Greve pode causar transtornos nos aeroportos na próxima sexta-feira!

Bruna Scirea 26 · abril · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Aeroviários dos principais aeroportos brasileiros podem paralisar suas atividades nesta sexta-feira, 28 de abril, em adesão à greve geral convocada pelas centrais sindicais contra a reforma trabalhista e a da previdência.

Muitos passageiros que vão aproveitar o feriado prolongado podem, portanto, enfrentar transtornos nos aeroportos, mesmo nos terminais onde os aeroviários não venham a aderir à greve, devido o efeito em cascata dos cancelamentos, que prejudica a programação de serviço das aeronaves. Serviços de check-in, embarque, desembarque e o setor de atendimento ao cliente poderão não funcionar normalmente.

O Melhores Destinos entrou em contato com as companhias aéreas brasileiras para saber o que os passageiros podem fazer diante desta situação. Confira as informações repassadas por cada empresa:

GOL

Clientes da GOL com voo marcado para 28 de abril que desejarem remarcar sua viagem (antecipar ou postergar), poderão fazê-lo sem custo pelos canais de atendimento online ou pelo número 0800 704 0465. Quem tiver passagem emitida pela Smiles deve entrar em contato com a central de atendimento Smiles: 0800 704 0465 (A GOL alterou o número de contato para este na manhã desta quinta-feira).

LATAM

Os passageiros com voos programados para o dia 28 de abril podem escolher entre uma das seguintes opções:

Mudanças de data/voo (mesma origem e destino)
Antecipar em 1 dia ou postergar a viagem para até 15 dias da data original sem cobrança de multas, sujeito a disponibilidade de cabine. Para além dos 15 dias, sujeito a diferença de tarifas, respeitando a validade do bilhete.

Mudanças de destino (nova origem/destino)
Alterar a origem/destino do voo sem a cobrança de multas, sujeita às diferenças tarifárias e respeitando a validade do bilhete.

Reembolso
Solicitar o reembolso do bilhete sem a cobrança de multas.

Azul

A Azul informa que, os Clientes que têm viagens marcadas e, de alguma forma, forem impactados pelos eventos desta sexta-feira, 28/04, poderão entrar em contato com a companhia pelos telefones 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 887 1118 (demais regiões) e verificar suas opções de viagem. A companhia ressalta que, até o momento, a programação de voos permanece inalterada.

Avianca

A Avianca Brasil recomenda que seus clientes agilizem o procedimento de check-in, por meio das seguintes modalidades: via internet, aplicativo para smartphones (iOS e Android) ou totem para autoatendimento – e que acompanhem a situação dos voos pelo link www.avianca.com.br/avianca-status-de-voo. A companhia informa que isentará a taxa de remarcação aos passageiros que desejarem alterar reservas confirmadas em voos desta sexta-feira (28); aqueles que optarem pelo cancelamento receberão o valor integral da passagem. Os procedimentos devem ser solicitados junto à Central de Vendas, pelos telefones 4004-4040 (São Paulo e principais capitais) ou 0300-789-8160 (demais localidades), ou nas lojas nos aeroportos.

Aerolíneas Argentinas

A Aerolíneas Argentinas informou a política de remacação para passageiros viajando dia 28, saindo do Brasil:

Mudança de data
Sem multa, sem diferença de tarifa, nem FEE de reemissão desde que as novas datas sejam entre 27 de Abril  e 10 de Maio de 2017.

Devoluções
Somente para passageiros viajando dia 28 de abril de 2017 com saídas do Brasil.

American Airlines

A companhia informa aos passageiros com viagem marcada para o dia 28 de abril as seguintes regras:

Para o voos cancelados haverá o reembolso. Bilhetes emitidos antes do dia 26 de abril de 2017,  com a data de viagem para o dia 28 de abril de 2017 poderão remarcar seu voo sem aplicação de multa para o período de viagem de 27 a 30 de abril de 2017. A mudança de origem/destino do voo acarretará na aplicação usual de multas. O bilhete deve ser remarcado até o dia 30 de abril de 2017. Para voos não cancelados não haverá retorno.

Air Canada

Para os passageiros que perderem o voo por motivo da greve, A Air Canada informou que não irá cobrar multa de remarcação desde que o embarque seja até 5 de maio. Se houver diferença de tarifa, a mesma deverá ser cobrada.

LUFTHANSA

Por conta da greve geral anunciada por diversas categorias e dos rumores de bloqueios e interdições de estradas para amanhã, 28/04/17, a Lufthansa pede que os passageiros com voos marcados para amanhã que se dirijam ao aeroporto com antecedência maior do que a usual.

A paralisação até o momento

Os profissionais ligados ao Sindicato Nacional dos Aeroviários, que representa a classe em quase todos os aeroportos (com exceção dos de São Paulo, do Recife, Porto Alegre e Manaus) decidiram aderir ao movimento nacional.

Aeroviários do aeroporto de Guarulhos e do Recife, ligados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac), também confirmaram a paralisação – em Guarulhos, a greve deve começar a partir das 6h. Os de Porto Alegre vão se reunir na tarde desta quarta-feira para decidir sobre a adesão ao movimento.

Autor

Bruna Scirea - Editora