American Airlines anuncia integração do AAdvantage com o Dividend Miles da US Airways

Denis Carvalho 28 · outubro · 2014

A American Airlines anunciou hoje a tão esperada integração entre o seu programa de milhas, o AAdvantage e o Dividend Miles, da US Airways, empresa com a qual está em processo de fusão. De uma maneira geral, as mudanças foram poucas e há algumas notícias bem positivas, pois não haverá alteração na tabela de emissão. As alterações estarão todas em vigor até o segundo trimestre do ano que vem.

Na verdade, a grande notícia é que as mudanças foram bem poucas, já que a especulação era grande de que o AAdvantage poderia ter uma nova tabela de emissão com preços altos ou uma alteração na forma de acúmulo, passando a oferecer milhas pelo valor gasto na passagem. Nada disso se confirmou e as regras que fizeram o programa ser eleito o melhor internacional pelo leitores do MD permanecem praticamente as mesmas!

Níveis elite

Uma das maiores dúvidas com relação à união dos programas era como seriam alinhadas as categorias. Isso porque o Dividend Miles tem hoje quatro escalas – Silver, Gold, Platinum e Chairman’s Preferred, enquanto o AAdvantage tem apenas três – Gold, Platinum e Executive Platinum. A solução adotada foi unir os passageiros dos níveis Gold e Platinum da Us Airways na categoria Platinum:

aadvantage-dividend-miles-niveis

Pelos nomes, parece que os membros Gold da US Airways receberam um upgrade para Platinum no AAdvantage, mas na verdade houve um “rebaixamento”, visto que hoje são necessárias 75 mil milhas para alcançar o status no Dividend e apenas 50 mil no AAdvantage. Por outro lado, os bônus de milhas da categoria aumentará para 100% – hoje são 50% no Dividend Gold e 75% no Platinum. Aqui no Brasil, poucos serão afetados por essa mudança, já que o Dividend Miles não está entre os programas mais populares, apesar de não ser ruim.

Outra mudança significativa é que a quantidade de trechos necessária para se alcançar o status Executive Platinum, que passa de 100 para 120 dentro do ano. Os que acumulam milhas nos dois programas terão o status calculado com base nos totais combinados entre eles. Ou seja, quem acumulou 12,5 mil em cada um deles terá status Gold, mesmo não tendo alcançado 25 mil pontos no AAdvantage.

aadvantage-dividend-miles-upgrade

Leia as informações completas no site do AAdvantage. Para quem quiser se aprofundar, também vale dar uma lida nos blogs especializados do Boarding Area.

 

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Excelente notícia! Se continuar assim o AAdvantage vai se diferenciando ainda mais dos seus principais concorrentes, MileagePlus (United) e SkyMiles (Delta). Mas, ainda é cedo para comemorar. Pelo regulamento do AAdvantage a American Airlines pode anunciar as temidas mudanças na tabela de resgate ou nos critérios para promoção de categoria a qualquer momento.

    • sjr

      voando de american airlines, compensa pontuar na tam ou no aadavantage,? sendo que nao tenho nenhuma outra viagem programada para os eua e nao sei como acumular mais no aa.

  • Marcio Correa

    A America Airlines, mostrou respeito ao associado AAdavantage. Por isso continua sendo meu programa favorito, incluindo os das cias. brasileiras. Que continuem assim.

  • Hermes Hs

    Infelizmente o serviço da AA é bem inferior a United, talvez parecido com a Delta. Mas o programa de milhas mostra o que a CIA mantém a verdadeira razão de um programa de milhas FIDELIZAR O CLIENTE. Não gosto muito de viajar com a AA, mas diante das péssimas mudanças que vem ocorrendo nos programas de milhas das empresas no mundo inteiro, de modo geral, procurarei viajar com eles e espero que um dia eles possam melhorar os serviços… mas de acordo com a tendência, não descarto a possibilidade de uma alteração na mesma linha das outras CIAS aéreas.

  • Cleber Rosa

    Como US Chairman, presenteado anualmente com apenas 2 eVIPs, estou salivando pelos meus futuros 8 SWUs.

  • Gilberto

    Enquanto isso, nada da LATAM unificar os 2 programas das 2 cias aereas: Lanpass e Fidelidade.

  • Cleber Rosa

    É, desisti do Fidelidade faz um tempo já… o LANPASS também não é lá essas coisas, então não adiantava nem esperar uma unificação (com saldo positivo) dos dois.

    • Gilberto

      Pois eh, Cleber. Concordo totalmente que os 2 programas beiram o limite entre o “ruim” e o “pessimo”. Como nao havia aonde colocar milhas da British na ocasiao, resolvi abrir conta no Lanpass para concentrar as milhas da LAN nos voos na Argentina e Chile com a esperanca que um dia os programas fossem unificados. O Lanpass tem ao menos o diferencial de as milhas sempre serem renovadas por mais 3 anos, cada vez que voar pela cia e por isso priorizei esta conta para todas as cias do One World, assim como faco isso com as outras aliancas, concentrando em cias que renovam as milhas quando voce voa com certa regularidade, caso da United no Mileage Plus (Star Alliance) e a KLM no Flying Blue (Sky Team).