Em meio a maior redução de voos da história, GOL deixará de voar para Barbados!

Leonardo Cassol 31 · maio · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A GOL Linhas Aéreas vai deixar de voar para Barbados a partir de 27 de agosto. A empresa operava um voo direto por semana saindo de Guarulhos para Bridgetown com aeronaves Boeing 737-800.

Depois de fechar o balanço de 2015 com um prejuízo de R$ 4,4 bilhões de reais, a companhia aérea assumiu um compromisso com seus investidores e financiadores de reduzir entre 15% e 18% o número de decolagens em 2016, sendo que já cumpriu mais da metade da meta no primeiro trimestre do ano. A mudança impactou principalmente voos domésticos, com o fechamento das bases de Ribeirão Preto, Bauru, Altamira e Imperatriz e a redução de voos em várias cidades, já que várias rotas internacionais já haviam sido abandonadas ou reduzidas em 2015, como Miami, Orlando, Aruba e Caracas.

Ao mesmo tempo, a GOL procura avançar na negociação com credores para reestruturação e alongamento de sua dívida que cresceu rapidamente nos últimos anos, chegando a R$ 3 bilhões. Entre as principais medidas já implantadas ou em implantação, temos arrendamento de aeronaves, antecipação da venda de passagens para o Smiles e reemissão de debêntures com prazo mais longo.

Em 2016 o número total de aeronaves vai diminuir de 139 para 119. Um total de 20 aeronaves serão arrendadas ou devolvidas às empresas de leasing.

Para os passageiros, a redução do número de voos nunca é boa, pois além de ter menos opções para viajar, há uma redução da concorrência, quase sempre acompanhado de aumento nas tarifas. Ainda assim, a medida é fundamental para reduzir o risco de insolvência da GOL, cujos resultados desde o início da crise acenderam o alerta vermelho do mercado.

Quem tiver passagem comprada para Barbados após 27 de agosto deve entrar em contato com a companhia para reembolso integral ou alternativa de reacomodação.

Agradecemos a contribuição do leitor Leandro Neves.

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos