Está no ar o Guia de St. Barth

Camille Panzera 26 · agosto · 2013

St. Barth ainda não é um destino tão difundido entre os brasileiros e se você faz parte do grupo que ainda não ouviu falar do lugar, essa é sua oportunidade de conhecer um pouquinho melhor a ilha, que a partir de hoje figura como mais um dos nossos guias de destinos. St Barth, ou St. Barths, são os apelidos costumeiros e formas mais utilizadas para falar de Saint Barthélemy, uma pequena ilha no mar das Caraíbas que pertence à França. O local fica próximo de St. Maarten e St. Martin, e por isso muita gente divide a viagem em ambas as ilhas ao invés de conhecer uma só. 

guia-st-barthBem, e o que tem St. Barth de interessante? Praias isoladas e cercadas por vegetação, água do mar cristalina, lojas de marcas famosas, festas, além de restaurantes excelentes. Tudo isso, no entanto, tem seu preço e em St. Barth os valores não são apenas simbólicos. O local funciona como um refúgio para pessoas de alto poder aquisitivo, então não espere encontrar pechinchas. Trata-se de uma ilha exclusiva e luxuosa, com baladas nas noites de inverno (alta temporada) e sossego durante o verão.

Apesar dos preços não tão convidativos, St. Barth cativa seus visitantes pelas belezas naturais e pela atmosfera de interior, sem buzinas ou corre-corre, e com pessoas que se cumprimentam mesmo sem se conhecer. Em suas praias, muitas delas afastadas do comércio, não há qualquer incômodo por parte de vendedores ou música alta – os sons que se ouve são apenas dos pássaros e das ondas quebrando no mar.

Ao desembarcar por lá, alugue um carro e faça dele seu fiel escudeiro durante a viagem. Suba os morros, desça-os e se perca entre as ruas da ilha, que vez ou outra se parecem com um labirinto. As paisagens que se descortinam ao longos dos passeios são tão bonitas que a gente nem liga de não saber qual direção tomar. Conheça as praias de Shell Beach, Saline e principalmente Gouverneur, considerada a praia mais bonita da ilha.

Quer mais dicas para conhecer St. Barth? Então leia as informações que você precisa saber sobre como chegar, quando ir, onde ficar, o que fazer por lá. Quando as passagens já estiverem encaminhadas, então é hora de saber sobre as praias, onde comer, vida noturna, compras, transportes, atrações próximas, etc. Já visitou a ilha, deixe-nos sua avaliação!

Publicado por

Camille Panzera

Camille

  • Fabiano

    Este posting, não poderia sair em melhor hora, vou para Saint Marteen e Saint Barth em Outubro e ainda não tive tempo de pesquisar. Muito obrigado!

  • Claudia

    O único problema de St Barth são os preços. Tudo em euro. Um long neck na praia, 10 euros, um hambúrguer 22 euros, um suco de abacaxi, 9 euros.

    • Camille Panzera

      Acho que o problema não é apenas a moeda, a ilha é cara mesmo… Mas claro, convertendo do real pro euro, fica pior ainda.

  • Andre Marques

    Estive lá em novembro do ano passado, em uma escala do Seadream. Aluguei um carro e percorri as praias mais famosas (Saline, Gouverneur, Flamands, Shell Beach, Anse des Cayes, Lorient, Nikki Beach e St Jean). Apesar dos preços astronômicos (um ímã de geladeira a 10 euros, por exemplo), o aluguel do carro foi a preço bastante razoável e dirigir por aquelas estradinhas foi o máximo!

    • caramba 10 "zeuros" para um imã de geladeira? Tive dó da minha amiga de Dubai agora. Faço coleção de imãs de países, claro contando com a solidariedade de amigos internacionais. Mas aí é d+ tmb 10 euros é dose.

      • Camille Panzera

        Tem um bar na praia, que o colchão pra duas pessoas custa 100 euros. É mole?