GOL planeja voos para Cancún, Los Angeles e Las Vegas

Denis Carvalho 25 · outubro · 2012

A GOL está empolgada com o resultado de seus voos para Miami, Orlando e Nova York e já pensa em expandir sua operação para novos destinos na América do Norte. De acordo com o presidente da empresa, Paulo Kakinoff, já estão em estudo cidades como Cancún, no México, e Los Angeles e Las Vegas, com a utilização do aeroporto de Santo Domingo, na República Dominicana, como hub (centro de conexões).

“O nosso equipamento pode alcançar muito mais cidades interessantes, que estão no nosso radar em plena fase de avaliação de densidade de passageiros para entrar na nossa lista de expansão”, declarou Kakinoff, durante a feira da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav), no Rio. Hoje, o mercado americano é explorado com voos regulares apenas pela TAM e por empresas dos Estados Unidos.

Enquanto não lança novas rotas, a companhia aposta na parceira com a aérea americana Delta Airlines, uma de seus acionistas, para atender os passageiros no mercado americano. A empresa estrangeira voa da República Dominicana para Atlanta, nos Estados Unidos, onde está localizado seu principal centro de conexões. “De Atlanta, a Delta pode distribuir esses passageiros para todo o mundo”, disse o presidente da GOL.

Os primeiros voos regulares para Orlando e Miami devem ocorrer no dia 15 de dezembro. A GOL inclusive já recebeu autorização para o Orlando, com parada em Santo Domingo e a perspectiva é que a venda das passagens tenham início na próxima semana. “Estamos trabalhando muito para que isso aconteça. Estamos com um excelente serviço e uma aeronave fora de série. Arrisco a dizer que teremos o melhor voo para Orlando, sem contar os que são diretos, claro”, festejou o diretor comercial da Gol, Eduardo Bernardes

Bernardes adiantou também que a GOL já pediu outra saída, desta vez do Rio de Janeiro, com destino a Miami, fazendo a mesma escala em Santo Domingo. “Está em aprovação. Se tudo for confirmado, vamos iniciar o voo em 15 de dezembro também. A ideia é oferecer um serviço que, durante a escala na República Dominicana, possibilite ao passageiro trocar de aeronave e seguir para Orlando ou Miami”.

O lançamento dos voos para os Estados Unidos não deve trazer de volta a marca Varig nos voos internacionais. A avaliação de Kakinoff é que a companhia ainda é associada a um tipo de serviço diferente do oferecido pela GOL hoje. A empresa se vende ao mercado como uma companhia low cost, low fare (baixo custo, baixa tarifa), enquanto que a Varig era percebida como uma empresa que prestava um serviço de padrão mais elevado.

Com informações do Estado de São Paulo e Panrotas

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Luciano

    Muito legal a atitude da GOL, mas NINGUÉM merece fazer voos longos nos 737 dela… Enquanto eles continuarem assim não viajo de jeito nenhum. Alô GOL, tá na hora de trazer uns 777 para a frota.

  • Erick Andrade

    Cara, eu sou apaixonado pela GOL!

  • ademir cardoso

    Mas pelos comentarios de uma passageira que inclusive relatou sua viagem p/ EUA, os serviços de bordo da gol deixa a desejar…. se querem atingir o mercado la fora, que preste um serviço melhor tanto no atendimento, check ins, como a bordo. Ou posso levar o que comer dentro do aviao?? e que tenham preços neh!!! Eh esperar pra ver e seja o que DEUS quiser…

  • Lúcia

    De onde será a saída desses vôos?

  • Márcia

    Ok, chega de bla bla bla da GOL.

    Queremos ver preços diferenciados no mercado!

  • matheus

    ta, mas podia pensar tb em divesificar as cidades brasileiras de origem.

    • Alessandro

      Isso, Mateus.

      Voar de Sampa e de RJ todo mundo voa.

      Não há ofertas de vôos para os EUA partindo de Fortaleza,por exemplo. Juntando Fortal e Recife sai um vôo desses para Orlando ou Miami fácil fácil. Com tarifas e um Smiles agressivos, principalmente na baixa temporada, duvido muito que um vôo desses dê prejuízo.

      Abs, Alex

  • Alex Freitas

    Que maravilha de notícia, como toda novata, terá que iniciar com preços atraentes, já que os serviços das concorrentes são melhores, que venham PROMOÇÕES !!

  • Diego Nascimento

    Parabéns a GOL!

    Isso mostra que teremos mais opções para voos internacionais com uma cia aérea nacional.

    E que venha muitas promoções para esses destinos usando as milhas Smiles o/

  • Se a concorrência baixar o preço das viagens para Vegas já vai ser ótimo. 🙂

  • Walber ximenes

    Ate Los Angeles no 737?Piada kkk se bem que a Copa Air voa ate Panama City de 737 e pega outro 737 para LAX.

  • Leo

    A estratégia da Gol é muito interessante! Tem tudo pra dar certo!

    Agora quando o presidente diz: "Estamos com um excelente serviço e uma aeronave fora de série"… Aeronave fora de série = Deixou de ser fabricada????? Só se for haha! Os 737 deles não são confortáveis. O preço vai precisar compensar bastante!!!

  • Fábio

    Concordo com vc Márcia.

  • Levy Lima Lopes Neto

    Nem é tão ruim assim os velhos 737 pra voo internacional. Fui de copa até Vegas, tenho 1,90 de altura, não foi nada muito pior que viajar nos 777 da United, no 767 ou no a 330 da Tam, talvez falte entretenimento, mas nada que um tablet não resolva

  • Nyce

    Ademir, fui eu que fiz o relato, mas em nenhum momento disse que o serviço de bordo foi ruim, até superou as minhas expectativas de barrinha de cereal!! 🙂 Mas, brincadeiras à parte, não acho que seja uma opção ruim para quem mora em Sampa, é só levar algo para se distrair durante o voo (livros, tablet), isso se agora eles não disponibilizarem as aeronaves com o "Gol no ar", que – segundo o site – tem um monte de opção de entretenimento. Quanto aos fatos desagradáveis, como poucos funcionários no checkin, por exemplo, quem sabe nos próximos voos eles não resolvem isso também! O lance é melhorar sempre, para enfrentar a concorrência.

    • Nyce

      P.S. vale salientar que, mesmo que sistema "Gol no ar" já esteja disponível para voos internacionais a partir de agora, vc tem que levar seu tablet ou smartphone para acessar o sistema.

  • Yuri Siqueira

    Espero que esses voos realmente se tornem regulares!! E não charters ou só para clientes Smiles.

  • Lucas Fernandes

    Dependendo do preço vai valer a pena, acredito que até uns U$699,00 eu pagaria em janeiro de GRU x MIA ou MCO mesmo com stops. Para Jan/2013 não consegue nada menos de U$1.000,00 para esses trechos.

  • Danilo Fernando

    A brincadeira está ficando MUUUITO interessante! Bom pra nós, né?

  • Carlos

    Utilizará 737-800 ou 900?A GOL não tem mais escolha.

  • Felipe Gonzalez

    não sei se teria coragem de voar com a GOL, a não ser se a tarifa fosse muuuuuito mais barata. Aviões de pequeno porte, mesmo com a poltrona do meio travada em algumas fileiras, e nada de Sky Interior né… Acho que ela poderia ao menos sei lá um A330 ou mesmo o 777 pq ir de 737 ¬¬'

  • Thiago Barcelar

    Cara concordo com você, na minha opinião a Gol esta colocando a carroça na frente dos bois, porque a viagem em si já é longa e cansativa; ai eles colocam um 737 pra viajar?!

    Eu penso igual vc, eu nao faco um voo desses nunca.

  • André L

    Luciano, se o preço for mais barato, com certeza é válido.

    Ano passado eu viajei de São Paulo pra Los Angeles no 737 da Copa com escala na Cidade do Panamá. Paguei na época R$1300 com todas as taxas inclusas. Pelo preço, poderia ter ido até de Fokker100.

    Existem centenas de milhares de passageiros que não estão preocupados com o tipo de aeronave, mas sim com o preço…

    • gustavo

      concordo plenamente com o andré. eu também iria até no fokker 100 se o preço for bom. realmente não preciso de uma aeronae gigante, não faz diferença.

    • Diego Lopes

      Excelente restposta! compartilho a sua opinião!

    • Falzoni

      Concordo plenamente, já fui duas vezes para a terra do Tio Sam uma pela Copa e outra pela Avianca, as aeronaves não eram muito diferentes das que a Gol vai utilizar, o que importa para mim é preço.

    • Diones Reis

      Não duvido nada que daqui a pouco, eles disponibilizem para os passageiros irem em pé.

      E eu achava que a AA era ruinzinha…

  • Rodrigo Miranda

    Também não tenho do que reclamar… Sempre com promos pra lá de interessantes, sejam nas tarifas, sejam pelos Smiles!!!

  • Daniel Matos

    767 é o mínimo que poderiam oferecer. Continuar com os 737 bombados é osso.

  • Fabio

    Luciano, mas se for pra ser na mesma configuração "sardinha em lata" que a TAM usa em seus 777 dá praticamente na mesma, claro que tem a questão entretenimento, mas aí já é outro assunto!!!

    • gustavo

      leva um ipod e um livro e pronto. resolvido

  • Mauricio Carneiro

    Meu medo é chegar a Gol cobrando o mesmo que a TAM, ai a TAM olha e pensa, pera um serviço pior, cobrando o mesmo e todo mundo comprando… E tcharam resolve aumentar seus preços.

    Mas tradicionalmente quanto mais concorrencia melhor, principalmente em vôos para Los Angeles.

    • Paulo Sabino

      Calma Maurício! Se a Gol cobrar o mesmo que a TAM e as pessoas comprarem, os malucos são os consumidores. "Cá pra nós"! TAM e Gol: Passagens para Los Angels por R$ 1.250,00 ida e volta com as taxas. Você vai de que?

    • Daniel Matos

      Na verdade, aumentar o preço seria um tiro no pé se isso ocorresse. Acho mais fácil piorarem o serviço do que aumentar o preço nesse caso.

  • Fábio Barboza

    Considero que a principal vantagem vai ser para aqueles que, como eu, acumulam muitas milhas no Smiles e gostariam de utilizá-las para voar para os Estados Unidos. Nesse ponto a parceria da Gol com a Delta está sendo horrível, pois quase não se encontra vôos para NYC, Miami ou Orlando pela Delta, voando com Smiles (principalmente na alta estação).

    Agora é torcer que o preço das passagens para esses trechos sejam competitivos, tanto para quem voa pagando (R$ ou US$), quanto para emissão com Smiles.

    Quanto à questão do serviço, conforto a bordo e tudo mais, estou disposto a experimentar e avaliar, caso as condições se mostrem vantajosas.

    De qualquer forma, é uma excelente notícia para todos nós, que gostamos de viajar e de promoções, termos mais um player brasileiro nas rotas fixas para os EUA. Seja muito bem-vinda a este mercado, GOL!

    Abraços a todos.

    • Marcos

      Procurei um voo voltando de Orlando ou Miami em junho do próximo ano e só encontrei em uma data. Realmente, ficou difícil depois da saída da AA.

    • Paulo Sabino

      Concordo e muito com você Maurício! Consegui emitir passagens (apenas de ida) pela Delta (via Smiles) para NY para final de julho de 2013 (25.000 o trecho). Achei muito vantajoso. Mas não consegui o trecho de volta. E por sorte a data era no único período que eu e minha esposa poderíamos viajar. Valeu a sorte. Agora ter que contar sempre com ela para programar viagens fica difícil!

  • Bruno

    É uma pena que não volte a marca VARIG, e para conquistar esse mercado com esse serviço a GOL vai ter que oferecer ótimos preços, pois voar com 737 nessas rotas é difícil, a COPA seria sua maior concorrente, já que opera com os mesmos aviões e oferece boas tarifas, a vantagem da GOL vai ser que ela é uma empresa brasileira, só!

  • Ruan

    Gol falar que é Low Cost dá pra entender, mas low fare? ahahhahaha

  • Wólnei Muniz

    Eu só viajo de Gol, eu sou apaixonado pela companhia!

  • André L

    Piada não, realidade, e eu já fiz essa rota da Copa, GRU x LAX.

    Avião excelente e poltronas espaçosas. Muito melhor que alguns 757 e 767 que já voei da United e da Delta.

    Entretenimento no vôo realmente não tem. Mas aí é questão de gosto (ou bolso).

    Se for pra economizar R$300 ou R$400, eu particularmente encaro numa boa!

  • eduardo

    adorei a notícia já era hora de termos esses destinos direto, nunca entendir pq a tam não voava pra destinos tão procurados por brasileiros como cancun, los angeles e vegas. sempre achei eu desperdício não terem esses destinos a varig voava pra los angeles e até tóquio, tbm para hong kong isso sim era empresa não a tam que não ver o mercado brasileiro e não bota mais destinos como esses e tbm san francisco, mais voos para o canada cidades como montreal, sudeste asiático tbm séria uma boa que tal bangkok e bali, acho que no brasil já tem público para esses destinos que cada vez mais são procurados também a austrália séria uma boa, a tam não tem voo direto nem de brasília pra buenos aires, rota que a varig fazia…

  • Mendonça J&ua

    Também já voei de Copa de Orlando para São Paulo com conexão na Cidade do Panamá, e tudo num 737. Comparando com as aeronaves maiores, como 777, 767 e 330, realmente o conforto é bem diferente, diria até que sem qualquer conforto. Inexistente também é o entretenimento à bordo. Mesmo assim, seria capaz de voar novamente se houvesse aquela promoção anunciada aqui no MD com saídas de Manaus por menos de 500 dólares ida e volta já com taxa, por exemplo. Já no caso de uma pequena diferença no preço entre a Copa e outra que opere um avião maior, como a United por exemplo, que também já utilizei, aí ficaria com esta. Tudo depende do custo benefício.

    Preferiria viajar na Copa, economizar 300 dólares e utilizar essa economia em duas diárias em Nova York, do que pagar esse valor a mais só para ter uma tela de 7” na frente da minha poltrona e uma inclinação de 5” a mais na minha poltrona.

    Em contra partida, também preferia pagar apenas 100 dólares a mais para viajar no Boeing 767 da United e chegar menos cansado no meu destino do que viajar na Copa

    Parece contraditório, mas com isso quero dizer que tudo vai depender da diferença de preço, ou, como disse antes, do CUSTO BENEFÍCIO.

  • Renata

    Fui de 737 para Las Vegas pela COPA e não achei o fim do mundo. Claro que a falta de entretenimento a bordo complica, mas na questão de conforto não achei nada demais. Fui para a Europa de 777 da TAM e achei a mesma coisa, apesar de o avião ser grande, a configuração é terrível. A única diferença foi mesmo o entretenimento a bordo… Se o preço for bom, compensa demais!

  • Ze Binsk

    A briga está ficando boa, mas se a Gol fizer internacional saindo apenas de GRU ou GIG ficaria muito limitada pela concorrência.

    Em BSB por exemplo já temos para os EUA: AA, TAM, Taca e Copa sem precisar de conexão em GRU ou GIG.

    Vai ter de apresentar um preço muito atraente para os brasilienses irem de Gol pros States com conexão em GRU/GIG.

  • Arcanjo

    Só não entendi como o representante da gol tem a coragem de dizer que o voo é direto se o mesmo fará escala (podendo haver até troca de aeronave) em Punta Cana…

    • Eduardo

      ele nao disse isso!!! DIsse que eh o melhor voo com conexao! Perdendo apenas para os diretos!

  • Sergio

    Se o preço for bom muita gente vai de 737 numa boa (inclusive eu). Mas já que a Gol tá querendo ampliar seus destinos internacionais já tá hora de encomendar um 787 e parar de ficar com esse teimosia de fazer tudo com 737.

  • Welison

    Sou apaixonado pelo meu trabalho, pelo meu ganha pão e dou valor ao meu dinheiro. Respeito a opinião de todos, seja a opinião de criticar as aeronaves da Gol, seja a de dizer que a Gol é fantástica. Mas em resumo, é importante que o mercado ofereça opções. Caso a pessoa possa e queira pagar por maior conforto, que o faça.

  • Marcelo

    Cadê os 767 da Varig ?

    O problema da escala é a troca de aeronave.

    Se fosse uma escala de reabastecimento, de 30 min. sem troca de aeronave não seria tão ruim.

    Mas voar de 737, sem NENHUM entretenimento a bordo é pessimo !

  • Junior

    Mais importante até do que o modelo da aeronave é a sua configuração, e é fundamental para a sobrevida da rota que a aeronave utilizada esteja adequada a demanda de passageiros.

    A Gol acertou ao mudar o hub deixando Caracas de lado e alternando para Santo Domingo, falta agora acertar na configuração da aeronave utilizada priorizando os 737 NG com sky interior e um pit entre poltronas que seja compatível com a duração da viagem. Se insistir em levar todo mundo enlatado vai acabar como a rota para Santiago e outros destinos internacionais que já tentou operar com o mesmo padrão dos vôos domésticos e não conseguiu.

    O mercado é sim muito sensível aos preços, todos queremos pagar barato, mas existe um mínimo de qualidade conforto que deve ser atendido em função do tempo de vôo, e até hoje parece ter sido esta a lição que a Gol não aprendeu nos vôos internacionais: O barato na Gol sai caro.

    O passageiro faz um primeiro vôo internacional com a Gol, se sente desconfortável chega ao destino cansado e na próxima vez se a diferença for pequena (como normalmente é) faz opção pela concorrência, e assim a Gol foi abandonando uma a uma suas rotas internacionais.

    Espero que a Gol tenha amadurecido em relação aos vôos internacionais e que obtenha sucesso, mas confesso que tenho muitas dúvidas quanto a isto, haja vistos os preços praticados (mesmo com milhas) e os relatos dos usuários. Mesmo com milhas hoje os vôos da Gol para os Estados Unidos tem um custo benefício muito baixo, pelo mesmo preço você emite no próprio smiles passagens pela Delta ou compora na concorrência.

  • Paulo Sabino

    Também só tenho viajado pela Gol nos últimos anos. Não pelo seu serviço oferecido nem pelo seu atendimento prestado; o negócio é que como voo muito pouco (folgas, pois nem férias tenho) cerca de 1 ou no máximo 2 vezes por ano (quando viajo) necessito focar em apenas um programa de milhagem para acumulo. Então, desde minha lua de mel (2008) so faço meus voos pela Gol para juntar os poucos pontos, visto que, como compro TUDO pelo cartão de crédito, só assim consigo juntar as milhas necessárias. Neste período, viajei apenas umas 2 vezes pela Webjet (pois peguei uma daquelas promoções inacreditáveis…) e 1 pela aerolineas (Buenos Aires – Montevidéo) onde até fiz uma relato postado aqui no MD. Com essa disciplina, consegui no mês passado emitir passagens para eu e minha esposa para NY (07/2013) pela Delta (parceira Smiles) com retorno por Punta Cana (via Gol). Estou comprando apenas o trecho de NY – PUJ (Inclusive se alguém souber de alguma LowCost que faça este trajeto, fico agradecido). Agora, se eu tivesse condições ($$$$) não ficaria voando apertado sem entretenimento… mas meu foco é viajar. Chegando em Miami, Las Vegas, Orlando, Cancun, etc… Lá sou como todos os outros passageiros que foram de Copa, TAM, American, Delta, British, etc…

  • Diones Reis

    Fala Sério!

    A GOL tem uma marca maravilhosa que é a VARIG, e ao invés de usá-la para dar um serviço melhor e estrear seus vôos no exterior, vai "exportar" a sua velha maneira de voar pra vôos fora do Brasil?

    Ou seja, vai virar uma "São Geraldo" com asas!

    Haja barrinha de cereal e inseticida!

  • EBS

    Onde ele disse isso?

  • Os 767 foram entregues para a Delta

  • André L

    Acho que a intenção desse comentário era ser irônico né?

    Não sou nenhum defensor da Gol (até porque só voei nela 2 vezes), mas a configuração do interior do 737 que eu voei era mais confortável que a configuração de um 767 da AA que eu voei de GRU pra MIA.

    A galera tem o preconceito só porque é 737, mas não sabe que lá dentro da aeronave, o tamanho e espaçamento das poltronas é o mesmo (ou até melhor) que os vários 757, 767 e até 777 das grandes cias que fazem a rota Brasil x EUA…

    Entretenimento de bordo? Voltei de Washington a 1 mês num 777 da United. O que adianta ter entretenimento de bordo se a imagem é pior que de fita cassete? Não assisti absolutamente nada. Muito mais negócio vc levar seu notebook, um tablet ou um livro do que depender desses entretenimentos de bordo dos "grandes aviões"…

  • valtamiro

    concordo plenamente com vc colega.

  • valtamiro

    estou a espera de uma promoção tamanho família (literalmente)pra viajar com a minha (família)para Disney no primeiro semestre do ano que vem. tenho milhas no smiles, mas não o suficiente pra 5 passagens. Agora, com a possibilidade de haver uma promoção de lançamento, fico mais esperançoso e atento.

    vamos aguardar.

  • Eduardo SSA

    Ele não disse que os vôos da Gol são ou serão diretos. Apenas arriscou dizer que os vôos da Gol serão melhores que os da concorrência, considerando os vôos da concorrência que não sejam diretos.

  • Alexandre Cortez

    Se vierem 777 os preços não serão os dos 737.

  • Alexandre Cortez

    Ou apodreceram em cantos esquecidos do GIG.

  • Alexandre Cortez

    Nada que um tablet não resolva.

  • Frederico K. Chagas

    Deve ser como voltar aos primórdios da aviação comercial SEM o charme de outrora… voar de Caravele daqui até os EUA, parando duzentas vezes, sacudindo, naquele voo visual, quase curtindo a brisa… A diferença é que agora seria ir apertado, sem nada pra fazer e com outros 200 à toa na cabine. Até LOS ANGELES… Dureza… dá não…

  • Frederico K. Chagas

    um estilo RYANAIR de ser !! (houve essa proposta, tá ligado né?!? pode pesquisar!)

  • Frederico K. Chagas

    Essa é a resposta de alguém que entende. Mais acima vem um pessoal falando que já foi pra "Orlando" (…) de Copa em um 737. E?

    Gol é Gol. Copa é… adivinha.

    (embora, se quiserem, estão até no mesmo campo semântico, futebol e tal… Mas, beleza…)

    Esses jatinhos da Gol pra ir lá pros cafundós, enfim, NÃO DÁ.

  • Frederico K. Chagas

    achei bonito, declarar o amor assim, publicamente. O amor, a gente sabe, é cego.

  • Alexandre

    Não é burrice é regra de mercado.. se você prefere os pequenos 757 da delta por exemplo, é opção. Se quiser mais caro e ir na executiva é outra. O bom é ter opções para todos os gostos e bolsos… oferecer mais do mesmo não é formula pra ganhar mercado.. tem que oferecerou mais barato ou melhor pelo mesmo preço!

  • SILVA

    viajei num 767 da american airlines de los angeles a nova york, 6,5h d voo e super desconfortavel…se a gol melhorar no espaço entre as poltronas, vale a pena e muito se for por preços baixos…

  • SILVA

    viajei na copa de brasilia a los angeles e havia entretenimento a bordo…cardápio mais que decente e atendimento agradavel das aeromoças…e preço imbativel…1350,00 ida e volta…quer mais o que meu amigo???????

  • Breno

    Nào saio de casa para fazer uma viagem internacional nesses aviões da Gol!!!

  • Michel Picinin

    Concordo plenamente.

    Enquanto me oferecerem segurança e um preço baixo e um atendimento com respeito.

    tô dentro.

  • Roberto Pinheiro

    Poxa, porque não fez o inverso? ou seja, Punta Cana primeiro, depois NY???????? vai ter problemas com franquia de bagagem a menos que não queria aproveitar os preços nos EUA

  • Michel Picinin

    Eu ainda espero que a Gol um dia traga de volta a nossa Viação Aérea Riograndense! A que um dia foi a melhor companhia aérea do mundo.

  • Michel Picinin

    Concordo com voce Diones!

    Espero que um dia tenhamos a Varig de volta!

  • Marcos

    Como funciona esse esquema de poltrona do meio desocupada ? Para quem quer viajar com uma criança é excelente, juro que levo um travesseiro e deito com meu filho numa boa.

  • Leandro

    Até onde sei a Gol abandonou a rota Santiago porque a TAm se aliou a LAN e ficou inviável a competição nessa rota. Sempre existirão pessoas dispostas a ir para América por um preço mais barato, mesmo que sem conforto. Eu mesmo sou uma delas!! Pior q o desconforto no trânsito de SP (04 hrs/dia) não será!!

  • Brum

    Isso mesmo, o importnt é chegar e curtir o lugar.

    😉

  • Brum

    Vc vai, e vai de TAM! rs

  • Márcio

    Excelente comentário, Junior.

    E complemento: já viajei de widebody (aviões de 2 corredores) tão desconfortáveis como o 737. Na questão ESPAÇO FÍSICO, a diferença é a menor sensação de claustrofobia, pois são aeronaves mais largas. Pega um A340 da Iberia para ver o que estou falando…

    Vôo direto é sempre melhor, e a observação do diretor comercial, "…sem contar os que são diretos, claro" mostra que a Gol SABE que só enfrentará as concorrentes com preços mais baixos. Esse será seu trunfo, exatamente com na Copa.

    E só para finalizar, acho que ninguém reclamaria se viajasse esse viagem nos E-Jets da Azul ou nos A319 da Avianca Brasil com seus sistemas de entretenimento, mesmo sendo aeronaves menores que o 737-800.

  • Degivaldo Bezerra

    Tambem fiz essa viagem como voce e sou pernudinho tambem 1,85 e com a quebra em Panamá foi perfeitamente suportável. Digo, farei de novo muito feliz.

    Fui tambem a Los Angeles com a Copa e a parada para esticar as pernas e dar uma caminhada em Panamá City faz tudo menos enfadonho.

    • jorge moraes

      Só que os voos da Gol, não fazem conexão em S. Domingo e sim escala. Então, nada de descer neste aeroporto pra esticar as pernas. Os pax ficam o tempo todo sentando no 737,brincadeira de mau gosto.

  • Degivaldo Bezerra

    Realmente parece que foi um momento de simples obtusidade momentanea, ao dessqualificar nossos intelectos. Penso que um executivo de alto nivel teve um branco temporario e nos considerou desconhecedores do que significa voo direto. Ou, perdoem o meu desconhecimento. Alguem pode me ajudar esclarecendo o que é voo direto?

    • Degivaldo Bezerra

      Retratação. Acho que a obtusidade temporária foi minha. Desculpas formais aqui. Uma analise mais acurada mostrou que o executivo não disse o que foi aventado. Valeu MD. Terei mais atenção da proxima vez.

  • Alessandro

    Bom , tenho algumas duvidas quanto aos voos. A partir do dia 15 de dezembro vai ter voos partindo do rio pra miami e de sampa pra orlando ambos com escola em santo domingo. mas para que a troca de aeronave ? e a gol opera voos sazonais para Nova Iorque desde quando ? vai virar voo regular também ?

    • Vai ser assim: a pessoa embarca no Rio ou São Paulo e na República Dominicana pode trocar de avião se for para um destino diferente. Por exemplo, se o 737 do Rio estiver indo para Miami, ela pode pegar outro que vai para Orlando.

    • Marcelo

      É assim:o vôo do Rio o destino final será Miami, e o vôo de SP o destino será Orlando, mas vamos supor que uma pessoa que embarcou no Rio o destino dela seja Orlando então ele em Santo Domingo troca de avião, ou seja, sai do avião do Rio e entra no avião de SP que tem destino Orlando, e vice versa. Entendeu ???

  • Daniel Bazetto

    Mais uma opção para os brasileiros conhecerem a terra do Tio Sam, com uma companhia brasileira.

  • Daniel Bazetto

    Só espero que os preços sejam tão bons quanto no Brasil, pelo menos aqui no Brasil a Gol foi a empresa que mais voei e com os menores preços.

  • Bruno

    Nyce, recentemente fiz o voo para Miami com a gol também (vale salientar por 15mil o trecho, alguém acha mais barato?), em primeiro lugar como vc falou no seu relato q li a gol apresentou um serviço excelente no aeroporto de Guarulhos na sala vip, tudo muito bom mesmo, eles não usaram o seu melhor avião e o horario não foi dos melhores, mas quer saber valeu cada centavo, quer dizer cada milha, quando vi esse post para los angeles fiquei muito empolgado, concerteza viajarei se tiver uma boa condição para isso….a gol foi a empresa que popularizou o transporte aereo no Brasil, e graças a ela faço toda semana o trecho vix x confis a preços a baixo do de busão…quer confoto de verdade anda de onibus leito…eu quero mesmo e preço e agilidade, e isso a Gol tem oferecido seguidamente, além de respeito com os horarios….desde o ano passo faço voos regulares semanais, tive apenas um voo cancelado que foi remarcado para outra empresa no mesmo dia e horario…não tenho nada a reclamar da Gol…e já fiz vario voo com os 737 ng sky…o avião e muito bom…se eles colocarem esse avião a disposição para os voos internacionais será uma excelente opção de voos, visto que nesses aviões vc poderar recaregar seu note, iphone, ipad…o que seja q vc use para intreterimento….Parabéns a gol pela iniciativa de expandir seus horizontes, popularizar os voos, estou com vc´s….e bora lançar Los Angeles pois quero mutio isso….

  • braulio

    Varig é peça de museu, empresa que quebrou, teve bens leiloados, deixou dívidas e sumiu…

    Agrega pouco ou nenhum valor…

    Conheço muita gente que elogia o Monza ou Galaxie, mas não topa deixar o seu Fiesta por um carro desses… é o mesmo caso das cia. aéreas…

  • braulio

    Varig é peça de museu… ficou no passado

    • Marcelo

      É peça de museu mas ninguém esquece. Sem dúvida foi a melhor que tivemos no Brasil até hoje.

  • Thiago Castro

    Concordo contigo. O principal fator pra mim é o preço, mas sempre olho a diferença para algo um pouco melhor e analiso o custo benefício disso.

  • Marcelo

    Parabéns pela resposta, disse tudo !!!

  • WÓLNEI_DF

    A Aerolineas está vindo aí.. Março de 2013.. Veja a notícia do M.D.

  • WÓLNEI_DF

    Esqueceu de mencionar a DELTA para Atlanta..

  • matheus

    concordo com voce alex, temos muitas cidades com grandes mercados potenciais, principalmente quando se trata de destinos nos EUA.

  • Marcelo

    Isso mesmo, então fica em casa e não saia de jeito nenhum ok.

  • André L

    kkkkkk, eu ri!

  • Igor Oliveira

    Eu achei boa essa idéia da troca de aeronaves para embarcar conforme você explicou Denis,quero ir a Nova Iorque ano que vem e sinceramente quero preço, e outra se acabarem com a exigência do visto pros EUA ai com certeza a Gol vai lotar (literalmente),eu só torço para que a equipe de bordo não tenha seu número reduzido – se não me engano 3 ao invés de 4 como tem sido feito por muitas companhias para cortar gastos – e que ela dê continuidade do bom atendimento e consiga agradar a todos,agora e esperar para ver.

    • Johnny

      3 comissários são apenas para aviões do modelo 737-700. A Gol foi homologada para operar com 3 apenas nesse modelo. No 737-800, utilizado para voos para EUA, ela continuará tendo 4 tripulantes comercial. Isso por conta do numero de assentos da aeronave. A legislação não permite reduzir o número de tripulantes nesse caso.

      • igor Oliveira

        Valeu o comentário Johnny, bom saber direito como funciona, seria pedir muito então colocar mais gente??eu acho que o avião vai é ficar bem cheio se o preço for bom, recentemente fui a Chile pela TAM e o avião estava parecendo ponte aérea, bem cheio, o importante é que temos promoções direto e opções de escolha.Só queria tirar uma dúvida porque a GOL não tem vôo direto para Nova Iorque ainda?acho que isso já seria menos meio caminho andado.

  • Diego

    Luciano: brasileiro pesquisa PREÇO! Quer conforto, terás que locar um. Todo mundo voa de 737-700 da COPA e acha lindo! Posta até foto pra nego ver… Posso falar uma coisa? Aproveite o voo!

  • Luiz

    Voos internacionais existem para atender à demanda dos próprios passageiros. E 75% desses voos são formados por turismo de negócios.

    Quando se concentram esses voos em GRU e GIG é porque essas cidades têm potencial para quem vai e para quem vem. São Paulo é o centro financeiro da América Latina. Rio é a cidade mais visitada por turistas no Hemisfério Sul e vive um boom econômico. Fica difícil imaginar que Brasília tenha algo parecido.

  • Guilherme

    Já fiz Bogotá/Sao Paulo no A319 da avianca…é só meio apertado, mas o resto é muito bom…

    Creio que o serviço da Gol será bem melhor que o prestado pela avianca, sem contar que nao precisa ficar muito tempo fazendo conexão em Bogotá ou Panamá…

  • eduardo

    quanto mais vierem melhor, eu não entendo pq a tam nunca expandi seus destinos, tipo podiam botar mais destinos, como a austrália que não tem voo direto do brasil e temos que ir pela argentina e pelo chile.já que a tam não enxerga o mercado brasileiro pelo menos as estrangeiras veem daqui uns dias a quantas vem para o brasil, se esses voos da gol se confirmarem eles vão ter mais destinos nos eua do que a toda poderosa ´´tam´´ que se diz a maior brasileira. tomara que a gol tenha mais voo do a que a tam pra eles ficarem esperto, vamos ver agora ela reage, acho um absurdo não botarem um voo do brasil pra los angeles era o mínimo, wólnei_df, a air france tbm ta vindo aí em 2014, ótimas notícias vai ficar bem mais fácil ir pra europa agora sem ter que ir de tap ou fazer escala no rio ou sampa, até que fim enxergaram o potencial de bsb pelos menos as estrangeiras pq a tam so tem um voo internacional saindo de bsb pra miami…

  • Edinho

    Quer comforto e espaço? Frete um avião e pronto!!!!

    Voei de delta na economy agora em maio, dez horas de voo e nao vi diferença da distancia dos assentos!

    Brasileiro gosta de reclamar, brasileiro paga barato num voo (59,00) e quer comer caviar..

    Qtas vezes já vi nego indo voar pagando barato e chega no aviao num voo de 30 minutos querendo jantar….pf….acorda povo! A aviação de hoje é outra coisa!

    Os voos smiles da GOL foram tao ruins para MCO e MIA que foram lotados! Pq sera hein? E o nosso presidente Kaklinoff ja disse, avioes grande na GOl no existe! kkkkkkk…..Onde o 37 chegar nós vamos…caso contrario nao vamos!

  • Gustavo

    Quais serão as pinturas utilizadas, GOL ou VARIG?

  • SJ manaus

    GOL para voar para Nova York, usando o Santodomingo voo Nova Iorque, Delta Airlines, em 737-800 e 757-200.

  • Paulo Sabino

    Claro!!!!

  • Isaac Ginoris Oramas

    Necesitamos vuelos saliendo de Manaus para Caracas o Bógotas, miles de personas todos los anos tienen que ir de carretera para Caracas, para después ir para el Caribe en avión de dicho aeropuerto. Y para Bógota usan la TRIP hasta Tabatinga, y de ahí en adelante como se pueda; la companóa GOL debe pensar en esos destinos, que son muy útiles y cercanos, donde lograría grandes resultados. Yo trabajé en un aeropuerto por 10 anos y soy graduado de la aviación civil en una escuela de la OACI.

  • Nelson Coffy da Font

    Os aviões serão reconfigurados para maior conforto e o serviço de bordo, diferenciado de outros voos internacionais de menor alcance da GOL, para proporcior mais conforto numa viagem mais longa, será uma experiencia totalmente nova, deixem de preconceito só porque é um 737! e dai? TODAS as outras widebody são apertadas, para venderem um "economy confort" e ganharem ainda mais dinheiro…. deem um voto de confiança para GOL, única cia aérea BRASILEIRA de verdade e que é reconhecida mundialmente por ser muito segura, vai popularizar o jeito de se viajar até para os EUA!!