. Como o nosso amigo ali em cima falou, pagamos caro por uma comida ruim. Em goiania gastei quase 10 reais com 1 pão de queijo e uma xícara com leite e chocolate, e ainda não tinham açúcar ¬¬

    Eu prefiro comer no Bob's, Mc Donald's e Giraffas pois praticamente segue o mesmo padrão de mercado (em guaruhos eu comi um sanduiche e 1 milkshake enorme por quase 20 reais).

  • jorge felipe santos

    Não seria melhor adequar estes preços populares nas lojas já existentes, já que a própria Infraero é ciente dos preços abusivos cobrados pelas mesmas. Por falar em abuso, bem salgado o valor do contrato da locação cobrado pela Infraero de R$ 6 milhões(+ ou – R$3.300,00 por dia).

  • Patricia Luck

    Espero que funcione e que tenha boa qualidade!

    Assinado: mãe de 3 filhos que viaja bastante com eles.

  • Sheyla

    Aqui no Aeroporto de Maceió o Bob´s cobra mais caro que no shopping (bem mais caro, diga-se de passagem). Vou esperar que essa novidade chegue por aqui!

  • Christian Lino

    Não se pode mudar as regras em contratos já assinados, nas próximas renovações aí sim pode-se incluir uma cláusula estipulando o preço máximo de alguns produtos básicos. Quanto ao preço do aluguel tá caro, muito caro, mas nem tanto. O faturamento diário de uma lanchonete em locais de grande movimento como aeroportos, como o Santos Dumont que tem fluxo mensal médio de 1 milhão de pessoas, passam facilmente de 30 mil por dia e o valor investido se pagará no decorrer dos 5 anos de contrato.

  • Marcos Reis

    Espero que seja expostas as máquinas em locais de acesso fácil aos passageiros, principais interessados em tais produtos; Diferente das máquinas no Aeroporto de Congonhas por exemplo que estão no piso inferior (estacionamento) lá atrás, escondido nos elevadores, somente quem ver essas máquinas naquele aeroporto são os funcionários e pessoas que transitam inúmeras vezes por ali.

  • Marcos Reis

    Posso te falar que em Salvador cobram em torno de R$ 25.000 o aluguel de um ponto (loja) com inúmeras limitações dos produtos que serão comercilizados, isso talvez justifique o preço cobrado caro pelos comerciantes. Tais orgãos que administram essas negocições superfaturam os pontos, por isso justifca que o preço os pdorutos vendido sejam caros.

  • Marcos Reis

    Aqui na Europa tem essas máquinas em tudo quanto é canto, seja no aeroporto, estações de trem, metrô, rodoviárias, pontos de ônibus, centro da cidade, etc. Aliás aqui as máquinas dominam tudo… Tem máquina desde de livros, produtos para viagem como cadeados, cadarços de tênis, alfomadinhas tipo travesseiros, etc…

  • cecilia ribeiro

    Conheci a lanchonete popular no dia 2 de fevereiro de fevereiro2014.A idéia é excelente.Consegui com 7 reais fazer um bom lanche .Achei justo o preço e não me senti roubada,como acontece nas outras lanchonetes dos aeroportos.