Como é voar na JetBlue – nova avaliação da irmã mais velha da Azul Linhas Aéreas

Redação 6 · junho · 2013

A JetBlue Airways foi fundada em 1999 pelo brasileiro David Neeleman e trouxe uma evolução aos padrões norte-americanos, ao oferecer passagens baratas sem abrir mão do conforto e bom serviço. Hoje, a companhia conta com uma frota de superior a 180 aeronaves e voa para mais de 80 destinos em 21 estados americanos e 12 países do Caribe e América Latina, incluindo México e Colômbia. Parte da empresa (19%) pertence ao grupo alemão Lufthansa. A JetBlue pode ser considerada irmã mais velha da brasileira Azul Linhas Aéreas, que também foi fundada por Neeleman em 2008 e tem sido considerada pelos leitores a melhor companhia aérea do Brasil . Trazemos hoje a segunda avaliação da companhia para o Melhores Destinos, assinada pelo leitor Thiago Brondani. Acompanhe sua experiência e saiba um pouco mais sobre o jeito JetBlue de voar:

Airbus_A320,_JetBlue_at_Logan,_as_the_sun_rises._-A_Little_Blue_Will_Do-._(4931018743)

Fiz minha viagem em março  partindo de Orlando (MCO) até Nova York (JFK). O preço da JetBlue não era o melhor (99 dólares com taxas), porém considerando que ela não cobra para despachar a primeira mala (até 23 kg), ao contrário das concorrentes mais baratas, acabei optando por ela. Vale lembrar que a partir da segunda mala é cobrada a tarifa de 40 dólares por volume.

Compra das passagens

Realizei a compra das passagens diretamente pelo site da JetBlue. O site é fácil de utilizar e não tive maiores problemas para fazer a compra, efetuei o pagamento por Paypal sem dificuldades também. Aproveitei e me cadastrei no programa de fidelidade da empresa, porém até o momento não recebi nenhum cartão em casa.

Durante o processo de compra da passagem e mesmo após a compra (através de e-mails) a empresa tenta “empurrar” aluguel de carro, reserva de hotéis e seguros, mas não tive interesse por nenhuma das ofertas.

Check-in e Embarque

O check-in é realizado eletronicamente através dos totens distribuídos no local. Apesar de não ser uma tarefa das mais complicadas, caso o passageiro tenha dificuldades, há funcionários a disposição para ajudar. Logo após essa etapa, fui conduzido para os balcões da empresa para que a mala fosse pesada e despachada pela funcionária.

941476_10151473787581843_1743486346_n

A sala de embarque em Orlando possuía internet wireless de boa qualidade oferecida pela própria JetBlue. Isso ajudou a passar o tempo até a hora do embarque, que ocorreu no horário estabelecido. Não houve maiores atrasos e o avião decolou no horário programado.

Avião

A empresa trabalha com jatos Airbus A320 ou Embraer E190, no meu caso voei com o A320. Antes mesmo de embarcar já tinha notado que a limitação de tamanho para a bagagem de mão é diferente conforme a aeronave, sendo que a empresa aceita volumes maiores no Airbus que no avião brasileiro (apesar de ninguém respeitar esses limites).

JetBlueA320atJFK

As poltronas eram de couro e estavam na configuração 3×3, e o espaço para as pernas proporciona uma viagem bastante confortável. Mesmo assim, quem quisesse podia comprar poltronas que oferecem ainda mais espaço (“Even more space”).

2013-03-05_11-44-25_685

O ponto negativo fica para a conservação da aeronave. O assento à minha frente estava riscado de caneta e a minha mesinha quebrada, de forma que ficava inclinada ao invés de plana.

Serviço de Bordo

A alimentação é ponto forte da JetBlue. A companhia não faz economias nesse quesito e acaba sendo uma agradável surpresa, principalmente para nós brasileiros que hoje em dia precisamos pagar até pelo copo d’água em algumas viagens nacionais.

A JetBlue disponibiliza de um cardápio com alimentos gratuitos e os que são pagos à parte. Não me interessei e também  não vi ninguém comprando alimentos e mais tarde entendi o motivo: a alimentação gratuita é bem melhor que das outras empresas. Primeiramente a companhia ofereceu um pequeno lanche para todas as crianças do voo e a aeromoça passou anotando os pedidos de bebida dos passageiros. Não sei até que ponto é vantajoso esse sistema de anotar os pedidos, pois a entrega das bebidas foi bastante demorada.

2013-03-05_13-05-53_706

Logo em seguida veio o lanche dos adultos. Na JetBlue a aeromoça passa com uma enorme cesta contendo inúmeros snacks. Não dá pra pegar muita coisa nem ficar escolhendo muito pois ela passa rapidamente, mas consegui pegar 5 pacotes de snacks (divididos entre 3 pessoas). Uma passageira quis trocar um dos lanches e foi ignorada pela comissaria de bordo. Inclusive a empresa manda muito bem ao oferecer lanches azuis, eu peguei um pacote de batatas chips azuis. É no mínimo diferente, e o gosto não é ruim não.

O ponto negativo fica em relação ao tamanho da lata de suco que é muito pequena. Principalmente se comparada aos refrigerantes, que são oferecidos em latas de tamanho normal. Posteriormente foi oferecido um pacote de chocolate estilo MM’s para todos os passageiros. Assim como os salgados, esse pacote de chocolate também trazia uma quantidade de alimento bem superior àquela que estamos acostumados a receber das cias aéreas.

Entretenimento

Outro ponto forte da empresa. Todos os assentos possuíam tela individual para assistir a filmes, ouvir música, etc. Mas o diferencial da JetBlue são os canais da DirecTv que passam na tela do avião. Não sei dizer se a programação era ao vivo ou não, mas assisti a minhas séries preferidas durante o voo.
Para quem não possui fones de ouvido, a empresa os vende ao custo de 2 dólares, por isso fica a dica de levar o seu de casa.

2013-03-05_12-50-50_207

Minha única reclamação reside no controle remoto da televisão, pois ele fica no encosto para o braço e não  tem uma capinha que o cubra ou algo parecido. Dessa forma, seguidamente o passageiro esbarra com o braço no controle e acaba mudando de canal ou mexendo no volume involuntariamente.

Chegada ao destino e pós-voo

O avião pousou alguns minutos antes do horário programado e sem qualquer tipo de problema. Dias depois recebi um e-mail da JetBlue pedindo que eu completasse uma pesquisa com a minha opinião acerca do voo. Nota-se que a empresa tem uma preocupação com a satisfação do cliente.

800px-JetBlue_A320_at_Orlando

Conclusão

A JetBlue é sem dúvidas uma boa companhia aérea. Além de ser uma das poucas empresas americanas que não cobram para despachar a primeira bagagem, a JetBlue se destaca no serviço de bordo e no entretenimento durante o voo. Não considero que os problemas pontuais e pequenos, como a mesinha quebrada e o assento riscado, sejam suficientes para prejudicar a avaliação da companhia. Sempre que o preço for competitivo, verei com bons olhos voar pela JetBlue novamente.

Agradecemos ao Thiago por esta excelente avaliação, que certamente será importante para os leitores que estão planejando uma viagem aos Estados Unidos e poderão usar os serviços da JetBlue. E você? Já voou pela companhia? Deixe suas impressões nos comentários!  Se você fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br Você pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste post.

Publicado por

Redação

redacao

  • Jetro Salvador

    Tbem voei com a Jetblue em novembro do ano passado (NYC/JFK – ORL). Gostei muito da empresa e concorco com tudo que vc disse. Lembrando que no JFK a Jetblue tem um terminal próprio separado (bem confortável diga-se de passagem).

    Tenho 1,85 e realmente o espaço entre as poltronas é confortável (bem diferente das sardinhas TAM e GOL), e a programação é SIM AO VIVO.. assisti ao SundayNight da NFL durante meu vôo domingo a noite!!!

    A 1a mala gratuita também é um diferencial, considere isso na hora da pesquisa.

    Na Ida fiz Miami/NY pela American, atendimento honesto (mesmo assim muito melhor que TAM e GOL trecho interno) e tbem não tive problemas, mas paga-se por cada mala despachada.

  • Thales Agricola

    Resumindo: é como voar na Azul, especialmente se for em um E190…

  • jonas88

    Enquanto isso na GOL as aeromoças oferecem aquele litrão compartilhado dominado no ombro.

    Um suco de peido né?

    E ainda cobram caro por esse serviço. Fora quando não cobram a comida.

    Como é que, mesmo com tudo isso, conseguem ter prejuízos?

  • Milton Lucio Cortes

    Tive a (grata) oportunidade de voar com a Jetblue, no trecho Los Angeles – New York. O avião era um Airbus A-320, em um voo (B6 676) non-stop entre LAX e JFK. As 6 horas de voo foram amenizadas pelo espaço entre as poltronas (maior do que na TAM e muuuito maior do que na GOL), pelos sistema de TV com monitores individuais e pelo serviço de bordo (refris e snacks "ilimitados" free). O voo partiu e chegou nos horários previstos, sem atrasos. Enfim, foi tudo conforme descrito na resenha do leitor Thiago Brondani.

    No mais, acrescento ainda que:

    1) O sistema de TV é DirectTV, e é ao vivo (canais abertos). Existe também a opção de assistir filmes "on-demand", pagando-se com cartão de crédito.

    2) O terminal T5 do JFK (base da JetBlue) possui wi-fi grátis.

    3) Passageiros que tenham comprado a passagem do Brasil para os EUA com a TAM ou American Airlines tem direito a despachar 2 volumes de 70 lbs (32 kg) cada nos trechos domésticos da JetBlue, basta mostrar o bilhete aéreo para a atendente no despacho de bagagens.

    Finalmente, devo dizer que, no todo, a Jetblue é bem melhor do que as "nossas" TAM e GOL da vida…

    • Edwaldo Oliva

      Estou indo para Boston via New York pela TAM. Comprei JFK Boston pela Jet Blue. Não sabia sobre duas peças para quem chega pela TAM ou A.A., normalmente o limite é uma peça. Imagino que a volta também seja assim, bastando apresentar a passagem da TAM em Boston, correto? Desde já, agradeço essa dica super útil.

      • Thiago Castro

        Melhor confirmar essa informação com o SAC da empresa ou através de algum e-mail trocado com eles. Melhor garantir do que ficar na mão, brigando com os atendentes na hora. Em todo caso, espero que seja uma política da empresa.

    • Matheus

      Viajo para Miami em Abril de 2014. Vou de TAM. Essa informação referente a possibilidade de despachar 2 volumes de 32 KG nos trechos domésticos da JetBlue, me interessou mto. Isso realmente é verdade? Você descobriu como? Abraços

  • Emerson Leite

    Muito bom saber dessas informações, tenho um voo de New York para Fort Lauderdale próxima semana e estava em duvida se essa cia era boa ou uma cilada. =D

    Obrigado ao MD e ao Thiago.

  • Rodolpho F.

    Mt Legal o relato…

    vou fazer exatamente esse trecho (NY -ORlando) em agosto…

    Esses 99 dólares que o Thiago pagou foi ida e volta ou só trecho? Tô achando tudo por 200 dólares (pela DELTA) ou mais ida e volta e tô achando meio cara…(muquirano .com rs)

    • Thiago Castro

      Acho que foi só um trecho…

    • Thiago Brondani

      Apenas 1 trecho.

  • sandraf

    Fiz o trecho Fort Lauderdale-NY e Washington-Fort Lauderdale em janeiro, a Jetblue é muito atenciosa principalmente com crianças, a minha ganhou um broche da empresa em forma de avião lindo. É realmente como descrito no post, no meu caso tive sorte com a comissaria pois minha filha pediu duas vezes o mix e a batata azul e foi atendida nas duas vezes. No voo de volta minha filha comprou um kit de frios que estava muito gostoso, alem de pedir os mix e as batatas azuis. Fui de airbus e voltei no embraer os dois tranquilos, e nas duas vezes wifi proximo ao portao de embarque.

  • Milton Lucio Cortes

    Edwaldo,

    sim, na volta basta apresentar também o ticket da TAM, para você ter liberado as duas bagagens free (fiz isto em LA, pois eu tinha um bilhete da TAM JFK-FLN, adquirido com milhas).

    Esta politica de bagagem para as cias parceiras da Jetblue esta documentada em http://www.jetblue.com/airline-partners/
    (clique no sinal de + ao lado da cia. aerea).

    No caso especifico da TAM, diz o seguinte:

    "About TAM Airlines

    Enjoy Brazilian hospitality to São Paulo (GRU), Rio de Janeiro (GIG), and an array of destinations across Brazil and South America with TAM Airlines. Fly to Brazil and beyond via TAM's gateways at New York (JFK) and Orlando (MCO).

    Baggage information

    2 free checked bags permitted (up to 70 lbs/31.75 kg) in economy class. "

    No caso da American Airlines:

    "About American Airlines

    Make convenient connections between 26 domestic JetBlue markets and 15 international destinations served by American Airlines from New York's JFK and Boston's Logan airports. Customers can earn TrueBlue points (jetblue.com/aa) or American AAdvantage miles when flying on any of the JetBlue or American flights that are part of the agreement.

    Baggage information

    For travel to Europe, 1 free checked bag permitted up to 50 lbs. For travel to Asia and South America, 2 free checked bags permitted up to 50 lbs (70 lbs for Brazil)."

    Ainda sonho com o dia em que teremos uma rota da Jetblue (partindo do T5 do JFK), para o Brasil,

    conectando com a malha aérea da Azul…. Please, Mr. Neeleman !

    • Rayza Raiane

      Nos últimos meses eu e minha familia tivemos péssimas experiencias com a JetBlue! A primeira experiencia foi quando minhas mae estava indo dos EUA para a Europa e outra vez estava toda a família indo para o Brasil.
      Problemas do tipo: – Cancelamento do voo ( já aconteceu duas vezes. Na ida pra Europa e na volta do Brasil);
      -O voo saiu muito atrasado impossibilitando de pegarmos o segundo voo;
      -Perderem nossa bagagem no trecho operado por eles (tanto na ida pro Brasil como na volta. Na ida perdemos 1 e na volta perdemos 3 de 5 malas).

      Não indico essa companhia a ninguém!

  • Milton Lucio Cortes

    Em tempo: este voo LAX-JFK custou USD 99,00 (+taxas). Achei barato, para um voo que atravessa o país inteiro de costa a costa…

    • Edwaldo Oliva

      Oi Milton, antes de mais nada, muito obrigado pelas informações detalhadas. Eu paguei US 91,00 com taxa incluídas e uma peça despachada. Tinha pela A.A., por US 81 total com direito apenas a bagagem de mão.

  • Bruno Piccoli

    As vezes tenho a impressão que alguns viajam mais para comer do que propriamente por viajar. Principalmente em voos nacionais, que as vezes não passam de 2 horas. Quer comer? Não viaja e vai num bom restaurante na sua cidade.

    • Luiz Carlos Rodrigue

      Comentário lamentável. A tua sugestão então é que a parte de serviço de bordo seja abolida das avaliações?

      Uma coisa é detonar uma cia pq não serve comida, apesar de ser direito de cada um reclamar do que quiser, mas qual o problema da avaliação falar sobre um dos pontos mais fortes da jetblue?

      Você acha que a avaliação seria melhor se não falasse nada sobre a alimentação a bordo?

      O relato, na minha opinião, abordou satisfatoriamente todos os aspectos do voo e não foi exaustivo na parte do serviço de bordo.

      Sério, tem uns comentários que seria melhor não ler. As pessoas fazem os relatos na boa vontade e vem um cara só reclamar (e pior, reclamar sem razão).

  • ANTONIO MENDES FURTA

    Muito bom o post, muito parecido com o que eu iria fazer. Estivemos viajando recentemente pela Jet Blue em dois trechos: San Francisco (SFO) X New York (JFK) e New York (LGA) X Orlando (MCO). Em ambos os trechos o destaque é mesmo para o fato de que ela não cobra pela primeira mala e o serviço de bordo. A pontualidade também aconteceu nos dois vôos. A Jet Blue agora é minha primeira opção quando o assunto é voar dentro dos EUA.

  • Marcela Nering

    Eu voei JetBlue ano passado, de Washington DC para Tampa, na Flórida. Optamos por essa companhia justamente por causa da inclusão da primeira bagagem sem cobrança de taxa adicional. Pagamos cerca de 100 dólares o trecho. O que achei interessante foi que logo na entrada do aeroporto em Washington (o Ronald Regan) a JetBlue já tem uma esteira onde você deixa suas bagagens e faz o check in. Mas é na entrada mesmo, do lado de fora das portas! Então chegamos, já deixamos as malas, fomos para a área de embarque aguardar pelo voo. Eles foram pontuais e tudo correu bem. O avião era um A320, configuração 3×3 e estava em bom estado de conservação. Quem já voou de Azul vai ter basicamente a mesma experiência: bons snacks de graça (a batata é azul!), TV com programação ao vivo de graça. As duas companhias são muito parecidas. Eu gostei muito da experiencia e consideraria voar novamente em outra oportunidade.

  • André Meluzzi

    Seu comentário me colocou algumas dúvidas. Como estou indo pros EUA de American Airlines, imaginei a possibilidade de comprar o trecho interno pela JetBlue e ter a franquia de bagagem internacional honrada. Mas mandei um email pra jetblue pra esclarecer esta questão e descobri que não é bem assim!

    Segue a resposta:

    "When you are traveling on a single ticket with JetBlue and one of the airline

    partners above, JetBlue will in most cases honor the free baggage allowance of the partners (when

    those allowances exceed JetBlue's current policy)." Which means in order for us to honor our

    partner airlines baggage policy the reservations must all be made together on the same ticket. If

    the flights are purchased separately then we can not honor their policy. We hope this answers your

    question and we look forward to having you on board.

    Ou seja, a franquia de bagagem só é honrada se for feito a reserva toda no mesmo tícket!

  • Eliezer Fonseca

    Acabo de cancelar um vôo no site da JetBlue. Pra minha surpresa, após processar o cancelamento, a JetBlue disparou três emails para mim: 1) um de confirmação do cancelamento; 2) outro de abertura de uma conta num tal de TravelBank JetBlue, seguido de outro com senha; 3) outro confirmando que o meu reembolso está disponível nesse banco, com data de expiração até 29/01/2015, PARA SER UTILIZADO EM FUTUROS VÔOS DA JETBLUE !!!!!!!!

    Account Summary
    ELIEZER FONSECA
    Account Number:8279001165905184
    Your Account Balance: 405.20 USD
    Your Account Statement
    Your statement shows all transactions on this account.
    AmountService Credit Expiry Date
    405.20 USD 01/29/15

    Ou seja, estão tratando meus dólares como se fossem milhas ! Quero meu dinheiro, e pretendo cobrá-lo judicialmente no Brasil mesmo do Sr. David Neleman e sua Azul/JetBlue !

    Tomem cuidado, não comprem com essa JetBlue !

    • Que sacanagem!
      Mas só para fazer justiça, o Neeleman já saiu da JetBlue tem anos e a Azul não tem nada a ver com o pato!

  • Elaine

    Alguém saberia me dizer se a Jetblue tem site brasileiro ou se tem escritório no Brasil para que eu possa ligar e efetuar a compra diretamente em reais, evitando assim o pagamento de IOF. Obrigada pela ajuda.

    • Igor

      Alguem me pode informar se é preciso imprimir os “boarding pass” em casa antes de ir para o aeroporto?