GOL começou a operar hoje voos com internet Wi-fi grátis!

Denis Carvalho 4 · outubro · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A GOL deu início hoje ao sistema de internet a bordo em suas aeronaves. Inicialmente apenas um avião está equipado com o sistema, mas na próxima semana uma segunda aeronave passará a oferecer conexão. O serviço será gratuito nos primeiros seis meses. A companhia divulgou ainda novidades como canais de TV ao vivo e um portal com filmes e séries.

“Este é um voo histórico para a aviação brasileira. A partir de agora a GOL vai oferecer o melhor é mais completo sistema de entretenimento aos seus passageiros”, comemorou o presidente da GOL, Paulo Kakinoff, durante o voo inaugural, acompanhado pelo Melhores Destinos.

Segundo ele, no primeiro voo chegaram a ter 147 acessos simultâneos ao sistema e 720 megabytes de dados transmitidos, o que prejudicou a experiência de conexão. “Isso equivale a baixar dois filmes inteiros. No dia a dia, devemos ter em média 30 passageiros conectados ao mesmo tempo, mas era importante que existisse esse teste”.

Kakinoff afirmou que a GOL é pioneira em oferecer a conexão à internet a bordo, mesmo a Avianca Brasil tendo anunciado o serviço há alguns dias: “Não estamos fazendo testes, o serviço está disponível a partir de hoje a todos os passageiros dessa aeronave. A gente considera o sistema lançado quando está disponível para clientes o que aconteceu agora. Não vi ninguém que tenha usado o serviço deles, alguém já viu?”

O presidente da GOL destacou que em breve a conexão estará disponível desde o momento do embarque até chegar ao destino final – o chamado gate to gate. “No mundo apenas outras três empresas oferecem esse serviço, que permite ao passageiro acessar a internet mesmo quando é necessário aguardar a decolagem, por exemplo. O tempo de conexão pode dobrar.”

Por enquanto não foi revelado o valor que será cobrado, mas serão oferecidos vários pacotes de dados, com diferentes franquias e preços. “Ainda que os preços não estejam fechados, colocamos uma faixa de 5 a 20 dólares, considerando um pacote mais simples ou mais completo e também a duração do voo”.

Outra grande novidade anunciada foi o novo portal de entretenimento, que será lançado no próximo dia 20 com uma seleção de filmes, séries e desenhos animados. “Já temos 30 títulos definidos para o lançamento é até o final do ano chegaremos a 50 ou 60. Todo esse conteúdo poderá ser assistido gratuitamente pelo celular ou tablet do passageiro”.

No terceiro trimestre, a GOL planeja oferecer ainda seis canais de TV ao vivo durante seus voos. “Com isso teremos o sistema de entretenimento mais avançado e completo do mundo. E até o fim de 2018 ele estará disponível em todas as aeronaves”.

Experiência

O Melhores Destinos testou a internet da GOL e em um primeiro momento o resultado foi bom, chegando a mais de 5 megabytes por segundo para downloads. No entanto, conforme o número de passageiros aumentou houve muitos momentos de instabilidade, com velocidade quase nula ou que o sistema ficou realmente fora do ar.

O presidente da GOL atribuiu o problema a ser um voo atípico, já que ele anunciou a novidade no sistema de som da aeronave e convidou os passageiros a testá-la – chegou a passar entre as poltronas para ajudar – o que levou ao pico de 146 passageiros conectados simultaneamente.

No voo de volta a conexão ficou mais estável e com boa velocidade. Não foi suficiente para fazermos uma transmissão ao vivo pelo Facebook, por exemplo,. mas conseguimos por outro lado postar parte desse texto no site em pleno voo, incluindo imagens.

Após novo anúncio do presidente, o número de usuários aumentou e a conexão voltou a ficar bastante lenta. Notamos que para acesso de sites e para receber mensagens a velocidade estava aceitável, o problema era para enviar mensagens ou postar nas redes sociais, o que demorava bastante.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe