GOL vai reduzir espaço entre poltronas e planeja ter voos diretos para Flórida e Cancún

Denis Carvalho 28 · março · 2017

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A GOL divulgou hoje um comunicado aos seus acionistas anunciando a  configuração de assentos que será usada em seus novos aviões Boeing 737 MAX-8 e 737-800 NG. A companhia vai aumentar dos atuais 177 para 186 poltronas por avião, o que equivale a uma nova fileira de seis assentos e mais três em um dos lados. A GOL ainda confirmou que planeja ter voos diretos para os Estados Unidos e Cancún, mas não deu detalhes nem previsão para as novas rotas.

“As aeronaves 737 MAX-8 possuem autonomia de voo de até 6.500 km (em comparação aos 5.500 km do 737-800 NG), sendo assim, a GOL poderá oferecer voos sem escalas do Brasil para os mercados de Miami, Ft. Lauderdale, Orlando e Cancún, destinos muito populares para os brasileiros”, informa o comunicado.

A bem da verdade, o texto é bastante dúbio e mais se preocupa em fazer marketing do que informar as mudanças com precisão. Apesar do aumento de 5% no número de assentos, em nenhum momento a companhia informa qual será o novo espaço destinados aos passageiros na classe comum. Também não está claro se as aeronaves atuais serão reconfiguradas e nem o prazo para isso.

A única informação é que os assentos GOL+Conforto não sofrerão redução de espaço, ou seja, a perda será toda dos passageiros que não optarem por pagar pelas poltronas mais confortáveis ou não tiverem status no programa Smiles para reservá-las gratuitamente.

“Com essa reconfiguração, o 737-800 NG da GOL reduzirá o custo operacional e terá o mesmo custo por assento comparativamente ao modelo A320neo, considerando as etapas médias atuais da maioria das rotas domésticas e da América do Sul. Já o Boeing 737 MAX-8, equipado com tecnologias de última geração, proporciona um desempenho operacional ainda melhor em relação ao modelo A320neo, com significativos 8% a menos de custo por assento”, afirma Celso Ferrer, vice-presidente de planejamento da GOL, no comunicado.

A GOL tem uma encomenda de 120 aeronaves 737 MAX-8 para entrega até 2028, sendo que 25 delas entre 2018 e 2020.

A GOL é hoje a companhia que mais oferece poltronas com conceito “A” segundo a classificação da Anac, o que torna suas aeronaves em mais confortáveis que a da concorrente Latam. Resta saber como ficará a disputa a partir da implantação do novo padrão com nove poltronas adicionais.

Para ler o documento na íntegra (em pdf) clique aqui.

Resposta da GOL

Por meio de sua assessoria, a GOL informou que os detalhes do novo layout e do espaço das poltronas ainda não estão definidos e enviou o seguinte esclarecimento sobre o assunto: “A GOL esclarece que a nova configuração de assentos, anunciada hoje, trata-se de uma redistribuição do interior da aeronave que permitirá à companhia continuar oferecendo maior espaço e comodidade durante toda a viagem, sem qualquer prejuízo ao conforto dos clientes. Isso será possível por meio da adoção de novas tecnologias de assento e layout de cabine, alterações que serão feitas a partir do final do ano, de forma gradual. A companhia ressalta ainda que permanecerá sendo a companhia aérea brasileira com a maior oferta de assentos do selo “A” da ANAC.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe