GOL solicita voos para Miami à Anac

Denis Carvalho 14 · março · 2012

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A GOL apresentou ontem o pedido oficial à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para iniciar seus voos para Miami com parada em Caracas.  Como o Melhores Destinos adiantou ontem, a companhia também já apresentou o pedido ao Departamento de Transportes dos Estados Unidos (DOT). Se os dois países autorizarem, o primeiro avião da GOL deve pousar em solo norte-americano  no dia 29 de junho.

Segundo a Anac, serão cinco voos semanais, operados às segundas, quartas, quintas, sextas e domingos. As decolagens de São Paulo serão às 8 horas, chegando às 14 horas em Caracas, onde haverá escala de 4o minutos. A chegada em Miami será às 18h10. No sentido inverso, os voos serão noturnos, com saída às 20 horas da cidade americana e chegada a São Paulo às 6h15, após parada na capital venezuelana.

O pedido também confirma os voos com jatos Boeing 737-800, com opção para 737-700. Há rumores de que a GOL estará planejando adquirir modernos Boeings 787 Dreamliner para operar a rota no futuro, aumentando a oferta de assentos e eliminando a necessidade da escala na Venezuela. Por enquanto, porém, não há nenhuma informação concreta a respeito.

Como informamos ontem, a GOL solicitou ao governo americano uma autorização para exercer o transporte aéreo regular de pessoas, bens e cargas “a partir de qualquer ponto ou pontos do Brasil para qualquer ponto ou pontos nos Estados Unidos e além”. Pode ser apenas uma autorização padrão, mas pelo menos abre caminho para que possamos sonhar com saídas de outras cidades brasileiras para outros destinos americanos no futuro, ainda mais após a assinatura do acordo de céus abertos entre os dois países, que prevê aumento gradativo do número do voos até a liberalização total em 2015.

Com dica do leitor Fábio Erasmo e informações da Anac e da GOL

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe