Gol terá internet a bordo em todos os aviões até 2018. Cobrança começa em maio

João Goldmeier 16 · março · 2017

Em outubro do ano passado a Gol começou a oferecer internet a bordo para seus passageiros, contando hoje com 18 aeronaves com o sistema instalado. Esta semana, durante o Fórum PanRotas, seu presidente Paulo Kakinoff afirmou que a previsão é chegar até o fim do ano com 70 aviões conectados e completar a conversão de toda frota até o fim de 2018.

O sistema, que ainda é oferecido de forma gratuita aos passageiros, passará a ser cobrado a partir de maio deste ano. Os preços não foram anunciados, mas o presidente afirmou no dia do lançamento da tecnologia que “Ainda que os preços não estejam fechados, colocamos uma faixa de 5 a 20 dólares, considerando um pacote mais simples ou mais completo e também a duração do voo”.

Volta dos voos para Flórida?

Outra novidade importante divulgada no evento foi um possível retorno da Gol para a Flórida, suspensos desde o ano passado. Isto porque com os novíssimos Boeing 737-MAX, que a empresa vai receber a partir do ano que vem, seria possível realizar a rota sem a necessidade de escalas.

O que achou da possibilidade da Gol voltar pros Estados Unidos? Dê a sua opinião comentando abaixo.

Autor

João Goldmeier - Editor
  • Sergio Loureiro

    Achei legal eles pensarem em voltar a voar para os EUA.
    Vou começar a juntar milhas, até chegar a 500.000 … acho que esta quantidade dá para emitir uma passagem em econômica.

    • Hugo Leonardo

      Desanima mesmo olhar voos usando milhas usando os parceiros =/ e a Gol não deve colocar uma conversão menor.

  • Fabio

    Muita gente critica os 737 para voos long haul. Eu nao acho que o problema seja a aeronave. Alguns dos avioes mais confortaveis do mundo sao pequenos jatos executivos.
    O problema eh a configuracao da aeronave. E a configuracao que a Gol costuma escolher para seus avioes lembra muito uma lata de sardinha para quem nao vai na Gol Premium.

    • Guilherme

      Eu critico (o uso do 737 e a320, a321) e não voo de jeito nenhum. Um aviao executivo vc vai deitado, tem pouca gente. Imagina um 737 com 180 pessoas a maioria querendo ir no banheiro junto ? Com um voo de 7 horas ? Não dá nem pra esticar as pernar, não tem área de descanso… nos aviaes de duplo corredor sempre levanto pra esticar as pernas, andar pelo aviao, aproveitar pra ficar em pé um pouco, tomar um refri no fundo do avião… como fazer isso num 737 ?
      Nada contra quem goste ou não ligue mas eu não encaro.
      Ainda se o preço fosse muito mais barato… mas via de regra é o mesmo, quando não mais caro que uma cia que usa avião de duplo corredor.
      A Azul/TAP planeja com o A321 neo ir do Brasil pra a Europa… saindo do nordeste ele vai ter autonomia pra ir direto a Portugal… nem a pau… hehehehe

      • Emmanuel Kalispera

        Eu vou até de ATR se o preço for menor. hahah quem já viajou de ônibus por anos nas férias, viajar de avião é sempre um luxo.. hahhaha

        • Isso é relativo. Cito como exemplo a rota São Paulo x Maringá.

          Azul em média: R$ 900,00 ida e volta. GOL é quase impossível passagem por menos de 1mil.

          O que serve: snacks (que não acho nada demais. Prefiro o lanche da Avianca) e Sky ao vivo.

          Tempo de viagem: 2h

          Garcia: R$ 540,00 ida e volta.

          O que serve: travesseiro, manta, snacks, água, suco, refrigerante e achocolatado, poltrona flat bed em 180°, dvd individual com filmes, músicas e séries, Wi-Fi 4G, carregador de tomada e USB individual.

          Tempo de viagem: 8:30

          • Emmanuel Kalispera

            Eu disse: se for mais barato ! rsrs

      • Guilherme

        A Copa ainda tem entretenimento individual, a Gol nem uma mísera TV tem pras pessoas assistirem… E não adianta dizer que dá pra carregar o celular, notebook ou tablet de filme (ainda mais se for legalmente, é um custo a mais alugar pelo google filmes por ex) e etc… bacana, mas era obrigação (partindo do preço cobrado que é igual ou mais) ela ter pelo menos isso nos voos internacionais.

      • Fabio

        Ou seja, depende da configuracao. Um dos voos mais utilizados por executivos entre Londres e Nova York eh justamente feito em um A319 com 32 assentos em business que sai de LCY e ainda faz escala em SNN na ida.
        Em configuracao maxima o 737 eh tao desconfortavel quanto os 767 sucatas voadoras da AA

      • Márcio Sampaio

        Quando operava a rota, nunca vi o preço da Gol ser muito mais barato que as concorrentes. Pelo contrário: algumas vezes era até mais caro!

      • Alan Rodrigo de Almeida

        Prefiro 1000 vezes viajar em um A320 da Avianca do que em qualquer widebodie da American ou da Delta. Um avião enorme só significa mais conforto se a configuração das poltronas te trouxer mais espaço o que não é o caso na maioria das empresas. Você pode levantar e ir a Galley independente do tamanho do avião e o número de pessoas que vai dividir o banheiro do avião com você é proporcional. O 777 só possui mais banheiros disponíveis pois tem um batalhão de passageiros para usar. Para mim esse discurso é preconceito e ignorância.

        • Guilherme

          Olha, ignorância pode ser da sua parte. Eu sei tudo de aviação que a pessoa possa imaginar incluse a parte técnica. Já fiz N voos transatlanticos e internacionais. Enfim, acho que posso resumir da seguinte forma: Não se vê o 777, A380, A330 na ponte aérea RJ/SP nem em nenhuma rota curta, por que ? Por que ele não foi feito pra isso. Assim com um corredor único não foi feito para vôos de 7 horas. No limite os aviões da Copa e da Gol frequentemente deixam bagagem pra ir em próximos voos já que lotados de combustível e passageiros ultrapassam o peso máximo e tem de deixar alguma coisa pra voar em segurança.
          E por fim, um 737/A320 atravessando a região da linha do equador vira um Cesna 172. Já aviões maiores aguentam muito melhor esse tipo de condição. Mas repito, respeito a opinião alheia. Vá de A319 ou A320 de Avianca e seja feliz.

          • Hugo Leonardo

            Olha, já fiz o trecho LAX/SYD num 777 desses mega mordernos e sei lá mais o quê da Delta, e meu joelho queria a morte, minhas costas então, foi horrível. Era muito apertado, a reclinação era quase nula, as filas para o banheiro passavam de 30′ após as refeições. Também acho que o que vale é a configuração interna e não a aeronave, se a empresa quer dar conforto e cobrar mais caro ou se quer oferecer passagem mais barata e sacrificar o joelho dos passageiros. O bom é ter opção, a pessoa pesquisa e vê aquilo que ela prefere e pode pagar. Um dia eu voo naquelas cabinas da executiva, só tenho que descobrir como ficar rico antes.

  • RGleyson

    Alguém já usou essa internet da gol em algum dos aviões no voo nacional?

  • Samantha Zarth

    Alguém sabe de onde poderia partir esse vôo da GOL para os EUA sem a necessidade de escalas? Se for somente GRU ou GIG não vejo tanta vantagem…exceto se fizerem boas promoções rs

  • RGleyson

    Valeu Fábio!

  • Oi Emerson, obrigado pelo comentário, mas por favor evite escrever tudo com letras maiúsculas. 🙂

  • PauloHCM

    Mas essas poltronas reclinam? Nem que seja aqueles 2 dedinhos ínfimos?

    • Greison Boeing

      Inclina na 18, a 17 não! Já fui nas duas… cuidado ao pegar a 17

  • Vitor

    Voei ontem e nao fuincionou a internet. O voo para os EUA parece ser bom a ideia, mas demorou para começar. Existe uma boa concorrencia.

  • PauloHCM

    Esses 737 conseguem ir se SP a Orlando sem escalas, ou precisa abastecer em Manaus ou Fortaleza??

    • Ricardo

      Acho que direto não dá, só de for estilo LaMia, pois segundo a Boeing a autonomia do 737 Max é de 6.510 kms, e a distância entre GRU e MIA é de 6.580 kms. Vai ter que abastecer no Norte.

      • PauloHCM

        Então tomara que tenha alguma promoção boa partindo de Fortaleza ou outras cidades do nordeste. Seria top demais!!!

      • César Novaes

        Ricardo, se o modelo for o 737max7, segundo a boeing a autonomia é 3.800 (7.037 km), nesse caso até daria!

        • Ricardo

          Você tem razão! Mas mesmo assim fica um pouco apertado, é torcer para um vento de popa. Acho que vai ter escala dentro do Brasil sim.

    • César Novaes

      Seria bom se fosse uma ligação direta do Nordeste

  • César Novaes

    Eu particularmente gosto de viajar pela Gol, e o conforto deles é melhor do que algumas cias internacionais, voei com a Swiss, Delta, TAM e Gol recentemente, e o espaço entre as Poltronas da Gol era muito melhor do que nas outras… portanto acho que para mim sera muito bom um voo direto num 737 para os EUA.

    • Ricardo

      Sério? Eu achei bem confortáveis, dentro do possível, as poltronas da Delta. Já nos aviões da Gol eu simplesmente encaixo, tendo que levantar a cada meia hora sob o risco de uma gangrena nas pernas.

      • César Novaes

        Sim, eu achei a Delta e a Swiss claustrofóbica, em voos longos eu também estico as pernas p nao gangrenar rsrsrs

  • André Minatowicz

    É meio chato viajar em 737 até os Estados Unidos se tem 777 aos montes. Já fiz até o México em A319 da Avianca, pinga-pinga é claro. Agora se bem configurado como tem voo de Londres para os EUA em A319 ok, executiva pela BA, quem tem dinheiro vai.
    Tamanho não é o problema e sim o serviço prestado. Pega WizzAir de 4h de voo que tu sente a diferença, Gol vira executiva.

  • Caco Nogueira

    nas latas de sardinha, os B737, só se for bem mais em conta que outras airlines correspondentes!