Como é voar com a GOL para Punta Cana e Santo Domingo

Redação 12 · junho · 2013

A GOL elegeu a República Dominicana como sua base de operações no Caribe e opera voos para Punta Cana e Santo Domingo, capital do país, de onde seus jatos seguem para os Estados Unidos . A companhia inclusive está preparando o lançamento da GOL Dominicana, uma subsidiária que ficará instalada na ilha caribenha e terá atuação semelhante á da Copa. Mas os voos da GOL para Punta Cana e Santo Domingo são muito diferentes e nosso leitor Fábio Vilela comprovou isso. Leia como foi sua experiência com a companhia brasileira na avaliação excelente que escreveu para o Melhores Destinos:

GOL-punta-cana
Eu e minha esposa fizemos dois anos de casados e decidimos comemorar com uma viagem a República Dominicana. Na verdade, nosso desejo era uma viagem à Europa e havíamos juntado milhas para isso. Chegamos à marca de 150 mil milhas, o que nos possibilitaria dois trechos ida e volta pelas companhias parceiras da GOL (Air France ou KLM). Mas pela dificuldade em encontrar bilhetes disponíveis, não foi possível. Também olhamos Nova York, mas o mesmo aconteceu: não havia passagem disponível pela Delta. Com a GOL fazendo Caribe, decidimos escolher um destino lá, que poderia ser Aruba, Barbados e Punta Cana. Como este período em que viajamos (mês de março) é alta temporada no Caribe, pois o inverno rigoroso do Hemisfério Norte expulsa dos europeus, russos e americanos de seus países e os levam às praias paradisíacas do Caribe, não tínhamos quase opções de voo.

Procurei todas as possibilidades pela GOL, em todas eu gastaria 50 mil milhas em cada trecho por pessoa para o Caribe, o que é uma loucura. Consegui então (de uma forma milagrosa) o trecho de ida Confins (CNF) – Santo Domingo (SDQ) por 15 mil milhas por pessoa, e a volta Punta Cana (PUJ) – Confins (CNF) por 15 mil milhas também por pessoa, dando um total de 60 mil milhas para nós dois. Fechamos, então, nossa viagem e o destino escolhido foi Santo Domingo, Bávaro e Punta Cana.

image_1

IDA

Dia 12/03 – CNF – GRU – 07:29 – 08:45

Dia 12/03 – GRU – SDQ – 10:40 – 16:35

*O fuso horário era de 1 hora de diferença para menos. Exemplo, quando aqui no Brasil eram 17 hs, lá eram 16 hs.

 

Compra

Tirei os bilhetes diretamente pelo site do Smiles. Escolhi o voo, fiz os pagamentos das taxas, escolhi os assentos. No dia em que fiz a reserva, havia a possibilidade de viajar na classe confort pagando uma taxa de R$ 98 por pessoa. Não fiz a reserva, pois gostaria de saber primeiro se como cliente ouro eu tinha direito. Depois que descobri que não, fui fazer a reserva e não tinha mais a opção no site. Entrei em contato com a central do Smiles para ver a possibilidade. Primeiro fiz pelo chat online … a impressão que tive é que os atendentes não prestam atenção, demoram para nos responder e não entendem o que falamos. Decidi então ligar para o número Smiles, que é impossível, só dava ocupado. Liguei para a GOL, informei do ocorrido, me deram um outro número do Smiles onde consegui falar. A atendente me disse que tinha que ligar para o 0300. Reclamei e de lá mesmo ela me encaminhou para o 0300 para que eu não pagasse a ligação e os impostos. Nesta central é quase impossível você falar com alguém: todas as opções te ensinam a como fazer as coisas pelo site. Quando finalmente consegui falar com a atendente, ela me disse que não tinha mais lugares na classe confort nos dois voos.

Nota 2 para o serviço de atendimento ao cliente do Smiles.

 

Check-in

O check-in foi tranquilo. Como sou cliente ouro, tenho atendimento preferencial, por isso não tive que enfrentar filas. Uma questão que gostaria de avaliar aqui é em relação ao embarque. Sou passageiro frequente da GOL, por isso sou categoria ouro. Eles nos informam que temos prioridade de embarque, mas nunca consigo, pois os atendentes da GOL nem nos olham, por não estarmos na fila no momento de embarque. Isto aconteceu neste voos e sempre acontece quando viajo.

 

Avião / Serviço

O embarque de Confins a Guarulhos foi feito no tempo previsto, sem atrasos, decolamos pontualmente. Como todos os voos da GOL, voamos em um Boeing 737. O que me surpreendeu foi que não teve serviço de bordo, somente serviço pago. No ano passado enviei ao Melhores Destinos o relato de um voo de Porto Alegre a Belo Horizonte onde não teve serviço gratuito, que gerou um post polêmico, onde a GOL informou que tinha serviço e mais de 900 passageiros postaram comentários que estiveram em voos sem serviço. Lembro que logo após esta polêmica, a GOL assumiu que em voos com mais de 90 minutos não tinha mais serviço gratuito, somente serviço pago. Este meu voo de CNF – GRU era de 50 minutos e não teve serviço gratuito, somente pago.

Chegando a Guarulhos, fomos direto para a sala VIP da GOL, onde aguardamos nosso embarque para Santo Domingo. Sala muito confortável, com internet wifi, buffet, refrigerantes, sucos, água, café, telefone, revistas, e jornais à disposição do cliente.

image

Nosso embarque para Santo Domingo também ocorreu no horário previsto e sem atrasos, porém o embarque foi remoto. Houve um erro, não sei se por parte da GOL ou por parte da GRU Airport, e nosso cartão de embarque informava que o voo era às 10h40 enquanto as telas informavam que seria às 11h40, o que deixou os passageiros em dúvida e causou alguns problemas. Apesar disto, saímos no horário previsto.

A aeronave que nos levou até Santo Domingo foi um Boeing 737-800 Sky Interior, novíssimo. Ela faz parte da nova frota da GOL e do novo serviço prestado pela companhia para levar os brasileiros à América do Norte. Nosso voo tinha como destino final Orlando e fazia escala em Santo Domingo, onde desceríamos.

image_2

 

Já fiz alguns voos internacionais pela GOL (terríveis por sinal), por isso esperava ser massacrado até chegar a Santo Domingo. Quando esperamos o pior, somos surpreendidos, não é verdade? Ao tomar meu assento, tinha um kit “cochilo”, com um travesseiro e uma manta com o nome da “Varig”. Sei que o serviço da GOL não pode ser comparado ao da TAM nem ao das americanas nos voos para o EUA, mas ele é totalmente diferente das rotas para Buenos Aires, Montevidéu e Caracas.

Achei o serviço bom para o que a GOL propõe. O sujeito não pode ir para o Caribe, Nova York, Orlando ou Miami achando que está voando United, AA ou qualquer uma delas. A GOL não propõe este tipo de serviço. Mas é melhor do que o oferecido nos voos dentro da América do Sul: equipe de comissários super atenciosos, aeronave nova, limpa, cheirosa e o Kit “cochilo”.

image_3

 

Antes de avaliar o serviço de bordo, queria avaliar o entretenimento em voo – zero! O sistema “Gol no ar” fica “fora do ar” a maior parte do voo, quando ele “entra no ar” você vê o como ele é ridículo! Com uma hora você já assistiu a todos os vídeos. Por isso o kit “cochilo”, pois em 7 horas de voo, dormir é o melhor negócio!

image_8O espaço entre os assentos é um pouco maior que a configuração normal dos aviões da GOL. Eu sou pequeno (1,67 metros), costumo me sentir confortável em todas as aeronaves, por isso não tive problema. A foto pode mostrar melhor este espaço! As informações dadas pelos comissários foram feitas em português, espanhol e inglês.

Sobre turbulências, a zona amazônica costuma ser muito instável e é a maior parte dos voos entre o Brasil e o Caribe. Em um Boeing 777, não costumamos sentir muito essas pequenas turbulências, só as mais fortes, pois eles são maiores e tem mais estabilidade. Mas nos 737 da GOL você sente qualquer “ventinho” externo. Para aqueles que tem medo de qualquer sacolejo do avião, não escolha ir para o EUA de GOL. Das sete horas de voo até Santo Domingo, cinco foram em meio a pequenas turbulências. Minha esposa, que não gosta dessas “emoções” no voo, não conseguiu relaxar a maior parte do tempo.

Refeições

Logo após a decolagem, nos foi servido o almoço. Um ravióli sem recheio ao sugo. Gostosinho, nada maravilho. Para a sobremesa uma mousse de maracujá.

image_5

No meio da viagem, eles ofereceram o serviço pago, para caso alguém quisesse comer alguma coisa. Faltando uma hora para o pouso, nos foi servido um lanche, o sanduíche conhecido de todos que já foram para Buenos Aires de GOL. A refeição foi boa, mas nada muito saboroso.

image_4

A chegada a Santo Domingo foi muito tranquila, sem filas na imigração. A GOL faz dois voos do Brasil para Santo Domingo, um saindo do Rio de Janeiro e outro de São Paulo. Na chegada, a diferença é de cinco minutos entre um e outro. Imaginei que a imigração fosse estar lotada, mas a maioria dos passageiros estavam indo para os EUA, o que tranquilizou o processo de imigração. A restituição de bagagem foi normal.

Para aqueles que já estão pensando na GOL Dominicana, o aeroporto de Santo Domingo é ótimo, com uma boa estrutura para conexões. Gostaria apenas de dar uma dica: não aceitem a “gentileza” dos dominicanos, pois eles pedem gorjetas por tudo. É um povo maravilhoso, alegre, mas no aeroporto fomos abordados por vários dominicanos, até no banheiro. Fiquei muito constrangido no banheiro do aeroporto, enquanto estava chagando na pia do banheiro para lavar a minha mão, um rapaz que trabalha na limpeza acionou a bica da pia, apertou o botão para sair sabão para mim, tirou papeis para eu secar a minha mão e no final me pediu gorjeta. E o pior de tudo, riu da minha cara com o valor de gorjeta que dei para ele.

Volta

A minha grande decepção foi no trecho de volta:

Dia 20/03 – PUJ – GRU – 20:05 – 05:40 escala em Caracas

Dia 21/03 –  GRU – CNF – 08:00 – 09:34

image_7

Check-in

Nosso check-in foi muito tranquilo, chegamos no tempo certo, tínhamos três funcionários atendendo todos os cliente GOL. Nenhum falava português, mas tentavam nos entender. Não havia fila para os clientes Ouro e Diamante.  A imigração de Punta Cana nos faz tirar tudo, inclusive os tênis.

O aeroporto é ótimo. Não parece quando olhamos no embarque, mas ele é enorme e o embarque remoto conserva a característica de praia. O embarque foi no horário previsto, mas o voo partiu com 25 minutos de atraso. O trecho entre Punta Cana e Caracas foi bem vazio e durou uma hora e vinte minutos.

IMG_1633

Quando entrei na aeronave vi a diferença. Sem dúvida o serviço da GOL para os EUA é realmente melhor. De Punta Cana para o Brasil é como o serviço dentro da América do Sul. Aeronave antiga (não é a de Sky Interior), espaço entre as pernas ruim (e olha que eu só tenho 1,67 m de altura, me senti muito incomodado nas quase oito horas de voo) e sem kit “cochilo”.

IMG_1641

Entretenimento: Gol no Ar “fora do Ar” e dormir.

 Voo

No trecho PUJ – CCS serviram o mesmo sanduíche que servem nos voos internacionais da GOL pela América do sul: Pão, Queijo e presunto frios.

No trecho CCS – GRU mais uma vez o sanduíche, a diferença é que tinha sobremesa, uma mousse de morango. Minha esposa comeu,  nesse momento estava me entretendo no sono. Faltando uma hora para o pouso, fomos surpreendidos com mais um lanche: os conhecidos amendoins com refrigerante para café da manhã – inacreditável!

image_9

Na minha opinião, o serviço foi péssimo. Para quem estava vindo de Punta Cana, foram quase 8 horas de voo e não ter uma janta, nem um café da manhã, em um avião apertado. Não recomendo, não vale a pena! Nota:1

E para encerrar minha avaliação, no momento do desembarque fui surpreendido com as duas malas que despachei quebradas. Uma com as alças quebradas, o carrinho todo quebrado, como mostro nas fotos. E a outra rasgada. Na chegada reclamei, abriram um processo e já vieram à minha casa recolher as malas para conserto. Por este motivo, embalem a bagagem de vocês quando voltarem da Republica Dominicana, pois todas as minhas bagagens foram depredadas.

image_11

No trecho GRU – CNF foi tudo normal como qualquer voo doméstico da GOL. O voo saiu no horário, chegou antes do horário previsto, mas não teve serviço de bordo gratuito, como na ida.

Conclusão

A minha conclusão é a seguinte:

Os dois serviços são completamente diferentes, apesar de serem o mesmo tempo de voo. No trecho para Santo Domingo (que todos que vão para o EUA vão ter que passar), vale a pena somente se a diferença for muito grande. O serviço é melhor do que estamos acostumados com o serviço da GOL na América do Sul, mas não é nada de tão excelente.

No trecho de volta, vindo de Punta Cana, acho que deveria ser dado ao passageiro mais conforto, pois o voo é muito longo. Neste caso indico a quem deseja ir para Punta Cana de GOL, só feche com eles se estiver valendo muito a pena, caso contrário vai de COPA que tem um serviço muito melhor e sai das principais capitais do país, diferente da GOL.

Agradecemos ao Fábio por esta ótima avaliação, que certamente vai tirar as dúvidas de muitos leitores sobre como é voar para o Caribe com a GOL e qual rota escolher para a República Dominicana se voar com a companhia. E você? Já fez voos internacionais com a GOL? O que achou do serviço da empresa? Deixe sua opinião nos comentários ou na página da GOL no nosso Guia de Companhias Aéreas. Se quiser enviar a avaliação de alguma companhia que ainda não tenha sido retratada aqui no Melhores Destinos entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br

Publicado por

Redação

redacao

  • Pedro Henrique

    Pode até ser ruim, mas qual é a opção boa para ir aos Estados Unidos?

    A American é um lixo. Apertada, grosseira, atrasada, comida horrível sem espaço sem entretenimento…

    A TAM vive no atraso, e vive de marketing. o serviço da tam é um horror. Faz muito bem ir para a Oneworld e se juntar a america.

    A USair faz com um avião velho

    A united não é má de toda se descontar a falta de simpatia….

    pelo que vi a gol não fica devendo nada para as porcarias que voam para os EUA.

    • jonas88

      Sempre viajei para os EUA com a American. Nunca tive problemas.

      As comissárias sempre simpáticas e atenciosas.

      Não espere receber gentileza se não for cortês. E o que mais tem é brasileiro mal educado e insalubre desrespeitando.

      Se tá tão ruim assim, guarde um pouco de dinheiro e não voe nas galerias. Compre uma executiva.

      • Pedro Henrique

        Você é funcionário da American? Se sentiu tão ofendido…

        A culpa do desrespeito dos funcionários é do cliente? Acho que tem alguma coisa invertida ai eihm amigo…

        A American é um lixo sim! Ou então deve ser mentira o que todo mundo fala ne….

        Os aviões são velhos, os comissários te tratam com ar superior.

        Ja voei 4x com eles e o MENOR atraso que tive foi de 4horas.

        Já vi cada coisa inusitada com essa American…

        Se tá tão ruim exija serviço melhor…

        Já voei em cias muito melhores pagando a mesma coisa ou menos para uma distancia equivalente, como AirFrance, AirCanada, Lufthansa …. mesmo empresas ruins europeias dao de mil na american, como a TAP e a British.

        A verdade é que voo para os estados unidos é dureza… sobretudo nas asas da American

        E não sou eu quem digo… volta e meia aparece reportagem falando da American

        Comissários racistas. Pilotos que mandam passageiros para aquele lugar….

        • jonas88

          Não sou funcionário da AA não. Sou engenheiro, nada a ver com aviação.

          Eu percebi que os atendentes da AA não mostram cordialidade, mas apenas com quem merece. Isso em todos os vôos que viajei com eles.

          A quantidade de brasileiro mal educada é de cansar qualquer um que quer trabalhar seriamente.

          Eles dão o aviso de botar a poltrona na posição vertical, e aí o brasileiro sacana continua deitato, fingindo uma primeira classe.

          Quando chegam nos aeroportos, o capitão nem desliga o sinal do cinto e a brasileirada já tá de pé tirando as malas. Isso não acontece nos US. Vi um atendente da AA xingando um quando uma vez chegando em GRU. Bem feito.

          Outra cena que vi foi os sambistas de galerias tentando embarcar quando foi chamada apenas a primeira classe.

          Tenha dó, né.

          Tive atraso com eles? Tive uma vez, mas por condições do tempo em LAX.

          A dica vale pra todas cias americanas (na verdade em todo o mundo).. quer ser tratado bem? Sorria e seja gentil.

          • Pieter van der Meer

            Concordo.

            Existe uma diferença cultural, e as vezes o brasileiro interpreta isso como falta de educação.

            Eu viajei de Delta e me surpreendi com a cortesia e simpatia da tripulação.

            Mas são diretos, meio seco as vezes, sem muita firula e melação.

            E realmente, em muitos casos os passageiros abusam, nao atendem às solicitações dos comissários e reclamam de forma grosseira de qualquer besteira, achando que a tripulação é escrava dele.

            Mas certamente existem comissários mal educados, mal humorados, etc. Gente ruim tem em todo lugar e profissão.

          • Fernando T

            Já viajei pela TAP com e sem brasileiros a bordo e confesso que a diferença é nítida…. A falta de educação e o chamado "ser folgado" é o grande destaque para os brasucas. A comissária pedia para todos sentarem e ninguém ouvia, ela falou 4 vezes e depois desistiu…..Acho que brasileiro fica muito "eufórico" quando vem para Europa e acha que Lisboa e Portugal é a segunda casa…mas se enganam!!!!

          • Thiago Castro

            Concordo que brasileiro é folgado e acho realmente insuportável esse lance de se levantar antes da hora. Um saco!!!

            MAS, a obrigação dos atendentes é atender com um mínimo de educação. Não há NENHUMA hipótese em que um atendente xingar um passageiro seja correto (ou vice versa).

            Ah, eu fiz viagens dentro dos EUA e vi a galera levantando antes da hora, então acho que não é só por aqui não.

          • Rafael Lindoso

            Viajei de AA em outubro/2012, fiz 4 vôos com eles ida volta pro brasil e 2 intenos (mia-sfo e las-mia-tpa). eles são ruins sim (tipo gol e tam) só que perdem por terem aviões piores. Quanto aos comissários, os achei simpáticos, sendo que tinham uns lentos, lerdos, meio que exploravam os outros. Algo curioso é que achamos um celular (modelo simples) e chamamos um comissário pra entregar pra ele. Um tempo depois ele voltou com a colega pra agradecer, que o telefone era dela, que muito obrigado, passaram o voo todim agradecendo, como se nunca um americano fosse fazer isso.

        • Roberta Giordano

          Nossa a American é a pior…viajei uma vez com ela, para nunca mais…Nunca fomos tal mal atendidos em um vôo, comida ruim,comissários grosseiros…Sinceramente não vejo nada que me chame a atenção nessa cia.

          • jonas88

            Paga passagens de galeria e quer comer escargot? rs

          • Thiago Castro

            Scargot eu não quero mesmo não. Só uma comida normal (quente e com sabor) já está bom.

      • Thais Benites

        Viaje com a Delta Airlines. Minha última ida para os EUA foi com ela e fiquei encantada com a simpatia e presteza dos funcionários.

        • Andre Stein

          Já voei de Delta 4 vezes desde 2010 e, embora não tenho voado em outra para os States, recomendo a todos. Nunca tivemos problemas com atrasos, serviço ou conforto. Claro, levando em conta que voamos de Econômica e o recursos são excassos mesmo. Tenho 1.91m e voei relativamente confortável nos assentos "Conforto" da Delta.

        • Pieter van der Meer

          Também gostei!

      • Dênis Colli

        Acho que estamos falando da American errada rs…

        Tenho a mesma impressão do Pedro Henrique.

        Os atendentes nem olham na sua cara, o avião era novo 777-300 poltronas apertadas!

        Comprei o passe do Admirals 30dias porque iria voar 5x de American, 2AirCanada, 1 United, 1AirTran e 1Southwest.

        Se quiser beber algo alem de agua e refrigerante nos Admirals fora, prepare o bolso!

        Perdi meu voo JFK-GRU por incompetencia dos funcionarios neste aeroporto, tive que pagar ""somente"" U$$771,00 para embarcar no proximo voo/dia seguinte!

      • Rafa

        Só fui uma vez para os EUA e utilizei Avianca. Não tenho absolutamente nada do que reclamar. Poltronas confortáveis, tinha cobertor, boa quantidade de entretenimento, voos pontuais, bagagem sem danos, escala tranquila em Bogotá. Se essas outras citadas são tão ruins quanto parece, eu recomendaria a Avianca.

        • Priscila Santeli Hei

          Concordo com o Rafa, já fui com a Avianca para os EUA e achei mto boa!!! mto melhor que AA e Copa…recomendo a todos!! Só não viajei novamente com ela por falta de oportunidade..quem sabe na próx.

      • Priscila Santeli Hei

        Concordo com o Pedro e com a Roberta, viajei agora para os EUA pela AA e foi um arrependimento só!! na Ida um avião pequeno e velho, sem entretenimento e sem Kit Cochilo, atraso de 2 horas e malas extraviadas, só recuperei as malas 2 dias depois e tive que ir 3x ao aeroporto para pegar!!

        na Volta atraso de 2 horas por condições precárias da aeronave!! e o mesmo tipo sem entretenimento nenhum e sem Kit Cochilo algum, sendo assim pelo que o Fábio relatou da Gol e estou com passagens marcadas agora pela Gol não será nd diferente, nós brasileiros que queremos achar que as Intls são melhores!!!

    • Jean Prado

      Olha, usei a AA agora em abril e maio em voos domesticos nos EUA (JFK-SFO e depois LAS-MIA)e minha decisão foi de nunca mais voar com essa cia. Atendimento horrível, sem adjetivos para classificar o lixo que é. Assentos pouco confortáveis e serviço de bordo ruim e pago.

      A TAM não é nenhuma maravilha mas em comparação com AA ganha de longe da AA!

      Quem sabe algum dia a AA se torne uma cia aérea.

    • Michele

      Delta, gosto muito

    • Fernanda

      Pedro,
      Viajei pela AA em Fevereiro de 2014 e o único problema que eu tive foi com a comida.
      Todos os comissários foram atenciosos, o entretenimento foi muito bom, vários filmes novos.
      O avião não era 0 km, mas não era velho.
      Foi uma boa experiência.

    • Paul Hansen

      FUJAM DESSE VOO DA GOL ! É um absurdo fazer nós pobres mortais voarem por 7 horas (no meu caso, graças a deus, saltei em Santo Domingo) praticamente encaixotados em assuntos super apertados com nenhum espaço entre a poltrona da frente e com praticamente zero de inclinação e com zero de entretenimento a bordo e praticamente zero de serviço de bordo (os mesmos sanduíches frio, amendoins, agua, etc servidos na ponte aérea…) !!!! UM HORROR ! Mas se não der pra escapar, tragam comida/lanche de casa e não deixem de trazer também aquela almofada de pescoço. Senão o bicho vai pegar. Se eu sofri, imagino então quem seguiu de Santo Domingo até Miami….Pra piorar ainda mais as coisas, muitos dos que embarcaram em Santo Domingo de volta ao Brasil (como eu) tivemos de esperar por horas o voo da Gol que veio atrasado de Miami. Na chegada em Guarulhos, uns 15 de nós tivemos nossas malas extraviadas !!!!!!!! Ficou evidente o tratamento diferenciado dado pela Gol para aqueles passageiros que fazem o voo de ida e volta a Miami. Com certeza nossas malas foram deixadas de lado para dar lugar as centenas de bagagens trazidas de Miami por nossos conterrâneos muambeiros. Graças a deus, minha mala foi devolvida em casa dois dias depois… SUGESTÃO: conversei com outros Brasileiros em Punta Cana e concluímos que o melhor voo e pela COPA (tem entretenimento a bordo, um bom serviço de bordo, poltronas parecem ser mais espaçosas, etc) apesar de fazer escala no Panamá.

  • Luiz Felipe

    Realmente a Gol deixa a desejar nos voos para o Caribe. Em 2011 fiz o trecho GRU-PUJ-GRU e o avião era pitoresco! Era um 737 (não me recordo qual), avião este que era da Air China, inclusive com os escritos nas mesas de refeição ainda em chinês. Espaço apertado, tecido das poltronas velho, sem entretenimento algum em 8h de voo. Nem música! Tivemos sorte de não ter ninguém na 3a poltrona tanto na ida quando na volta. O aviso luminoso de "saída" no teto do avião caiu 2x no chão durante o voo.

    Estava com esperanças, pois farei o mesmo trecho agora no dia 03/07, mas pelo visto, nada mudou!

    Acredito que a Gol deveria olhar com mais atenção aos voos para destinos mais distantes,tendo em vista a concorrência com a Copa. Só optei por voar novamente pela gol, pelas 15mil milhas.

    Atenção especial somente aos EUA é complicado!!!

    • Fabiana Mello

      Não encaro a Gol, nem voando para o Estados Unidos. Vou com a Avianca.

      • Michelly Cybis Guede

        Não conheço cia melhor que a Avianca até hoje. Fiz em 2009 GRU-BOG-SJO e adorei o serviço deles, comissários super educados, forneceram jornais, a comida na minha opinião maravilhosa.

        E quando voei para de Floripa pra SP, foi a mesma coisa, serviram um cachorro quente (e estava quente!).

  • Fabio

    Serviço inferior ao da AA e United ? Medo….

    • Rafael Araújo

      Não é simplesmente inferior… É muiiiiiitoooo inferior q AA. Na gol não tem comida, só agua e refri e amendoim. Não tem nada além disso, nem sequer um som no braço do avião… e ainda param na venezuela e vc não desce depois de 7 horas de voo fica quase uma hora parado dentro do avião no sol para seguir pra PUJ. Tipo valeria a pena se fosse por uns 500 reais ida e volta, mas é mais caro que muitas que prestam um serviço digno. Indico Copa em termos custo benefício.

  • Rodrigo Oliveira

    Tá louco, mais de 5h de vôo num 737… GOL pra mim, nunca mais, enquanto eu puder. Minha última viagem foi PoA X Montevideo, apenas por falta de opção de vôo direto nesse trecho.

  • Marcelo

    Concordo que não só o serviço, mais tudo da AA é péssimo! Porém a United já não é mais tão ruim, em 2009 voei para Chicago num 777 da United muito antigo e o serviço não foi tão bom

    Porem a depois de a United ter se unido com a Continental eles "reformaram" o interior da maioria dos aviões e em 2012 voei de Newark pra Guarulhos num 767 e a minha experiência foi muito melhor em todos os sentidos! (até as aeromoças estavam mais atenciosas)

    Eu só fui voei uma vez com a AA pois consegui uma passagem de FLN-DTW por inacreditaveis R$700 (muito obrigado MelhoresDestinos!!) e foi num 767-300 caindo aos pedaços.. Porém a America Airlines está introduzindo novos aviões 777-300ER (muito modernos) e já tem esse vôo no rota DFW-GRU (que foi a primeira a ter o avião) e TODOS os que voam nessa rota por esse avião elogiaram muito! Tem um review desse vôo muito detalhado em outro site que ficou muito bom!

    Está na hora de ter "Como é voar pela (AA, United)" pelos novos aviões para mostrar que os vôos dessas cias aérias estão ficando melhores e deixando de ser ruim! Se alguém ver esse comentário e tiver a oportunidade de voar em um dos novos aviões não deixe de fazer um review e mandar pro site 🙂

    Se eu tiver a oportunidade farei!

    • Fabio

      Cheguei sábado passado de uma maratona de 11 vôos pela United, incluindo alguns em Fist e um no 777.

      Continua o mesm lixo de sempre

      • Marcelo

        Se tiver a chance voe no novo boeing 777-300ER da rota Guarulhos-Dallas

        • jonas88

          Viajei. Muito bom!

        • WESLEY

          já voei num desses da TAM. Na econômica. Muito bom o serviço

        • Fabio

          Da AA ? Nem pensar. Lixo de cia. A única que consegue a proeza de ser pior que a AA é a US Airways.

          Para ir aos Estados Unidos, ainda acho a Copa a melhor opção(falta testar a LAN e a TACA/Avianca), especialmente quando ganho upgrade grátis.

  • THIAGO DOS SANTOS

    Já fiz esse voo também (GIG – PUJ com escalas em São Paulo e Caracas). É bem complicado mesmo, muito desconfortável. A única vantagem é qtd de milhas mesmo para viajar para lá (é uma grande econonomia). Ficar 7 horas dentro de um 737 parece uma prisão. Eu, que gosto muito dormir nos voos, não consegui relaxar devido ao espaço curto e ao banco duro (e olha que fui de classe confort). Creio que em breve a GOL deva atualizar os seus voos para Punta Cana assim como fez para Santo Domingo. A recomendação é você tomar um remédio que te faça durmir o suficiente para chegar ao destino final.

    • Fernando T

      Poxa…e aquele aeroporto de Punta Cana??? Meu voo foi MADRID-PUNTA CANA e enchemos a imigração…..e ainda não achei nada seguro o aeroporto. Dá a impressão que qualquer um entra e sai por aqueles muros baixos. Mas gostei da originalidade do lugar e aqueles ventiladores gigantes…

  • Jullyana

    Fui para Punta Cana em Maio de 2012 com meu esposo e também não achei o serviço la essas coisas, mas não tive nenhum problema quanto a viagem (o espaço entre as poltronas deixa muito a desejar, mas eu ja estava esperando por isso, então nem fiquei nervosa).

    Fiz o trajeto BSB > GRU > PUJ e na volta PUJ > GRU > BSB.

    Durante o Voo não tivemos a sorte de ter nenhum kit cochilo, mas como sou prevenida levei um par de lençóis na bagagem de mão para o caso de sentir frio (o que aconteceu e muito). A viagem foi tranquila, sem atrasos e fomos bem atendidos.

    As refeições também foram bem simples, mas estavam boas, nada de extraordinário… Mas o que realmente me incomodou foi sobre a bagagem. Na chegada em Punta Cana não esperamos muito para que elas fossem para a esteira (uns 30 minutos), mas quando chegaram a bagagem tinha sido violada. Levaram o perfume NOVINHO do meu esposo ( e a mala chegou aberta). Ja na volta para não sofremos o mesmo problema, embalamos a mala (pagamos 10 dolares em Punta Cana e eles embalaram direitinho), quando chegamos em Brasília a mala veio danificada, estava com as rodinhas quebradas. Ai la vou eu atras de algum funcionário da Gol. Demorou mais de 1 hora pra eu conseguir fazer uma reclamação e pegar o pedido do conserto.

    Enfim, esse foi meu único problema com eles.

    Também pagamos 60 mil milhas para ida e volta.

  • Rico Gabrielli

    Fiz a viagem GRU/PUJ/GRU com a Gol em 2011 num 737-300 super antigo.

    A viagem é totalmente desconfortável, devido ao espaço entre as poltronas que é muito pequeno, por não existir nenhuma opção de entretenimento a bordo, e pela qualidade inferior do serviço de bordo.

    Sei que não podemos esperar muito da Gol, mas os valores que cobram pela passagem não justifica o atendimento tão precário.

    Essa foi minha primeira e última experiência com a Gol. Sempre que existe uma oportunidade, busco alertar todos meus amigos para não utilizarem desta "Cia. Aérea".

    Após isso, já voltei outras duas vezes para Punta Cana, voando COPA, que muitas vezes está o mesmo preço, e oferece um serviço muito melhor (sem contar o ótimo freeshop do Panamá).

    GOL NUNCA MAIS!!!

    • André Trindade

      a GOL já tinha devolvido seus 737-300 na data que você disse que realizou esse vôo.

  • Wagner

    Minha mala já foi violada tantas vezes pelos marginais do GRU que perdeu até a graça. Aqueles funcionários são um bando de ladrões safados, fico imaginando, com tanta gente lesada pq a polícia ainda não bateu no setor de bagagens do GRU para prender esses safados.

    Voltei da Colombia recentemente o funcionário da AVIANCA teve coragem de dizer que violaram lá. SAFADOS. Sendo que na Colômbia o setor de bagagens é filmado.

    • Debora

      Quando as pessoas pararem de só pedir o papel para conserto da mala e passarem a processar a cia aérea, eles aprendem. Em 2010 eu ganhei R$7.000 de indenização da TAM apenas pq minha mala sumiu por algumas horas em guarulhos e por causa disso perdi o vôo pro Rio que era às 17hs e só consegui embarcar meia noite.

      Por isso que eu faço assim, se minha mala chegar danificada ou sumir qualquer coisa dentro, processo neles!

      • Debora

        Acho que não interessa onde nem quem foi que violou a mala. Enquanto ela não chega nas mãos do passageiro a responsabilidade é da cia aérea e pronto.

      • Guilherme Furtado

        Tive minhas malas extraviadas num voo recente da American dos Estados Unidos para cá. Além de sumirem por 3 dias, foram violadas e tiveram alguns pertences pessoais meus subtraídos. Já entrei com a reclamação e estou com o formulário para preencher, mas continuo me sentindo um trouxa. É como se eu tivesse que implorar para ser ressarcido.

      • Rafael Araújo

        Favor indicar o advogado… To com um problema parecido.

    • John T Duarte

      Pq o Brasil é um PAÍS DE LADRÕES!!! Aqui é o lixo do mundo em termos de segurança pública!!! O esgoto. O brasileiro convive bem com os ladrões, pq no fundo temos o sangue larápio herdado dos portugas safados!! (só falta vir uma estudantezinha de Direito dizer que eu estou ofendendo uma raça, por chamar os portugas de larápios) Ofendidos pelos ladrões ninguém é. Aliás, maconheira deve ser. Ou então um maconheirinho estudante de jornalismo e defensor dos direitos da corja.

      Em quase qq parte do mundo existe roubo. Mas aqui nÃo existe punição. Quando a polícia prende algum safado desses a Justiça solta no mesmo dia.

      Se forem colocados pra rua por justa causa , ganham ação na Justiça.

      NUNCA seremos gente. Nunca. Simplesmente um bando de animais mal educados.

  • Carlos Linares

    Pessoal, alguem pode me dizer como é o voo GRU-CCS? Comprei as passagens desde Vzla a dolar paralelo (super baixo) e queria saber se vou me dar mal nesse voo?

  • Roberta Giordano

    Olha uma coisa é fato, a educação e presteza dos comissários mudou e muito…Não importa se GOL, TAM, Air France…O fato de um comissários "arremessar" a comida a ser servida nas nossas mesinhas, "fingir" que não estão entendendo o que falamos, esquecer pedidos simples como um copo de água, e muitas vezes nos ignorar…Voar num 737 da Gol pode parecer ruim, apertado…mas se o atendimento fosse cortes , com certeza seria muito mais prazeroso…Pagar "mais barato" em uma passagem,pode oferecer menos luxo, até menos conforto, mas nunca um atendimento medíocre…

  • Fabio

    Viajei para PUJ no ano passado pela Gol usando milhas. Paguei 15 mil o trecho VIX x PUJ. Fomos eu, minha esposa e filha de 03 anos.

    Considerando o desconforto das poltronas MUITO apertadas e a falta de entretenimento a bordo, a viagem poderia até ser razoável. Tivemos um problema em Caracas (escala). De acordo com a equipe, o "piloto automático" não funcionava e voamos "manual" de P Cana até Caracas. Ficamos 1h30min na aeronave esperando eles checarem, checarem… até chegar a conclusão que não daria para voar para GRU.

    Depois de horas no aeroporto de Caracas, tivemos a notícia que ficaríamos num hotel para viajar no dia seguinte….

    Que cansaço!

    O hotel e as instalações eram de 1ª, os Venezuelanos que não foram muito simpáticos com a multidão de passageiros que chegavam juntos, de madrugada, no hotel.

    De tudo, ficou a amizade entre os viajantes. Compartilhamos histórias e reclamações (rs).

  • Rafa

    Só fiz voo doméstico com a Gol e não gostei, são sempre os voos com mais turbulência além de serviço de bordo um tanto quanto precário. Farei um GRU x BUE em breve e depois de todos esses comentários (e a pouca experiência que tenho) confesso que estou com medo. De fato, a tarifa baixa é a única coisa que move a utilizar a Gol.

  • WESLEY

    A TAM possui um dos Melhores serviços de bordos oferecidos por uma cia aérea Brasileira, inclusive na classe econômica para vôos na América do Sul, EUA e Europa. Falo isso por experiência própria. Até uisque e vinho é oferecido no serviço de bordo nos vôos da América do Sul. Ah, tem cia Americana que vende o fone de ouvido, a TAM é dado, gratuitamente, o entretenimento de bordo também é boa e possui câmeras fora do avião, para vc acompanhar o seu vôo, pouso, decolagem etc As pessoas falam muito mal da TAM, mas considero uma Excelente cia Aérea !

    • Fernando T

      Já peguei companhia aérea tbm (agora não lembro qual) que deveríamos pagar pelos fones…. Achei péssimo!

    • Thiago Castro

      "A TAM possui um dos Melhores serviços de bordos oferecidos por uma cia aérea Brasileira"

      Aí fica fácil né?? Quantas cia aéreas brasileiras (com vôo internacional) existem???? kkkk

      • John T Duarte

        rsrsrs

        A TAM não é tÃo ruim mesmo. Mas nada é de graça. Nenhuma empresa dá comida ou fonezinhos. Deixem de ser burros.

        • Antônio Floren

          "burros"… pensei que esse blog fosse para compartilhar dicas e promoções.

  • Antônio Floren

    Pessoal soube ontem que a Gol é a empresa aérea da Seleção de futebol. Coitados dos jogadores. A sorte é são voos curtos. Viajar num B737 ao invéns dos A330 ou B777 da TAM é bronca.

    • John T Duarte

      Sobre o avião não tem diferença praticamente.

      Já viajei algumas vezes com a COPA e foram excelentes viagens.

      Prefiro ir pra USA de Copa do que de qq outra cia. Infelizmente a COPA aumentou muito os preços, mas é uma empresa boa demais. (e usa 737)

  • John T Duarte

    Obrigado pelo ponto que disse que o tal amado e querido povo dominicano pede gorjeta por tudo.

    Mês passado comentei algo do tipo e fui até ofendido aqui.

    Capaz que vou deixar de ir para um país decente (1 mundo) pra ir pra coisa com gente semelhante ao brasileiro, ou até pior.

    O ser humano tem é que evoluir na vida, e nÃo retroceder.

    Caribe? Obrigado, mas já convivo com desgraça demais aqui no Brasil.

  • Jussara

    Não precisa ter medo, já voei com a GOL para BUE e MVD e foi tranquilo, já que as viagens são curtas. A única coisa ruim é o lanche frio com pão amanhecido, e não ter bebida quente mesmo que o voo saia às seis da manhã. Não rola nem um café ralo.

  • Jussara

    Verdade, concordo plenamente. Mas acho que varia de cia para cia, e vai muito do funcionário também. Tem uns que são antipáticos e esnobes ou grosseiros, mas tem uns que são atenciosos e gentis, e a gente vê que é da personalidade/educação da pessoa.

  • Jussara

    Gostei do relato, bem detalhado. Ele só esqueceu de falar que esse lanche (o mesmo servido nos voos dentro da América do Sul), além de frio é feito com pão amanhecido. Não sei se no voo dele teve bebida quente, mas voei com a GOL para BUE, às seis da manhã, e não tinha nem café, só bebida fria. E eu tenho costume de beber algo quente pela manhã; no avião então, faz toda a diferença, dentro daquele gelo.

    • fabio passos vilela

      Oi Jussara!

      Na verdade não esqueci, é que eu não comi, preferi dormi do que comer o sanduíche! Mas minha esposa disse que é a mesma coisa dos outros vôos da GOL que já fizemos na América do Sul!

      Qnt a bebida quente, tem sim …. Suco e Refrigerante sem gelo! Nada de café ou qualquer outra coisa para um bom café da manhã! Amendoim com Refrigerante no café da manha é muita sacanagem!

      • Jussara

        Oi, Fabio,

        Realmente, amendoim com refrigerante no café é muita sacanagem. É muita falta de consideração pelo bem-estar dos passageiros. Já viajei por outras cias aqui na América do Sul, onde os voos são mais curtos, e o sanduíche servido ao menos era quente, e tinha opção de bebidas quentes também. Enfim, a GOL baixou muito o nível, se é que algum dia ela já foi boa.

        "Qnt a bebida quente, tem sim …. Suco e Refrigerante sem gelo!" Hehehe, muito bom!

        Parabéns pelo relato!

  • Lucia

    Acabo de viajar pela GOL de Brasília para Santo Domingo, passando por Guarulhos, no voo que vai para Orlando e Miami. Para começar, no trecho doméstico, fiquei 40 minutos esperando na fla do check in (o que contraria o limite de 30 minutos do Código do Consumidor), antes das 7 horas da manhã. Você chega cedo e eles só chamam passageiros atrasados dos voos que estão encerrando.

    Quanto ao voo GRU-SDQ, realmente me surpreendi. O espaço era maior do que o dos voos internos e havia kit cochilo, tudo bem melhor do que voos para a América do Sul. Mas a comida, além de muito ruim, era pouca. Sou mulher, como pouco, mas saí do avião com fome. E não teve o serviço pago para quem quisesse comer mais.

    Realmente, em Santo Domingo, não desce quase nenhum brasileiro, o que faz que a imigração e recuperação de bagagens sejam incrivelmente rápidos.

    O grande problema é a volta. Minha mala não chegou em Guarulhos e todos os funcionários de GRU com quem falei me disseram que isso ocorre todos os dias. O avião chega lotado de malas em SDQ, vindo dos EUA, e as malas de SDQ que não cabem no avião seguem para o Rio (se houver espaço) ou ficam em SDQ mesmo. Até em Brasília os funcionários da GOL estão familiarizados com essa prática corriqueira da GOL de deixar as bagagens em SDQ ou enviá-las para o Rio. Isso deve ser denunciado na ANAC, pois não é um caso excepcional, mas ocorre todos os dias. Assim, na hora de escolher a cia aérea, lembre-se da grande chance de sua mala não chegar na volta e dos inconvenientes que isso pode gerar. Para mim, só valeu à pena porque paguei 15 mil milhas por trecho.

  • Mario Stefa

    Em maio utilizei pela primeira vez em voo internacional a Gol no trecho Guarulhos/Miami/Guarulhos, com a escala em Santo Domingo. Quanto ao avião desaconselho,um 737 sem monitor,sem entretenimento nenhum. O lanche horrivel , frio e um pão duro. Para trecho domestico é aceitavel. Para internacional acho a TAM uma boa empresa,dentro da analise custo/beneficio. Estou participando aqui pela primeira vez, e gostaria de parabenizar os responsaveis pelo site, que é muito bom e vai me levar a falencia rsrsr.

  • Dominique Gimenes

    Vergonhoso!!! é assim que posso descrever minha última viagem com a Gol de Punta Cana para o Brasil no Carnaval deste ano!!! Além de ser uma aeronave minúscula e com serviço de bordo fraquissímo a Gol te assalta literalmente e ainda destrói sua bagagem!!! Estivemos em Miami uma semana antes de ir para Punta Cana. Ao embarcar de volta para o Brasil depois de mais uma semana em Punta Cana em um vôo da Gol como estávamos com 4 malas acabamos tendo que pagar por excesso de bagaem. Visto que apesar de ser considerado um vôo "internacional"a franquia de bagagem da Gol é de somente 23kg por passageiro. Pagamos a bagatela de USD300 dólares por uma única mala que pesava 30kg. Quando todas as outras companhias áereas cobram no máximo e para vôos de Miami direto para o Brasil onde a distância é maior USD150 por mala. Para completar a Gol destruiu minha mala e o conteúdo da mesma. Só fomos perceber o estrago quando chegamos em casa. E para completar depois uma ação judicial perdemos a causa para um "juiz" que disse que a Gol não teve nenhuma culpa em destruir nossa bagagem!!! Pasmén!!! Por essas e por outras meu marido que é cliente DIAMANTE na Cia Aérea está deixando de voar frequência pela Cia e buscando voar com as concorrentes como Azul e Tam que são empresas aéreas bem mais sérias e compromissadas com seus clientes!!

  • Everton Souza

    Essa história do sinal luminoso da saída de emergência caindo é tenso.

  • Danilo Fernando

    Okay espertão!

  • Maurício Alve

    "Aí fica fácil né?? Quantas cia aéreas brasileiras (com vôo internacional) existem???? kkkk"

    Duas: Tam e Gol.

  • Rodrigo Tonin

    Bom, ja voei de Delta, AA, United e Tam para os EUA, na minha opiniao, por mais defeitos que possa ter a TAM é a melhor, os avioes sao mais novos, a comida é melhor e os comissarios te tratam bem. Acho que até os americanos acham isso, uma vez no check in da TAM no JFK vi um americano comentando que a TAM era muito melhor que as cias americanas.

    • Fabio

      Concordo. O problema da TAM é em terra. No ar ela é bem melhor que as americanas.

    • Bernardo Cretton Vie

      Tonin, concordo plenamente. Dentro do cenário VOO PARA OS EUA SEM ESCALA a TAM supera todas as americanas. Falam que nos voos de Miami ela usa Boeings muito velhos, mas, para NY, já saí de GRU e GIG e, nas 4 vezes (2 voltas + 2 idas) foi com A330, inclusive, em uma das 2 voltas foi com o A330 que levou a selação pra África do Sul, todo personalizado.

  • Antônio Floren

    Pensei que o MD fosse um blog de dicas e promoções e não de insultos.

    • O Antônio tem razão, pessoal. Tudo bem reclamar das companhias, mas sem insultos aos demais, ok?

  • Gabriel Hoff

    Eu fui pela Taca (POA – Lima – Miami) e gostei.

    O problema da GOL é que parece um lixo e nem mais barata é… ainda se tivesse vantagem no preço. Mas ir para os USA com a GOL significa mais de R$ 400 de taxas de embarque.

    • Daniela

      A taxa de embarque é uma taxa aeroportuária .  O valor pago de taxa de embarque será o mesmo para as Cias aéreas.
      Quem determina os valores que devemos pagar como taxa de embarque é a ANAC. O que eles levam em consideração são dois fatores: se o aeroporto é classificado como nacional ou internacional.
      Após pagarmos o valor determinado pela ANAC pra cia aérea, esse valor é repassado para a Infraero, que é quem administra a maioria dos aeroportos do Brasil.

  • RABUGENTO

    Para o Fernando T:

    Adorou a TAP?

    Ela está a venda!

    Compre-a e divirta-se o resto de sua vida.

    Ficará muito satisfeito com o atendimento exclusivo de seus tripulantes.

  • Iaia E Leo

    Bom, nossa experiência à Punta Cana foi bem ruim! Alias, não estávamos esperando muita coisa deste voo…mas, conseguimos ser surpreendidos, para pior!

    Em maio deste ano, ou seja, um mês atrás, meu marido e eu resolvemos passar nossa Lua de Mel em Punta Cana. Compramos nossa passagem ECONOMICA, que não foi barata (coisa de R$ 1.200,00 por pessoa O TRECHO)…e, ao embarcamos nos deparamos com um avião velho (desses que a GOL usa nos voos comerciais), que nem os passageiros da Primeira Classe tinham mais conforto (o conforto deles era um pouco mais de espaço entre as poltronas, e um kit almofadinha/cobertor. Mas, poltronas iguais, não tínhamos telinha para ver alguma coisa para passar o tempo, não tinha wifi de bordo porque o tal aparelho estava estragado aquela semana, conforme a aeromoça nos comunicou, enfim).

    Posso dizer que foi um dos meus piores voos até hoje, custo x benefício mais mal investido de minha vida.

    O voo até Punta Cana é bem demorado, tem escala em Caracas, e o serviço de bordo é péssimo, ao menos para a classe econominca. Como nosso voo compreendeu o almoço, no inicio recebemos um lanchinho frio, depois recebemos “amendoim” para enganar o estomago! Enfim, achei horrível, falta de respeito com os clientes…passamos fome, poltronas desconfortáveis, avião barulhento, sem entretenimento para um voo internacional de média duração.

    Se bem que poderia ter sido pior, neh? o voo poderia ter atrasado, nossas malas extraviadas…afinal, nada está tão ruim que não possa piorar!!!

    Confesso que não sou do tipo que “reclama”. Odeio aqueles posts enorme onde as pessoas reclamam de coisas irrisórias. Tem muitas coisas que podemos/devemos relevar. Mas, este voo para mim foi definitivamente péssimo. Quase conseguiu estragar o meu humor em plena lua de mel!

    Espero, realmente, que esse serviço melhore, pois vale muito a pena viajar à Punta Cana.

    Em minha próxima viagem para lá, darei preferencia ao voo da Tam com parada em Bogotá, mesmo com mais transtorno. Pois amigos meus viajaram com a TAM e só tem elogios!

    Enfim, deixo aqui meu registro desiludido com a GOL.

    Iandra.

    • André Meluzzi

      A Gol só opera com classe econômica!

      • Dani

        Engano seu. Nao, a Gol opera com classe Comfort e econômica. A classe Comfort tem mais espaço entre uma fileia e outra e no assento do meio ninguem senta, banheiro exclusivo classe Comfort e o serviço de bordo também é diferenciado, oferecendo vinho, cerveja e cardápio diferente da classe econômica.

    • Thiago Ambrós

      A TAM não tem vôo pra Punta Cana. Se a parada for em Bogotá provavelmente você está se referindo à Avianca.

  • emerson alvarenga

    Realmente TIve o mesmo problema nos ultimos 3 anos quando voltei dos EUA engraçado que quando voltei do ururguai e argentina não tive a mala arrombada será porque? minha mala ficou em posse da delta por 18 horas em atlanta e nada aconteceu, ficou 3 horas em guarulhos e foi arrombada (GOL) e a companhia aerea (GOL) age em prol dos mesmos pois como só foi arrombada e sumiu meu cadeado eles falaram que não podiam fazer nada realmente viver no Brasil está muito dificil estive no Canadá e as pessoas riam de mim quando perguntava se era perigoso o local saia com a camera profissional pendurada no pescoço em VANCOUVER sem medo infelizmente este é o pais que vivemos que muitos chamam o melhora pais do mundo com violencia corrupção e roubos

  • Willian Bathke

    Eu viajei pala AA para MIA em março, numa promoção divulgada aqui no MD (aprox 900 reais – nvt-gru-mia-gru-nvt).

    Voo no horário, tanto na ida quanto no retorno, bom atendimento (assisti tres filmes, ouvi música, usei jogos, etc). Comida razoável para o voo.

  • Luis

    737 300? Acho que vc exagerou….

  • Luis

    Queridão quantos aeroportos brasileiros tem capacidade de receber um triple seven ? Se fosse Tam, Tap ou sei la pouco adiantaria. Ah, so pra lembrar eles ganharam uma aeronave totalmente personalizada para eles.

  • Bernardo Cretton Vie

    Hà de se concordar, em parte com o Pedro Henrique e em parte com o Jonas, como bem disse o Pieter. O brasileiro é um dos piores povos do mundo (e olha que nasci no Brasil!). Em voos nacionais observo uns "candangos" religando o celular depois que o avião decola (e não é pra usar em modo off-line não!), desafivelando o cinto quando o trem de pouso mal toca o chão, etc… Sou da seguinte política: faça a sua parte, ou seja, diga sempre obrigado, peça sempre por favor e, se houver desrespeito muito grande, nunca mais voe com a Empresa. Já fui 4 vezes: 2 com Delta + 1 com TAM + 1 com TAM executiva (relato escrito aqui no MD). Adorei a Delta, mas a TAM prestou um melhor serviço, começando pelo tipo de equipamento usado (A330), dentre outras coisas. Não tenho bons relatos de amigos com a US Airways e tenho ótimos relatos com a United, que sempre foi bem careira. É como sempre digo aqui: sou a favor de pagar mais caro e ir de executiva, pois, realmente não consigo dormir e são 10 horas que me fazem realmente muito mal. Tem gente que prefere comprar a passagem mais barata e gastar muito com hotel, ou comida, ou compras, enfim… gosto é gosto!

  • Bernardo Cretton Vie

    Thiago, a GOL colocou voos para os EUA e o resultado (já divulgado aqui)? Péssimo! A Azul pertence a americano, não sei se interessa pra ele sair das terras tupiniquins futuramente, para chegar a outro país, então, realmente o espaço amostral é restrito, mas a TAM dá banho em todas as americanas, se compararmos a classe econômica!

  • Marcelo

    Todos os voos da AA ntre Brasil e EUA são ruin menos GRU-DFW! Essa rota tem o NOVO 777-300ER da AA e nos primeiros meses da rota a AA ainda ofereceu wifi de graça para todos os passageiros durante o vôo. Estamos falando dos novos serviços/aviões

  • Jussara

    Isso varia de país para país. No México também é assim porque lá os salários são muito baixos, a gorjeta já é esperada, mas não é obrigatória (nem os 10% dos restaurantes são obrigatórios, você paga se quiser). Às vezes eu não tinha trocado, falava que não tinha e pronto. Ninguém me tratou mal por isso. Nos EUA, que é um país de "primeiro mundo" a gorjeta também é esperada, até pelos taxistas…

  • Verônica Gogol

    Acabei de voltar de uma viagem para Punta Cana e fui e voltei pela GOL (GRU-PUJ). O voo é massacrante demais. Não há conforto nenhum! Eu tenho 1,78 m e meu marido 1,88 m, então imagine o horror que foi para procurar posição para as pernas durante todo esse tempo. Não recomendo.

  • Yuri João

    É realmente uma piada esses voos da GOL para o exterior… Tudo bem que as companhias aéreas americanas e a tal da 'LATAM' não oferecem um serviço de bordo bacana para o preço que é cobrado… Mas, por mais limitado que o sistema seja em boa parte dessas companhias mencionadas, pelo menos possuem uma telinha individual para entreter o cliente… Apesar da GOL insistir em fazer rotas distantes com Boeing 737 (e suas variações), que façam como a Copa Airlines, invistam num sistema de entretenimento de bordo… Se já é cansativo ficar 2, 3 horas em uma aeronave sem entretenimento, imagina num voo de 8, 9 horas de duração? Acho que a GOL precisa, pelo menos, ter um pouco de senso e ser uma companhia empática, pra tentar oferecer um serviço mais adequado aos seus passageiros, principalmente em frequências internacionais.

  • Yuri João

    Acho que o único entretenimento da GOL é você poder conversar com alguma outra pessoa… rs

  • Rodrigo Montes

    Não concordo com esse tal de Pedro Henrique. Inclusive desconfio que ele nunca tenha voado pela AA. Todas as vezes que fui aos EUA, optei pela AA, sendo que na última vez, fui de NY para Paris também de AA. Em todos os vôos o nível de conforto é praticamente o mesmo de quem viaja em classe turística na maioria das cias aéreas… Porém os 777 têm o diferencial das telas individuais de entretenimento. Nunca fui mal tratado ou desrespeitado nesta cia, aliás invejo o padrão de educação americano. O fato dos comissários não serem simpáticos o tempo todo não significa falta de educação. Quanto à comida, avião não é restaurante, se quiser um banquete existe a primeira classe e a executiva…

  • Everton Souza

    A seleção do Uruguai chegou ontem a Recife, vindo da Venezuela (com escala técnica em Manaus), em um B737-200. Enquanto que a seleção da Espanha veio num A340 (se não estou enganado) da Iberia.

  • Rodrigo Montes

    Luís, respondendo a tua resposta: praticamente todos. Não faz muito tempo, a VARIG utilizava seus 777, 747, 767, MD-11 e DC-10 nos vôos domésticos daqui….. O problema é que a GOL quer dar a volta ao mundo com seus 737… rsrsrs

  • DENIS RICARDO SOARES

    Bom! Falar de GOL é chover no molhado né. Sabemos que a GOL se fosse uma empresa de transporte coletivo em qualquer cidade do interior com até 50mil habitantes seria um desastre. A politica da GOL não é Low Cost mas sim Zero Cost.. Vergononhoso!!! Ter ganho slot para voar de GRU e GIG para EUA e Caribe, meus Deus, quem deu? Algum funcionário que não entende nada do mínimo de conforto com mais de 3 horas de voo. Pois bem…as Americanas sabemos que são todas de ocasião…Um dia a UNITED está ótima no outro avião quebrado, voo atrasado. A American com suas comissárias e comissários sisudos que mais parecem soldados da GESTAPO. A Delta, ai meu Deus, nem o avião vem limpo, a aparência já mostra, saíram de dentro de uma máquina de secar roupas e foram para o portão de embarque para fazerem um voo de 10 horas. A US Airways se pudessem voar com o Zepelim de GIG OU GRU para Charlotte o fariam. Então o que o nos resta… a TAM. Com todos os seus defeitos pelo menos podemos discutir, pedir, brigar em nosso idioma e vez ou outro somos atendidos. Dos males o menor como dizia minha avó. Uma coisa é lamentável, quer voar bem e com qualidade? Voa de executiva, o serviço não é melhor, mas pelo menos o assento reclina pelo menos 160 graus e dorme-se maior parte do voo. Come-se duas ou três barras de cereal antes da decolagem com 500ml de água mineral sem gás, toma-se um calmante e acorda-se preparado para qualquer policial de imigração. Se não tem dindin para BUSINESS, voa pelo menos de KOREAN AIR – GRO LAX de lá ditribui para qualquer lugar dos EUA ou Canadá. Este sim….dos males o bem menor…kkkk!

  • Diego Lopes

    Pensamos parecido!

  • Claudia

    Eu reclamei no site Reclame Aqui sobre o péssimo atendimento no voo Punta Cana x Rio de Janeiro, que fiz em fevereiro com meu marido. Entretenimento a bordo zero, nao havia cobertor ou travesseirinho, o jantar foi um pão duro com queijo e o café da manhã foi amendoim. Horrível. Recebi um telefonema da Gol se explicando, no qual justificaram que o perfil da Gol é uma empresa democrática, que tem custos baixos para permitir o acesso à população às passagens aéreas. Ok, tudo bem, mas tudo tem um limite. Acho que poderiam pelo menos avisar que nao haveria sequer venda de lanches a bordo, para que a gente nao ficasse passando fome no voo. Sofrível!

  • Bernardo Cretton Vie

    Denis Ricardo, concordo com as divertidas e hilárias comparações, mas só discordo da Delta (não é o primor da qualidade, até porque existem melhorem, como a TAM, por exemplo), mas avião sujo?! Deve ser bem de ocasião, então, pois já voei com eles 8 vezes (GRU-JFK, JFK-GRU, GIG-ATL, ATL-MCO, MCO-ATL, ATL-GIG, JFK-YYZ e YYZ-JFK) e nunca vi uma aeronave suja. Só uma correção: na executiva, as poltronas reclinam 180°, e não 160° (certamente erro de digitação) e a rota que a Korean faz é GRU, e não GRO. Mas, certamente, se a Korean voasse pra NY (destino que amo!), eu "provaria" o serviço. Atualmente, estou tendencioso a experimentar a Avianca internacional que não conheço, mesmo que não faça voos diretos para os EUA, dá pra se abrir a passagem e conhecer Bogotá alguns dias.

  • Glauber Moreira

    Viajei a pouco nesse voo GRU / SDQ / MIA, so passei nervoso. Apesar de estar em classe comfort em todos os trechos é duro a falta de entretenimento (gol no ar é vergonhoso, pois vc vê tudo em 1h). Mais a pior parte foi que fiz stop over (na ida e na volta em SDQ) e além das taxas abusivas de embarque no Aeropuerto Las Americas, ainda nao honraram a franquia de bagagem. Por mais que tenha aberto reclamações em todas as fontes de contato (chat para clientes diamante, central telefônica, email, reclame aqui, smiles e etc) tive em cada trecho uma franquia. Uma vergonha… Nem ps. Funcionários no dia de cada embarque em cada trecho sabiam, por fim ficou a seguinte franquia. GRU / SDQ (ida) 2 malas de 32 kg, SDQ / MIA 1 (ida depois de 3 dias de stop over) 1 mala de 20kg, MIA / SDQ (volta) 1 mala de 32kg e finamente SDQ / GRU (volta depois de 5 dias de stop over) 1 mala de 23 kg. Ou seja viajei para os EUA com franquia de voo para o Mercosul ou Domestico… Uma vergonha!

  • Sérgio Garcia

    Viajei para Miami em março pela Gol, e não achei tão ruim assim como todos estes comentários, a unico problema foi a falta de entretenimento, mas a aeronave era nova e o conforto foi igual a de outras Cias,inclusive a conexao em Santo Domihgo foi tranquila e sem atrasos, tanto é que já estou indo novamente pela Gol dia 01/07/2013 e agora com minha familia, mas estou indo com passagem comprada e não com milhas, para alta temporada a Gol foi a que estava com melhor preço.

    Gostaria até de fazer um relato da minha viagem quando eu voltar se o Denis me permitir pois pelo que vejo todos os relatos foram feitos por passagens compradas por milhas que fizeram conexoes em lugares diferentes, e não voo direto de GRU a MIA , na classe economica.

  • Mirelle Finkler

    Segue relato da nossa terrível experiência com a GOL para o Caribe:

    Embarcamos em Florianópolis as 8:00 da manhã do dia 12/06/2013 com destino a Punta Cana, com chegada prevista naquele local as 19:00 do mesmo dia. Éramos dois adultos, duas idosas, um bebê de quatro meses e uma criança de três anos saindo para um curto período de férias (7 dias). Hotel reservado, com tudo incluído e a perspectiva de uma semana tranquila e relaxante.

    A viagem iniciou bem, pois recebemos um excelente atendimento da funcionária do balcão da GOL em Florianópolis. O Vôo partiu no horário e a conexão em São Paulo transcorreu sem problemas. A segunda etapa da viagem seguia razoável, agora um tanto desconfortável pelo exíguo espaço entre as poltronas e pelo fato de que, desde às 8:00 da manhã (sem tempo para alimentação na conexão em São Paulo) ficaríamos até aterrisar em Caracas às 16:00 (escala prevista para o vôo) com apenas um pacotinho de amendoim e um desagradável sanduíche frio. Nem sequer os lanches adicionais anunciados na revista de bordo da companhia estavam disponíveis para compra.

    Mas o grande problema estava por vir. A escala em Caracas, que deveria durar 50 minutos, prolongou-se. Após mais de uma hora dentro do avião o comandante finalmente informou que a aeronave havia colidido com um pássaro durante o vôo, mas que não havia maior repercussão. Que os técnicos da GOL em solo já haviam liberado a aeronave para seguir viagem, porém a agência de aviação venezuelana não estava de acordo com o prosseguimento do vôo. Cogitaram desembarcar os passageiros para esperarmos no saguão, porém logo depois voltaram atrás. O tempo corria, andávamos com as crianças pelo corredor, tentando distraí-las e o suspense seguia. Após mais de duas horas dentro do avião, o comandante anuncia que a agência venezuelana não permitiria a decolagem do avião. Todos desembarcamos, sem saber o que iria ocorrer, pois ninguém nos informava. Seguiu-se então mais uma longa espera de quase três horas no saguão do aeroporto. Os funcionários locais da GOL eram desdenhosos com a situação, ignoravam a indignação dos passageiros e mentiam dizendo que o supervisor estava a caminho quando repetidamente exigíamos sua presença. Quando o supervisor chegou (após mais de duas horas de protestos), alguns passageiros clamavam pela presença de um representante consular brasileiro. Nesse momento, ao invés de buscar entendimento, o funcionário solicitou que militares venezuelanos armados permanecessem ao seu lado enquanto anunciava que iríamos todos ser alocados em hotéis e seguiríamos viagem na noite do dia seguinte. Já estávamos a mais de 12h viajando, várias famílias com crianças e idosos, mal alimentados (por um sanduiche e um pacote de amendoim, nem sequer água nos ofereceram). Já por volta das 21h e apenas quando solicitado os funcionários locais da GOL passaram a distribuir vouchers de alimentação e a orientar como iríamos para o hotel. O restaurante cujo voucher era válido era simplesmente nojento (com o perdão da palavra): um local pequeno, cheirando a fritura, que não comportava mais do que 30 pessoas, e que dispunha de apenas 2 funcionários servindo as mesas. Diante da impossibilidade de esperar e do desespero por se estar com 2 crianças e colo naquela situação, acabamos comprando um lanche no Burger King em frente, acreditando que, no hotel poderíamos jantar com qualidade.

    Novamente esperamos, contanto muito mais com as informações de outros passageiros do que dos funcionários da GOL. Avistávamos algum movimento nos corredores do aeroporto e seguíamos, até por fim passar pela imigração e aguardar o transporte ao hotel, ainda sem saber para onde iríamos, quanto tempo ficaríamos e quando seguiríamos viagem. Chegamos a um hotel chamado Eduard’s, que fica em uma cidade vizinha. Apesar de anunciar-se com quatro estrelas, aquele local não mereceria nem sequer uma. Saguão de odor desagradável, velho, com apenas dois funcionários para fazer check-in de mais de cem pessoas esperando. Subimos ao quarto, tomamos um banho rápido (já passava das 22h) e descemos para jantar. Nova decepção: só conseguiram preparar um Buffet exíguo por volta das 23h. A aparência da comida nos fez desistir e dar graças por ter comido o lanche no aeroporto.

    Nem naquela noite, nem ao longo de toda a manhã seguinte recebemos alguma informação da GOL. Dormimos inseguros, contando apenas com os demais passageiros que repassavam informações e boatos sobre o que ocorreria. Na manhã seguinte levantamos cedo, pois não sabíamos o que ocorreria e tínhamos medo de ser deixados para trás, já que não havia organização alguma. Descemos ao saguão para esperar prepararem o café da manhã (nova decepção) e esperar os boatos. Muita gente ligava para o Brasil e recebia de lá informações. Da GOL local, nada! Por volta das 10h da manhã surge um boato de que os quartos devem ser esvaziados e que duas Vans pequenas do hotel farão lotações até o aeroporto. Que horas embarcaríamos? Onde iríamos almoçar? Prioridades para crianças de colo e idosos? Nada! Apenas um saguão mal cheiroso, lotado de pessoas em pé e de bagagens, todos tentando um lugar na van para não correr o risco de ser deixado para trás, já que ninguém sabia o horário do vôo (nem se haveria algum naquele mesmo dia).

    Chegamos ao aeroporto já por volta das 12h e quem nos ajudou foi uma simpática guia de um grupo de gaúchos que viajava no mesmo vôo. Ela orientou a direção do balcão de check-in, mas também não tinha mais informações sobre o embarque. Novamente esperamos em pé ou sentados no chão em frente a um balcão vazio, sem ninguém para prestar informações. Minha esposa amamentou nosso bebê no chão do saguão, pois não havia sequer cadeiras. Consegui descer ao subsolo do aeroporto onde há um pequeno escritório da GOL, mas ali encontrei apenas a funcionária desdenhosa do dia anterior, que recusou-se a falar comigo e me mandou aguardar. De volta ao saguão, mais espera, até que os funcionários sobem e começam a organizar um check-in – sem computadores, sem atendimento a prioridades e sem o menor constrangimento. Agiam como se não tivessem obrigação alguma conosco. Sem respeito e consideração. Garantiram que o embarque ocorreria por volta das 17h. Novamente distribuíram vouchers de almoço, só que dessa vez o local era ainda pior. “El Buho” –um bandejão com gêneros alimentícios para lá de suspeitos. Resolvemos, para nosso próprio bem almoçar no restaurante ao lado, bem mais decente, as nossas próprias expensas.

    Às 17h embarcamos e o vôo decolou 10 minutos antes do previsto, ao que o comandante anunciou como o “compromisso de pontualidade da GOL”. Impávidos escutamos aquilo que ficou entre a maior falta de sensibilidade e o puro escárnio. Os passageiros, em coro, responderam com uma sonora vaia.

    Chegamos ao aeroporto de Punta Cana 24 horas depois do previsto. Tivemos que pagar o “no show” de uma diária para garantir a reserva do hotel e perdemos um dia inteiro das já curtas férias. Amargamos ainda as longas horas de espera, cansaço, angústia e desrespeito, além de arcar com a própria alimentação.

    Completando a falta de profissionalismo da empresa, nenhum pedido de desculpas pelos maus tratos e nenhuma oferta de ressarcimento dos prejuízos. Mais ainda: no retorno ao Brasil, em um vôo noturno de 8 horas de duração em que novamente haviam servido o malfadado sanduíche frio, acordam todos os passageiros às 4 da madrugada para oferecer AMENDOÍM como café da manhã. Não pode ser algo sério! Que ao menos nos deixassem dormir, se é que alguém conseguia dormir em poltronas inadequadas para vôos noturnos (apenas as primeiras quatro fileiras de assentos da aeronave – “confort”- receberam travesseiros e cobertores, algo usual em voos internacionais noturnos).

    Por fim, mas não menos ilustrativos do “jeito GOL” de atender seus clientes, chegamos em Guarulhos em tempo de pegar um vôo que sairia dentro de menos de uma hora para Florianópolis, nosso destino final. Infelizmente o funcionário do check-in disse que não poderia nos antecipar, pois estávamos em conexão. Mesmo com tudo que nos fizeram passar e apesar de estarmos acompanhados de 2 crianças e dois idosos, fizeram-nos esperar uma hora e meia a mais. Assim fomos considerados pela GOL: uma cifra e um estorvo. Não nos oferecem nada mais (e muitas vezes até menos) do que o mínimo, mesmo nas piores situações.

    Em um momento histórico onde se espera que o país seja levado a sério, que cada cidadão seja respeitado, atitudes como essas são ainda mais inaceitáveis. Levarei a queixa às instâncias cabíveis, sites de defesa do consumidor, PROCON, ANAC, IATA e se necessário até a justiça. Tamanho desrespeito não pode ficar assim. Entendo que esse sim deve ser o “jeito brasileiro” de fazer um país melhor.

  • Márcio

    Amigo, eu no seu lugar iria O QUANTO ANTES ao Juizado Especial Cível de sua cidade abrir um processo (gratuitamente, não preciso de advogado) contra a GOL pedindo indenização por danos MORAIS e MATERIAIS. Danos MORAIS porque vc sofreu constrangimento, houve atendimento inadequado para quem tinha necessidades especiais – sua esposa amamentava, havia idosos – e tb para vc, hospedagens insalubres, muito estresse pela companhia GOL não ter lidado corretamente com a situação e assim por diante. Danos MATERIAIS porque gastou dinheiro do próprio bolso com alimentação de várias pessoas. Não deixe passar em branco, algumas companhias aéreas só ACORDAM quando entramos na justiça! Faça isso sem pensar duas vezes! Os danos foram causados, vc merece receber uma reparação. É causa GANHA na certa.

  • Daniel

    Concordo com o Jonas. Voce precisa ter respeito com os comissários e assim, eles o tratarão bem. Nunca tive problemas com a AA, e prefiro voar com ela do que com a GOL, por não ter que fazer escala e voo ser mais curto.

  • Ana Paula

    Acabei de voar AA Gru-mia Mia-mco em 777-200, com volta idem, viagem perfeita em todos os sentidos. E so ver o tipo de aeronove que fara o trecho antes da compra.
    Tam melhor que Aa??? Eu quero é seguranca antes que tudo. 3 pilotos ao inves de 2, e autorizacao para desvios = menos turbulencia…. A Tam nao pode sair da rota, sem autorizacao, passa nas nuvens, zonas de turbulencia, etc etc…so pra nao gastar mais combustivel…. To fora.

  • Bruno Alves

    “Faltando uma hora para o pouso, fomos surpreendidos com mais um lanche: os conhecidos amendoins com refrigerante para café da manhã – inacreditável!”
    ISSO FOI ÉPICO! Não voe Gol! Essa empresa merece quebrar ou alguma empresa comprar pra ver se dá jeito. A GOL está quebrada, e afundada em dívidas – Sr Constantino que era o CEO queridinho se mandou (com vergonha de ver a empresa que ele criou, virar esse lixo).

    Voe TAM, Azul, Avianca. Mas GOL só em último caso!

  • Marco Antonio anjos

    Nao tive nenhum problema em recente voo AA rio/Miami/rio.Recebi tratamento educado e honesto em todo o voo.Alias os americanos em geral sao muito práticos e eficientes.Lamento que continuemos como brasileiros , a nao respeitar modos e costumes diferentes dos nossos, como se fossemos modelo em alguma coisa.

  • Pedro

    Viagem de Emirates é a melhor coisa que tem!

  • camila

    Bom , infelizmente trabalho na Gol linhas aéreas NADA inteligentes , com esse sistema desdes (low-cost) , nem aguá para nos funcionários lavarmos as mãos há , então meu amigo aqui vai um concelho , se você pode voar de Emirates ou AA , vooe pois o barato sai caro 🙁

    • Danit

      Camila,"infelizmente vc trabalha na Gol" quem tem que fornecer água é o aeroporto se você trabalha como funcionária de terra e se for de voo, você precisa pedir pra fazer o abastecimento de água. Se empresa não é "nada inteligente" seja vc então. Trabalhe em uma empresa compatível à ti.
      Não estou defendendo a Gol mas ela precisa de funcionários que faça a difernça e ajude crescer.
      A Gol é uma empresa que tem apenas 13 anos no mercado, ainda está engatinhando, ela tem muito que melhorar e se ajustar. E o que vc me diz dessas outras empresas que estão o dobro de tempo voando ai a fora? olha o quanto precisam melhorar.
      Ah, a Emirates não voa para Santo Domingo e tão pouco para Punta Cana.
      Fiz um voo para Santo Domingo dia 31 de maio. Fui bem atendida pelo pessoal do check in, o voo saiu no horário chegamos também no tempo previsto, os comissarios sorridentes e atenciosos. Pra mim faltou um entretenimento a bordo, mas tbm levei meus livros, meu iPad e depois dormi. À1h20 mais ou menos próximo ao pouso em SDQ pela manhã foi nos servido uma empanada quentinha com frutas e café solúvel e outras bebidas frias. As comissárias bem simpáticas dando um bom dia gostoso com um belo sorriso no rosto., o comandante falando pra nós apreciarmos à vista lá de cima na aproximaçao do pouso. Eu tive sorte nao sei, mas minhas malas chegaram bem. Já voei de Copa, AA, Tam, Aerolineas e agora pela Gol. da copa nao tenho que reclamar de nada, a AA as aeromoças sao grossaas nao digo mal educada, a Tam pelo valor que paga acho que serviço de bordo podia ser melhor e as aeromoças não são tão simpáticas. Nada à reclamar da Gol a não ser o entretenimento à bordo. Ainda por pensar que é uma empresa nova né?!?

  • Paulo

    Já viajei para os EUA de AA, Copa e Tam. Todos so voos saindo de Manaus. A AA tem um bom atendimento em terra, já as comissárias são sempre muito fechadas.
    Na Tam é o contrário o atendimento no aeroporto é razoável, mas durante o voo é excepcional, o assento do 767 é BEM melhor do que o 737 da AA.
    Já na Copa o atendimento é excepcional em todos os quesitos aeroporto e durante o voo, mesmo sendo um Embraer pequeno o assento é no mesmo nível dos 767 da Tam, mas o entretenimento da Tam é superior, mesmo assim minha primeira opção é a Copa pela cordialidade dos funcionários.

  • valeria

    Gostaria de saber se vou para punta cana por san domingos ou por punta cana mesmo?

    • Dani

      Valeria, vai pra Punta Cana! Óbvio.
      De Santo Domingo à Punta Cana vc gastará umas 3horas de carro.

  • Luiz Ferreira

    Acabo de voltar de Punta Cana e minha situação foi bastante similar à do Fabio Vilela.

    Saí do Rio para Santo Domingo no voo que segue até Miami e Orlando, mas voltei no voo que sai de Punta Cana, com escala em Caracas e destino a SP.

    Como já disseram, o avião que faz a rota GIG x SDQ é novo, um pouco mais espaçoso que a maioria dos aviões da Gol que voam internamente no Brasil, com tomada na poltrona (mas que não funciona durante todo o voo).

    Agora, este voo, que decolava às 10:36h e chegada às 16:40h, passou a decolar às 2:20h, o que pra mim, foi ótimo. Com isso, chegamos a SDQ às 8:30 e pegamos um transfer até o hotel em Punta Cana, onde chegamos por volta das 11h. Assim, já aproveitamos bastante neste primeiro dia.

    Ao embarcar, encontramos uma manta e travesseiro. No voo (que não tem qualquer opção de entretenimento), foi servido um sanduíche frio e bebidas logo após a decolagem e mais um pequeno lanche pouco antes da chegada à SDQ.

    Posso dizer que a experiência não foi ruim. Especialmente porque o avião tinha muitos assentos vazios (inclusive os da nossa frente), o que me garantiu esticar um pouco minhas pernas durante o voo.

    No entanto, o voo da volta foi péssimo. Em que pese tenham sido servidos sanduiches em 2 ocasiões (pouco após as decolagens de PUJ e Caracas) e um pequeno lanche próximo à chegada a GRU, a aeronave é bem mais antiga e apertada e não tem qualquer tipo de entretenimento.

    Achei o voo horrível, porque passamos cerca de 8h em uma aeronave pequena, desconfortável e cheia (o voo lotou em Caracas).

    Meu conselho: se optarem pela Gol, escolham o voo que vai até SDQ, que é um pouco mais confortável.

  • Marah

    Primeiro que não tenho o menor interesse em viajar para os USA, pq muitos amigos foram e os comentários a respeito das aeronaves americanas, são um lixo e má atendimento dos tripulantes. Segundo, tem que gastar uma grana para tirar visto e chegando la se a imigração não for com a tua cara, vc volta…rs
    Prefiro viajar pela América do Sul e Caribe…onde as pessoas são mais gentis e educadas, sem questões buracraticas severas e pronto!

  • Guest

    A melhor sem dúvida é Avianca!
    Serviço de bordo completo. Entretenimento é ótimo, Assisti 5 filmes em um único Vôo, rs
    Comida boa e quentinha, snacks, bebidas, fones de ouvido, cobertor, travesseiro e comissários atenciosos.

    Vou para Punta Cana com a Gol e sinceramente estou com medo!

  • Aleksandet

    Fiz agora em Janeiro 2016 dois trechos com a gol para Punta Cana. Voo direto Brasilia-Punta Cana-Brasilia. Tempo de voo 5h40min na média. Nada a reclamar a nao ser falta entretenimento a bordo. No mais surpreendeu positivamente. Pontual, 2 refeições (na ida comi um frango muito bom), bebidas diversas, kit cochilo, atendimento profissional, bom espaco para as pernas (tenho 1. 76m). Para Punta Cana voaria novamente com eles neste voo direto.

  • Letícia Santos

    Bom saber, comprei SP – Punta Cana, voo direto e estou meio apreensiva com a qualidade do vôo. Pior que só comprei com eles por causa do vôo direto, porque com preço muito similar haviam passagens da avianca, copa e até AA. Porém todos com escalas chatinhas. Já sei que não vai ter entretenimento individual, oque eu acho massacrante, espero que tenha comida razoável pelo menos.

  • Simone Porcel

    Obrigada por compartilhar, iria pegar um voo Air Canada ate Punta Cana e la trocar por um voo gol ate Sao Paulo (classe executiva) mas diante do exposto vou estudar melhor o que fazer. Obrigada.