Iberia Plus e Accor Le Club retomam parceria de troca de milhas em março

Denis Carvalho 22 · janeiro · 2013

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Uma boa notícia para todos os que procuram passagens aéreas baratas com milhas: o grupo de hotéis Accor  vai retomar em março a parceria entre  seu programa Le Club e o Iberia Plus. Segundo informou a rede de hotéis, as negociações estão em andamento e ainda não está definido quais serão os termos do novo acordo. Estamos torcendo para que seja mantida a cotação de dois pontos Le Club por cinco avios, que era excelente para conseguir passagens para a Europa na Iberia.

Hoje, alguns leitores relataram que a opção de troca voltou a aparecer no site do Le Club. O Accor, porém, informou que está sendo feito apenas um ajuste no site e a troca não está disponível. Os clientes que tentarem fazer a operação serão avisados por uma mensagem na página.

A cotação oferecida era  fantástica para quem acumulava pontos no Le Club hospedando-se nos hotéis da Accor, como Ibis, Mercury e Novotel, ou para transferir milhas de outros programas parceiros, como o Fidelidade da TAM. Passando 2 mil pontos do Fidelidade, você recebia 1.000 pontos no Le Club, que transferidos para o Iberia Plus se transformavam em 2,5 mil avios!

Some-se essa cotação favorável às constantes promoções de passagens do Iberia Plus para a Espanha e às promoções de transferência da TAM e cartões de crédito para o Le Club e tínhamos  umas das maneiras mais econômicas para se chegar à Europa com milhas.

Segundo informou o Accor, a partir de 1º de março a parceria receberá “um novo escopo”, mas por enquanto o grupo não adiantou se a cotação será alterada ou não.  Ao que tudo indica a negociação foi bem sucedida, mas resta saber se continuará a ser uma boa opção para os clientes ou se uma nova cotação ou novas condições tornarão as transferências pouco vantajosas.

Atualizado às 19h27

Com dica dos leitores Thiago Campos e João Bosco e informações da Accor

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe